10 ideias errôneas que temos sobre a África

Publicado em 2.01.2012

Uma jornalista da Namíbia, Christine Vrey, estava revoltada com a ignorância das pessoas com quem já conversou a respeito de seu continente natal, a África. Segundo ela, o mundo ocidental sabe muito menos do que deveria sobre o continente africano, pecando por ignorância e preconceitos. Pensando nisso, Christine elaborou uma lista com dez ideias enganosas sobre o continente. Confira:

10 – A África é um país

Pode parecer inacreditável, mas muitas pessoas, segundo ela, ainda pensam que a África inteira é um país só. Na verdade, o continente africano tem 61 países ou territórios dependentes, e população superior a um bilhão de habitantes (o que faz deles o segundo continente mais populoso, atrás apenas da Ásia).

9 – A África inteira é um deserto

Dependendo das referências (alguns filmes, por exemplo), um leigo pode imaginar que a África inteira seja um deserto escassamente povoado por beduínos e camelos. Mas apenas as porções norte e sudoeste do continente (desertos do Saara e da Namíbia, respectivamente) são assim; a África apresenta um rico ecossistema com florestas, savanas e até montanhas onde há neve no cume.

8 – Todos os africanos vivem em cabanas

A fama de continente atrasado permite, segundo Vrey, que muitas pessoas achem que a população inteira habite cabanas com paredes de terra e teto de palha. A África, no entanto, tem moderníssimos centros urbanos nos quais vive, na realidade, a maior parte da população. As pessoas que habitam tais cabanas geralmente vêm de grupos tribais que conservam suas vilas no mesmo estado há muitas décadas.

7 – Os africanos têm comidas estranhas

Uma cidade africana, de acordo com a jornalista, se assemelha a qualquer outra localidade ocidental no quesito alimentação: pode-se encontrar qualquer lanchonete de fast food, por exemplo. Christine explica que os hábitos alimentares dos africanos não diferem muito do nosso, exceto pelo que se come em algumas refeições, como o “braai” (o equivalente ao nosso churrasco).

6 – Há animais selvagens por toda parte

Em uma cidade africana, você verá o mesmo número de leões ou zebras que encontraria nas ruas de qualquer metrópole mundial: zero. Não há absolutamente nenhuma condição favorável para eles nos centros urbanos, é óbvio que vivem apenas em seus habitat naturais. Se você quiser ir à África com o intuito de observar animais selvagens, terá que fazer uma viagem específica para esse fim.

5 – A África é uma excluída digital

A jornalista Christine conta que ainda conversa com pessoas, pela internet, que ficam surpresas pelo simples fato de que ela, uma africana, tem acesso a computadores e internet! Um dos interlocutores da jornalista chegou a perguntar se ela usava um computador movido a vapor. Ela explica que a tecnologia não perde muito tempo em fazer seus produtos mais modernos chegarem até a África, e que eles estão cada vez menos atrasados em relação ao resto do mundo.

4 – Existe o “idioma africano”

Da mesma forma que ainda há gente que considera a África um único país, também existem pessoas que
imaginam todos os habitantes do continente falando a mesma língua. Christine explica que apenas na Namíbia, de onde ela veio, há mais de 20 idiomas usuais, incluindo mais de um “importado” e alguns nativos. Nenhum país do continente tem menos de cinco dialetos correntes.

3 – A África tem poucos hotéis

Não é uma missão impossível encontrar hospedaria em uma visita ao continente africano. As maiores cidades do continente dispõem de dezenas de hotéis disponíveis para turistas. Só nas oito maiores cidades da África do Sul, segundo Vrey, existem 372 hoteis.

2 – Os africanos não sabem o que é um banheiro

Há quem pense, de acordo com a jornalista, que todos os africanos sejam obrigados a fazer suas necessidades atrás do arbusto ou em latrinas a céu aberto. Isso vale, segundo ela, apenas para as áreas desérticas e vilarejos afastados. No geral, uma casa na África dispõe de um vaso sanitário muito semelhante ao seu.

1 – Todos os africanos são negros

Da mesma forma que houve miscigenação de raças na América, devido às intensas migrações de europeus, a África também recebeu essas misturas. Na Namíbia, por exemplo, há famílias africanas brancas descendentes de franceses, holandeses e portugueses. Mas não há apenas isso: o continente também abriga grandes comunidades de indianos, chineses e malaios, de modo que não se pode falar em “raça africana”.

