5 dietas que não funcionam e fazem mal

Fazer dietas que não funcionam parece ser um vício da sociedade moderna. Porque, infelizmente, hoje em dia, as pessoas vão longe demais para parecerem bonitas (ou simplesmente magras). Celebridades são muitas vezes o estereótipo disso.

Em uma tentativa de perder peso da forma mais rápida e atingir uma aparência invejável, elas seguem alguma dieta da moda. O fato é que essas dietas são, quase sempre, um tiro no escuro, quando não muito prejudiciais.

Por que essas dietas que não funcionam fazem tanto sucesso?

Porque elas provocam a perda de peso a curto prazo. Porém…

“Essas dietas fazem mais danos do que ajudam na perda de peso. Além disso, não é possível para qualquer um segui-las por um longo período de tempo sem consequências permanentes”, diz a nutricionista Jyoti Arora.

“A dieta deve equilibrar a ingestão de nutrientes, mas essas dietas na verdade só limitam. Então, você pode até perder peso, mas nunca é permanente”, acrescenta a nutricionista Ritika Samadar. Conheça cinco dietas que podem ter funcionado para as celebridades, mas certamente não vão fazer nenhum bem para você:

1. Dieta dos alimentos crus

dietas que não funcionam e fazem mal

A atriz Demi Moore jura que essa dieta, na qual você tem que substituir 75% de sua ingestão de alimentos diária por frutas e verduras cruas, funciona.

O veredicto: apesar de rica em nutrientes, com essa dieta você pode enfrentar problemas nos rins, no fígado e indigestão, já que os cientistas acreditam que, há cerca de meio milhão de anos, nosso sistema digestivo se acostumou à ingestão de alimentos cozinhados.

2 – Dieta do suco

Essa dieta “estilo desintoxicação”, que tem fãs como a atriz Gwyneth Paltrow, foi criada pelo Dr. Alejandro Junger. Ela consiste de duas refeições líquidas por dia, e uma sólida entre elas.

O veredicto: sem proteínas, carboidratos e gorduras você vai se sentir cansado muito rápido e perder peso muscular (do qual você certamente precisa).

3 – Dieta da sopa de repolho

Seguida pela atriz e modelo Liz Hurley, tudo que você pode comer nesta dieta é sopa de repolho, e muita…

O veredicto: essa dieta de baixo valor nutricional pode causar danos a longo prazo. Além disso, você vai engordar muito mais se por acaso quebrar a dieta.

4 – Dieta alimentar do bebê

A cantora Cheryl Cole fez essa dieta. Você tem substituir duas refeições por dia por comida de bebê misturada a dois litros de água.

O veredicto: você acaba consumindo apenas 600 calorias por dia, o que é muito pouco para adultos.

5 – Dieta do cookie

A estrela americana de realitys shows Kim Kardashian tentou essa dieta, no qual os cookies – as bolachas – são consumidos para controlar a fome. Você pode comer seis por dia: 500 calorias.

O veredicto: é uma dieta extrema, que não pode ser seguido por um longo período de tempo sem consequências graves.[HindustanTimes]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

39 respostas para “5 dietas que não funcionam e fazem mal”

  1. Como são as mulheres que fazem mais dietas que os homens,tenho a dizer que não se sacrifiquem tanto, pois o verdadeiro homem vê a mulher como um todo, e não apenas suas curvas,ou seja a beleza não está só nos corpos perfeitos, mas em toda a natureza feminina.

    • ou você é homosexual ou não sei não.
      Pegar mulher barriada porque tem natureza feminina ?
      Tá de sacanagem!

  2. O problema é que as pessoas que são retardadas tentam seguir estas dietas idiotas. Se esquecem das cirudgias plasticas que essa gente faz…Quanta baboseira viu…nem devia ser divulgado! Aposto que vai ter algum/ma “lele” da cuca que vai tentar alguma dessas aí!

  3. Olá!
    Pequena correção na matéria: não é que o sistema digestivo não é usado quando comemos alimentos crus, mas sim que ele não está acostumado a ingestão de alimentos crus, por motivos evolutivos! Assim, as pessoas podem passar mal se fizerem uma dieta baseada apenas nisso.
    Desculpem-me, e boa leitura! =)

    • Vamo melhorar hein ? HAHAHA brincadeira, sucesso e se cuide.
      Tomara que fique com um corpão

  4. Qualquer dieta é boa desde q. a pessoa deseje permanecer nela.
    Eu entendo o desejo como sendo um preparo que vai do físico ao espiritual, portanto envolve pensamentos, sentimentos, hábitos e atitudes
    Numa sociedade agitada como a da cidade de São Paulo, qualquer dieta pode se tornar temporária, a menos que ocorra um processo adaptativo verdadeiro, o que demanda um certo tempo de adaptação.

