6 maneiras de nunca se perder na cidade sem GPS

Publicado em 17.10.2011

Agora é muito mais fácil ir para qualquer ponto da cidade que você desconhece. Novos celulares já vêm com GPS para que encontremos caminhos de forma rápida e segura. Mas algumas vezes o GPS não funciona, a bateria pode acabar ou quem sabe até estragar no meio do caminho.

Em um momento como esse, não há motivos para entrar em pânico. Mesmo sem GPS, mapas ou pessoas por perto para pedirmos indicações, é possível encontrar caminhos com as próprias dicas da cidade ou da natureza.

A navegação natural pode ser o que você precisa para descobrir onde você está. Ela é uma forma de navegar pelas ruas sem o uso de mapas, bússolas ou qualquer outro instrumento, se baseando no conhecimento e na dedução, e depende da consciência de direção ao longo de cada jornada.

1 – Antenas de TV por satélite

As antenas receptoras de televisão por satélite estão espalhados por toda cidade e podem te tirar de uma fria. Isso porque elas não são colocadas em uma posição ao acaso, mas apontadas para um satélite geoestacionário, que permanece sempre sobre o mesmo ponto na superfície da Terra.

No Reino Unido, por exemplo, há um tipo de aparelho via satélite dominante. Portanto, quase todas as antenas tendem a apontar na mesma direção, perto do sudeste.

2 – Igrejas e outros tempos religiosos

Desde os primeiros tempos, edifícios religiosos foram construídos em pontos específicos que dão dicas de direção. Igrejas cristãs são normalmente alinhadas de oeste para leste, com o altar apontado para o extremo leste, para o nascer do sol. Lápides também são alinhadas nesse sentido.

Para encontrar a direção dentro de uma mesquita, você precisa olhar para a parede, que indica a direção para a oração. Esse local que indica a direção, conhecido como al-Qibla, mostra o lado em que está a Meca, em qualquer mesquita do mundo.

Já as sinagogas, normalmente colocam a Arca da Torá no extremo leste, posicionada de modo a orar em direção de Jerusalém (sinagogas em países do leste de Israel posicionam a Arca de Torá para oeste).

3 – Direção do vento

O vento normalmente vem sempre na mesma direção, dependendo do local onde você está. Isso resulta em padrões de erosão assimétricos em edifícios, similar à erosão vista na natureza.

Observe como os cantos de edifícios mostram padrões sutilmente diferentes de intemperismo. Algumas vezes um dos lados apresenta mais mudança de cores, indicando a marca de chuvas e poluentes trazidos em maior quantidade pelos ventos.

Árvores também podem indicar direção. Algumas vezes o topo de uma árvore é mais tombado para um lado, indicando a direção do vento predominante.

4 – Fluxo de pessoas

Navegantes do Pacífico seguiam os pássaros em busca de terra. Não temos navios, mas carros, e podemos fazer a mesma coisa com humanos. Seguir apenas um indivíduo não é muito aconselhável, já que você pode acabar em qualquer lugar.

Mas seguir uma multidão no final da tarde pode fazer com que você encontre uma estação de transporte. No período da manhã, deve-se andar contra o fluxo para encontrar essas estações.

5 – Alinhamento da estrada

Estradas não surgem de maneira aleatória. Elas crescem para transportar o tráfego e se alinham de diferentes maneiras, dependendo se você está no centro ou na periferia da cidade.

No norte ou sul da cidade, as principais estradas tendem a ser alinhadas no sentido norte/sul. No noroeste ou sudeste, elas costumam ser alinhadas no sentido noroeste/sudeste. É por isso que mapas de estradas em grandes cidades mostram um padrão radial.

Esse fato pode parecer óbvio, mas poucas pessoas percebem isso quando se sentem perdidas em uma grande cidade.

6 – Nuvens

Uma boa maneira de não perder seu senso de direção é observando a direção em que as nuvens estão se movendo. Isso porque o vento empurra as nuvens de maneira relativamente constante.

Isso pode funcionar em viagens de ônibus ou metrô por uma cidade, por exemplo. Olhe para cima antes de embarcar, e lembre-se da direção das nuvens. Quando você chegar em uma parte estranha da cidade, olhe para cima novamente e você será capaz de descobrir em que direção você está. [BBC]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

38 Comentários

  1. tenho mais uma dica e lá vai LEVE UM MAPA DA CIDADE ONDE ESTA OU PEÇA INFORMAÇÃO (oque a minha familia nunca faz eu tento mais eles não fazem)

    Thumb up 2
    • Existem uma série de imprevistos e isto não tem como planejar ou então terá que carregar uma enciclopédia de anotações.