Christine Vrey também explica que não existe uma “raça negra”. Muitas pessoas, de acordo com a jornalista, acham que todos os negros são da mesma raça ou grupo étnico. Ela conta que já ouviu pessoas descreverem a própria descendência como sendo, por exemplo, ¼ britânicos, ¼ hispânicos, ¼ russos e ¼ “negros”.

Isso é um engano: há várias características físicas dissonantes entre os povos de pele escura. As diferenças começam pela própria tonalidade: alguns povos têm a pele mais “avermelhada” ou mais marrom do que outros, e alguns são menos escuros, sem levar em conta a miscigenação. Não é possível falar, portanto, em “negros” simplesmente. [Listverse]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

296 Comentários

  1. Bem explicadinha a reportagem. A África é isso aí: Demais. Chega de preconceitos! Ou melhor, ignorância.

    Thumb up 25
  2. “Um dos interlocutores da jornalista chegou a perguntar se ela usava um computador movido a vapor”.

    Se eles usam a vapor, nós usamos a manivela, vergonha de internet!!!
    Se a GVT é a melhor internet do brazil zil zil(que eu já tenho dó de mim), coitado de quem tem a pior…

    Thumb up 16
    • Elton,
      no interior do Brasil, onde minha familia mora, só tem acesso à internet via radio. O aliás é recente, há até pouco tempo o acesso era somente pela net discada…

      Thumb up 8
    • Sim. Não sei em que lugar sua família mora, mas em vários lugares de Minas Gerais, por exemplo, era exatamente assim, faz pouco tempo. Nem mesmo rede celular existia até uma operadora fazer uma parceria com o governo mineiro. Quando viajava pra lá ficava fora do ar pra valer.

      Thumb up 5
    • E que tal citar a internet Sul Coreana? Uma só palavra: “formidável”

      Thumb up 5
    • Japonesa também. 100Mbps e 1Gbps.

      Thumb up 5
    • Tem muita gente dentro do Brasil, até artistas da Rede Bobo de Teleganação que diz que Campo Grande é capital de Mato Grosso. Que Cuiabá também é. Que quando pergunta-se sobre Mato Grosso do Sul ficam embananados e daí dizem que a capital é Cuiabá. E veja bem que esse povinho ainda fazem campanha para criar novos Estados na região Norte do Brasil onde só tem florestas que serão devastadas para dar lucros e pagar altos salários aos novos e velhos políticos que entrarão em cena no teatro da corrupção.

      Thumb up 2
    • Ezio

      Se você se refere ao plebiscito que ocorreu para a divisão do Pará, claro que tudo isso que você citou viria “de brinde”, mas a divisão para a população que não mora na região metropolina (Belém) faz-se mais do que necessário.
      A região Sudeste do estado arrecada altíssimos impostos e trouxe uma explosão demográfica para a região porém o investimento público não é capaz de acompanhar, grande parte dos investimentos é aplicado (além da corrupção que é praticamente um fator inerente ao governo no Brasil) na região da capital e aí, nessas condições, é um muito fácil para um Belenense bater no peito e repetir “quero o Pará grande” mas te garanto que esse indivíduo nunca se dispos à conhecer as mazelas do interior do seu grande estado, que infelizmente é digno de pena.

      Thumb up 0
  3. É sabido que existe na Africa cidades modernas, costumes ocidentais, tecnologias etc…
    Ainda assim, prefiro aquelas paisagens africanas que se perdem no horizonte com aquele por do sol avermelhado, salpicado de manadas de animais selvagens pastando ou correndo assustados, vegetação rasteira enviesada por gramíneas verdejantes… é um privilégio daquele povo.

    Thumb up 12
  4. Nossa alguns comentarios de baixa sabedoria.. se assim pode -se classificar. a Africa é uma benção.. merecem o reespeito… afinal Deus é o criador da humanidade.. bjs no coração dos Africanos de todos os paises e deste continente.. os amo .. Deus os abençoe muito.. feliz 2012. a todos.

