Enorme estátua de guerreiro real é descoberta na Turquia

Publicado em 31.07.2012

O tempo não foi muito gentil com o “guardião de pedra” que protegia Kunulua, capital de um antigo reino neo-hitita: descoberta recentemente, a estátua esteve enterrada durante milênios e se manteve preservada apenas da cintura para cima – o que lhe dá a modesta estatura de 1,5 metro (estima-se que sua altura original fosse de 3,5 metros ou mais). Junto com ela, foram descobertas partes de uma coluna ornamentada com as imagens de uma esfinge e um touro alado.

As obras datam do século 8 antes de Cristo e pertenciam ao reino neo-hitita de Patina, localizado numa região que atualmente faz parte da Turquia. A estátua do guerreiro, acreditam os arqueólogos responsáveis pela pesquisa, pode ser uma representação do rei Suppiluliuma, conhecido por se unir aos sírios para combater uma invasão de neo-assírios em 858 a.C., uma das maiores batalhar da época.

A vitória de Suppiluliuma, contudo, não seria permanente: a capital de seu império foi conquistada por tropas assírias em 738 a.C., que destruíram os portões ornamentados pela estátua e pelas colunas.[Live Science]

Autor: Guilherme de Souza

É jornalista empenhado e ilustrador em treinamento. Curte ciência, cultura japonesa, literatura, seriados, jogos de videogame e outras nerdices. Tem alergia a música sertaneja e acha uma pena que a Disco Music tenha caído no esquecimento.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

2 Comentários

Envie um comentário

Leia o post anterior:
4
15 Campeões olímpicos do mundo natural

Conheça os campeões ...

Fechar