Fertilizante ecológico pode substituir seu equivalente sintético

Publicado em 23.09.2009

plantação
Plantação

Um fertilizante que utiliza urina e cinzas de madeira foi considerado por cientistas como uma opção mais ecológica e econômica do que fertilizantes sintéticos. O novo fertilizante foi utilizado com sucesso em plantações de tomate, e não tem nenhum risco de passar doenças para consumidores.

A urina é uma grande fonte de nitrogênio, composto utilizado em fertilizantes sintéticos, e já foi utilizada com sucesso em plantações de pepino, milho, repolho e várias outras. Porém, este é um dos primeiros estudos que investigou a junção da urina ao uso das cinzas de madeira, ricas em minerais e eficiente para diminuir a acidez do solo.

O estudo mostrou que as plantas fertilizadas com este composto produziram quatro vezes mais tomares que as plantas não fertilizadas, e a mesma quantia que aquelas fertilizadas com compostos sintéticos. Os pesquisadores afirmam no relatório da experiência que a urina com ou sem a madeira pode ser usada como um substituto para fertilizantes minerais, “Sem ter nenhum risco microbial ou químico”, afirmam. [Science Daily]

Autor: Cezar Ribas

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

4 Comentários

  1. Para quem não sabe, atualmente até os resíduos de esgoto humano, oriundos das estaçoes de tratamento (ETE) e após sanitizado, é muito utilizado na agricultura. Há um grande incentivo para tal utilização, pois é um destino ecologicamente e financeiramente viável. Apenas não é liberado para ser utilizado em hortaliças consumidas “in natura”. Consulte a Emater da sua região e procure saber a respeito, caso você seja agricultor. Sua composição chega a ter 2% de nitrogênio, 1,5% de fósforo e 0,3% de potássio, além de micronutrientes diversos. É muito bom se utilizado corretamente. Consulte sempre um Engenheiro Agrônomo.

    Thumb up 3
  2. Incrível como tudo vem de uma questão cultural; já se usa as fezes como
    fertilizante a centenas de anos e tudo parece normal. Por que então esse
    preconceito quanto a urina não é mesmo?

    Thumb up 3
  3. A chei interessante a notícia, mas já em 1989, visitando o museu da casa antiga alemã em Bremem na Alemanha, tive oportunidade de ver maquetes e desenhos, de como no passado, os aldeões jogavam a cinza dos fogões e lareira no chão dos currais, mesmo no inverno, pois as cinzas junto com a urina dos animais promoviam uma fermentação e aqueciam o ambiente, além de se transformarem em excelente adubo.
    Não estou falando do extrume, pois a urina era coletada em canaletas inclinadas.

    Thumb up 3
  4. Bôa noticia! É só tirar os esgôtos dos rios e canaliza-los para as plantaçòes,Abubo orgânico da melhor qualidade.Os astecas usavam dejetos humanos em suas plantações(talvez seja por isso q foram á decadencia) Usa-se dejetos de animais,porque ñ o de gente?Se urina pode…….

    Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
menina-ruiva-grande
Mesmo níveis “seguros” de chumbo são perigosos para crianças

A exposição de crian...

Fechar