14 fotos que mostram que o mundo está muito lotado

Publicado em 15.08.2013

A superpopulação é um problema? Confira as fotos e veja por você mesmo. Em 2100, a população mundial deve chegar a 11 bilhões de pessoas. Hoje, de acordo com o Relógio Mundial do Censo dos Estados Unidos, já somos 7,09 bilhões – e contando.

Se você concorda ou discorda que o mundo tem gente demais, o fato é que a superpopulação se tornou um grande desafio e uma preocupação para os países ao redor do mundo. Esta coleção de imagens da Reuters mostra quão superpovoadas certas partes do mundo estão atualmente.

De praias aos vagões de metrô, corpos suados e espremidos são apenas uma parte da vida.

14. China

14
Uma praia no leste da província de Shandong, na China, em um típico sábado de verão. Muito relaxante.

13. Indonésia

13
Passageiros indonésios se penduram nos vagões de um trem na província de Java Ocidental. Apenas 300 carros por dia precisam atender 500 mil passageiros.

12. Filipinas

12
Esta é a fila para entrar em uma estação de trem nas Filipinas. Por causa do aumento dos custos de combustível, os filipinos estão cada vez mais optando pelo transporte público.

11. China

11
Boias, brinquedos e corpos lotam uma piscina pública na província de Sichuan, na China. As temperaturas chegaram aos 35°C lá neste verão.

10. Reino Unido

10
Os londrinos se reúnem no prédio da Lloyds of London (o mercado de seguros do Reino Unido) durante o anual “Remembrance Day”, que homenageia todos os militares do reino britânico. Até os elevadores estão lotados de gente olhando para baixo.

9. Indonésia

9
Este homem escapa de um enorme engarrafamento ao pedalar na sua bicicleta na canaleta de ônibus na capital da Indonésia, Jacarta.

8. Índia

8
A imagem captura um momento em uma estação de trem em que os passageiros fazem baldeações durante a hora do rush da manhã em Mumbai, Índia. A cidade possui uma população de mais de 12 milhões de pessoas.

7. China

7
Candidatos formam fila para fazer o exame de admissão para estudos de pós-graduação na província de Hubei, na China. Mais de 12,5 milhões de candidatos chineses fazem a prova anualmente.

6. China

6
Esta é uma república de estudantes de uma universidade na província de Hubei, na China. É uma opção de alojamento de baixo orçamento para os estudantes que lutam para pagar habitação, encontrar um emprego e ainda estudar.

5. Brasil

5
Mais de um milhão de católicos vêm ao Brasil para a celebração do dia Nossa Senhora de Nazaré da Basílica, na cidade de Belém, Pará, para acompanhar a imagem da santa. A romaria se torna uma grande fila muito desconfortável.

4. Filipinas

4
Fãs filipinos assistem a dois pugilistas batalhar pelo título de boxe na categoria meio-médio em ginásio municipal local.

3. China

3
Candidatos a emprego procuram vagas na feira de empregos na cidade chinesa de Chongqing. O desemprego é um grande problema nas cidades superpovoadas.

2. Coreia do Sul

2
Fãs sul-coreanos de futebol assistem a uma transmissão de TV ao vivo da Copa do Mundo de 2010 no prédio da Prefeitura de Seul.

1. Taiwan

1
Motociclistas de Taipei entopem as ruas de motos na hora do rush. Existem mais de 8,8 milhões de motocicletas e 4,8 milhões de carros lotando as ruas de Taiwan todos os dias (o que também pode causar grandes problemas de poluição). [Business Insider]

Autor: Bruno Calzavara

Bruno Calzavara é recém-formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e está de volta à equipe do Hype após dois anos. Adora todos os esportes, exceto futebol. Gosta de chocolate e de sorvete, mas não de sorvete de chocolate.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

41 Comentários

  1. Mudem um pouco o texto sobre o círio de nazaré, além disso, tem imagens que dão maior dimensão sobre a romaria e bem mais bonitas. meu estado é pouco explorado pela mídia, e quando o colocam, tendem a não apresentar o melhor lado, ao contrário do rio, ou sampa. a romaria não é desconfortável, o que é é a corda, tanto que percebes que o fotógrafo parece livre e distante do aperto. as pessoas vão voluntariamente segurar uma corda, simboliza a união do nosso povo. então, mudem um pouco o texto, por favor. obrigada

    Thumb up 5
  2. O mundo comporta com tranquilidade 3 vezes a população atual de 7 bilhões de habitantes. – não creio que chegaremos a 15 bilhões, pois em todas as nações desenvolvidas a tendencia é a população estabilizar ou diminuir.

