10 momentos “sinistros” de filmes da Disney

Publicado em 18.10.2011

Disney é sinônimo de infância, não? Quantos de nós não passamos um bom tempo de nossas vidas assistindo histórias, literaturas e mitos reescritos com arco-íris, borboletas e músicas fofas?

Para a Disney, A Pequena Sereia, em vez de dissolver-se em névoa e spray, casa-se com um príncipe e vive feliz para sempre no seu reino à beira-mar. O Hércules da Disney torna-se um deus quando coloca a vida de outra pessoa acima de sua própria, enquanto o Hércules mitológico se torna um deus quando implora para ser incendiado para acabar com a dor de estar preso em uma camisa envenenada.

Embora todos os contos da Disney tenham finais felizes para sempre, muitos filmes, em algum momento, tomaram um rumo mais obscuro, assustando as criancinhas amáveis que torciam pelo melhor. Confira alguns desses momentos:

1 – Morte da mãe do Bambi

A morte da mãe de Bambi é um momento obscuro por excelência. Ela morre no meio do filme, horrivelmente, depois de termos a chance de conhecê-la, depois de a vermos criar Bambi e ensinar-lhe os caminhos da floresta.

Um inverno rigoroso segue um verão escasso, e, um dia, quando estão no prado, ela sente o perigo: há caçadores na floresta.
A mãe pede que Bambi corra sem olhar pra trás. Há estalos de tiros. Quando Bambi chega com segurança ao mato, ele se vira, alegremente dizendo: “Conseguimos, mamãe”. Não há ninguém além dele. Sozinho, neve caindo, ele procura por sua mãe. Ele a chama, mas só há silêncio. Põe tristeza nisso.

2 – Pinóquio virando um menino de verdade

Pinóquio é a história do boneco que se torna um menino de verdade. Porém, até isso acontecer, a história é pura insanidade: ele é sequestrado por vigaristas e obrigado a trabalhar em um teatro de fantoches para não ser jogado no fogo. Daí foge só para ir parar em uma ilha onde meninos “bobos” se transformam em burros (literalmente) e são vendidos para trabalhar nas minas de sal e circos.

Depois de escapar da maldita ilha, ele é engolido por uma baleia gigante que também engoliu Gepeto, seu criador. Eles enfurecem a baleia com seus esforços para escapar, e Pinóquio se sacrifica para salvar Gepeto. A Fada Azul, vendo seu altruísmo, o traz de volta à vida e, finalmente, o transforma em um menino de verdade. O que é isso, Disney?

3 – Mulan e o mensageiro

Parece um momento obscuro minúsculo em um filme sobre guerra, e devem existir momentos piores, mas esta cena curta em Mulan sempre surpreende com sua crueldade. Dois soldados imperiais são capturados por Shan-Yu, líder Hun, que lhes dá uma mensagem para levar para ao imperador da China. Conforme eles fogem, Shan-Yu pergunta a um dos seus companheiros quantos mensageiros são necessários para entregar uma mensagem. A resposta é “Um”. É impressionante como a vida humana é tratada de modo insignificante entre os dois lados em uma guerra.

4 – Copper caçando Tod em O Cão e a Raposa

No início, O Cão e a Raposa parece um filme encantador sobre a forma como a amizade transcende tudo, mas, em algum lugar no terceiro ato, a história toma uma virada.

O “mestre” (dono) de Copper é atropelado por um trem em um acidente causado por Tod. Copper promete “pegá-lo”. Slade, o dono de Copper, coloca armadilhas, e logo Tod é pego em uma toca com fogo em uma extremidade, e Slade e Copper na outra.

Tod salta através do fogo. Copper o persegue. Eles se chocam, lutando e uivando, todos os vestígios de sua amizade de infância esquecidos. Tod consegue escapar quando um urso negro aparece e Copper corre para defender Slade.

Mas, então, Tod volta. Ele vê seu velho amigo em perigo, e atrai o urso de olhos vermelhos para baixo de uma cachoeira correndo. O final que se segue é surpreendentemente adulto e dolorosamente agridoce. Tod e Copper estão em suas respectivas casas. Uma conversa antiga aparece: “Nós seremos amigos para sempre, não é?”, diz Tod. “Sim”, responde Copper. “Para sempre”.

5 – A família desfeita de Lilo & Stitch

A tristeza de Lilo & Stitch é de um tipo muito diferente de outros momentos sinistros de filmes da Disney, mas ainda significativa.

É um momento sobre a dor de uma família desarticulada, uma família “quebrada” (desfeita), como Lilo diz. Depois de uma visita de uma assistente social, Nani tem de provar que está apta para cuidar de sua irmã mais nova, Lilo. Quando ela ouve Lilo orando por uma estrela cadente por um amigo, decide dar a ela um animal de estimação.

Esse animal acaba por ser um alienígena. Mais desastres acontecem em seguida. A assistente social retorna, dizendo que Nani não é a melhor opção para Lilo. Naquela noite, Stitch, vendo o problema que causou, vai embora. Lilo lhe diz: “Eu vou lembrar de você, eu lembro de todo mundo que vai embora (me deixa)”.

Na sua essência, Lilo & Stitch é sobre a solidão, encontrar um lugar para encaixar, sobre a necessidade de companheirismo e as famílias que criamos. Adulto demais para um filme infantil, não?

6 – A morte de Clayton em Tarzan

Neste ponto do filme, as motivações de Clayton são claras. Ele planeja capturar gorilas e vendê-los na Inglaterra, uma tarefa muito mais fácil com Tarzan fora do caminho.

Clayton atira em Kerchak, uma ferida fatal, e Tarzan vai atrás de um Clayton maníaco ao longo da floresta tropical. Depois de algumas dificuldades, Tarzan consegue apontar a arma de Clayton contra sua garganta.

Clayton desafia Tarzan a matá-lo, dizendo-lhe para ser um homem. Ao invés disso, Tarzan destrói a arma, jogando-a no chão da floresta. Clayton puxa seu facão e segue Tarzan segurando-se em vinhas, mas na tentativa de cortar Tarzan, ele corta a vinha segurando a si mesmo. Clayton corta todas as vinhas, exceto uma contra o seu pescoço. Há uma queda curta e uma parada repentina. Contra um relâmpago, há a sombra de Clayton sem vida, pendurado. Dramático.

7 – Morte de Mufasa em O Rei Leão

Um número surpreendente de filmes da Disney têm personagens principais com pais mortos, ou simplesmente “inexistentes”.

Nos primeiros filmes da Disney, suas ausências eram raramente mencionadas e nunca explicadas. Há os pais desaparecidos da Branca de Neve, e as mães ausentes de Bela e Ariel. Em O Rei Leão, Simba tem ambos os pais, mas o momento mais climático de seu pai é sua morte.

Simba ouve que ele é responsável por essa morte. Mas o assassinato de Mufasa é conivente, de coração frio, feito por Scar, seu irmão, que imediatamente faz com que Simba fuja e, posteriormente, manda hienas para matá-lo. No final, a justiça é feita: Scar morre. E, claro, existe o momento ícone de Simba chorando sob seu braço morto.

8 – Música “Savages” em Pocahontas

A música entra em uma altura do filme em que os nativos e os colonos estão à beira da guerra. A intensidade de letras como “O que se esperar/Desses pagãos nojentos?/Essa sua maldita raça é como uma maldição/A sua pele é um vermelho meio satânico/Só são bons quando falecem” é incrivelmente cruel para o primeiro filme da Disney que lidou abertamente com o racismo e o imperialismo. Embora esta história tenha um final feliz, ainda há uma obscuridade e urgência neste número de música que é desconhecido em outros filmes da Disney.

9 – Música “Hellfire” de O Corcunda de Notre Dame

Como “Savages”, “Hellfire” é uma canção de vilão que toca em tabus. Em vez de imperialismo, racismo e guerra, no entanto, esses tabus são de sexo, sensualidade e estupro – muitos mais proibidos para a Disney.

O juiz Frollo, tendo acabado de assistir Esmeralda realizar, essencialmente, uma dança exótica (no poste) e, posteriormente, salvar Quasimodo de sua punição, fica excitado e enfurecido por ela em partes iguais, uma combinação assustadora.

