As 13 coisas mais loucas que Elon Musk acredita

Elon Musk, o famoso CEO de companhias como Tesla Motors e SpaceX, tem uma maneira interessante de olhar para o universo.

Talvez tudo o que ele diz seja loucura. Talvez seja pura genialidade. Talvez seja um pouco dessas duas coisas.

Confira 13 dos pontos de vista mais loucos de Musk sobre assuntos que vão desde uma colônia em Marte até o perigo da inteligência artificial:

Musk quer começar a enviar seres humanos a Marte até 2024


“O encontro orbital Terra-Marte ocorre apenas a cada 26 meses, por isso vai haver um em 2018, e outro em 2020. E eu acho que, se as coisas correrem de acordo com o plano, devemos ser capazes de lançar pessoas provavelmente em 2024 com chegada em 2025”, disse Musk sobre os planos de SpaceX de colonizar o nosso planeta vizinho.

Ele também compartilhou sua visão para um governo de Marte


“Eu acho que provavelmente a forma de governo de Marte seria uma democracia direta, não representativa”, sugeriu. “As pessoas votariam diretamente sobre as questões. Eu acho que é provavelmente melhor porque o potencial para a democracia é substancialmente diminuído”.

O CEO não está meramente interessado em sobreviver em Marte; ele quer uma cidade espacial próspera


Musk disse que deseja que a colônia no planeta vermelho inclua tudo, desde “fundições de ferro a pizzarias”.

Musk afirmou que os primeiros viajantes à Marte devem estar preparados para morrer


“A primeira viagem a Marte vai ser muito perigosa”, disse. “O risco de fatalidade será elevado. Simplesmente não há maneira de contornar isso”.

Mas ele também disse que morrer no espaço não seria necessariamente uma coisa ruim


“Eu acho que, se você estiver que escolher um lugar para morrer, Marte não é provavelmente uma má escolha”, argumentou.

O empresário pensa que dissuadir as pessoas de usar carros autônomos é equivalente a matá-las


Musk fez esse comentário quando estava criticando a cobertura da mídia sobre acidentes envolvendo veículos Tesla utilizando piloto automático. “Uma coisa que eu devo mencionar é que, francamente, tem sido bastante perturbador para mim o grau de cobertura da mídia sobre acidentes com piloto automático”, acrescentando que a imprensa não noticia da mesma forma as 1,2 milhão de mortes a cada ano em acidentes com carros no modo manual. Se esses textos tratam o assunto de forma negativa, efetivamente “dissuadindo as pessoas de usar veículos autônomos” é o mesmo que matá-las, ele opinou.

Musk comparou aceitar a responsabilidade por acidentes envolvendo carros autônomos a ficar preso em um elevador


Musk disse que esse tipo de acidente deveria ser coberto pelo seguro do indivíduo, afirmando que só aceitaria a responsabilidade se um defeito de fábrica estivesse envolvido. “É muito parecido com ficar preso em um elevador em um edifício. A Otis [companhia que faz elevadores] assume a responsabilidade por todos os elevadores em todo o mundo? Não, não assume”.

O entusiasta da tecnologia regularmente debate se os seres humanos estão vivendo em uma simulação, como um videogame de outra civilização


“Eu tive tantas discussões sobre simulação que é uma loucura”, disse. “Na verdade, chegou a um ponto em que, basicamente, todas as conversas são sobre inteligência artificial e simulação, e meu irmão e eu finalmente concordamos que tínhamos proibir qualquer dessas conversas se estivermos em uma banheira. Porque isso realmente mata a mágica”.

Apesar disso, Musk crê que é mais provável que estejamos vivendo em uma simulação do que a realidade atual


“Há uma chance de bilhões-para-um que estamos vivendo a realidade de base”, disse.

Ele também acha que devemos gostar de viver em algum tipo de simulação, porque as coisas podem ficar muito feias se não estivermos


“Sem dúvida, devemos esperar que seja verdade, porque, caso contrário, se a civilização parar de avançar, pode ser devido a algum acontecimento calamitoso que nos extinga”, disse. “Então talvez nós devemos ter esperança de que esta seja uma simulação, porque senão… Ou temos que criar simulações indistinguíveis da realidade ou a civilização deixa de existir”.

O CEO também disse que os seres humanos já são ciborgues


Musk disse que a nossa capacidade de ter uma presença digital através de e-mail e mídias sociais nos dá “superpoderes” como um ciborgue: “Você tem mais poder do que o presidente dos Estados Unidos tinha 20 anos atrás. Você pode responder a qualquer pergunta, você pode fazer uma videoconferência com qualquer pessoa, em qualquer lugar. Você pode enviar mensagens para milhões de pessoas instantaneamente”.

Ele ainda quer adicionar uma camada digital de inteligência para nossos cérebros, para evitar que nos tornemos obsoletos à inteligência artificial


“Eu não amo a ideia, mas qual é a solução? Eu acho que uma delas, que parece talvez a melhor, é adicionar uma camada de inteligência artificial [ao nosso cérebro]. Uma terceira camada, digital, poderia funcionar bem e simbioticamente com o resto do seu corpo”, falou.

Musk pensa que a inteligência artificial pode ser nossa maior ameaça existencial


“Precisamos ter muito cuidado com a inteligência artificial”, disse. “Estou cada vez mais inclinado a pensar que deve haver alguma supervisão regulatória, talvez em nível nacional e internacional, só para ter certeza que nós não faremos algo muito tolo. Com inteligência artificial, estamos chamando o demônio”. [BusinessInsider]

Por: Natasha RomanzotiEm: 12.11.2016 | Em Bizarro, Principal  | Tags: , ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 3,00 de 5)
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta