10 Inacreditáveis propagandas de cocaína e outras drogas

Publicado em 10.11.2008

Cocaína, morfina e até heroína eram vistos como remédios miraculosos quando foram descobertos. As substâncias que hoje são proibidas estavam legalmente disponíveis no passado. Os fabricantes de medicamentos, muitos dos quais existem até hoje, proclamavam até o final do século 19 que seus produtos continham estas drogas. Abaixo veja dez impressionantes propagandas antigas. Não deixe de ler até o final.

10. Heroína da Bayer

propaganda maluca

Um frasco de heroína da Bayer. Entre 1890 a 1910 a heroína era divulgada como um substituto não viciante da morfina e remédio contra tosse para crianças.

9. Vinho de coca

propaganda maluca

O vinho de coca da Metcalf era um de uma grande quantidade de vinhos que continham coca disponíveis no mercado. Todos afirmavam que tinham efeitos medicinais, mas indubitavelmente eram consumidos pelo seu valor “recreador” também.

8. Vinho Mariani

propaganda maluca

O Vinho Mariani (1865) era o principal vinho de coca do seu tempo. O Papa Leão XIII carregava um frasco de Vinho Mariani consigo e premiou seu criador, Angelo Mariani, com uma medalha de ouro.

7. Maltine

propaganda maluca

Esse vinho de coca foi feito pela Maltine Manufacturing Company de Nova York. A dosagem indicada diz: “Uma taça cheia junto com, ou imediatamente após, as refeições. Crianças em proporção.”

6. Peso de papel

propaganda maluca

Um peso de papel promocional da C.F. Boehringer & Soehne (Mannheim, Alemanha), “os maiores fabricantes do mundo de quinino e cocaína”. Este fabricante tinha orgulho em sua posição de líder no mercado de cocaína.

5. Glico-Heroína

propaganda maluca

Propaganda de heroína da Martin H. Smith Company, de Nova York. A heroína era amplamente usada não apenas como analgésico, mas também como remédio contra asma, tosse e pneumonia. Misturar heroína com glicerina (e comumente açúcar e temperos) tornada o opiáceo amargo mais palatável para a ingestão oral.

4. Ópio para asma

propaganda maluca

Esse National Vaporizer Vapor-OL era indicado “Para asma e outras afecções espasmódicas”. O líquido volátil era colocado em uma panela e aquecido por um lampião de querosene.

3. Tablete de cocaína (1900)

propaganda maluca

Estes tabletes de cocaína eram “indispensáveis para cantores, professores e oradores”. Eles também aquietavam dor de garganta e davam um efeito “animador” para que estes profissionais atingissem o máximo de sua performance.

2. “Drops de Cocaína para Dor de Dente – Cura instantânea”

propaganda maluca

Dropes de cocaína para dor de dente (1885) eram populares para crianças. Não apenas acabava com a dor, mas também melhorava o “humor” dos usuários.

1. Ópio para bebês recém-nascidos

propaganda maluca

Você acha que a nossa vida moderna é confortável? Antigamente para aquietar bebês recém-nascidos não era necessário um grande esforço dos pais, mas sim, ópio.

Esse frasco de paregórico (sedativo) da Stickney and Poor era uma mistura de ópio de álcool que era distribuída do mesmo modo que os temperos pelos quais a empresa era conhecida.

“Dose – [Para crianças com] cinco dias, 3 gotas. Duas semanas, 8 gotas. Cinco anos, 25 gotas. Adultos, uma colher cheia.”

O produto era muito potente, e continha 46% de álcool. [Oddee]

Autor: Cezar Ribas

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

87 Comentários

  1. Muito boa essa materia… a internet precisa disso
    materias explicitas de coisas interessantes e inteligentes!!!

    Thumb up 0
  2. Olá, Thiago,

    Pode copiar um ou dois parágrafos. Em seguida você pode colocar um link para o visitante ler no aqui site original.

  3. parabens pelo site!!
    é a primeira vez q eu venho aqui e me deparo já de cara com essa excelente matéria!

    com sua permissão postarei esta noticia em meu blog (com os devidos créditos)

    abraço

    Thumb up 0
  4. O uso de detreminados intorpecentes era muitíssimo comum no passado. Excelente retrospecto. Recomendarei esta leitura.

    Thumb up 0
  5. Prezado Magno. Vc toma todo dia coca-cola porque é viciado, pelo motivo dos componentes, pincipalmente a coca, causar dependência.

    Thumb up 0
  6. Nossa… essa matéria foi espetacular!!!
    Nunca poderia imaginar que antigamente a cocaína e algumas outras dorgas pudessem ser usadas desse modo.
    É… a cada dia que passa me surpreendo mais ainda com as coisas que o povo fazia naquela época rsrsrsr!!!
    Vocês estão de parabéns, a mataria foi sensacional.
    Abraços!

    Thumb up 0
  7. Sou Graduando em biomedicina pela uninove, vila maria, ontem tivemos uma palestra com integrantes do CIEE um centro integrado de assuntos voltados as drogas.
    Fiz a seguinte pergunta ao palestrante: tenho o hábito de tomar pelo menos uma coca-cola ao dia e observei que de acordo com os slades a coca ou folha ou qualquer componente foi retirado pela coca-cola em 1906:pergunto, pelos meus connhecimentos químicos posso afirmar que tão somente a cafeína contida na formula da coca-cola não me ‘obrigaria” a tomar uma coca por dia, o palestrante que é médico psiquiatra não sabia o que responder…vcs podem??????