Consumido pela luxúria, ele a procura da única maneira que sabe – pedindo-lhe que “escolha entre ele ou a pira”. Letras como “destruir Esmeralda/e deixá-la saborear incêndios do inferno/ou então deixá-la ser minha e só minha” transmitem imagens de furor e religião, em uma canção sobre morte iminente e frustração sexual.

10 – O Caldeirão Mágico

Considerado o filme animado mais obscuro da Disney, O Caldeirão Mágico é a história de Taran, um jovem com sonhos de heroísmo que deve encontrar e destruir um caldeirão preto encantado para que o Rei de Chifres não possa usá-lo para levantar um exército de mortos-vivos.

O Caldeirão Mágico foi o primeiro filme da Disney a ser classificado como contendo imagens sombrias e violentas, uma das quais deve ter sido o Rei de Chifres.

Modelado após Satanás em ambos temperamento e aparência, o Rei de Chifres era uma figura do mal implacável. Sob o seu manto escuro, ele não era nada mais que um esqueleto com chifres e brilhantes olhos vermelhos. Complete isso com um assustador castelo em ruínas cheio de cadáveres apodrecidos, um calabouço onde Taran está no início do filme, uma adega úmida onde o Caldeirão nasceu das águas e pronto: como um todo, O Caldeirão Mágico é um filme assustador e profundamente perturbador.

Conhece algum outro momento obscuro de filmes da Disney? Compartilhe![Listverse]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 25 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

143 Comentários

  1. A Mãe da Ariel, eu sei como ela morreu, e foi uma das mortes mais marcantes dos desenhos da Disney. Em um Filme dela “A Pequena Sereia” a história é simples: Sua Mãe e Suas filhas, estavam recolhendo joias e outros objetos precisos em um certo local. Quando um navio estava chegando e o rei Tritão consegue recuperar todas as filhas. Quando sua esposa vai tentar pegar o resto das joias que havia deixado para trás, o navio se aproximou e bateu em um mero barranco de pedras, esmagando-a. E assim, o rei e suas filhas continuaram o rumo de suas vidas dolorosamente em vão.

    Thumb up 4
  2. ” Eu assisti os filmes da Disney e nunca me afetaram” ,claro que afetaram mas é algo que você não consegue enxergar com clareza,e sim as crianças devem saber o que é a vida mas não se bombardeadas com coisas sobre relações sexuais,não ter uma parte da família é normal.Eu estava conversando com minhas amigas e nós acabamos percebendo que sempre tem aquele personagem que é “BOM” mas que você percebe que não aquilo mesmo,e algumas cenas são fortes para uma criança como as cenas citadas lá em cima,pq semana passada eu vi todas essas cenas e fiquei aterrorizada imagina uma criança.Como o filme A caverna amaldiçoada ele nunca é passado durante o dia por não ser classificado para crianças,que é verdade,eu não conseguia assistir o filme todo por ter medo do final.Na Branca de Neve porque não foi mostrada a madrasta sendo morta ou algo do tipo apenas foi mostrada ela aparentemente morrendo,mas será ela mesmo ou outra pessoa?E na cena de Vida de inseto que o marido da Mariposa fala que “Eu invoco os espíritos de sei la o que” se você ver a cena você não consegue ouvir pq vc se distrai com a caixa,inúmeras cenas dos filmes da Disney são classificadas “pesadas”.Essa coisa de colocar a criança em uma bolha não é verdade e sim,ensinar ela a lidar com coisas da vida sem expor tanto ela e acabar matando a inocência.Admito vi todos os filmes da Disney e todas as cenas citadas e que não foram citadas causou um certo impacto como não consigo lidar com mortes,doenças e etc.E essa coisa fantasia e tals,OK mas como minha empregada ficava comigo ela não escolhia tanto minha programação que ficava o dia todo vendo Disney e essas paradas de fantasia que acabei até hoje na minha fantasia que EU hoje não consigo me livrar mas talvez não seja a única.Enfim questão de opinião.

    Thumb up 4
  3. Cenas fortes, impactantes e memoráveis. Um fato inquestionável acerca dos filmes animados da Disney, mas sabe de uma coisa? Não troco um desenho da Disney que foi lançado nos anos 90~2000, por nenhum dos de atualmente. Por qual motivo? Simples, conteúdo. Tarzan, Alladin, Rei Leão, independente das cenas fortes seja de morte, ou de violência, ou um vocabulário um pouco mais pesado para uma animação infantil, essas animações trabalharam a realidade aliada muito bem a ‘fantasia’, fazendo com que uma criança conseguisse enxergar facilmente, ou quase isso, certos valores essenciais para vida.

    As pessoas são tão “covardes” em relação a violência ou a vocabulário pesado, que preferem esconder seus filhos (pelo menos ao meu ver grande parte age assim) desses temas, do que sentar com o filho e explicar bem para ele, o que pode e o que não pode.

    E quando aparecer certas cenas, como foi citado no post a morte do Clayton, que sim, foi bastante impactante, ainda me lembro do frio que eu senti na espinha quando vi essa cena com 7 anos de idade, tem que chegar e explicar para a criança o que aconteceu com ele e porque que aconteceu.

    Agora, se preferem que seus filhos vejam desenhos bobos, e sem conteúdo algum, depois não venham reclamar deles serem pessoas completamente complexadas ou de certa forma sem conteúdo e atitude. Já que, grande parte da infância de uma criança, está voltada a assistir desenhos/animações, e elas conseguem abstrair e muito bem certas coisas passadas por cada desenho.

    Thumb up 15
  4. Há muito mais por detrás de simples e infantis filmes e desenhos animados. pesuqisem sobre mensagens subliminares e entenderão o que é poder de massificação obscuro…

    Thumb up 11
  5. Não vejo nada demais em mortes em histórias infantis, já que servem apenas para dar continuidade e um tema obscuro a história, crianças não brincam próximas dos pais, é necessário que elas conheçam pessoas com suas idades e de uma forma diferente temas tão naturais da vida como a morte e a sexualidade,toda boa história tem momentos sinistros, elas gostam e tiram prazer dessas coisas,são emoções humanas saúdavéis e inevitáveis, os filmes da disney tem comédia e drama, sexo explicito é diferente, e falar critica de nudez hoje em dia é hipocrisia, a não ser para quem vive detro de uma bolha, eu nem gostava de assistir a morte de Mufasa e respeitavam isso, até hoje acho sinistra a bruxa da Bela adormecida, a transformação de pinoquio também, mas sei que isso tudo foi feito por adultos talentosos e que por perversidade ou não souberam causar grandes imprenssões sem exageiros, as animações da disney são obras-primas que agradam adultos também, assistia dezenas de vezes 101 Dalmatas e nem dava atenção as palavras da Crúela, Dica:Pais assistam esses filmes com seus filhos abertos a falar a respeito e perguntar, sem preconceitos agridoces.

    Thumb up 44
  6. Educação e dicernimento palavras chaves para uma criança tornar-se um bom adulto.

    Thumb up 5
  7. Ora Naty, opiniões são opiniões só isso, não tenho nada contra os filmes da disney,mas que algumas cenas podiam ser evitadas, podiam.. também os cresci a ver e meu filho os viu, penso, como já disse no outro comentário os pais devem saber o que pôr os filhos a ver…
    Acho ó que infância é para ser vivida com inoência e um pouco de fantasia, eles(as) têm muito tempo depois, para se aperceberem da dureza da vida…

    Thumb up 7
    • Tudo bem, opiniões são opiniões, só não acho justo ficarem falando de alguns filmes da Disney sem ver o resto. Não só a infância, mas a vida toda uma pessoa deve viver com no mínimo um pingo de inocência. A criança tem que viver a fantasia, mas também tem que viver a realidade. A infância inocente já se perdeu há algum tempo. As crianças não ligam mais pra desenhos animados, você poder ver isso em uma criança de 8 anos que anda com maquiagem e de salto alto. Cada vez mais vejo crianças brincando na rua e falando palavrão, brigando e batendo como se fosse um delinquente adulto. E enquanto vocês estão falando mal de algumas cenas da Disney, eu acho que vocês deveriam falar mal da criação dessas crianças, por que eu duvido muito que uma criança desse jeito tenha assistido um filme da Disney.