    Hj o planeta está produzindo mais do que o dobro de alimento para alimentar os 7 bilhões de hab. Sem aumentar a área de cultivo, pode facilmente produzir para alimentar mais de 20 bilhões de pessoas. Para comparativo, o Brasil sendo um campeão no agronegócio, produz somente 1/5 da produção dos EUA, e eles tendo área de plantio menor que o Brasil e tendo limitação de clima que permite somente uma safra anual.
    Obrigado Paulo W Satto

    Thumb up 2
    • De fato no Brasil há mais cabeça de gado do que gente o que dá um boi para cada brasileiro, mas acho que alguém comeu o meu.

      Thumb up 3
  3. Na verdade as taxas de natalidade e mortalidade no Brasil vêm diminuindo na última década. Alguns países estão preocupado por achar que breve terão muitos idosos e poucos jovens. Mas se querer tomar alguma medida mesmo para diminuir a população a mais eficaz é aumentando poder de compra e distribuição de renda. Nos países que estes índices são melhores as taxas de natalidade são bem menores e alguns estão negativos, sem leis nenhuma. Temos que diminuir a pobreza, mas não matando pobres antes de nascerem.

    Thumb up 2
  4. Já que estou chato e gostando. Se por todos como estão na foto 7 por metro quadrado ocuparia uma área mais ou menos igual a área da cidade de Araraquara ou São José dos Campos ou a cidade do Rio de Janeiro.

    Thumb up 1
  5. Já que muitos concordam numa coisa e aproveitando a deixa do Prof. Cesar Grossmann; só para ilustrar: Numa suposição, se todas as pessoas do mundo ficassem cada um em 1 metro quadrado caberiam todos em 7.000 Km², ou seja, numa área aproximadamente igual a de Porto Rico; um terço de Sergipe ou um quarto do Havaí. Considerando que desperdiçamos muito alimento que estragam ou sofre danos antes de chegar ao mercado, além de sobras das refeições e que morre mais gente por males da obesidade do que por fome, há outras má distribuições que precisamos considerar. Não que se meu filho aprender a colocar o suficiente para não sobrar, vai evitar a fome de alguém, mas nós aprendendo a comprar as quantidades certas e saudáveis, ajudaria a manter preços mais estáveis por mais tempo e permitir acesso que pode fazer alguma diferença para muitos.

    Thumb up 4
    • Mas até onde sei, nem todos os lugares do planeta são férteis ou permitem a produção de qualquer coisa e tem outra, a terra plantada pode ser utilizada X vezes antes de ficar infértil. Enfim, tem que se analisar todos os pontos. A produção de energia que acaba por degradando o meio ambiente, o descarte de material industrial, quanto maior a população maior será o lixo que ela produz e maior será a poluição jogada no meio ambiente. Tem que ser avaliada muitas variáveis.

      Thumb up 2
    • Sim!! Por isto que temos ensinar nossos filhos a não desperdiçar. Porém considerando que muito se perde entre a produção e a bancada de mercados, ou sobras de refeições, que morre mais gente por males da obesidade do que por fome, existem milhares de hectares improdutivos e só servindo a especulação; e que onde o povo tem poder de compra se chega alimentos de vários lugares do mundo; temos ao menos que considerar se a questão não é só financeira ou especulativa.

      Thumb up 0
    • Tem uma solução que eu assisti estes dias no Discovery Channel, uma torre-cidade que estão planejando construir em Tóquio. Equivale a colocar várias cidades pequenas empilhadas e assim tornar a ocupação das metrópoles mais tridimensional.

      O caso é que dá para alimentar e abrigar bem mais gente, mas não usando as técnicas e tecnologias atuais. Assim como concentramos as pessoas em cidades, deveremos concentrar a produção de alimentos, o tratamento de dejetos, e utilizar tecnologias sustentáveis.

      Thumb up 1
    • Cesar Grossmann, isso seria uma boa alternativa, mas apenas para médio prazo (não curto, pois tudo precisaria ser bastante planejado antes); e como ficará depois que a população continuar aumentando? Pois uma hora até essas cidades empilhadas deixarão de dar conta de tanta gente.

      Para longo prazo, eu sugeriria uma política parecida com a do filho único, da China – só que com tolerância de até duas crianças, para não ficar ‘tão radical’.

      Thumb up 0
    • A longo prazo estaremos todos mortos. Brincadeirinha!

      A longo prazo muita coisa pode acontecer. Inclusive a população começar a sofrer um declínio e, no futuro, algumas destas torres acabarem por ser desabitadas parcial ou totalmente, e as pessoas voltarem para o chão. Ou o contrário, o chão se tornar terra selvagem, e todo mundo morar em torres.

      Quem sabe?

