10 curiosidades bizarras sobre baleias

Baleias são um dos animais mais intrigantes do planeta. Conhecemos 78 espécies desses mamíferos marinhos, e continuamos aprendendo coisas estranhas sobre eles o tempo todo. Algumas delas você confere nessa lista:

10. Belugas adoram música

Se você nunca achou as baleias animais fofinhos, certamente vai começar a achar depois de ver esse vídeo.

É difícil confirmar se as belugas realmente gostam de música, mas, colocando a objetividade científica um pouquinho de lado e se deixando levar pelo vídeo, sim – essa baleia parece estar adorando a banda tocando só para ela.

E essa não foi a única demonstração de amor musical desses mamíferos marinhos. No ano passado, dois artistas pilotaram um barco com um sistema de som subaquático para criar uma sinfonia submarina. As baleias se mostraram extremamente interessadas, curiosas e até mesmo dançaram em harmonia com os sons.

9. Baleias-da-groelândia podem viver por mais de 200 anos

9
As tartarugas poderiam ser melhores amigas de algumas baleias, já que essas também podem viver por alguns séculos. A baleia-da-groelândia lidera o ranking de mamífero que vive por mais tempo. Cientistas acreditam que a mais antiga já encontrada pode ter vivido até 211 anos!

8. Baleias-jubarte têm melhores amigas


Um grupo de pesquisadores canadenses que acompanha baleias-jubarte há 16 anos descobriu que as fêmeas têm melhores amigas. E, como qualquer bom amigo, elas se reúnem todos os anos.

Incrivelmente, elas distinguem suas amigas entre outras baleias em diferentes locais do oceano. E o que elas fazem nesses encontros? Flutuam juntas, compartilham alimentos e desfrutam da companhia uma da outra.

Até o momento, não foi observado o mesmo comportamento entre machos ou fêmeas com machos.

Para as fêmeas, as melhores amigas parecem trazer benefícios, como o nascimento de mais filhotes saudáveis a cada ano. O motivo disso ainda é um mistério.

7. A baleia-azul é o maior animal que já existiu

7
Desculpem-nos, dinossauros. O maior animal que já pisou na Terra (ou melhor, nadou) são as baleias-azul. Esses mamíferos aquáticos podem ter mais de 30 metros e pesar 180 toneladas! O coração de uma baleia-azul pode ser do mesmo tamanho de um carro pequeno, e bate tão alto que pode ser detectado a três quilômetros de distância. A boca da baleia-azul é tão grande que nela caberiam 100 pessoas, e as artérias são tão grossas que uma bola de basquete poderia flutuar através delas.

E não para por aí: cientistas afirmam que a baleia-azul está ficando ainda maior por causa do aquecimento global. O número de pequenos crustáceos está aumentando no habitat das baleias em decorrência do aumento de temperatura das correntes oceânicas. Por isso, ao contrário da tendência observada em outros mamíferos, as baleias devem aumentar ainda mais seu tamanho.

6. Algumas baleias imitam a fala humana


As baleias podem fazer muitos sons inimagináveis. Inclusive o de vozes humanas. Uma baleia-branca chamada NOC se tornou tão boa nisso que uma vez dois pesquisadores pensaram que um par de pessoas estivesse conversando. Isso continuou até que a baleia convenceu um mergulhador de que alguém estava chamando por ele. Ele se deslocou para o tanque, quando percebeu que era NOC querendo bater um papo.

Depois desse caso, cientistas começaram a tentar entender o que eram aqueles sons de NOC, incomuns para uma baleia, e que tanto pareciam com a voz humana. Até que ela parou de conversar.

Não se sabe se eram simples alterações hormonais, se ela perdeu essa habilidade a medida que envelhecia ou simplesmente se cansou. Mas o caso de NOC não é único. Na década de 40, relatórios indicam que baleias-branca faziam sons parecidos com o de crianças. E, supostamente, uma baleia chamada Lugosi que vive em um aquário em Vancouver, no Canadá, sabe dizer seu nome. Assustador, não?

5. Cachalotes dormem de um jeito muito estranho

Até muito recentemente, acreditava-se que baleias dormiam como golfinhos, ou seja, com apenas metade do cérebro, deixando um olho aberto para reconhecer ameaças. No entanto, em 2013, cientistas observaram um grupo de cachalotes no Chile descansando completamente na vertical, como no vídeo acima.

Os pesquisadores foram até o grupo e empurraram uma das baleias. Nesse momento, todas acordaram e saltaram para a superfície. Elas estavam realmente dormindo, e não como os golfinhos.