      Thumb up 17
  8. acho que a maioria das pessoas aqui não devem ter filhos ou pelo menos conviver com crianças.

    Thumb up 9
    • E o que isso tem a ver com a Disney ?

      Thumb up 3
    • pq quem convive com crianças sabe que a realidade delas é bem diferente, a dos adultos é pior, crise de adolecencia kkk
      acho que elas nao ligam para crises, preconceitos algumas nao sabem nem o que é guerra aos que tem acesso aos filmes da disney

      Thumb up 5
    • Como já foi dito aqui, não tem essa de colocar a criança em uma bolha e esconder dela tudo de ruim que há no mundo. Se você quiser, deixe seus filhos assistirem Discovery Kids e crescerem bobinhas. Com os filmes da Disney a gente aprende que há injustiças no mundo, mas se a gente lutar contra elas tudo se resolve, a justiça sempre ganha no final. A Disney ensina que nada é impossível e que se você lutar pelos seus sonhos e ter fé neles, eles se tornam realidade.

      Thumb up 15
    • peguei o bonde andando, o que eu tenho a dizzer é que eu vou deixar meus filhos assistirem ao que eles quiserem certo que eles terao o esclareciemnto de que nao é legal assistir drama mas como disse anteriormente como disse anteriormente nem parece filmes infantis- eu assitia muito na minha infancia, a pequena sereia umas 6 vezes juro.

      por isso paro por aqui.

      Thumb up 3
  9. Olá
    Eu sempre fui muito sensivel desde criança, pois chorava com as situações tristes que aconteciam nos desenhos animados.
    Agora uma coisa eu confesso sempre me aterrorizaram as cenas de um filme do rato mikey, em que se vê ele varrendo, a música que se ouve é sinistra.
    Um dia o meu filhote estava vendo esse filme e quando ouvi essa música meu estômago se embrulhou, pensei que isso tinha passado mas não e o curioso é que o meu filho confessou que quando viu esse filme sentiu medo.
    Não sei concordo com alguém que disse aqui , que temos que saber dosear.

    Thumb up 3
    • Não vejo nada de mais na cena que o Mickey está varrendo em Fantasia O.o

      Thumb up 7
    • Não é a cena é a música.

      Thumb up 4
    • Mesmo na música, não vejo nada de mais.

      Thumb up 4
  10. Condicionar às crianças a adaptar-se a uma “realidade” baseada em medo e TODOS os demais erros que nossa sociedade possui é só continuar programando elas para repetir os MESMOS ERROS.
    Isso de que “É A REALIDADE” é uma farsa que quase toda nossa sociedade caiu sem perguntar: QUAIS SÃO REALMENTE NOSSAS CAPACIDADES?

    Esse papo-furado de que “não devemos colocar nossas crianças em um bolha” é tão superficial como o último “sucesso” musical. Se existem tantas bolhas como por exemplo, a escola, a família, os vizinhos, etc. porque não permitir que a fantasia pura seja uma delas? Porque misturar essa fantasia (de um rei leão ou um Bambi que fala e pensa como um humano por ex.) com o que chamam de “REALIDADE” cruel, crua ou dramática? Com todas suas variações de maldade e malícia!!!

    A fantasia pura, sem dualidade, pode ser a última esperança dessa humanidade re-descobrir que viver em um mundo puro é possível sim, e não é nada chato!!!! Que temos poder infinito para construir a REALIDADE que queiramos inspirados somente por ALGO MAIOR!!! E não pela massa coletiva de turno, chamada maioria. É mais, já está acontecendo, por isso crianças com códigos diferentes estão chegando e vão balançar os alicerces dessa ilusão que chamas de realidade.

    Thumb up 5
  11. As crianças estão no mundo real, não existe um mundo a parte das crianças, elas vivem no mundo dos adultos e precisam aprender a viver no mundo dos adultos onde existem perdas, luto, injustiça, violência, etc. Ver esse tipo de coisa de forma mais lúdica e não em filmes que retratam a realidade de forma mais crua pode ser importante para as crianças irem aprendendo a lidar com as contradições da vida, e nos desenhos eles passam ainda a ideia de lutar pela justiça, amizade, essas coisas são positivas no desenvolvimento da criança.

    Thumb up 9
  12. aminha vida toda eu assisti aos desenhos da disney e acho que essa coisa não é tão sinistra como parece. muitas situações dessas acontecem na vida real, comoamãe do bambi que foi morta pelos caçadores. a gente ve noticias daquelas quase todos os diasna tv. desculpem-me ,mas isso aí é um completo absurdo. a disney é coisa de criancça. se vocês escreverem essas coisas as crianças podem ficar magoadas e nunca mais ligar prs disney,.

    Thumb up 3
    • Desculpe, ams a Disney mesmo já “confessou” de botar imagens se mulheres nuas em um filme =/
      Acho os temas adultos demais, mesmo que eles sejão mascárados por histórias e personagens encantadores.
      Tudo é meio que verdade.

      Thumb up 2
    • Você acha os filmes da Disney adultos demais ? Você pode me explicar isso direito, porque desculpa, eu não entendi.

      Thumb up 3
  13. nao vi nada demais,ou voce acha que a estoria de um lobo que come uma idosa e depois e morto e abrema a barriga dele pra libertar ela, é diferente disso dai? é a famosa historia do lobo mal, e se tem medo de historias infantis te tranca no quarto meu..

    Thumb up 9
  14. Concordo com tudo e muito mais!!
    Sempre detestei a parte da morte de Mufasa, acho que isso não ensina nada as crianças, somente traz decepção…
    O pior é que todos os contos de fada tem bruxas e outros seres maus com nomes associados ao diabo e ainda por cima sempre acaba na morte de alguém…
    E não é só a Disney.. o filme do Pequeno Príncipe por exemplo.. a história é linda,ele é uma criança inocente e adorável mas no final morre picado pela serpente…
    É angustiante ou não?!
    Que final feliz é esse que para existir precisa de ter massacres, mortes de entes queridos e magias horríveis?
    Sinceramente, já tentei achar um com enredo infantil, dócil e final feliz para meu filho ver mas não existe.
    A criança já cresce sabendo que para ter alegrias, vitórias e sonhos realizados, primeiro tem que enfrentar guerras, desiluoes e horrores… claro não é bem a realidade mas é o que forma nas mentes infantis…

    Thumb up 4
    • Muitas crianças crescem em um ambiente assim, com pais brigando, sofrendo bullying na escola, e muitas outras coisas. Existem crianças que perdem os pais muito novas. E o que a gente faz em situações assim? Esconde? O mundo não é cor de rosa, e ninguém precisa assistir filmes da Disney pra saber disso. Eu cresci assistindo esses filmes, assisto até hoje, e com certeza vou deixar meus filhos assistirem. Um sonho não se realiza de uma hora pra outra, mas eles se realizam, e é isso que a Disney ensina, e é isso que uma criança guarda.

      Thumb up 21
  15. Vcs devem ser meio doidos, né? Não tem mais nada pra fazer e decidiram estereotipar os desenhos. Vcs gostam do desenho Dragon Ball? E Naruto? Já, por um acaso, ouviram falar ou viram Jaspion? Ou ouviram seus pais comentarem sobre o seriado destruído Nacional Kid? Se não conhecem nenhum desses q eu falei, vão pesquisar mais pq estão a falar mediocridades sobre uma produtora q se esmera em TRAZER DE VOLTA escritos literários de valor incalculável. Já ouviram falar de Hans Christian Andersen? Acho q não. Entrem em uma biblioteca, pesquisem mais antes de falar algo sobre alguém ou sobre alguma coisa q, verdadeiramente, desconhecem.

    Thumb up 13
  16. Olha, escritor, eu acho que você subestima demais as crianças e também parece subestimar um pouco o que são os filmes que a Disney faz.
    Achei um ponto bem interessante: o Rei de Chifres tem aparência semelhante a de Satanás? Não conhecia essa informação. De onde ela veio?

    Thumb up 3
  17. Não vi nada de tão sinistro nesse site, a morte da mãe do Bambi e do Mufasa são tristes sim, mas quantas crianças não perdem seus pais na infância ? Eu cresci assistindo filmes da Disney e sou uma pessoa normal. E assistindo essas mortes, eu aprendi a valorizar mais os meus pais. Com cada filme da Disney, eu tirei uma lição de vida que eu uso até hoje. Pois cada parte “sinistra” que está dito ai, é a pura realidade, o resto é fantasia. A Disney ensina a gente a viver no mundo de verdade e não deixar de sonhar. Se outras pessoas tiraram mensagens negativas dos filmes, sinto muito, pois a Disney é maravilhosa, e tudo o que é dito nos filmes é para o bem das crianças e até de adultos.

    Thumb up 28
    • Concordo plenamente com você!
      Durante toda a minha vida vi os filmes da disney e isso nunca mudou quem eu sou ou o que meus pais me ensinaram!
      Acredito que os filmes da disney são criados para mostrar um pouco da realidade e ao mesmo dizer dizer que não importa em que circunstância você se encontra, nunca é para deixar seus sonhos morrerem.
      Sonhos são como mágica: se você acredita neles, não há nada nesse mundo que possa impedi-los de se realizarem! Os sonhos tem o poder de mudar vidas, mudar o mundo quem sabe!?
      Tudo o que conhecemos hoje existe por que alguém sonhou com isso um dia. A lâmpada só existe por que alguém sonhou com ela e mesmo contra todos os argumentos que diziam que não daria certo e com todas as tentativas frustadas, essa pessoa correu atrás e não desistiu.
      E o melhor de tudo nos sonhos é que quando você consegue realizá-los,sempre surge outro para você tornar a correr atrás!
      A minha maior alegria, seja por que a Disney me ensinou isso ou porque eu sou sonhadora por natureza, é tornar meus sonhos reais!
      Nunca desisti de sonhar!

      Thumb up 6
  18. algumas partes que vcs dizem ser TRAUMATIZANTES como a morte do Mufasa e a da mãe do Bambi, são necessárias para o andamento da história… já outros como Pinóquio se transformando em burro eu ñ acho que assuste tanto assim… e a bruxa da Branca, eu tinha medo dela também mas isso (pra mim) faz parte do charme desse filme… os filmes da Disney ñ são particularmente infantis e sim filmes que visão o enterimento de todos que resolvam ver um deles (desde crianças até adultos)por isso tem cenas que podem assustar os pentelhinhos mas como eu disse, vaz parte da graça desses filmes que não seriam únicos, se não fossem por essas cenas e outras coisa!!!

    Thumb up 6
  19. Tem o Toy Story que, mesmo sendo muito bom, tem partes bem fortes pra ser um filme infantil.
    Tem a parte que o Woody e o Buzz vai para o lugar onde tem brinquedos eletrônicos, e mostra o garoto, vizinho deles brincando em um negócio que é um astronauta com uns vermes ou bichos atravessando o corpo.
    E tem a parte no começo do filme do “Kiss my ass” do Sr. Batata.

    Thumb up 3
  20. Ah fala serio !!!
    Se nao tivermos passagens assim, como vamos a aprender lidar com as coisas obscuras que ha na vida!?!
    Me deem uma resposta clara!
    Com certeza voces pessoas que comentaram aqui sao grandinhos o suficiente para entender que, alem disso existe o lado bom e o lado ruim da vida!
    Faca a sua escolha!
    Eu tambem nao fui afetada de modo algum por esta droga!

    Thumb up 19
    • Realmente, as pessoas tem que parar de ser um bando de ignorantes. Isso marcou a infância de todos nós, e é apenas um apanhado de momentos tristes, assustadores ou até perturbadores, que ninguem morreu por ver, são filmes lindos, e todos tem a mesma temática: O bem sempre vence.
      Por isso que o simba vira rei, o bambi encontra seu pai, a justiça é feita em pocahontas, e lembrando que o clayton e o frollo são os vilões da história, por isso se dão mal. É sempre assim, se ver somente essas cenas, sim, é muito forte. Mas o pacote completo, o filme por inteiro, tem uma história bonita, elaborada e totalmente apropriada para as crianças. A não fazer o mal, pois o bem sempre prevalece.

      Thumb up 6
  21. A Disney, na verdade, fez um trabalho incrível com esses desenhos. Pouquíssimas histórias foram realmente criadas pela disney, a maioria já existia em contos ainda mais bizarros. A Branca de Neve, por exemplo era quase morta pela bruxa duas vezes antes da maçã em uma versão, uma delas asfixiada com um cinto. No final original de A pequena sereia, ela morre e vira espuma. Esses contos, apesar de lindos, não eram minimamente infantis ou eram, mas numa época em que os usavam para ensinar duras lições de moral às crianças. A Disney da época desses filmes conseguia transformar essas histórias em desenhos um pouco mais leves, mas provavelmente por não querer que as histórias originais se perdessem, deixaram certas coisas sinistras do jeito que estavam.

    Thumb up 18
  22. Quando eu vi O CALDEIRÃO MÁGICO quasse chorrei naquela epoca quando tinha 8 anos fiquei muito assustado com aquele filme me da arrepios so de lembrar “aquela figura “

    Thumb up 4
  23. Esses filmes definitivamente são sinistros. Mesmo os momentos que seriam os esperados acabam sendo pulverizados pelo sombrio. Quanto mais se estuda, se analisa, mais horripilante fica. A maioria dos pais abandonam a própria sorte da perversidade oculta da tv, pela ‘facilidade’ que representa. Os livros são jogados a escanteio. clic.

    Thumb up 9
  24. eu cresci a ver os filmes da Disney, mas não me afectaram de forma tão negativa assim. sei que o Rei Leão me fazia triste na parte acima referida e também tinha pesadelos com a bruxa da Branca de Neve. o caldeirão mágico é um filme que eu adorava ver quando era pequena, porque desde a infância que adoro coisas assustadoras.

    Thumb up 12
    • Ines, vôcê que pensa que não foi afetada.Nitidamente se perebe isso nas poucas linhas que você escreveu e na imagem ao lado de seu nome. Cuidado. Há muito mais males a que estamos expostos do que você imagina.

      Thumb up 21
    • claro que sim, talvez tenha tido alguma influência na minha formação como pessoa, mas ainda assim não me considero uma pessoa “mal formada”. gostaria, no entanto que me dissesse o que interpreta através da minha imagem e das minhas palavras.
      cumprimentos

      Thumb up 4
    • meeeda! É Inês, c se entregou colega!!!

      Boa Glauber

      Thumb up 8
  25. É, meio bizarro. Também tem aquela cena em Branca de Neve em que a madrasta(já transformada em velinha) chuta um esqueleto perguntando se ele estava com sede. Tudo indica que ele morreu de sede implorando por um pouco da água.

    Thumb up 36
  26. Os filmes e desenhos da Disney estão repletos de mensagens subliminares satânicas, e principalmente estimulam o sexo (por exemplo no desenho de Jessica Rabbit), mas por outro lado, têm qualidade e divertem.
    O que fazer? Deixar os filhos à mercê de toda essa carga negativa ou impedí-los de ter acesso a esse material e criá-los discriminados na escola e em outros círculos sociais?
    A desição é de cada um, mas acredito que a saída é DOSAR. Os pais devem no mínimo conhecer os filmes e decidir se seus filhos assistirão ou não.

    Thumb up 24
    • retificando: decisão

      Thumb up 6
    • Primeiro que não é Jessica Rabbit, é Roger Rabbit, e a censura desse filme é de 10 anos, então não é um filme para crianças tão jovens assim. E outra, mesmo se tiver tantas mensagens subliminares assim em filmes da Disney, no que afeta ? Pois eu cresci vendo esses filmes e não me afetaram de nenhuma forma. Gostaria muuuuito que alguém me respondesse isso.

      Thumb up 6
  27. Ah, qual é! Todos os contos de fada são cruéis ou tem uma passagem ou outra obscura! A vida é feita de fatos assim! Então criem suas crianças em uma bolha de plástico!

