Galáxia escura está em rota de colisão com a nossa Via Láctea

Publicado em 25.11.2009

nuvem de smith uma galaxia escura
Nuvem de Smith: Uma galáxia escura

A vizinhança da Via Láctea pode ser mais agitada do que se imaginava: cientistas descobriram que uma nuvem de massa estimada em quase 1 milhão de sóis pode ser, na realidade, uma galáxia escura. Além disso, a formação, chamada de Nuvem de Smith, está vindo em direção à Via Láctea, e pode colidir com a nossa galáxia.

Em 2008, cientistas estadunidenses descobriram que a nuvem está a aproximadamente 8 mil anos-luz de distância da Via Láctea, e está se aproximando a uma velocidade de 240 quilômetros por segundo. Entretanto, os cientistas não têm certeza de quando o impacto irá ocorrer, pois astrônomos não conseguiram medir com precisão quando os gases da nossa galáxia irão diminuir a velocidade da Nuvem. Segundo especialistas, sua trajetória sugere que ela já teria passado pela nossa galáxia há mais de 70 milhões de anos.

» Imagem do centro da Via Láctea combina a visão de três telescópios

A Nuvem de Smith é formada principalmente por hidrogênio, tem 11 mil anos-luz de comprimento e 2.500 anos-luz de largura, o tamanho de uma galáxia-anã. Ela foi descoberta em 1963, mas só recentemente seu movimento em direção à nossa galáxia foi detectado. A Nuvem de Smith não se desintegrou durante seu movimento em direção à Via Láctea, que é muito maior.

Para ter sobrevivido durante este movimento, cientistas acreditam que ela tem uma massa muito grande, para ter gravidade suficiente para se manter unida. Cálculos de especialistas da Universidade de Sidney, da Austrália, indicam que ela pode ter até cem vezes mais massa do que era estimado.

» Misteriosa neblina é encontrada no centro da galáxia

As galáxias escuras são formações de nuvens sem estrelas, constituídas principalmente por hidrogênio e outras partículas. De acordo com Leo Blitz, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, simulações da formação de galáxias sugerem uma galáxia do tamanho da Via Láctea devem apresentar cerca de mil galáxias anãs. Segundo o especialista, algumas destas anãs podem não ter sido encontradas porque são galáxias escuras, mais difíceis de serem encontradas. [New Scientist]

Autor: Sergio de Souza

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

44 Comentários

    • 10 bilhões de anos pra chegar aqui? que pena

      Thumb up 4
  1. Comentários aqui, são de gente preocupadas com o que pode acontecer no futuro. Convido a todos a crer na criação, na existência de Deus, do seu projeto de salvar o homem, caído do seu lugar no céu. Foi por isso que ele enviou seu filho para que através do Sangue dde Jesus derramado ali na cruz nascesse uma igreja que teria o seu sangue e por isso mesmo essa igreja se tornasse consanguinea e poder ser chamada de filhos de Deus. Procure uma igreja que tem entendido e pregado isto, uma salvação em Jesus. A terra e tudo o que conhecemos vai passar, mas antes disto ele voltará para buscar a sua igreja, ele nos deixou essa certeza. Procure a igreja certa que está vivendo e pregando esse momento especial na vida da igreja que está por chegar: Jesus vem!

    Thumb up 15

Envie um comentário

Leia o post anterior:
andando e falando no celular-grande
Pedestres ao celular têm mais chances de serem atropelados

Agora os aparelhos s...

Fechar