      Thumb up 1
  6. E os brasileiros andam descal,cos e dan,cando trenzinho de carnaval. Acho que poderia deixar o Brasil fora desta ja que nossa densidade demografica chega a ser baixa.

    Thumb up 1
  7. Má distribuição, jamais superlotação. O titulo deveria ser 14 fotos que mostram que os humanos estão mal-distribuídos em cidades. E detalhe: A maioria das fotos são de capitais. Até mesmo se os humanos se espalhassem em várias outras cidades teria espaço de folga, quanto mais se fossem morar em ambientes naturais. E o problema muito menos é água e alimento, a água teria um ciclo infinito se a poluição fosse evitada, e é comprovado que a terra produz alimento suficiente. O único problema é a ganância do homem e o falho sistema do mundo controlado por Satanás, a unica solução será o Reino de Jeová Deus. (Revelação (Apocalipse) 21:2-4,6)

    Thumb up 6
  8. Má distribuição, jamais superlotação. O titulo deveria ser 14 fotos que mostram que os humanos estão mal-distribuídos em cidades. E detalhe: A maioria das fotos são de capitais. A

    Thumb up 4
  9. Mas não vamos entrar em pânico; mídias têm o poder de generalizar no inconsciente e em alguns no consciente mesmo. Quem quer observar a realidade é só pegar um ônibus e viajar para o interior, de SP mesmo, não acreditará em quanto espaço vazio e tranquilidade há no caminho e em muitas cidades menores; ou pegue ou um voo SP a qualquer Estado em de dia claro, após sair da região da capital e veja a 10 mil metros de altura a 800 Km/h; mas alguns preferem se apertar em metrópoles por alguns Reais a mais que sobram depois de gastar grande parte do salário no custo de vida alto, estressante e concorrido.

    Thumb up 3
  10. Sacanagem a foto no Brasil, heim? Parecia mais uma diversão. Algum complexo de vira-latas? Rrssr!! Ao menos estavam na em fila. Mas tenho dúvida da foto inglesa. A melhor maneira de diminuir a população e ao mesmo tempo diminuir problemas sociais e ainda aumentar a arrecadação de impostos para investimentos em infraestrutura, saúde, educação e outros serviços públicos, é distribuir renda e melhorar poder de compra do povo. Em países com melhor poder de compra a população cresce bem menos e em alguns até estão negativos apesar de pagarem valores de dinheiro em impostos per capita em média mais do que a maioria aqui ganha de salário.

    Thumb up 0
    • Engraçado que muitos defendem aborto, controle de natalidade forçado para pobres como forma de diminuir a população, mas ao mesmo tempo citam bíblia ou a procriação das espécie para discriminar gays.

      Alguns reclamam de gastos com pesquisas espaciais ou eventos esportivos enquanto muitos passam fome, mas será que se cancelar estes investimentos resolve? A Copa do Brasil só como exemplo, o mesmo vale para viagens espaciais: O gasto até agora, 28 Bilhões em 4 anos, se cancelar e reverter este dinheiro em alimentos, num país como o Brasil de 195 milhões de habitantes, daria 144 Reais para cada um, ou 36 Reais por ano; mal paga arroz, feijão de um mês para uma família, mas ainda assim pesquisas científicas geram empregos e renda direta e indiretamente como estimulo a esportes trás benefícios a saúde e impostos em direitos de arena, transmissão, bilheteria e profissionais especializados e mais expectativas, sonhos e modelos positivos a crianças.

      Thumb up 0
  11. Exato, Ana Carolina!

    Imagino que a população irá aumentar e muito ainda. E para isso teremos que aprender a nos organizar, começando por destronar “uma meia dúzia” de gananciosos que controlam tudo para atender seus interesses exclusivos.

    Veja você, que a ONU descaradamente endossa uma suposta falta de alimentos no Mundo, enquanto que bilhões de toneladas de grãos são queimados todos os anos para regular o preço dos mesmos.

    É muito ridículo tudo isso!

    Thumb up 12
  12. o mundo não esta Lotado…
    só certos lugares é que estão…
    enquanto todos querem ficar nos mesmos lugares…
    vc vai ver esse tipo de Cena…
    mas um dia… a corda vai realmente apertar… e então os menos burros… vão procurar sair dos Grandes Centros… ;)

    Thumb up 13
  13. Só duas correções em relação ao Brasil: o nome correto é Nossa Senhora de Nazaré, não tem o “da basílica”. A foto que aparece se refere a “corda do círio”, que é uma grande corda onde as pessoas pagam promessas, se segurando nela durante a procissão… E por isso é aquele aperto que aparece na foto, no restante da procissão é apertado sim, mas não se compara com a foto.
    Normalmente são mais de dois milhões de pessoas que visitam o período das romarias.