    Thumb up 21
    • Essa teoria de bolhas não cola. E se a vida for feita de fatos você será o fruto desses fatos!!!? Ou será um ser criativo com capacidade de criar a sua própria vida?

      Cada experiência é uma bolha. A escola, o passeio na rua, o brincar de bonecas, o tomar banho de mar, o olhar de alguém na rua, etc.
      A sabedoria e amor permitiriam as crianças viver dentro de algumas “bolhas” específicas e preparar a criança para QUALQUER bolha “menos inspirada”.
      Expor crianças à bolhas de merd… não quer dizer que elas vão crescer imunes ou usar seu tempo com eficiência gastando papel higiênico.

      Thumb up 6
  28. E DAÍ GENTE, O QUE SERIA DOS FILMES SEM OS MOMENTOS TRISTES?
    SERIAM UMA BOSTA ¬¬ E É BOM AS CRIANÇAS ENCARAM A REALIDADE, POIS O MUNDO NÃO É FEITO SÓ DE ALEGRIA ;)

    Thumb up 35
    • Existe uma clara dificuldade de entendimento e diversificação sobre momentos tristes, crueldade e perversidade. Estes filmes são destinados a crianças. Você não pode simplesmente ‘jogar’ uma criança em uma história de contexto sórdido ainda que a pretexto que a ‘maior parte’ é aceitável. Explorando a cegueira humana, estes ‘ideais’ devastadores enraizam-se profudamente na sociedade, sempre disfarçadamente. Me refiro exclusivamente a perversidade e não a ‘momentos tristes’ ou maldade e omissão. Crueldade significa ‘prazer em fazer sofrer’. É isto o melhor que podemos oferecer as nossas crianças? Futuramente vamos corrigir isto como? Entupindo as cadeias porque tudo é ‘normal’ e ‘acontece’ no mundo aí fora?

      Thumb up 7
    • Eu sempre considerei que o que você chama de realidade, é fruto de nossa criação.
      Essa é a “realidade” que você quer construir Thalia?
      Estou quase seguro que é a realidade que vais terminar vivendo.

      Thumb up 3
  29. A música-tema do Aladdin (tanto do filme quanto da série) que diz: “vou cortar sua orelha / para mostrar para você / como é bárbaro o nosso lar” e também cita “tem orgias demais!”

    Thumb up 29
    • Ele diz : “E os dias demais” Se você entendeu “orgias” não é culpa da Disney, e sim do dublador que não deixou muito claro.

      Thumb up 5
    • Ou da mente poluída do ouvinte…

      Thumb up 5
  30. a cena do clayton enforcado deu medo quando assisti tarzan pela primeira vez, bem pequeno

    Thumb up 21
  31. Gude no filme do Totoro, a mãe da menininha fica doente , é separada das filhas , muito sofrimento ,um dia a menininha foge de casa p\ levar milho p\ mãe doente , essa cena é de um sofrimento terrível para o pai e a irmãzinha menor, na concepção desse idiota aquí q comenta as maldades da Disney ele classificaria o Totoro em “escola de delinquencia infantil”

    Thumb up 8
  32. Cretino esses comentários sobre os filmes da Disney , onde vive esse idiota?Crianças tbm precisam conhecer o outro lado das coisas viver nesse mundo nunca foi e nunca será uma maravilha,ñ se pode engana-las c\ historias bobas sem realidades, um dia elas serão pessoas q encontraram pela vida as coisas feias q viram nos filmes, não estarão cruas para os sofrimentos q a vida lhes reserva,criança q conhece o q é a morte de ente quierdos desde cedo são mais preparadas para aceita-la caso venha acontecer c\ eles uma perda, e nem por isso elas deixam de continuarem vivendo.Pior é a realidade q vivem crianças a violencia dentro de casa c\ as mães relápsas ,praticadas pelo proprio pai, surras, assasinatos, adultérios e estupros,abandonos ,mentiras e injustiças,já os filmes são lições de vida em q mostra o sofrimentos, a perda ,mas mostra a força de vontade em mudar o final triste e errado em algo de bom e certo.

    Thumb up 7
    • Ah sim claro… Tragam-me duas garotas, um copo e os filhos desta senhora

      Thumb up 16
  33. Pois é, tudo indica que a indústria adulta consome a indústria infantil.
    Matando dois com um só tiro. Terminam fazendo filmes com temática adulta, usando linguagem estético infantil.
    É tão claro para muitos pais isso, que já advertem os filhos antes de entrar ao cinema, ou simplesmente, já não deixam as crianças entrar com essa “programação para adultar” rapidamente. Isso se vê refletido
    Seria bom também chamar atenção ao fato de sempre existir a dualidade “parece que eterna” do bem e do mal, como se fosse a única forma de conceber a vida.

    Thumb up 14
  34. eu e meus irmãos choramos muito com as AVENTURAS DE PINOQUIO que passava no SBT lembro ate hj o PINOQUIO CHORANDO E dizendo VOVOZIIIIIIIIIIIIIIIIIINHOOOOO

    Thumb up 2
  35. eu e meus irmãos choramos muito com as aventuras de pinoquio que passava no SBT lembro ate hj o Pinoquio chorando e dizendo

    Thumb up 2
  36. Eu falo por mim, adoro os filmes da Disney e já tenho 30 anos, mas seja como for, ainda hoje me arrepio com a transformação da rainha em bruxa má no filme da “Branca de Neve e os Sete Anões”. Medonho…

    Thumb up 5
  37. coitada da mae do bambi ela morre em quanto ainda esta pasando os creditos do filme

    Thumb up 7
  38. Não vi nada de sinistro nesses filmes… acho que o Hypescience anda muito sensacionalista nos últimos tempos…
    Se ainda fossem cenas com mensagens subliminares, que realmente existem… aí sim seria sinistro…

    Thumb up 5
  39. comentários apenas de quem está de mal com a vida! me poupe! melhor criticar as novelas da tv aberta que estão cada vez torcendo mais os valores das crianças e jovens no lugar de trazer mensagens para ajudar a melhorar o rítmo agressivo e fútil da nossa era!!

    Thumb up 15
  40. Para Bom censo
    ———————————————-
    Você escreveu:
    “…coisas ruins acontecem tendo vc 3 anos ou 120. Esse mundo utopico e politicamente correto não existe.
    Não tem pq ficar infeitando pavão para crianças ”
    ———————————————–

    Permita-me discordar um pouco da sua opinião.

    A criança vive centrada no seu próprio mundo particular.
    Não devemos interferir, impondo nossa “realidade nua e crua”, pois estaremos suprimindo a fase mais bonita da vida.
    Depois, tudo passa.

    Nesse UNIVERSO INFANTIL e lúdico do faz-de-conta, existe arco-iris, borboletinhas, os animais falam, as meninas falam com suas bonecas e seus animaizinhos de estimação. O fogãozinho cozinha mesmo, a comidinha é de verdade e tem sabor.

    O Papai Noel traz os presentes num trenó puxado por renas voadoras, o coelhinho da Páscoa traz ovos de chocolate, o Super-homem voa de verdade.
    Muitas crianças convivem e conversam com seus amiguinhos imaginários.
    Tudo absolutamente normal para elas.

    Infelizmente alguns adultos só conseguem definir esse universo mágico como “coisas de criança”
    Mas essas “coisas de criança” constituem a sua linguagem e pertencem a uma fase importantíssima na formação emocional do ser humano.

    Tudo que for suprimido, não será eliminado ou extinguido.
    Voltará à tona mais tarde, na adolescência ou fase adulta, de modo denso e até cruel.

    São aqueles com pouca noção de responsabilidade, os “malas” da Internet, criadores de vírus, bobos da coorte, gozadores maldosos, pentelhos, sonhadores que nunca realizam seus projetos, enfim, aqueles tipo Sergio Mallandro, sem desconfiômetro que se acham muito engraçados.

    Infantilizados, são maus maridos/esposas e maus amantes.

    O mesmo se dá com crianças que tiveram a chupeta tirada antes do tempo. A carência da fase oral vem à tona e a pessoa passa a comer/comer/comer. Doces, chocolate, big mac e tudo o que é guloseima para “compensar”.