    Thumb up 8
  5. Uma mentira pode correr 6 vezes pelo mundo antes de que a verdade tenha tido tempo para pôr-se as calças.

    Thumb up 17
  6. Se mandar juntar um monte de mulheres na Bahia, acho que ia ficar bem parecido com essa foto da mulherada, mudaria só um pouquinho, nossas mulheres são melhores.

    Thumb up 4
    • A verdade é que os “europeus” continuam tirando os negros da África e enviando para as Américas, aqui eles tem abrigo e regalias que aí não tem, a África é mais racista que qualquer lugar do Mundo. Toneladas de comida são jogadas ao lixo diariamente no Brasil, o Brasil produz grãos e alimentos para alimentar o mundo inteiro mas isso não é vantajoso é vantagem vender a produção e o que perece o lixo leva sem grandes cobranças, vergonha dizer que há falta de alimentos no mundo, quando 30% da produçãó ou mais é jogada ao lixo. Só a pouco tempo o Estado de Páraná se organizou para destinar algumas tonelas de alimentos recolhidas no sul para benificiamento produzindo ração de animais, adubos e materia para produção de energia. Antes tarde do que nunca parabéns Estado do Paraná. E desculpem não achei os indices de desperdício nem o montante de milhares de tonelas diárias “recolhidas e as descartadas” foi uma reportagem da Record News, mas encontrar os sites não é fácil prá minha pessoa ocupada, q recolhe dois carrinhos de super de alimentos descartados toda quinta-feira de uma feira ambulante e uso para adubar os canteiros da rua que adotei.

      Thumb up 6
    • Parabéns pela iniciativa! Se toda população pensasse (e agisse) como você, teremos uma cidade bonita e diminuição de desperdício…

      Thumb up 3
    • Tem suas qualidades com certeza^^

      Thumb up 3
    • sendo ou não sendo, eu é que não vou discordar de Chuck Norris!

      Thumb up 5
    • mulatas são tudo-de-bom

      Thumb up 3
    • Pra mim tanto faz, o que vier tá bom.

      Thumb up 1
  7. Num sei não, onde há fumaça , há fogo, estes dias estava vendo na tv que cada 3 pessoas mulheres 2 são estupradas, sem contar que algumas pessoas são sacrificadas para trabalhos religiosos, o que a gente vê aqui nas imagens é tudo muito bonitinho e daí será bom mesmo quanto parece, é que nem o Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, vem o turista, e volta encaixotado, quando morre de bueiro, então vamos ficar quiétinhos, a gente sabe que o time aqui não é bom, mas tá ganhando.

    Thumb up 2
  8. Morei em Africa 14 anos, congo Brazzaville, Rep dos camaroes, Angola, Congo democratico, e Moçambique, A africa em termos de tecnologia muitas xx la chega primeiro q aqui no brasil, o povo sao simpaticos, amigos, educados, La os brancos sao natural de lá ou decendentes,os africanos sao inteligentes falam os dialetos ,o ingles, frances,tem facilidade em aprender outros idiomas,amo a AFRICA é bonita a fauna flora, onde tem o metro quadrado com mais gente bonita , felicidades ao POVO AFRICANO………

    Thumb up 18
    • Muito legal, nem havia percebido. É que a foto do item número 1 me chamou mais a atenção. Ah! As mulheres! De todas as cores!

      Thumb up 7
    • Eu também tive a mesma observação. Já da idéias de se fazer um safari entre essas belas africanas…

      Thumb up 5
    • … a carne é fraca…

      Thumb up 6
    • Han?

      Thumb up 5
    • achei muito lindo!!! Os animais tem muito a nos ensinar!

      Thumb up 7
    • Racismo declarado implicitamente! Cuidado!

      Thumb up 2
    • COMENTÁRIO INICIAL: “Notaram que na foto seis há dois suricatesinhos abraçados?”

      MINHA RESPOSTA AO COMENTÁRIO INICIAL: “achei muito lindo!!! Os animais tem muito a nos ensinar!”

      QUE RACISMO IMPLÍCITO ENCONTRA-SE NO MEU COMENTÁRIO?? FALEI EM RELAÇÃO AOS ANIMAIS NÃO ESTAREM NEM AÍ PARA A IGNORÂNCIA HUMANA.

