Arte impressionante – esculturas em cascas de ovo

Publicado em 29.03.2011

Gary LeMaster é um dos maiores escultores da atualidade. Afinal, quantas pessoas podem se dar ao luxo de trabalhar com cascas de ovo?

Nascido na Nova Zelândia, Gary se revelou um artista muito cedo – cresceu aprendendo como usar ferramentas e trabalhando com madeira, junto com seu pai e, ao mesmo tempo, apreciando artes mais refinadas, já que sua mãe era bailarina.

Ele entrou na faculdade de música – apesar de sua paixão pela arte, o fato de ser daltônico o desmotivou de entrar em uma escola de artes plásticas. Foi depois de muito tempo de estudo que ele finalmente decidiu fazer algumas aulas de artes.

Segundo o artista, o que surpreende as pessoas em seu trabalho é que, quando vêem os ovos, acham que são de cerâmica ou plástico e não ovos de verdade.

Para conseguir esse resultado, Gary usa instrumentos para cortar liga e diamante, assim como brocas dentárias. Depois a escultura é assinada e preservada em um recipiente de vidro.

[OddityCentral]

Autor: Luciana Galastri

é jornalista. Viciada em livros, lê desde publicações sobre física a romances de menininha do estilo "Crepúsculo". Toca piano desde os oito anos de idade e seu estilo de música preferido é o metal.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

9 Comentários

  1. Criatividade!

    Isso é o que é! Inteligência aplicada em algo tão banal como em ovos!

    Thumb up 0
  2. “Ele entrou na faculdade de música – apesar de sua paixão pela arte” ¬¬’ A música é a maior das artes, a mais usada e a mais aceita pelas pessoas!!!!!!

    Quanto ao post, excelente! Parabéns para o artista!!!

    Thumb up 5
  3. Eu quero saber quanto ele cobra para fazer e quanto tempo precisa para acabar…. já pensou se ele está num dia de mão pesada?rsrsrs queria um desses para mim….

    Thumb up 5
  4. Nossa!!!
    tão impressionante quanto aquele cara que faz as esculturas na ponta do lapis.

    Parabéns pelo post!

    Thumb up 8

Envie um comentário