    Ficam fora do peso, alguns obesos e infelizes.
    Regimes ou cirurgia de redução de estômago não dão bons resultados, pois o problema está lá atrás, na infância.

    Com o lúdico suprimido pela falsa realidade dos adultos, ao crescer, a pessoa pouco suportará a realidade presente e terá necessidade inconsciente de voltar atrás.
    Como isso não é possível, partirá para o abuso no consumo de álcool ou de alucinógenos. (percebeu a interligação?)

    Ou poderá transformar-se numa criatura fechada em si mesma. Crítica, que não acha graça em nada, circunspecta, solitária e infeliz.

    Precisamos rever os nossos conceitos.

    Para o adulto, a criança está apenas brinando.
    Para a criança, brincar significa OCUPAÇÃO.

    FAÇA UM TESTE:

    Pergunte à sua mãe, como você era quando pequeno.
    Ela contará fatos pitorescos e engraçados, com uma pequena lágrima de saudade daquele tempo feliz que não volta nunca mais.

    Abs:
    Silvio

    Thumb up 16
    • Tá, e a Disney afeta aonde ? Na fase oral ?
      Se a criança tem problemas com a mãe, a Disney não tem nada a ver, não concorda ?

      Thumb up 0
  41. Eu não acho os filmes da Disney tão horrorizantes assim. Que se dirá a realidade dura que muitas crianças passam em nosso país? Eu mesma vejo coisas absurdas acontecerem com meus alunos. Mães que não sabem quem é o pai de seus filhos, Mães q largam seus maridos e filhos pra ficar com outro homem ou mulher, sem se importar com a felicidade de seus filhos, Mães q dão banho de desinfetante em seus filhos, Mães q mandam seus filhos irem pra rua arrumar $, ainda tem meninas q são estupradas, vendidas por comida, drogas…
    Além disso, temos as histórias que nos são contadas: Branca de Neve foge da Madrasta que quer matá-la só por ser mais bonita e ainda vai morar numa casa com 7 homens. A Bela Adormecida que dorme durante mil anos e é acordada por um belo Príncipe (quer algo tão machista? quer dizer q a mulher só está viva qd casa ou qd descobre o amor ou o sexo?). O q vamos dizer da Chapeuzinho Vermelho? Ela tem q fugir de um Lobo q quer estuprá-la e “come” a vovó? Ou seja a senhora idosa tb é estuprada por ele. Alice tem vertigens, ou seja, ou tá dopada ou drogada. DEIXANDO CLARO, EU AMO DESENHOS ANIMADOS, MAS EM NADA ELES SÃO INOCENTES, NE? ASSIM COMO A VIDA TB NÃO É!!!

    Thumb up 7
  42. Refleti muito sobre a questão das trilhas sonoras… Geralmente, as músicas usadas no decorrer dos filmes são de autorias internacionais, assim, nos focamos apenas no ritmo das mesmas por não entendermos sua tradução. Mas quando vamos verificar o seu conteúdo, nos surpreendemos com as letras que muitas vezes trazem significados discriminatórios. Infelizmente a realidade é essa…

    Thumb up 10
    • “Que importa o mal que te atormenta, se o sonho te contenta e pode se realizar ?” Música utilizada na CInderela. Isso é surpreendente ? Sinistro ?

      Thumb up 0
    • Por exeplo,eu amo a musica do Akon-Smack That,mais ontem fui ver oq significava
      Smack That,around the floor,smack that,give me some more
      Vamos transar,até no chão,vamos transar,me de muito mais
      PELAMORDEDEUS

      Thumb up 0
  43. A morte da mãe do Bambi é uma das cenas mais dramáticas da história do cinema, na minha modéstia opinião.

    Mas existe um outro momento cruel, que não apareceu aqui: a prisão da mãe do Dumbo.

    Thumb up 20
  44. Não fazem mais desenhos e filmes como antigamente, eram magicos com tão pouco recursos

    Thumb up 13
  45. Acho que os desenhos da Disney tem mesmo é que mostrar essas histórias, afinal, o mundo não é o arco-íris? Não é mesmo?

    A história eram ainda mais macabras!A da Branca de Neve e da Bela adormecida, por exemplo. Alguém já viu?

    “Na versão macabra A Rainha também pede ao caçador o fígado e coração da jovem, a diferença é que Branca de Neve acorda quando é empurrada pelo cavalo do príncipe ao ser carregada para o castelo – ela não é acordada por um beijo mágico. O que o príncipe queria com a jovem? Fica para sua imaginação.”

    “Na versão macabra, a jovem é colocada para dormir por causa de uma profecia, ao invés de uma maldição. E não é o beijo de um príncipe que acorda: o rei ao vê-la dormindo, e gostando do que vê, estupra-a. Após nove meses ela dá à luz a duas crianças (enquanto ela ainda está dormindo). Uma das crianças chupa o dedo que remove o pedaço de linho que estava a mantê-la dormindo. Ela acorda para se encontrar estuprada e mãe de dois filhos.”

    Estranho demais…

    Thumb up 8
    • kkkkkkkkkkkk gostei dessa versão ai
      LOL

      Thumb up 1
  46. O artigo abordou apenas os desenhos mais modernos!No clássico ´´Branca de Neve“,rodado nos anos 30,e que tive o
    privilégio de assistir no cinema,ainda criança,no início dos
    anos 60,a sequência da morte da Bruxa má foi de um realismo
    impensável para um desenho animado!O grito tenebroso que ela
    emitiu,e a determinação assassina nos olhos dos anões assustaram muitas crianças(E alguns adultos,também!)!Garanto
    que foi bem mais assustador que qualquer game sangue-e-tripas
    que tem por aí,sobretudo em tela grande!

    Thumb up 4
  47. realmente muito triste, nem parecem ser filmes infantis………………

    Thumb up 4
  48. É por essas e outras que eu sempre falei que as historinhas infantis tem umas coisas que assustam as crianças. Sei que o post é sobre filmes,, mas venhamos e convenhamos: as músicas infantis são em sua maioria assustadoras…rsrs. É só prestar atenção: um cravo que brigou com uma rosa e os dois saíram feridos; o pobre do soldado da cabeça de papel ameaçado se não marchasse direito (fora que o tal quartel ainda pegou fogo e era a bandeira nacional que tinha que ser salva,,, e o soldado, coitado?); um coitadinho de um gato atingido por um pau; uma formiguinha infortunada que enlouqueceu após uma dor de cabeça; a canoa que virou porque alguém na história não soube remar… E por aí vai,, tantas e tantas “musiquinhas” que aterrorizam as pobres crianças…rsrs. SINISTRO!!!! Eu, hein!

    Thumb up 13
    • Lembrando também da clássica música que ouvimos desde pequeno PARA DORMIR!! “nana neném, que a Cuca vem pegar… Papai foi pra roça, mamãe foi trabalhar…” Como assim? Os pais saíram, a criança fica sozinha e ainda tem que dormir para a Cuca vir pegá-la. Isso é muito sinistro!

      Thumb up 7
    • Putz, verdade hein xD! Mais tarde vem o pesadelo com a cuca!

      Thumb up 2
    • Pois é, amigos…essa história de musiquinha pra nanar…vai é provocar pesadelos nas crianças, isso sim.

      Thumb up 2
  49. Não vejo nada de sinistro em nenhum dos filmes sitados acima, quando criança eu vi todos e até hoje não vejo nada demais. São filmes que passaria para meus filhos. A vida tem momentos bons e maus e não é colocando arco-iris e borboletas como falaram no incio da matéria que vamos arrumar as coisas. A verdade tem que ser dita, pessoas morrem, coisas ruins acontecem tendo vc 3 anos ou 120. Esse mundo utopico e politicamente correto não existe. Não tem pq ficar infeitando pavão para crianças.

    Thumb up 28
    • se escreve Senso

      Thumb up 7
  50. hahaha
    Já que tocaram no assunto, esse filme recente Enrolados/Tangled avacalhando a história da Rapunzel tem umas imagens em que se lê claramente a palavra SEX. Fora isso, para um filme infantil, a menções e o tratamento da conquista amorosa me pareceram excessivos.