      Thumb up 3
  2. Antigamente era só ‘perguntar’ para algumas pessoas. Hoje em dia, com o alto avanço da ‘educação’, até astronomia é essencial, se você não quiser perder um tempo ‘falando com as paredes’…

    Thumb up 7
  3. Quando entro em cidades que não conheço muito bem, costumo encher o tanque do carro e chegar com antecedência ao meu compromisso, aí é só rodar que uma hora vc chega.Minha esposa fica indignada porque não costumo pedir informação. Se tiver que pular um canteiro Central de Avenida, sem problemas, em floripa ja atravessei por cima do calçadão da Rua Felipe Shimidt.

    Thumb up 2
  4. Gostei da dica do Cesar… é bem mais fácil ir à lanhouse e olhar no google maps…

    Thumb up 2
    • Lan Houses não tem em todos os lugares, principamente se estiver em países de primeiro mundo, aí que fica difícil encontrar uma.

      Thumb up 9
    • Realmente.
      Estive em Portugal por 12 dias e em algumas cidades que fui desde Liboa, não ví Lan Houses. Procurei num determinado momento para enviar uma mensagem e tive deixar para quando retornasse ao hotel onde eu estava hospedado e tinha um terminal de internet com PC para os hóspedes.

      Thumb up 0
  5. Legal, mas na duvida e melhor não sair de casa assim se ficar perdido ja ta no lugar certo..

    Thumb up 5
    • q tristeza pensar q vc vai embarcar sozinho num ônibus ou metrô e ficar ‘decorando’ posição de nuvens para não ter q CONVERSAR com alguém e receber uma informação! Q loucura!

      Thumb up 3
    • Nem sempre podemos confiar em qualquer um que encontramos por aí. Há muita gente ruin nesse mundo. Vai saber se não tem um que tá afim de prejudicar os outros? O bom é ser independente.

      Thumb up 1
  6. Que engraçado. Essa das igrejas não sabia. Fui verificar ao google maps, e de facto as igrejas da minha terra estão na “horizontal”, de oeste para este, ou vice-versa: entrada por oeste ou por este. :D

    Thumb up 6
  7. Para se orientar baseando em igrejas, nem sempre são corretas as plantas que deram origem às suas contruções; principalmente as atuais. Já se observarmos as Mesquitas, essas sim, tem sempre suas frentes voltadas para o leste. As Lojas Maçônicas e Lojas da Rosacruz têm sempre suas entradas voltadas para o oeste. Ainda não encontrei uma de outra forma.

    Thumb up 7
  8. Não é mais fácil pedir informação a alguém???
    Ficar seguindo multidões sem saber para onde realmente vão, olhar direção das antenas, das igrejas… são todas dicas para lugares habitados, não são?

    Thumb up 23
    • Depende de onde está para perguntar à quem for.
      Por exemplo: na Capital de São Paulo as pessoas não costumam ser gentis para dar informações corretas. Sempre dizem que não sabem ou dão informações erradas.
      Em Porto Alegre, já é diferente; lá as pessoas têm uma enorme satisfação em informar com precisão quem as procuram.
      Nos lugares nordesitnos e nortista não posso confirmar; ainda não estive praquelas bandas.
      Na europa, depende da forma educada (comportamento ausente nos brasileiros) de como abordar alguém para obter informação. Já estive alguns lugares de lá e sei como funciona.

      Thumb up 9
  9. Nas cidades do interior do Nordeste, tem sempre uma igreja católica em frente à praça, e essa praça corta a rua do comércio em duas partes mais ou menos iguais.

    Thumb up 2
  10. Que coisa mais sem sentido.

    Se ainda fosse umas dicas de sobrevivencia, mas se perder em areas urbanas aondem nao existem regras????

    Fala para a pessoa levar um mapa melhor que essas baboseiras.

    Se vc esta em uma cidade aonde fala sua lingua pergunte….Caso nao esteja escreva o lugar aonde quer ir.

    Quando esta sentadinho em frente a um computador e facil ficar dizendo va a igreja, e para achar a igreja???Ai comeca mais uma batalha achar uma igreja ai se perde achando a igreja e fica duas vezes perdido. Ai tenta se achar para se achar novamente isso se nao confundir pq na hora do nervoso e dificil fazer sentido do que se sabe.

    Quem escreve essas coisas ou nunca se perdeu ou nao lembra o que e se perder.

    Vamos dizer que vc lembra qual a direcao que a igreja foi construida vamos dizer tambem que nao teve excessao da igreja constuida, pois a pessoa que escreve isso deve assumir que todos que constroem igrejas vao se basear por essa informacao……

    Entao cai em uma rua sem saida se perde de novo e tem que tentar achar a igreja novamente.

    Ao inves de lembrar essas informacoes inuteis e diria a pessoa que tenha diversos tipos de mapas imprimidos em papel, iphone, credito suficiente assim se um falhar tera outro.

    Se for em perimetro urbano use a boca e pergunte melhor que ficar perdido.