    Thumb up 7
  14. Uma vez li (se bobear até foi aqui mesmo) que toda a população mundial caberia dentro do Estado do Amazonas por exemplo.
    Como disseram, o problema é a má distribuição da densidade populacional, tem lugares superpovoados e outros lugares escassamente povoados.
    O problema maior nem é em si o número de pessoas, mas sim áreas para plantio e criação de animais.
    O mundo comporta 7 bilhões de pessoas, o problema é que essas pessoas precisam comer, e áreas para isso é que vão ficando cada vez mais escassas.

    Thumb up 4
  15. Controle de natalidade… Faltou isso há umas 4 ou 5 décadas atrás! Se fosse feito, aqui no Brasil, por exemplo, a qualidade de vida seria melhor do que hj?

    Thumb up 4
    • Hoje em dia, a quantidade de filhos é bem menor que antigamente, isso por causa da informação, preservativos, custo de vida de um indivíduo e etc. Mas vamos lembrar que em países europeus como a Alemanha, a taxa de natalidade é absurdamente pequena, enquanto a de idosos aumenta (por causa da maior expectativa de vida), e isso ta causando sérios problemas previdenciário, onde falta cada vez mais jovens para entrar no mercado de trabalho, e muitos idosos para receber aposentadoria.

      Thumb up 3
  16. Acredito sim,que tem bastante pessoas,mas tem espaço fisico até umas horas,essas pessoas vivem assim pq estão concentrados nas grandes capitais,parecem homens formigas…onde moro tem espaço para cada um ter o seu quadrado…!

    Thumb up 1
  17. Existem várias cidades abandonadas simplesmente por questões diplomáticas, não por radiação, clima ou qualquer outra coisa. Então nós vemos que de fato isso se chama má distribuição.

    Principalmente pelo mau investimento em algumas regiões e em outras com bons investimentos, acabando por pessoas migrando de uma região pra outra esperando uma vida melhor. Caso de superlotar São Paulo devido ao nordeste não ter os devidos investimentos.

    Thumb up 1
    • A estação da Sé é uma imagem muito mais representativa de superlotação do que essa que usaram do Brasil.

      Thumb up 6
  18. Mesmo sem fotos é possível verificar se o mundo está ou não superlotado. É bem simples. Basta mensurar a média dos salários dos trabalhadores e compará-las à média de décadas anteriores.

    De 1950 pra cá o ‘valor monetário’ dos cargos de produção desvalorizaram-se enormemente devido a crescente oferta de seres humanos para ocupá-los. Ou seja, quanto mais as pessoas (principalmente se forem pobres) multiplicarem-se mais eles projetarão a desvalorização da classe trabalhadora em todas as esferas sociais; lógico que o efeito é devastador à medida que descemos em direção à base da pirâmide social.

    A solução prática é muito simples: controle de natalidade efetivo. Não se pode esperar que a própria população desfavorecida economicamente se conscientize e diminua a quantidade de filhos ou mesmo evite procriar, isso nunca acontecerá. É dever dos governos inibirem a explosão demográfica, afinal ela só favorece aos empregadores que vislumbram “economizar” cada vez mais na folha de pagamento, década por década inexoravelmente.

    Thumb up 1
  19. Bacana…fotos bem tiradas e um tema que têm muito a ser explorado.
    Fica somente uma dúvida:
    Como será que é feito um controle populacional? Isso já existe? Se existe, nós sabemos todas as ferramentas existentes para o tal?
    O interessante tembém seria colocar em pauta qual o “malefício” que o excesso trará.
    Definir “cheio”…

    Thumb up 0
  20. e verdade que se colocar todos as 7 bilhoes de pessoas juntas o espaco ocupado seria do tamanho de los angeles?

    Thumb up 9
    • Considerando um volume de 66,4 litros ou 0,0664 m³ em média, 7 bilhões de pessoas ou 7e+9 de pessoas ocupam o volume de 464.800.000 m³, ou meros 0,46 km³. Toda a humanidade poderia ser colocada em um cubo com 774,62 m de lado.

      Thumb up 32
    • Ou seja, não há nada de superlotação, e sim uma tremenda má distribuição e localização de pessoas…

      Thumb up 49
    • Aproveitando a deixa do Professor se transformar o volume apontado numa esfera, da um diâmetro de aproximadamente 961 metros. Se separar toda água da terra da uma “esfera azul” de 1385 Km; 1441 vezes maior (no Diâmetro) o que em volume da aproximadamente 1,5 bilhão de vez maior.

      Thumb up 0

Envie um comentário