Americana tem orgasmos quando come seus alimentos preferidos

Publicado em 20.04.2011

Gabi Jones, americana de 25 anos, sofre de um raro distúrbio. Devemos ficar tristes por ela? Não tenho certeza.

Os médicos diagnosticaram Gabi com distúrbio de excitação genital persistente, que a leva a ter orgasmos sem qualquer excitação sexual. Na verdade, ela tem orgasmos cada vez que come seus alimentos preferidos.

A jovem experimentou seu primeiro orgasmo “alimentar” na adolescência, enquanto desfrutava de um sorvete. Gabi ainda lembra a textura lisa do sorvete em sua língua, quando sentiu um formigamento na área genital.

Segundo ela, a pressão continuou até alcançar seu corpo todo. Ela sentiu tontura e ficou vermelha. Apesar de impressionada com o que tinha acabado de acontecer, Gabi não teve dúvidas: aquilo era um orgasmo.

Todos os amigos de Gabi achavam que ela estava inventando tudo isso. Ainda assim, cada vez que ela comia sobremesas deliciosas, sentia o formigamento entre as pernas.

Talvez outra pessoa teria se sentido um pouco preocupada. Já Gabi, comprou uma máquina de fazer sorvete para poder curtir orgasmos a qualquer momento que quisesse.

Gabi engordou 94,8 quilos nos últimos cinco anos. Atualmente, ela pesa 222,26 quilos, mas se diz perfeitamente feliz com sua aparência. Com 17 anos, os médicos lhe alertaram que ela era geneticamente disposta a ser obesa; desde então, ela parou de se ver como gorda e feia, e decidiu aceitar o fato de que era grande e bonita.

Mais do que isso: Gabi se aproveitou das coisas que mais gostava em si mesma. Ela havia notado que alguns homens se sentiam atraídos para ela, e uniu sexualidade com seu amor por comida.

Quanto mais quilos ela ganhava, mais se sentia sexy, mais orgasmos tinha. Em um determinado momento, Gabi passou a ganhar dinheiro a partir de sua paixão por comida: criou um website (www.GainingGabi.com), onde milhares de homens pagam cerca de 25 reais por mês para ver ela se encher de comida até ter um orgasmo.

Gabi não come para dar prazer aos homens que gostam de assisti-la. Ela faz isso pelas mulheres gordas de todo o mundo, na tentativa de ajudá-las a se sentirem bonitas e sexys. Segundo Gabi, as pessoas que a insultam, chamando-a de gorda e insalubre, não sabem do que estão falando; apesar do fato de ela ter obesidade mórbida, ela é perfeitamente saudável, o que é mais do que se pode dizer de muitas pessoas magras.

E você? Gostaria de saborear refeições como experiências sexuais?

[OddityCentral]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

39 Comentários

  1. - felizmente ela nao usa este facto para justificar o ser obesa. e cada pessoa tem fetiches diferentes… ela apenas tem com comida, o que é mau porque faz engordar. ao menos eu tenho com sexo, que lá no fundo é algo que exige esforço fisico , ou seja mantem a forma. desculpem ser directa.

    Thumb up 0
  2. Alguém aqui já mandou,pagou,deu algo para essa moça!?A comida que ele ingere não é ela que paga?Então por que não vamos saindo de fininho e vamos cuidar MAIS E MELHOR de nossas vidas!!???O problema é todo dela se ela vai morrer ou não.E outra:Graças a Deus ela se acha bonita.Povo mal amado fala mal de Deus e da sombra.

    Thumb up 8
  3. “Gabi não come para dar prazer aos homens que gostam de assisti-la. Ela faz isso pelas mulheres gordas de todo o mundo, na tentativa de ajudá-las a se sentirem bonitas e sexys.”

    Como ? Fazendo-as comer a cada dia mais e mais ? Assim ela não ficarão bonitas e sexys, mas sim propensas a obesidade e com graves problemas de saúde…
    Isso não tem a ver com questão de estética, e sim de SAÚDE

    Thumb up 17
  4. “perfeitamente saudável” HÂ ??

    “ela parou de se ver como gorda e feia, e decidiu aceitar o fato de que era grande e bonita” WTF ? Grande ? Que tal enorme ? Bonita, tem certeza ?

