A cirurgia plástica que cura enxaquecas

Publicado em 6.08.2009

Stacy Porter, 29, não lembrava o tempo quando não sofria de uma impiedosa enxaqueca antes de fazer uma cirurgia que mudou a vida dela em oito anos. “Fui diagnosticada com enxaqueca quando tinha dois anos de idade. Eu tinha uma dor severa de enxaqueca em cerca de 15 dias por mês”, relembra a executiva de marketing de New Philadelphia, Ohio, EUA.

Os sintomas de Stacy incluíam dor palpitante nas têmporas, náusea e sensibilidade severa a luz, em que ela precisava usar óculos escuro para fazer exame final na escola ou faculdade.

Nenhuma das drogas usadas para prevenir a enxaqueca ajudou. O único alívio para ela vinha de medicamentos que amenizavam a dor, mas a deixava se sentindo drogada e fora de si. Tudo mudou quando, aos 21 anos, Stacy fez uma cirurgia similar daquelas feitas tipicamente para remover rugas. “Depois disso nunca mais tive outra enxaqueca”, conta.

O cirurgião plástico Bahman Guyuron, da Case Western Reserve University, disse que o resultado de Stacy é comum, e um estudo recente dele sobre isso foi publicado.

Lifting da região frontal acaba com a enxaqueca

Na última década, Guyuron tem tratado mais de 400 pacientes que sofrem de enxaqueca com uma versão modificada do tradicional ergumento cirúrgico da região frontal. Ele conta que a maioria do tratamento tem mostrado uma dramática melhoria. Seu novo estudo publicado foi feito para convencer críticos que ainda são céticos no uso da cirurgia plástica para tratar enxaquecas.

O cirurgião e seus colegas selecionaram 75 pacientes aleatoriamente com sintomas iniciados em locais específicos de enxaqueca para fazer cirurgia real ou falsa. Os pacientes não sabiam qual tipo de cirurgia iriam receber.

No grupo da cirurgia real, os nervos foram cortados em lugares específicos da enxaqueca. Em alguns casos, como o de Stacy, o nervo era o mesmo cortado para eliminar rugas. Em outros, o nervo era cortado para aliviar as linhas entre as sobrancelhas (de franzir).

A cirurgia age como as injeções de Botox – agora usado consideravelmente, embora não seja aprovado para tratamento de enxaquecas. De fato, os pacientes do grupo de cirurgia real, receberam antes injeções de Botox para determinar se eles eram bons candidatos para cirurgia. Ao todo, 49 pacientes receberam a cirurgia de verdade, e 26 a cirurgia de mentira.

Um ano depois, 83% do grupo da cirurgia efetiva informaram que houve 50% de redução de enxaqueca, comparado com 57% do outro grupo. Ainda mais surpreso, 57% dos pacientes da efetiva tiveram eliminação completa da enxaqueca, comparada com apenas 4% dos pacientes da cirurgia falsa.

O estudo aparece na edição de agosto na revista Plastic anda Reconstructive Surgery. “Nós não vemos resultados como esses nos estudos da enxaqueca. Até mesmo as pessoas mais céticas terão de aceitar que existe algo nisso”, analisa Guyuron.

A cirurgia não é para todos

Segundo Guyuron, a cirurgia não é uma boa opção para pacientes que tem enxaquecas esporádicas e para aqueles que reagem bem aos tratamentos preventivos. “Nós estamos falando algo entre 10 a 15% de pacientes com enxaqueca que seriam bons candidatos para cirurgia”, completa.

O neurologista, Richard B. Lipton que dirige a unidade de dor de cabeça no Montefiore Medical Center, no Bronx, diz que o projeto do estudo e o resultado dramático ajudou a convencê-lo que a abordagem cirúrgica é legítima. “Eu era cético a respeito disso, mas apesar dos meus melhores esforços para não ser, estou muito animado com os resultados”, conta.

Lipton mostrou preocupação no estudo dos participantes que, deveriam na realidade, saber sobre o tratamento que eles estavam recebendo, o que pode ter afetado nos resultados.

Alexander Mauskop, que dirige o New York Headache Center, teve a mesma reserva sobre o processo. Mauskop foi um dos primeiros especialistas em dor de cabeça nos EUA em usar botox regularmente para enxaqueca, e trata agora cerca de 60 e 70 pacientes por mês com 70% de efeito. Os pacientes injetam tipicamente Botox a cada três meses, custando de $750 a $1,000 por aplicação.

“O problema que tenho com a cirurgia é que as dores de cabeça vêm e vão. Elas [dores] podem acabar com a menopausa (…). A cirurgia é um tratamento permanente para uma condição que raramente é permanente”, explica. Mauskop oferece a seus pacientes, diversas opções de tratamento variando desde as terapias com drogas tradicionais a alternativos como a acupuntura.

O médico Robert Kunkel tem tratado enxaqueca por mais de quatro décadas na Clínica de Cleveland, e serve no conselho da National Headache Foundation. De acordo com Kunkel, ele tem visto muitas abordagens cirúrgicas indo e vindo durante sua carreira. “Existe muita animação, mas nenhuma realmente durou”, diz.

