10 belíssimos arcos-íris

Publicado em 17.01.2013

Em se tratando de arco-íris, a maioria das pessoas acha que já viu tudo que há para ver. Com certeza todo mundo já viu o arco-íris mais simples, mas existem vários tipos de arco-íris incomuns, alguns muito mais belos que o tipo mais frequente. Confira:

1 – Arco-íris primário

É o arco-íris que todos estão familiarizados. O arco-íris primário é um arco multicolorido simples que geralmente aparece após uma chuva. Eles são formados quando a luz refratada é refletida através de uma gota de água. A intensidade das cores depende do tamanho das gotas de água.

2 – Arco-íris secundário

Se você vir um arco-íris primário, é possível que você veja um secundário. Eles são conhecidos com arco-íris duplos.

Um arco-íris secundário se forma quando a luz nas gotas de água é refletida duas vezes em vez de apenas uma. Ele geralmente tem o dobro do tamanho do arco-íris primário, mas tem apenas um décimo de sua intensidade. Além disso, as cores nele estão no sentido inverso.

3 – Faixa escura de Alexander

Tecnicamente não é um arco-íris, mas está associado com o arco-íris primário e secundário. A faixa escura de Alexander é a área entre os arco-íris primário e secundário, e é notavelmente mais escura que o resto do céu.

A luz refletida no arco-íris primário clareia o céu dentro do arco, e a luz duplamente refletida do arco-íris secundário clareia o céu fora dele. Para nossos olhos, parece que o céu está mais escuro entre os dois arco-íris.

4 – Arco-íris supernumerário

Os arco-íris supernumerários são também conhecidos como empilhados, e ocorrem raramente. Eles consistem em vários arco-íris mais fracos dentro do arco-íris primário e, mais raramente, fora do arco secundário. Eles são formados por gotas menores, mas de tamanho similar, e pela interferência da luz, que reflete apenas uma vez, mas viaja em caminhos diferentes dentro da gota de chuva.

5 – Arco-íris vermelho

Os arco-íris vermelhos, também chamados de monocromáticos, formam-se após uma chuva, durante o pôr do sol ou o nascer do sol.

As ondas mais curtas do espectro, como azul e verde, são espalhadas pela poeira e moléculas do ar, sobrando as cores mais compridas, vermelho e amarelo, para formar o arco-íris vermelho.

6 – Arco-íris nas nuvens

Os arco-íris nas nuvens formam-se nas gotículas de nuvens e ar úmido, em vez de gotas de chuva. Eles parecem brancos por que as gotas são muito pequenas (gotas maiores conseguem refletir mais o espectro das cores).

Os arco-íris nas nuvens são muito maiores que os normais, e se formam comumente sobre a água, mas podem se formar sobre a terra, desde que o nevoeiro seja fino o suficiente para que os raios de sol o atravessem.

7 – Arco-íris gêmeo

Diferentes dos arcos-íris duplos e muito mais raros, eles são formados de dois arcos que parecem sair da mesma base, e são causados por uma combinação de gotas grandes e pequenas. As gotas maiores são deformadas pela resistência do ar, enquanto as menores mantém sua forma devido à tensão superficial. Cada tipo de gota forma então seu próprio arco-íris, que pode surgir na forma de arcos-íris gêmeos.

8 – Arco-íris refletido e de reflexão

Arco-íris refletidos e de reflexão, que não são a mesma coisa, somente se formam sobre a água. Um arco-íris refletido é o tipo mais comum: ele surge quando a luz é refletida pelas gotas de chuva, e então refletida novamente pela água antes de chegar aos nossos olhos.

Um arco-íris de reflexão é o que surge quando a luz reflete-se na água antes de ser defletida pelas gotículas de água. Eles são bem menos visíveis que os arco-íris refletidos, por conta das condições específicas de sua formação.

9 – Arco-íris roda-com-raios

Este tipo de arco-íris é formado quando nuvens mais escuras ou trechos mais densos de chuva impedem que a luz chegue aos nossos olhos. As gotas que estão na sombra não permitem que se veja as cores do arco-íris.

O resultado é um arco-íris que parece com uma roda com raios, com raios centrados em um determinado ponto. Se as nuvens estão se movendo rapidamente, o arco-íris parece estar girando.

10 – Arco-íris lunar

Arco-íris lunares são formados à noite, pelo luar. Entretanto, o luar é muito fraco e arco-íris lunares são vistos muito raramente. A melhor hora para vê-los é, logicamente, em uma noite de lua cheia. O céu deve também estar bem escuro, o que significa que os arco-íris lunares parecem sem brilho e/ou brancos, por que as cores à noite não são brilhantes o suficiente para ativar os cones, os receptores de cor dos nossos olhos.[Listverse, Atmospheric optics – Rainbows]

Autor: Cesar Grossmann

Sou formado em Engenharia Elétrica, mas trabalho no setor público, gosto de xadrez e fotografia.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

11 Comentários

  1. Olá Cesar,
    Muito legal sua lista e descrição dos vários arcos-íris.
    Recentemente li uma matéria sobre eles na revista de bordo da Hawaiian Airlines e me interessei pelo assunto.
    Você saberia me dizer o que seria um arco-íris de quinta ordem? Existe tal fenômeno? Ou pelo menos uma ideia do que seria?
    Abraço.

    Thumb up 2
  2. Muito interessante este arco iris com um raio partindo dele. Este fenômeno deve ter uma explicação científica, como no caso do arco iris gêmeos.

    Thumb up 2
  3. Eles são lindos mesmo o fenômeno da natureza que me deixa mais embasbacado até hoje, mas acredito que ficaram faltando o Halo solar um arco iris em forma de circulo ao redor do sol e o Halo Lunar este mais raro ainda seria o mesmo que o efeito anterior mas observado sob a lua

    Thumb up 2
  4. Fotos maravilhosas.Certa ocasião em Curitiba,morando num prédio,ao chegar na entrada,um arco-íris estava formando o arco no chão,passei por ela iluminado pelas cores,minha esposa também viu,pena que estava sem minha câmara.Pois acredito aue nunca uma pessoa deve ter presenciado essa imagem maravilhosa que permanece em minga mente.

    Thumb up 2
  5. Uma vez fotografei um parecido com o “roda de raios”, como se os raios fossem unidos. A impressão é que o arco-iris iluminava a região dentro dele como se fosse uma lanterna potente.

    Thumb up 7
  6. Sensacional, fotografo muitas paisagens, já tinha fotografado gêmeos mas nunca imaginei nem reparei nessa variedade de arco-íris , agora vou ficar na captura! =)

    Thumb up 8

Envie um comentário