      Thumb up 3
  9. Trabalhei cinco anos na África (Moçambique, Angola, Liberia). Embora fosse um jornalista experiente, trabalhando para a ONU, tinha muitos preconceitos. Viajei pelas várias regiões do continente e conheci uma diversidade bem maior do que na América Latina.

    Como brasileiro, aprendi muitas coisas que ignorava. Foi como encontrar minha outra metade lá, o meu lado não europeu, que todos os brasileiros possuímos. Lá, como aqui, há gente de todo tipo.

    Os preconceitos e as fantasias foram criados pelos europeus e outro colonizadores para facilitar o seu domínio. Como o de que o negro era menos humano e, portanto, poderia ser feito escravo, selm qualquer preocupação ética.

    Thumb up 21
    • Que legal, me diz uma coisa: Como é o português falado em Angola e Moçambique? é muito diferente daqui?

      Thumb up 5
    • nunca estive lá, mas creio que a língua portuguesa de lá esteja mais proximo do de Portugal.

      Thumb up 6
    • ops…”esteja mais próxima da de Portugal”

      Thumb up 4
    • ops… corrigindo: esteja mais próxima da de Portugal.

      Thumb up 4
    • Eles falam com sotaque de Portugal.
      Todos os habitantes de ex colônias portuguesas, com exceção do Brasil, que eu já conheci falam com o sotaque e utilizam expressões do português falado em Portugal.

      Thumb up 7
    • Hum… Imaginei que seria diferente do nosso português, devido à influência das línguas nativas africanas. E o brasileiro tem muita influência dos castelhanos e alemães, aqui no sul, e dos italianos em São Paulo. Até no idioma somos uma mistura de povos.

      Thumb up 6
    • É isso mesmo. Falamos o PT-PT.

      Thumb up 4
    • Estive em Portugal, Jonatas. Lá tem muitos negros africanos e falam o portugues tal como é falado em portugal. Nós que vamos passear por lá ficamos perdidos com nossa língua brasileira e nem com os africanos conseguimos entender bem, coisa que eles não têm dificuldades.

      Thumb up 2
  10. Li muito comentário aqui. Eu sou africano e tenho que reconhecer: a África é muito mal vista. É verdade temos sérios problemas em alguns países (fome, guerra, políticos corrupto, ditadura), mas nem toda a África é assim. Por exemplo meu país (Cabo Verde) é considerado mais democrático que pais como Portugal e mesmo o Brasil. E só temos 36 anos de independência. Não temos ouro, nem diamante, nem petróleo, não chove, importamos tudo o que consumimos (excepto os peixes) e mesmo assim somos referência a nível mundial. É claro que temos nossos problemas. E temos outros países africanos que são referencia em outras áreas. O que quero dizer é que todos os continentes (e países) têm seus problemas, mas também tem coisas boas.

    Thumb up 26
    • Gostei muito da sua resposta. Concordo plenamente que em todas as regiões tem os seu problemas, mas acredito que as coisas boas ainda prevalecem e estas é que deveriam ser valorizadas.

      Thumb up 11
    • Tem, eu mesmo me supreendi com o imprecionante nível cinematográfico da Nigéria, e ainda mais com um filme dirigido por um sul-africano; District-9, muito bom mesmo, eu recomendo.

      Thumb up 5
    • Oi Rolando gostei do sei comentário,mas lamento ter que discordar contigo em alguns pontos, quando diz que o nosso pais não chove. Chove pouco e é primordial para o sustento das nossas familias e quando diz que importamos tudo o que consumimos não é verdade. temos produtos nacionais muito solicitados pelos turistas, só para dar um exemplo temos o famoso vinho da ilha do fogo, e muito mais que não dá para especificar agora.

      Thumb up 3
    • hahaha Claro. Mas me referia a produtos de primeira necessidade. E quanto a chuva e ao ano agrícola varia de ano para ano, mas mesmo num ano muito bom não conseguimos satisfazer toda a necessidade alimentar. Agora vamos ver se as 17 (acho que é esse o número) novas barragens vão mudar esse cenário. Quanto a exportação tirando o peixe, o vinho e os produtos artesanais fica apenas o turismo.