    Se for em selva ou lugares isolados, entao faca ao menos um curso basico de sobrevivencia ee sempre faca novamente pq o que eu fiz no exercito ja qesqueci tudo pois nao fiz uso.

    Essas informacoes aqui sao uteis apenas para curiosidade pq lera isso aqui e nao vai lembrar nada a nao ser que imprima e leia quando estiver perdido, mas entao pq nao comprar um mapa usa menos espaco que imprimir isso.

    No Brasil grande parte das cidades nao tem ou nao tinham codigo de construcao urbana apenas foram nascendo casas em morro, barranco etc…..entao achar que tem uma organizacao urbana que faz sentido e uma pura ingenuidade, muitas cidades menos de 50% das ruas tem uma placa com o nome da rua, quando tem eh em soh uma quadra e sorte sua se achar qual quadra eh….

    As pessoa constroem casas irregulares e depois de construidas nao podem ser tocadas pq no Brasil tem dessa que mesmo casas consturidas de forma ilegal a lei nao toca e a pessoa coloca o numero que bem entende…..ate mesmo indo contra a logica da numeracao da sua quadra.

    Essa informacao aqui eh bem coisa de quem le revista de beleza e acha que quem escreveu e Deus e fica espalhando essas baboseiras pelo mundo como se fosse a segunda melhor invencao depois da roda.

    Thumb up 3
    • Esse lance de se andar com mapa é complicado dependendo de onde você está. Principalmente me grandes centros urbanos.

      Senão vejamos:
      1 – Não sabemos quem está à nossa volta – se pessoa normal, do bem, ou um bandido, pronto a te dar o bote, ou mesmo um aproveitador;
      2 – Ao abrir um mapa no meio de uma rua, ou mesmo numa mesa dum barzinho, fica patente que você não é daquele lugar, chamando atenção das pessoas acima.

      Meu conselho é: procure uma cabine policial, ou mesmo viatura policial e perguntar. Se bem que até isso é complicado hoje em dia…

      Thumb up 0
  11. Essas informações são muito importantes,a maioria das pessoas não se preocupam com esses assuntos,e só sentem falta quando realmente estão no sufoco.Conheço gente que não sabe utilizar uma bússola,mapas,não sabem nem localizar o cruzeiro do sul ou os pontos cardeais em relação ao sol.Parecem um monte de gado pastando a toa,quando vão a um acampamento não levam nem o básico:Uma faca,lanterna,isqueiro ou fósforo,bússola,corda,e etc…Vi a pouco tempo na tv,duas moças que se afogaram em um acampamento e os amigos não fizeram nada para salva-las,ficaram só olhando,se tivrssem uma corda ou um pedaço de pau era só estender para elas segurarem,e quem sabe as mesmas estariam vivas.O preço pela ignorancia as vezes é muito caro.

    Thumb up 11
    • Tem gente que tem conhecimento em uma area e acha que aquilo eh a coisa mais importante do mundo.

      Uns sabem trocar pneus, sabem mecanica basica, sabe outra lingua, sabe sobreviver em floresta, atirar, historia etc….

      Se todos querem impor o que acham importante….

      Para sobrevivencia urbana isso eh de uma inutilidade maxima.

      Facil falar quando nao sabe as situacoes ou coisa que viu na televisao….tipo cirtico de futebol, e se a corda fosse muito curta ou se elas nao vissem ou ficassem desesperadas? e se as pessoa tentando ajuda-las se desesperassem e morresem junto como geralmente eh o que acontece???

      Facil olhar em televisao e ser o espertao…..se estivesse la saberia reconhecer imediatament pois se tem apenas 30 segundos ou menos ate fazer sentido ja era……por televisao todos nos somos os espertoes mas la na hora somos quase sempre os que estavam sendo visto na TV.

      Existem inumeros tipo de ignorancia e de sobrevivencia basica nao eh a unica a qual que pode custar a pessoa a vida e ou iconviniencias …..

      Mecanicos irao argumentar que pessoa morrem em lugar isolados pq o carro quebrou e a pessoa nao sabia sobrevivencia basica de mecanica de carro por isso morreu etc etc….

      Pessoas que dao curso de sobrevivencia urbana contra violencia e sequestro vao dizer que pessoas morreram pq nao fizeram o esforco minimo de aprender a sobreviver nessas situacoes…..

      Parou neh!!!

      A sobrevivencia intelectual tambem eh um bom senso e muitos acham que curso de sobrevivencia de selva eh mais importante….