    Thumb up 0
  8. lololol… perceberam o anúncio do google nessa página? na minha está aparecendo: Visite a argentina..lolol
    pelo pouco que sei, o anúncio do google se relaciona com os termos que aparecem na página, então o termo cocaína se vinculou diretamente à argentina… só pode ser por causa daquele bolo de pó do diego maradona

    Thumb up 0
  9. Jader, era uma droga mesmo, mas era óleo de ríceno, ou oléo de mamona pra quem não sabe é a mesma coisa.
    Quanto a reportagem, de fato fantástica, mas não pensem que até hoje coisas do tipo não acontecem. A algum tempo atrás todos falavam dos benefícios incríveis da gordura trans hoje ela é vilã, na mesma época a manteiga tradicional foi condenada e hoje muitos especialistas afirmam que ela é uma opção melhor do que a margarina convencional com gordura vegetal hidrogenada e tantas outras coisas que ainda vamos descobrir. No campo dos remédios também não é diferente, muito embora os controles e orgãos reguladores sejam muito mais rígidos volta e meia se recolhe um medicamento porque se descobriu que ele contém um efeito colateral fortíssimo, eu mesmo por mais de 10 anos tomei um medicamento que levava na bula os dizere: “Devido a razões que não foram completamente esclarecidas o principio ativo deste medicamento produz incremento do apetite” e nas contra indicações ainda se lia coisas como “Não foi completamente descoberta a sua ação em gestantes, lactantes e crianças até cinco anos…” obviamente a transcrição está com minhas palavras, mas dá para se ter uma idéia de que nem tudo é como muita gente pensa.
    Um abraço e parabéns pela matéria. Vou publica-la em meu blog, com a devida citação dos créditos e fonte.
    Um abraço

    Thumb up 0
  10. Olho de RICINO? num éra ÓLEO de RICINO?

    huahauahua

    Ainda acho que essa droga deveria ser comercializada e controlada pelo governo, gerando uma receita violenta, e ainda acabando com o tráfico, já que poderia encontrar numa farmácia qualquer. Enfim, mas como tudo é motivo de desordem, não demoraria muito os bandidos começarem a saquear as farmácias, atear fogo em ônibus, etc. Exigindo do governo que estão tendo prejuízos com a venda legal da Droga, e é ainda capaz do governo recuar e concordar com o bandido. Já que a lei nunca favorece o trabalhador, apenas Políticos e Bandidos… que afina na maioria políticos e bandidos são reciprocos.

    Thumb up 0
  11. No Brasil, ainda na década e 50 vendia-se cocaína em farmacias brasileiras. Grandes mestres basileiros, das mais diversas áreas faziam uso da coca para terem maior disposição para o estudo.
    Acredito na eficácia destes produtos em alguns tratamentos específicos sim, claro que em dosagens adequadas e sob orientação médica.
    O grande problema acredito, seja a incapaciade dos governantes mundiais em controlar o mercado e uso, e ou, o pior, o interesse em controlar a venda para enriquecimento próprio (parceria governante de onde a espécie é nativa e os de algumas grandes potências). Assim sendo, é mais fácil tornar ilícito o consumo, pois encarece o produto e poucos tem o poder (e coragem) para comercializa-los.

    Thumb up 0
  12. As drogas são componentes naturais, criados por Deus. O que as tornam perigosas é o fato de a humanidade ser irresponsavel o bastante para não saber usa-las. Garanto que naquele tempo não havia ainda criminalidade devido ao uso de tais drogas.

    Thumb up 0
  13. Com referencia ao comentário nº 2, feito pela adm em resposta à pergunta formulada pelo Nilson de A. Ferreira, quando informa que a Coca-Cola não utiliza cocaína na sua formulação, pergunta-se: 1) Por que então colocam as folhas da coca na preparação ? Não será para extrair o principio ativo, que vem a ser a cocaina ? E porque essa multinacional é a única empresa de refrigerantes do mundo com autorização para utilizar a folha de coca, em produtos destinados ao consumo popular ? Será porque faz parte da “elite Bilderberger” ?

    Thumb up 0
  14. Cara,não sou desse tempo…mas sou do tempo do OLHO DE RICINO que não era intorpecente mas era uma ” droga” …heheh

    Thumb up 0
  15. Helena, faz muito tempo e ninguém daquela época é vivo, por isso ninguém comenta.

    Thumb up 0
  16. Engraçado!! Nossos famílias não comentam nada sobre isto. Só o quê importava era abafar o assunto!! Provavelmente as drogas que existem hoje foram fabricadas por farmaceuticos. Já que desde 1885 eles manipulavam este componente!!! Como derepende virou o quê é hoje. Tirando o poder de capital que esta atividade têm.

    Thumb up 0
  17. Além do tema Propaganda de Drogas, ocorreu-me um outro bem interessante sobre cigarro. Em publicidades bem antigas o fumo é enaltecido como extremamente benéfico ao sistema respiratório ou aos pulmões, não estou bem certo. Se não me engano, li também da importância de sua utilização em termos de elegância. Jornais aí da década de 30 ou 40.

    Thumb up 0
  18. Olá, Nilson. A Coca-cola nunca usou cocaína. Ela usava e ainda leva em sua fabricação folhas de coca.

  19. Sou adepto as noticias nuas e cruas.
    Por muito, fui adepto a leitura da revista superinteressante, que por algum motivo perdeu-se em propagandas. Curiosidades como essa, mostra-nos como o tempo pode mudar os valores.
    Pergunta?
    Qual o percentual de cocaina que éra posto ou, se realmente éra posto na fabricação da coca-cola

    Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
aranha-saltadeira-1
Aranhas podem ser bonitas?

Depois de ver estas ...

Fechar