    Vejam, não sou puritano! Só acho que ficaria melhor tendo a classificação destinada a adultos! Não é porque se trata de animação que precisa, necessáriamente, ser um produto infantil.

    A Disney anda meio perdida… abalada pela concorrência e pelas sabotagens internas! MAS, pra contribuir com a polêmica e ampliar o debate, a primeira heroína negra da Disney, coitada, têm de encarar um sapo! Isso é maldade! haha

    Thumb up 5
    • Onde dá para ver a palavra SEX em Enrolados ?

      Thumb up 0
    • Achei, mas não tem o porquê de a Disney colocar uma mensagem subliminar em apenas um poster, se fosse mesmo pra colocar, ela colocaria no filme, que é garantia que a maioria das pessoas vai ver. Isso não é parte do filme, é só um pôster, disso ninguém se lembra, mas de condenar a Disney sim. Se eu for procura a palavra SEX vou encontrar em todo lugar, pois são letras simples se confundem com várias formas e objetos.

      Thumb up 2
  51. Como eu chorei quando era criança no filme rei leão, nessa parte! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Thumb up 7
  52. Tudo começa onde permitimos,se os pais comessase a proibir,seria melhor,tudo bem que nem todos farião isto,mas tudo começa por um,ai o joão na escola informa para o henrique que não assiste desenhos da disney,o henrique chega em casa e passa esta informaçao para sua mãe,ai…comessa a famosa divulgaçao.

    Thumb up 4
    • Tudo começa onde permitimos,se os pais comessase a proibir,seria melhor,tudo bem que nem todos farião isto,mas tudo começa por um,ai o joão na escola informa para o henrique que não assiste desenhos da disney,o henrique chega em casa e passa esta informaçao para sua mãe,ai…comessa a famosa divulgaçao

      Thumb up 2
    • Desculpa, Josiane, mas vc tem q aprender a escrever primeiro… comessa? farião? e se vc for pensar no “boca a boca”, o menino q não assiste vai querer ver… ahh fala sério!!!

      Thumb up 5
  53. Tive um grande trauma por causa da morte da mãe do Bambi, quando criança eu ficava chorando sozinho pensando sobre isso.

    Thumb up 10
    • Já eu foi o Rei Leão, lembro que eu era muito pequena e minha mãe me levou no cinema para ver, quando o pai do Simba morreu eu entrei em desespero, começei a chorar e queria sair do cinema, minha mãe lutou para me acalmar….rsrsrs

      Thumb up 13
  54. Sabe gente! Eu sou super crítica, mas nestes desenhos não achei nada demais … achei sim uma oportunidade de falar com meus dois filhos sobre os problemas, maldades, castigos, enfim das coisas ruins que aconteceram …. Expliquei para eles que essas coisas fazem parte da vida, por isso devemos não fazer ao próximo o que não queremos para nós e que devemos viver Bem a cada dia, pois ninguém sabe o que o destino nos reserva! Acho que vc que está comentando estas coisas deveria olhar por outro ângulo e ter outros pontos de vista! Inclusive desenhos animados como estes de agora que passam na TV e nos games são muito mais violentos e insanos! Esses pokemons da vida ….
    Fala sério!

    Thumb up 4
  55. Esqueceram de Anastácia, aprecem demônios no filme todo e Rasputim(o vilão) morre se dissolvendo e os ossos dele se batento no chão até virar farelo, além de mostrar apenas a visão norte-americana da Revolução Russa.

    Thumb up 8
    • Esse não é da Disney …

      Thumb up 1
  56. o filme do dumbo, se naum me engano ele se separa da mãe, foi bem triste. Procurando Nemo quando ele fica se sepra dos pais

    Thumb up 1
    • Não me lembro muito bem de Dumbo, mas em Procurando Nemo, apesar de ele ficar longe do pai, mostra a luta e o amor que Marlin tinha por Nemo. O que ele fez pelo seu filho foi lindo, e foi uma mensagens não só para as crianças, foi também para os pais.

      Thumb up 1
  57. TODAS as histórias infantis (Chapeuzinho vermelho, O patinho feio, Os três porquinhos, etc) abordam conflitos e perigos que as crianças enfrentam. A psicologia já ensina há pelo menos cem anos que a infância é um período de grandes desafios, muitos assustadores. Por exemplo: a criança tem de aprender a falar, andar, explorar o mundo e nem sempre ela conta com adultos que amam, compreendem e lhe dão segurança. Os medos que a criança sente não são brincadeira, basta compreendermos que a criança depende de pelo menos um adulto comprometido para sobreviver. Sem o cuidado de pelo menos um adulto, ela MORRE. Então, as histórias que abordam a perda dos pais estão falando de um dos medos mais fortes da infância, embora existam tantos outros. Geralmente, a história conta a saga de um sobrevivente, que enfrentou todos os perigos e alcançou um final feliz. Tudo isso é aprendizado. Agora, imagem oculta de personagem despida na janela, daí já parece coisa de algum desenhista tarado.

    Thumb up 36
  58. É só impressão minha, mas tem um “cheiro” insuportável do obtuso “politicamente correto” nesta matéria? (www.gilcleber.com.br)

    Thumb up 7
  59. Li uma matéria certa vez em que apareciam as mensagens subliminares nos filmes da Disney.

    Na capa do filme “A pequena sereia”, ao fundo tem um palácio e uma das colunas desse palácio se vê nitidamente um órgão sexual masculino. A Disney se defendeu dizendo ser um erro do desenhista.
    Nesse mesmo filme, durante a cena em que Ursula (usando nome de Vanessa) tenta se casar com o principe Eric usando a voz de Ariel, se nota o padre exitado.

    Na cena antes do Simba encontrar Rfiki, ele se joga no chão perto de um precipício e uma nuvem de poeira se levanta e em questões de segundos pode-se ler a palavra “sex”. O debate é que o time de efeitos especiais na verdade queria acrescentar a sigla “SFX” para deixar sua marquinha no desenho.

    E por aí vai… Walt Disney e suas mensagens.

    Thumb up 5
    • Sim, crianças reparam nessas coisas. Cresci vendo a Pequena Sereia e nunca tinha visto isso. Agora que vi não acreditei. Isso é coisa de gente que tem mente poluída, maliciosa.

      Thumb up 0
  60. E tem outra… se é tão ruim para as crianças, me diga pelo menos 5 casos de crianças que morreram tentando imitar os filmes da disney!

    Thumb up 4
  61. Esse é um artigo sobre “momentos sinistros” ou “como a disney não é boa para seus filhos” ?

    Voce, Natasha é do tipo que não canta “atirei o pau no gato-to” e sim “não atire o pau no gato-to”. Hoje em dia as pessoas criticam desenhos animados, principalmente a disney pelo seu sucesso… mas se esquecem que quem prejudica a “imagem primordial” para uma criança é a fome, a má influencia que os irmãos mais velhos dão ao ir pra balada e chegar em casa 9h da manhã… depois de um show, uma boate. A falta de carinho de um pai ou uma mãe em não colocar um filme de DESENHO ANIMADO pra ele assistir e se emocionar.
    Isso que prejudica as crianças… e não o fato de aparecer na sombra Clayton sendo enforcado, ou a contradição do tema do filme Pocahontas por causa de uma música, ou ao fato de vários personagens não terem pais! Faça artigos que não critique quem coloca disney para seu filho assistir, e sim quem não coloca.

    Thumb up 7
    • Concordo com vc!

      Thumb up 1
  62. Natasha Romanzoti. Os filmes citados acima, produzidas pela Disney, foram baseados em livros e, no caso da Mulan e Hércules em mitos antigos que sobreviveram em documentos históricos. O único que não seria um dito “clássico” é o filme do Lilo & Stitch.
    Caso você não saiba, querida jornalista ridiculamente desinformada, os filmes produzidos acima citados, não eram nem um pouco cruéis ou bizarros para a época.
    E além do mais, no caso do Pinócchio, há um filme, filme MESMO, sem ser animação. Eu aconselharia assistir, mas se você já achou o simples desenho macabro, nem quero ver o que você pensaria do filme.