  5. acho que a melhor dieta para emagrecer com resultados significativos para quem quer emagrecer é a reeducaç~~ao alimentar,embora hajam dietas boas observei que a melhor pelo menos para mim foi a dieta de proteinas com a exclusão quase que total de hidratos de carbono(carboidratos)porque ela responde muito bem em quem precisa de perda de peso eminente ou que precise perder muito peso tipo acima de 15 a 20 kilos.e recomenda:se a ingestão de bastante agua poís estimula muito os rins para que não os sobrecarrege com a ingesta constante de proteina.essa realmente vale a pena e quando se atingir o objetivo volta:se a uma ingestão de calorias balanceada.acho essa a melhor pedida em termos de dieta com apenas 20gramas por dia de carboidratos.

  6. Caros amigos,

    Durante muitos anos, procurei entender o que faz mal para o homem e como podemos obter a saúde integral.
    Fiz várias experiências e conhecí muitos tipos de regimes e também pessoas com conhecimentos muito interessantes na área da saúde.
    Hoje minha pregação consiste em orientar as pessoas no sentido de que o ditado mais antigo sobre saúde, diz o seguinte: mente sã, corpo saudável.
    Nenhum tipo de regime vai te deixar bem, se a tua cabeça estiver mal.
    Antigamente não se falava em regimes e as pessoas comiam de tudo, mas tinham um coração mais puro e uma mente livre de pensamentos odiosos e rancorosos.
    Hoje, a correria do mundo moderno, a disputa, inveja e outros fatores externos, contribuem para o homem viva em eterno conflito mental e consequentemente, produzindo as próprias doenças.
    Ainda temos também a diferença entre as pessoas, suas atividades, gastos diários, etc…
    Cada um tem um estilo e para cada qual, seu combustível.
    É difícil dizer o que é bom para todos, mas posso concluir dizendo o seguinte:
    1-Evite tudo aquilo que o seu organismo não precisa e não saberá o que fazer depois que vc ingerir(açúcar branco e derivados/linguiças/carne de porco/defumados/enlatados/alcool/fumo/drogas, etc…)
    2-Procure ingerir uma grande quantidade de verduras(folhas verdes em geral) de preferência orgânicas, frutas(principalmente banana, maçã, mamão, abacate,laranjas), arroz integral, pão integral, aveia em flocos, mel, açúcar mascavo ou melado, algas marinhas(sushi), peixes crus(sashimi) eoutros produtos naturais que poderão fazer muito bem à sua saúde.
    Lembre-se dos excessos e coma sempre um pouco menos do que gostaria comer e se comeu demais, diminua na próxima.
    Um detalhe importante: sempre que estiver se sentindo um pouco mais pesado ou que comeu demais, procure fazer um jejum, que dará tempo para seu organismo digerir o que está dentro e também fazer uma faxina interior.
    Não dá para falar tudo num comentário, mas espero ter ajudado de alguma forma.
    Abraço à todos.
    Döll/Ecochannel

  7. Caros amigos,

    O ditado mais antigo sobre saúde diz: mente sã, corpo saudável.
    Tenho observado em todos os tipos de regimes, que as pessoas que estão com a cabeça boa, bons pensamentos e em paz, conseguem ter uma vida saudável em todos os sentidos.
    Regimes como a macrobiótica, sem dúvida q

  8. Não existe neste mundo alimentação mais perfeita do que a Dieta Macrobiótica. 80% de grãos integrais + 10% de legumes frescos + 5% de frutas da estação e do local (50 km) e 5% de verduras frescas. O custo espiritual e tambem físico de se comer qualquer tipo de carne que não seja a vegetal é altíssimo. Vejam no site do livro limpa teu coração: http://www.limpateucoracao.com em Mensagens do Autor tópico Ensinamentos do Ching Kou

    • interessante, caro prosélito, o homem chegou até hoje, matando e comendo animais, são milhares ou milhões de anos misturando proteina animal com vegetal, ai aparecem experts, dizendo que o negõcioi é comer organicos e se esquecem de que são bilhões de pessoas para comer, e que não haveria condições deste tipo de alimento para todos. ou seja, orgânico é sofisticação. depois eu, quanto trabalhava na av. paulista, várias vezes comia alimentação macrobiótica, e me lembro bem de gente que ia lá e somente comia este tipo de alimento todos os dias, me lembro bem de um monge de esqueletos ambulantes, com caras murchas e olheiras, com pele amarelada, muitos apáticos, etc.fazer qualquer afirmação, que induza as pessoas é sempre muito perigoso, o grande problema das pessoas é comer demais, tudo demais tras algum custo

  9. Por principio alimentar-se com a quantidade e qualidade equilibrada; se sentimos que estamos engordando, diminua-se a quantidade de alimento, sem prejudicar na qualidade, liquido, agua por excelencia; sem gás,lembrar sempre que nosso estomago tem uma capacidade de oitocentos gramos para o homem considerado padrão; se seguirmos isso não será nescessario fazer dietas enganosas.