Mas, Stacy Porter diz que não há dúvida que, como ela, muitos pacientes com enxaqueca intratável podem ser ajudados com a cirurgia. “Mudou minha vida completamente. Eu voltei para fazer um checkup com o Dr. Guyuron por sete anos (…). E ele e eu sempre nos emocionamos toda vez que vou lá”, finaliza. [WebMD, agradecimentos ao Dr. Dourado]

Autor: Alessandra Nogueira

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

  1. Cidade: PORTO ALEGRE
    Mensagem : Tenho 38 anos me chamo Ana Paula Alves Boaventura
    tenho 02 filhos que hoje moram com meus pais pois entrei em depressão apos
    começar a engordar demais tentei dietas academia exercícios remédios faço
    tratamento para depressão mas continuo indo em reuniões para me aceitar tenho
    1.65 de altura peso 120 kg não consigo de jeito de maneira nem uma de emagrecer
    ja fim de tudo então resolvi pedir mais ajuda não tenho dinheiro para pagar uma
    cirurgia plastica meus seios são flácidos minha barriga é grande flácida com
    muitas estrias meu bumbum é grande com flacidez e celulite em fim meu corpo é
    vergonhoso não saio mais para rua apenas para fazer o tratamento para depressão
    e as reuniões de aceitação mas não agüento mais tenho vergonha de mim mesma não
    me olho no espelho tenho vergonha do meu marido e familiares bem que eles tentam
    me ajudar mas não consigo a minha realidade e esta se tem alguma festa que sou
    convidada para ir nem pensar pois nada me serve não posso entrar em uma loja
    pé os além de não ter dinheiro nada me serve nem uma lanhei uso cuecas as
    vezes do meu esposo pois não tenho calcinha que me sirva todos os dias rezo para
    receber um e-mail positivo que alguem com condições financeiras melhor do que eu
    vai me ajudar sei que hoje em dia tudo é a base de dinheiro mas não custa tentar
    sei também que este tipo de cirurgia é muito cara mas eu não agüento mais por
    favor se poderes me ajudar ou me encaminhar para alguem que possa me ajudar não
    existe me ajude pois ja tentei suicídio ja fui até internada pois entrei em
    surto por causa da gordura fiquei internada no hospital vila nova de porto
    alegre mais uma vê eu peso estou sendo sincera não tenho condições de fazer esta
    cirurgia plastica eu gostaria de me sentir mulher um ser humano normal uma mãe
    uma mulher normal queria recuperar minha vaidade minha alta estima me sentir
    mulher de verdade gostaria de procurar um emprego e ser aceita pois a realidade
    vocês sabem é outra gordas não tenho muito espaço no mercado de trabalho por
    favor me ajudem desde já agradeço faço qualquer coisa mas me ajudem como eu
    disse não tenho dinheiro mas pago fazendo qualquer coisa qualquer coisa MESMO so
    peso que me ajudem a voltar me sentir um ser humano feminino normal. JÁ FAZ 3 A
    4 ANOS QUE EU ESPERO PARA VOLTAR A VIVER NOVAMENTE COMO MULHER MÃE MAS NUNCA ME CHAMARAM FUI NO POSTO DE SAÚDE MAS COMO EU DISSE JÁ FAZ MUITO TEMPO NÃO TIVE NEM UMA RESPOSTA POR FAVOR ME AJUDEM OBRIGADO. MEU ENDEREÇO RUA ALEIXO GARCIA 86 FONE 3339-3256 POR FAVOR ME AJUDEM. tenho dores nas costa por causa do problema de coluna com o peso dos seios de são grande e flacido dores nas pernas por causa do peso do corpo tenho falta de ar dores nos pés como eu já disse entrei em depressão por causa da gordura minhas costa doen de mais tenho um caroço encima do pescoço devido ao peso dos seios muita falta de ar uso remedios para falta de ar façotambem tratamento para asma devidoa gordura

    Thumb up 0
  2. sofro con enxaqueca a miutos anos, e nada mais resolve minha dor. ja fiz varios exames que nunca mostram oque tenho. a enxaqueca me dei
    xa de mau humor, com muita dificuldade de concentraçao, e vontade de morrer. orque os neurologistas nao conseguem resolver? somente dao uns remedinhos e nos mandam pra casa nos afastar do stress…

    Thumb up 4
    • Só quem sofre com este mal pode compreender e torcer para que a ciencia moderna encontre a cura ou uma forma menos invasivas para a doença, eu procuro evitar minha dor de cabeça evitando o sal,café e molho de tomate e doces tudo em dose minimas e também evito sair em dias de muita claridade,e também ficar em frente das telas de tv e do computador, elas me afetam diretamente.

      Thumb up 1
  3. DEUS queira ser mais que verdadeiro ,pois sofro 30 anos com a inseparável enxaquecas.No começo medicos diziam a mim,que era coisa de minha cabeça…depois de fazer todos os exames relacionado a ela(cabeça) e nada deu fui deixada de lado indo e vindo a muitos prontos socorros da vida…depois me ensinaram “consulta popular” SUMAX o que deixei de lado as muitas idas nos doloridos prontos socorros que em muitas vzs nem adiantavam mais….Hoje com uma Buco facial que sem querer diagnosticou-me,com ATM estou de”arreio” dia e noite pois fico tensa e prendo a minha arcada dentaria, mas isso claro depois de um ano tomando ao dormir um relaxante ….muscular receitado por ela. Mas ainda sinto dores e muito dolorida se diga……..DEUS QUERIA SER VERDADEIRO E ESTEJA NESTAS PESSOAS QUE ESTA CIRURGIA PLÁSTICA ESTA DANDO ALVARÁ DE SOLTURA………..

    Thumb up 3
  4. segundo o dr gustavo capobianco a utilização do botox para fins estéticos também pode contribuir para o alívio de alguns sintomas de enxaquecas tensionais.

    Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
filhotes-bizarros-13
Os 13 filhotes mais bizarros

Mesmo esquisitos com...

Fechar