    Essa não passa dos 40, problemas nos ossos, articulações, problemas cardiovasculares… o problema não é padrão de beleza, é saúde, alguém avisa a ela que ela vai morrer ?

    Thumb up 11
    • É verdade, Rodrigo. Eu estava aqui pensando… ela provavelmente come para sentir orgasmos, e não para matar a fome.Já pensou quantos já atingiu por dia para chegar nesse tamanho todo? Com certeza orgasmos são fatores “motivacionais” para sua obesidade. E olha, tenho certeza que alguns gordinhos aqui irão concordar com ela, mas que é feio e totalmente prejudicial à saúde, isso é mesmo!!

      Thumb up 8
  5. Nossa…eu sofro desse “mal”…só quando como chocolate!!!

    Se alguém ficou “sensibilizado” e queira me ajudar,

    pode enviar.

    Merci…

    Thumb up 4
  6. nossa esse menina é feliz e nao sabe disso kkkkkkkk a felicidade de cada um deve ser respeitada desde q nao ofenda o proximo de forma alguma . DOENTES SAO OS Q SO ACEITAM O Q ENFIAM na CABEÇA dizendo o q é ser FELIZ .

    Thumb up 4
  7. Eu adoro ler comentários, eles são a melhor parte da notícia. Ver o que as pessoas pensam… isso é interessante.

    Nesta coluna, em particular, fiquei impressionado com o número de pessoas querendo ditar o que a mulher deve ou não fazer.

    Parece que as pessoas não têm liberdade para fazer suas próprias escolhas, independente do quão estranho elas sejam.

    Thumb up 18
    • Sem dúvida o melhor comentário.

      Thumb up 3
  8. Putz…

    O plágio se caracteriza quando se publica algum conteúdo de outra pessoa e se assume a autoria do mesmo…

    Vocês podem me dizer ONDE a Natasha diz que o texto foi escrito por ela? pelo contrário, ela faz questão de publicar a fonte de origem ao final do texto caso vocês não tenham percebido… “[OddityCentral]” ¬¬

    Aliás, praticamente todo o site HypeScience é composto de textos transliterados de outros sites de Ciência.

    Mas não há nada de errado com isso, desde que se mantenha a fonte original como de fato eles sempre fazem.

    Detesto gente burra… aff.

    Thumb up 21
  9. Cara, é plágio mesmo!
    Percebi nesse trecho:
    “alguns homens se sentiam atraídos PARA ela”

    O googletradutor interpretou o “to”- que em português pode ser traduzido como por ou para- na forma errada e ela deixou passar!
    colocando essa mesma frase no google tradutor o resultado é:
    “She had noticed that some men are attracted to it”

    Copiando essa frase em inglês e colando na pesquisa google eu achei no primeiro resultado de busca o site que publicou o texto original.
    O lado ruim é que descobrimos que essa garota ñ é colunista, e sim esperta, e o lado bom é que realmente os leitores são inteligentes!

    Thumb up 4
  10. Que feio Natasha Romanzoti se dizendo escritora aos 21 publicando texto plagiado e mau traduzido de sites americanos, modificando algumas coisinhas.
    De qualquer forma dizem que “nada se contrói, tudo se copia.”

    Thumb up 6
    • Vinicius, cuida não é “mau” traduzido e sim “mal” traduzido. Ok?

      Thumb up 6
  11. PUTZ. Eu estava lendo este artigo no trabalho e um colega viu. Ele leu em voz alta o titulo pra todos da sala, inclusive os títulos dos artigos relacionados como “Candidata espanhola angaria votos aparecendo nua em propagandas”,”Empresa contrata programadoras e web designers nuas” e “Casal “adotou” 240 bonecas eróticas”. Os restantes pensam que esse site é pornográfico e agora tou mal falado. kkkkkk

    Thumb up 17
  12. bom pra ela tem mulher que reclama que nunca experimentou um orgasmo nem da maneira convensional.

    Thumb up 16
  13. Nossa eu não sou ninguem para falar de outra pessoa..pq alias tmb sou gordinha mias seria horrivel ver ela tendo orgasmos credo………acho que iria tomar nojo da comida rsss

    Thumb up 6
    • Daia, ela resolveu fazer sensacionalismo do caso, talvez, nem seja tudo isso.