    • Devido a evolução da especie nosso sistema digestivo não é adaptado para alimentos crus, sendo essa a alimentação sugerida na dieta o sistema digestivo não seria utilizado em sua capacidade total.
      Na verdade nenhum animal digere alimentos totalmente crus. As responsáveis por tal feito são somente as bactérias.

    • Desculpe , mas o nosso organismo necessita tanto de crus com de cozidos , explico: os alimentos crus mantém intactas suas propriedades e vitaminas, e quando ingeridas são totalmente absorvidas e facilmente metabolizadas pelo organismo pois os crus já contem enzimas que ajudam este trabalho, ja os cozidos precisam de enzimas do corpo para metabolizar, e no cozimento perde-se um pouco de vitaminas , por isto sugere-se não cozinhar por muito tempo , no entando existem algumas leguminosas e frutas como o tomate que multiplica suas propriedades quando cozidos . Então a regra é o equilíbrio que deve ser empregado em tudo, comer de tudo mas pouco . Lembrando apenas que sempre e melhor usar os organicos mesmo os que serão cozidos.Radicalismo em dietas é danoso .
      Abs

    • Outra coisa , a flora intestinal este “órgão” metabolizador , tanto humano como animal esta repleto de bactérias que sintetizam nutrientes dos alimentos tanto crus como cozidos , separa,absorve e dejeta . As bactérias não “cozinham” alimentos, elas os modifica como uma complexa usina , que aliás não poderia ser produto de um processo evolutivo aleatório !

  10. Toda dieta extremista como as apresentadas, causam danos potenciais a saúde. Falta é bom senso na hora de comer dessas pessoas desorientadas…
    Nada melhor que um arroz com feijão + bife + salada.

    • Tudo bem se você quer partir logo para outra…Eu quero ficar nesta vida muito tempo e comer saudável, praticar exercícios moderados, dormir bem e manter-se ativo, prolonga este tempo.

  11. “…já que o sistema digestivo não é utilizado quando se come alimentos crus”.

    Nessa eu não acredito, quer dizer que o sistema digestório só funciona se o que a gente come não é cru? Conversa…

    • Boa… Então nunca vou conseguir digerir um alimento cru? Então comer salada é uma fria? Balela!!!!!

    • Concordo. Alimentos são digeridos. Frutas, legumes e verduras fornecem vitaminas, minerais, fibras e carboidratos. Além disso são a melhor fonte de antioxidantes como a antocianina. Facilitam o trabalho do sistema digestivo e proporcionam bem estar. Já carnes cruas podem conter parasitas que são eliminados no bom cozimento. Esta dieta erra porque tem baixa quantidade de proteína, mesmo que se coma proteína de soja e feijão, porque a absorção é pequena. Igualmente, os carboidratos estarão restritos a frutose o que não é suficiente. Lembrem-se que carboidratos (arroz, feijão, trigo, batata) fazem o coração bater e o cérebro funcionar e sua restrição por mais de 24hs causa perda muscular e morte de neurônios. Além disso os vegetais tem pouquíssima quantidade de ferro. Apesar do agrião e o feijão terem ferro, a ingestão de carne vermelha magra bem cozida 2 vezes por semana é importante para manutenção dos níveis de ferro, que transporta o oxigênio no sangue, especialmente para mulheres. Ou seja,a opção saudável é que a pessoa pode alternar: um dia de vegetais crús e outro de alimentos cozidos que terá excelentes benefícios.

    • é, mano… você tem toda a razão… será que os nossos antepassados (da pré-história) já usavam Placas Electricas ou Fogões a Gáz para “cozinhar alimentos”???? è isso aí… é “balela” messssmoooo….

    • Não tinham exato, e é por isso que seus cérebros eram tão sub-desenvolvidos, a partir do momento que houve ingestão de carne é que o cérebro desenvolveu aos poucos a complexidade necessária para chegarmos ao estágio atual. Então senta lá coelinho…senta…

    • Bom, pelo menos mudaram um pouco o texto original.

      Mas ainda assim, não concordo totalmente. É que, pelo que sei, o homem apesar de ter se acostumado a alimentos processados, nunca deixou de consumir alimentos crus, pelo menos os de origem vegetal…

Deixe uma resposta