      Thumb up 0
    • tenho que admitir acho que fui muito ingênuo pensando que África era um único país, e o pior pensando que la era tudo bagunçado.
      mas e culpa desse filmes americanos, eles fazem esse markentig maligno.

      me desculpe, agora sei como e o continente africano.

      Thumb up 3
  11. Deveria fazer um post como esse sobre o Nordeste brasileiro, pois TODO O MUNDO pensa que só temos miséria, pobresa e seca por aqui…temos isso TAMBÉM!! Temos belas praias, bela arquitetura, pessoas bonitas, temos o carnaval (frevo, maracatu, caboclinho, ciranda, coco…). Temos belas cachoeiras, temos as dunas, temos nascentes de rios lindas…eu não entendo por que só passa na tv a seca…A seca é sim um problema eterno, pois não podemos “obrigar” cair chuva dos céus…podemos sim exigir do Governo que faça serviços que levem água até onde se precisa. Mas por que acabar a seca, se é uma FONTE de votos? Então a imprensa mostra apenas isto. Espero que conheçam mais e melhor essa regão do país onde somos discriminados apenas por termos nascido nesta nela. SOU PERNAMBUCANA COM MUITO ORGULHO E BRASILEIRA COM MAIS ORGULHO AINDA.

    Thumb up 19
    • O Nordeste, eu pensava mesmo que só havia pobresa, desde “Morte e Vida Severina” que líamos na dissiplina de Literatura. Ou então aquelas piadas de que nordestino é preguiçoso. Tudo isso cria uma imagem incerta de um povo, hoje sei disso. Grande é o povo nordestino, tem um lugar aí que ainda quero conhecer, Maceió, beira mar, deve ser inesquecível.

      Thumb up 16
    • Pois é…o povo nordestino é muito batalhador e muito receptivo. Venha conhecer maceió e quantas outras sentir vontade, seja sempre muito bem vindo. :)

      Thumb up 4
    • Tenha certeza que será mesmo inesquecível! Essa música é de um grande cantor Flávio José, ela fala bem sobre o Nordeste:

      Orgulho de Ser Nordestino Flávio José

      ALÉM DA SECA FERRENHA
      DO CHÃO BATIDO E DA BRENHA
      O MEU NORDESTE TEM BRIO
      QUER CONHECER ENTÃO VENHA
      QUE EU VOU TE MOSTRAR A SENHA
      DO CORAÇÃO DO BRASIL
      SÃO NOVE ESTADOS NA RAIVA
      TODOS COM BANHO DE PRAIA
      NUM CÉU DE ANIL E CALOR
      SÃO NOVE ESTADOS UNIDOS
      CRESCRENTES FORTALECIDOS
      ONDE O BRASIL COMEÇOU
      E HOJE NO CALCANHAR DA CIÊNCIA
      FORMAM UMA GRANDE POTÊNCIA
      IRRIGANDO O CHÃO QUE SECOU
      É VERDADE QUE A SECA INDA DEIXA SEQUELA
      MAS FOI APRENDENDO COM ELA
      QUE O NOSSO NORDESTE GANHOU
      DEIXOU DE VIVER DE UAM VEZ DE ESMOLA
      E FOI DESCOBRINDO NA ESCOLA
      A GRANDEZA DO NOSSO VALOR

      EU QUERO É CANTAR O NORDESTE
      QUE É GRANDE E QUE CRESCE
      E VOCÊ NÃO CONHECE DOUTOR
      DE UM POVO GUERREIRO, FESTIVO E ORDEIRO.
      DE UM POVO TÃO TRABALHADOR
      POR ISSO NÃO PISE, VIAJE E PESQUISE.
      CONHEÇA DE PERTO ESSE CHÃO
      SÓ PRA VER QUE O NORDESTE
      AGORA É QUEM VESTE
      É QUEM VESTE DE ORGULHO A NAÇÃO

      http://www.vagalume.com.br/flavio-jose/orgulho-de-ser-nordestino.html#ixzz1iPmKh5qi

      OBS: todos os estados vestem de orgulho a nossa nação.

      Thumb up 5

Envie um comentário

Leia o post anterior:
_57143197_facebooklikelarge
Como o Facebook mudou nossas vidas?

Você já reparou que ...

Fechar