Os cachalotes dormem de uma das formas mais estranhas conhecidas no reino animal. Acredita-se que essas baleias durmam por períodos de cerca de 12 minutos e, em seguida, flutuam para a superfície, lentamente. Além disso, por alguma razão desconhecida, os cachalotes só dormem entre as 18 horas e a meia-noite.

4. Baleias podem engolir seu próprio peso em quantidade de água


Cientistas descobriram que baleias têm um órgão misterioso que não existe em nenhum outro animal conhecido no planeta. Esse órgão tem mais ou menos o tamanho de uma laranja e está localizado nos queixos das baleias. Ninguém sabe direito o que ele faz, mas acredita-se que ajuda os mamíferos a fazer a grande quantidade de movimentos necessários para filtrar a água em suas gargantas depois de comer.

Baleias engolem grupos inteiros de presas (plâncton ou peixes, dependendo da espécie), o que significa que elas engolem muita água junto. Elas podem engolir seu próprio peso em quantidade de água. Em seguida, elas filtram o alimento com ajuda do órgão e de pequenos fios em suas gargantas, que separam comida de líquidos.

3. Moby Dick realmente existiu


A história da baleia Moby Dick, contada por Herman Melville, realmente parece uma obra fictícia gerada completamente na imaginação do autor. Afinal, não é todo dia que um cachalote enfurecido se revolta contra baleeiros e acaba com todos após ser ferido.

No entanto, Melville baseou sua ideia em fatos reais e em uma baleia de verdade chamada Mocha Dick. O evento que inspirou o escritor aconteceu por volta de 1820, quando Mocha Dick bateu e afundou um navio baleeiro inglês.

A tripulação desembarcou em uma ilha deserta, onde recorreram ao canibalismo. As descrições de Mocha Dick batem com as de Moby Dick. As duas baleias são brancas e jorram água fazendo um terrível rugido. Entretanto, a baleia real parece ainda mais aterrorizante do que a da ficção. Mocha era avistado coberto de cracas e arrastava arpões e cordas dos encontros com os baleeiros que não conseguiram matá-lo – como uma baleia fantasma no oceano.

2. Baleias cantam e as músicas fazem sucesso entre as outras

Não são só os humanos que tem paradas de sucesso. Em 2011, cientistas descobriram que as canções de baleias também podem fazer sucesso entre as demais, como uma música da Lady Gaga se espalhando pelas rádios do mundo.

Em uma área compartilhada por baleias, todas fazem os mesmos sons. Com o tempo, a música vai mudar, e, se for boa o suficiente, ela vai se espalhar para outras populações de baleias.

Quando um novo som vem de fora, pode ser um “remix” de uma música anterior. E isso não é apenas uma simplificação grosseira – cientistas afirmam que o fenômeno realmente acontece.

Algumas vezes, surgem músicas completamente originais, que ficam mais populares à medida que são cantadas por mais baleias, que viajam e espalham o som para outras.

1. Baleias adotam outros animais… e objetos

Nem todas as baleias são violentas como Mocha Dick. A maioria é bem amigável, até mesmo com outras espécies. Por exemplo, em 2011, um grupo de cachalotes adotou um golfinho que nasceu com uma deformação na coluna, em forma de S (confira momentos fofos dessa interação no vídeo acima).

Presume-se que o grupo do golfinho o rejeitou devido a sua deformidade. E as baleias, que são mais lentas, certamente se atraíram por um animal sociável como o golfinho.

E, por falar em adoção, baleias-branca fêmeas têm sido observadas carregando tábuas e até esqueletos de animais em suas cabeças ou costas, tratando os objetos como espécies de filhotes substitutos. Bizarro! [Listverse]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

6 respostas para “10 curiosidades bizarras sobre baleias”

  1. Pessoal, um erro
    “Desculpem-nos, dinossauros. O maior animal que já pisou na Terra (ou melhor, nadou) são as baleias-azul. Esses mamíferos aquáticos podem ter mais de 30 metros e pesar 18 toneladas! ”

    18 toneladas não, isso é um décimo do valor, provavelmente: 180 toneladas, deve ter faltado um “0”. Abraços, bom artigo. 😉

  2. Stephanie, a foto do item 4 nao é de uma baleia, e sim de um tubarao-baleia, que sao peixes (tubaroes) e nao mamiferos. Na foto da para ver as guelras, a barbatana na costas e as traseiras (nos peixes elas ficam de pe e se movem horizontalmente, enquanto que nos mamiferos marinhos elas ficam deitas e se movem verticalmente).

Deixe uma resposta