      Thumb up 0
  14. A definição de obesidade mórbida não é “excesso de peso que CAUSA danos a saúde” e sim “Excesso de peso que PODE causar danos a saúde”.

    Nem todos os gordinhos possuem a saúde debilitada e até onde sei, a palavra “pessoa saudável” não é sinonimo de “pessoa magra” e sim “pessoa com saúde”.

    Sendo assim não vejo nada de errado em afirmar que ela possui obesidade mórbida e é saudável.

    Thumb up 6
  15. Não chega a impressionar a relação entre prazer gastronômico e sexual. O que mais espanta é a glamourização da gordura mórbida – esta, como a antítese anorexia – é tão devastadora quanto qualquer distúrbio alimentar extremo. Porém, isto não passa de um pensamento politicamente correto impotente perante a compulsão dos comedores de lixo.

    Thumb up 6
  16. É incrível como se pode ver nesta autêntica aberração comportamental qualquer tipo de “normalidade”!!!!
    Quem acha que se ela se acha bem, tem o direito de fazer o que gosta, posso apenas concluir que está com problemas psicológicos de igual monta.
    Ela ainda está na fase de crescimento, e o organismo vai superando todos aqueles excessos e abusos. Quando essa fase passar e ela começar a sofrer duramente todas as consequências previsíveis que vai ter de suportar, aí possivelmente vão virar-lhe as costas e procurar esquecê-la, deixando-a em seu sofrimento como um “farrapo humano”. Como existe tanta crueldade inconsciente e incontrolável!!!!!!!
    Com tantos avanços na ciência que já permitem controlar estas situações, como se pode deixar e permitir que aconteçam aberrações destas??? CÉSAR, gostei vê-lo por aqui, pois aprecio sua postura em relação a estas punjentes situações. Um Abraço.

    Thumb up 7
    • Insisto na deixa:Já que não damos nada para a referida figura,NÃO TEMOS DIREITO ALGUM de opinar na vida dela…coisa mais chata!!!!

      Thumb up 3
  17. Será que nenhum médico aconselhou ela, a fazer um regime e tratar de arranjar um namorado e transar normalmente? Essa é a desculpa que todo gordinho dá ao cometer excessos, agora , seria muito estranho essa moça tendo um orgasmo comendo brócolis, alface, tomate etc….
    Ela não passa de uma farsa, apenas encontrou uma motivação para dar continuidade com a gula excessiva ( doença), Mas muito mais doente, é quem paga para ver a dita tendo um orgasmo comendo….fala sério….
    Se ela fosse minha paciente eu colocava ela numa dieta rígida, e para compensar ” os tais dos orgasmos “, internava ela numa zona por uns 2 anos, dando de graça….

    Thumb up 12
  18. Pasmei na mesma frase que todos. Obesidade mórbida é justamente a definição de um nível de obesidade prejudicial à saúde.

    Thumb up 8
  19. Concordo com o Cesar, uma pessoa que tem 20 e poucos anos com obesidade mórbida não pode ser uma pessoa demasiada saudável.
    Ela se sentir bem com o corpo que tem, tudo bem, isso é um diferencial nela, mais veja bem, a chance de ela não se sentir sexy sem os orgasmos quando ela come seria muito menor, uma pessoa satisfeita sexualmente se sente bem, pode ser obesa ou pode ser magra, mas, quanto tempo faz que ela não sente esse prazer tendo contato com outras pessoas? Se fosse por mim, pensaria nisso seriamente.

    Thumb up 8
  20. Olha, eu penso que vivemos em um mundo livre e se ela se sente bem.. que bom! Se faz bem ou não, ela sabe.

    Thumb up 8
  21. Vejam pelo lado bom, pelo menos os alimentos preferidos dela nao sao derivados do Mac donalds, KFC, burger king e nem do Pizza Hut…deu até fome olhando para o prato dela :P

    Thumb up 4
  22. po mas se for a mulher da foto com esse problema

    ela SÓ conseguira orgasmos desse jeito mesmo, coitada….

    Thumb up 19

Envie um comentário

Leia o post anterior:
crazye
“Crazy English”: aprenda inglês gritando as palavras

A teoria é de um chi...

Fechar