    E o que é esse choro todo no post? Filmes produzidos para crinças e jovens não podem ser pelo menos um pouco trágicos? Ou você acha que filme para crianças tem que seguir a linha comédia/romance barato? Ah, faz favor.

    Thumb up 4
    • Curti o seu raciocinio ,mas acho q o ” querida jornalista ridiculamente desinformada” foi ofensivo e desnecessario.

      Thumb up 6
  63. Por que a Disney produz filmes com mensagens subliminares e de ocultismo? qual o intuito benéfico para nossos filhos?

    Thumb up 7
    • n vejo mensagens subliminares, vejo situações conflitantes que uma criança consegue entender.

      Thumb up 9
  64. Não sei se é possivel adicionar URL’s nos Comentários… Mas tem um video no YouTube, chamado Suicide Mouse (Pesquisem por: “suicide mouse COMPLETE AND UNCUT” sem aspas, o vídeo é 10:00 minutos), nesse vídeo aparecem gritos de pessoas (mulheres), sendo torturadas enquanto Mickey pensativo e apressado afasta-se e pernambula pelo cenário, essas cenas foram perdidas (será?), mas em minha opinião foram mesmo obscuras pela Disney.

    Outro evento também ocorre em “Fantasia”, clássico da Disney, onde Mickey Mouse interpreta um Mago, em cenas do filme (que nem parece infantil), quase tudo que é “quadijuntivo” aparece nú (Cupidos, fadas, etc), e em uma cena onde Mickey persegue sua vassoura, em uma fuga em frente as janelas, aparece em uma dessas janelas, uma mulher com os Seios à mostra, totalmente inapropriado p/ a época e p/ a faixa hetária.
    Não estou lembrado se é em Rei Leão, ou em Aladim, mas por detrás das nuvens, certa vez que mostra-se o céu, mostra-se a Silhueta de Uma Caveira, algo que perante a cena, remete à morte.
    P.S.: Para mais informações, Faça uma busca por “Subliminar Disney”, verão a quantidade de resultados.
    Quem gostou dá um UP ae! \o/

    Thumb up 4
    • Eu tbm já vi,acho que é em Aladim
      E em Rei Leão,scar diz no final: EU SOU BICHa
      mais nada contra Rei Leão,meu desenho favorito

      Thumb up 0
  65. Fora do tópico da Disney, a estória de João e Maria é a mais terríficante que conheço.

    O pai das crianças comenta com a esposa que estão muito pobres e não conseguem mais alimentar os pequenos.

    Decice então, levá-los para florenta adentro e abandoná-los à própria sorte, onde serem devorados pelos animais.
    Pior é que a mãe das crianças ainda consente.

    Putz, meu!

    Fui.

    Thumb up 46
    • O que mais acho revoltante é que no fim eles voltam e ficam todo mundo feliz!! se meus pais fizessem isto comigo eu preferia ir pra um ofanato do que morar com eles de novo!

      Thumb up 23
  66. Irmão Urso tb tem sua crueldade quando um dos irmãos e a mãe do urso morrem.
    Mas eu não acho que essas colocações sejam ruins, afinal a vida tem isso aos montes, e é interessante a criança saber que existe maldade no mundo.
    Acho até louvavel que a Disney tente passar esse ensinamento de forma mais branda (Os desenhos são bem legais), e em todos eles a lição que podemos tirar no final é sempre de lealdade, amor, compaixão… coisas difíceis de se ver hoje em dia.
    Espero que as crianças continuem vendo assas qualidades nos filmes.

    Thumb up 4
    • I totally agree!

      Thumb up 2
    • Dumb is you!

      Thumb up 4
  67. A Disney admitiu em janeiro que o até então inofensivo desenho animado “Bernardo e Bianca”, produzido em 1997, contém imagens subliminares ao longo da fita. A cena acontece aos 28 minutos do filme: os dois ratinhos – engajados em ajudar uma menina a se livrar de seqüestradores – então viajando sobre um velho albatroz. À aterrissagem, o pássaro perde altura e passa em frente a vários prédios. Numa janela aparece a imagem pornográfica de uma mulher expondo o corpo. A Disney só admitiu o que chama de “imagens de fundo objetáveis” depois que elas apareceram na internet. A empresa informou que recolheu cerca de 3,4 milhões de fitas nos EUA.

    Thumb up 17
  68. Não entendi a história do filme da Mulan. O que tem o cara mandar dois mensageiros e só ser necessário um mensageiro para entregar a mensagem?

    Thumb up 12
    • Significa que ele mandou matar o outro mensageiro !!!

      Thumb up 13
  69. Os momentos “sinistros” e dolorosos fazem parte da vida e portanto de todas as representações da vida, como a literatura e o cinema destinados às crianças. Todos os contos de fada tem momentos aterrorizantes, que não deixam de ser uma forma de preparação para lidarmos com perdas emocionais.

    Thumb up 1
  70. Quem lembra da Bela e a Fera? Quando Gastou tenta matar a fera e morre.É assustador,além da caveira que dizem aparecer.
    Tem também os momentos de fúria da fera.

    Thumb up 12
    • E o que tem os momentos de fúria da Fera ? Ele muda no meio da história. E quantas crianças não apanham na escola por ataques de fúria de outros alunos ? Sério, eu prefiro ver isso em um desenho da Disney do que ver isso na escola.

      Thumb up 0
  71. Filmes da disney sempre foram porcarias, quase sempre adulteram o texto original dos livros e contos que copiam, fora que são melosos e pedantes até o ultimo fio de cabelo
    Prefiro mil vezes os filmes de Hayao Miyazaki, esse sim um verdadeiro mago da animação, Totoro por exemplo é melhor que qualquer filme disney já feito

    Thumb up 15
    • A Disney sempre foi magnífica e soube adaptar com excelência as grandes obras literárias, afinal, você não pode dizer para inúmeras criancinhas que Branca de Neve era uma rainha autoritária que explorava mão de obra infantil em minas precárias.

      Lógico que ela não é a única referência, e temos inúmeros exemplos em culturas nipônicas, Hispânicas, Gaulesas, Nórdicas, Aborígenas entre outras.

      Tratar de temas polêmicos como os citados aqui é ótimo para ajudar nas discussões e formações das pessoas.

      Lilo e Stitch por exemplo que não é uma família perfeita mas que luta com tudo que é necessário para permanecerem juntos reflete a realidade de muitas famílias pelo mundo.

      Assistir a um filme totalmente ficcional como esse e não se sensibilizar com ele, não entender a mensagem que quer passar é uma alienação tremenda, além de ser uma grande pena.

      Thumb up 2
    • Magnifica pra quem é raso igual um pires, pra quem usa meio neurônio os desenhos da disney nunca acrescentaram nada, um bando de lugares comuns, fugas de temas pertinentes entre outras banalidades exaltadas como se fossem o supra sumo das relações humanas

      Sorte que minha filha pode apreciar o cinema de animação japonês, muito mais rico e inteligente

      Thumb up 0
  72. Tá, alguns aí dessa lista foi beeem forçados, mas tudo bem, realmente tem alguns que foram sinistros (morte de Mufase e da mãe do Bambi).

    Thumb up 15
  73. Ahhhh… velhos tempos em que existiam desenhos animados. :)
    Suponho que hoje em dia seja tudo em formato digital.

    (Desculpem o post incompleto, por alguma razão cliquei em alguma tecla para enviar.)

    Thumb up 1
    • Não concordo, Procurando Nemo e Carros foram dois dos melhores da Disney, eles passaram umas das mensagens mais bonitas que eu já vi.

      Thumb up 0
  74. o mais cabuloso é o do rei leão pois parece q eles estão vendo a explosão de uma bomba nuclear!

    Thumb up 1
    • Ah sim, uma criança sabe o que é bomba nuclear, eles estavam vendo o pôr do sol. (Isso que você falou realmente foi muito forçado ¬¬).

      Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
Polyodonspathula
Criatura primitiva da qual descendemos tinha sexto sentido

Nosso primeiro ances...

Fechar