      Thumb up 3
    • Verdade, José Calasans. Eu estava na Av Infante Dom Henrique, em Lisboa-PT, e tentei ajudar, primeiro um grupo de brasileiros e depois outro grupo de americanos, que portavam mapas e estavam mais perdidos que cachorros quando caem de caminhão de mudança de pobre. A diferença que pude observar com a experiência que tive, foi que, mesmo com meu inglês ruim, fui mais entendido pelos os americanos do que pelos nossos brasileiros. Tudo é um pouco de questão de cultura.
      Não adianta ter um mapa se não sabe usar as referências. Não adianta ter uma bússula se não sabe ter noção do que é N e S.
      A pior desgraça do ser humano é achar que nunca enfrentará uma adversidade na vida e pensar que sabe tudo e está pronto pro que der e acontecer.
      Penso que devemos saber um pouco de cada coisa e, amis do que isto, saber us-las nos momentos certos. Nunca mensoprezar qualquer tipo de informação. Pode ser que algumas informações não nos sirva, porém, pode servir para outros.

      Thumb up 6
  12. Uma coisa boa é contar com a solidariedade dos moradores da cidade ao pedir informações. Já me perdi em Teresina-PI, e a maioria das pessoas a quem pedi informações me deu as mesmas erradas, o que acabou por me deixar numa situação complicada (pois já era noite e pra completar houve um blackout,,, e eu na rua… perdida). Por isso, se não souber onde fica determinado bairro ou estabelecimento é melhor ser honesto com a pessoa e dizer que não sabe do que dar informações erradas. Não é legal ficar perdido! Sejamos solidários!

    Thumb up 13
    • Você precisa conhecer Campina-SP. Estive lá uma certa vez e a cidade é complicada e grande demais. Se for de carro e não conhecer, como foi o meu caso, prepare dinheiro para encher o tanque porque ninguém te dá informações certas e se der é difícil entender. Á pé, no centro, tem que ter cuidado para não se perder porque não dá pra marcar referências em virtude dos altos e baixos na cidade que é muito bonita por sinal.

      Thumb up 8
    • em campinas os caipiras pensam q estao na capital e se acham o pior é o sotaque e todo mundo te chama de VÉÉÉÉII gente estranha aff

      Thumb up 4
    • Obrigada pelas dicas, Ezio… com certeza serão de grande valia caso eu visite um dia esta cidade que, como vc mesmo disse, é muito bonita. Bjo!

      Thumb up 6
  13. Se você estiver em uma cidade litorânea, e está procurando a praia, vá em direção ao Sol se for de manhã, ou de costas para o Sol se for à tarde – pelo menos no Brasil…

    Outra dica é procurar um catálogo telefônico, a maioria deles vem com mapas e croquis da cidade (pelo menos o de Porto Alegre é assim), que ajudam a localizar endereços.

    Finalmente, se tiver uma lan house por perto, você sempre pode abrir o Google Maps. Se a cidade que você estiver já foi visitada pelo Google Street View, melhor ainda.

    Thumb up 32
    • Em Porto Alegre não precisa. Lá o povo é mais prestativo nesse quesito. Por duas vezes que estive lá fazendo cursos pude observar essa qualidade daquele povo. Bem diferente dos paulistanos. (Sou paulista, não sou paulistano e nem moro no Estado de São Paulo).

      Thumb up 7
  14. Perguntar em pontos de táxi e bancas de jornal ajuda é muito e resume as besteiras desta reportagem. Caso saiba ler use as placas da rua ou ande com um guia da cidade que custa uns meros R$ 5,00.

    Thumb up 12
  15. Mais uma dica: a numeração das ruas começa sempre a partir do centro. Sempre que estiver perdido siga a direção oposta ao crescimento dos número que você vai parar no centro da cidade.
    Obs.: a numeração é feita por metros, se a caso for número 3600 significa que você está a 3,6km do início da rua.

    Thumb up 46
    • a casa*

      Thumb up 7
    • Mais ainda: números PARES do lado direito da rua.

      Thumb up 8
    • Só não funciona no nordeste… A numeração não se baseia na distancia, cada um põe em sua casa o número que acha mais bonito e tem ruas que zeram de repente e começam de novo… até de trás prá diante. Uma loucura!

      Thumb up 20
    • Ô CHENTE MEU REI,LUGARZINHO ARRETADO DE BÃO ESSE NORDESTE!!!!

      Thumb up 8
    • kkkkkkkkkkkkk’.
      Aquier eu vou por -1 caso a pessoa venha se basear nela ou ér o Fim do mundo ou ela ta indo pro inferno kk’.

      Thumb up 1
    • A maioria das ruas começam no centro da cidade, porém, nem todas começaram com o início da cidade. A medida que a cidade vai crescendo outras ruas se entrelaçam. Algumas avenidas surgem em descencontro com o crescimento dos centros com outros bairros que evoluem rapidamente.
      As numerações das ruas, por lógica, aumentam de seu início para o fim mantendo os números pares à direita e ímpares à esquerda.

      Thumb up 6

Envie um comentário

Shares
Share This

Compartilhe

Seus amigos vão adorar!