As 5 maiores implicações em encontrar o bóson de Higgs

Publicado em 16.12.2011

A descoberta do bóson de Higgs e o fato de conhecermos sua massa tem implicações enormes para a física.

Veja abaixo cinco delas:

1 – A origem da massa

O bóson de Higgs é tido como a chave para resolver o mistério da origem da matéria. Ele é associado com um campo, que, adivinhe, tem o nome de campo de Higgs, permeando o universo. Conforme as partículas viajam através dele, elas adquirem massa, assim como nadadores atravessando uma piscina ficam molhados.

“O mecanismo de Higgs é o que nos permite entender como as partículas ganham massa”, afirma João Guimarães da Costa, físico de Harvard e especialista no Modelo Padrão da física no LHC. “Se não houvesse tal mecanismo, tudo seria sem massa”.

Se os físicos confirmarem a existência do bóson, a descoberta também confirmaria esse mecanismo. E talvez ofereça pistas para o próximo mistério, que é por que cada partícula tem uma massa específica. “Isso pode ser parte de uma teoria enorme”, afirma outra física de Harvard, Lisa Randall.

2 – O Modelo Padrão

O Modelo Padrão da Física é a teoria reinante das partículas físicas, tratando dos menores constituintes do universo.

Toda partícula prevista nesse modelo já foi descoberta, com exceção de uma: o bóson de Higgs. “É a parte que falta no Modelo Padrão”, comenta Jonas Strandberg, um pesquisador do LHC. “Então, seria uma confirmação de que as teorias que temos estão corretas. Se não acharmos o Higgs, significa que fizemos algumas acepções erradas, e vamos ter que começar de novo”.

Mas o Modelo Padrão não é completo. Ele não abrange a gravidade, por exemplo, e também deixa de fora a matéria escura – que se imagina cobrir 98% do universo. “O Modelo Padrão descreve o que já mensuramos, mas sabemos que não há a gravidade ali, nem a matéria escura”, afirma outro físico do colisor, Willian Murray. “Estão estamos ansiosos para expandir isso e incluir mais coisas”.

3 – Força eletrofraca

A descoberta do bóson de Higgs também ajudaria a explicar como duas forças fundamentais do universo – a eletromagnética, que governa as interações entre partículas carregadas, e a fraca, responsável pela queda radioativa – poderiam ser unidas.

Toda força na natureza está associada com uma partícula. A associada com o eletromagnetismo é o fóton. A força fraca está associada com os bósons W e Z, que têm muita massa, ao contrário do fóton.

O mecanismo de Higgs é tido como o responsável por isso. “Se você introduzir o campo de Higgs, os bósons W e Z se misturam nele, e através disso ganham massa”, comenta Strandberg. “Isso explica porque os bósons W e Z têm massa, e também unifica a força eletromagnética e a fraca na força eletrofraca”.

Apesar de outras evidências terem ajudado na união das duas, a descoberta de Higgs fecharia o acordo. “Isso já é bem sólido”, afirma Murray. “O que queremos é encontrar a prova maior”.

4 – Supersimetria

Outra teoria que será afetada com a descoberta do Higgs é a da supersimetria. A ideia é que toda partícula conhecida tem uma “superparceira”, com leves diferenças.

Essa teoria é interessante pois pode ajudar a unificar algumas das forças da natureza, e até eleger um candidato a partícula que forma a matéria escura. Dependendo da massa do bóson de Higgs, pode dar crédito à supersimetria ou dúvida a ela.

“Se o bóson de Higgs tiver pouca massa, que por enquanto é única janela aberta, isso tornaria a supersimetria uma teoria viável”, comenta Strandberg. “Mas ainda teríamos que provar sua existência”.

5 – Validação do colisor de partículas

O Grande Colisor de Hádrons é o maior acelerador de partículas do mundo. Ele foi construído com cerca de 18 bilhões de reais da Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN). Encontrar o bóson de Higgs é um dos objetos maiores da empreitada.

A descoberta do Higgs daria validação ao LHC e aos cientistas que vêm trabalhando na pesquisa por muitos anos.

“Se o Higgs eventualmente for descoberto, será um grande passo”, afirma Guimarães da Costa. “É importante para o campo, porque construir essas máquinas custa muito dinheiro, e você precisa justificar isso. Se conseguirmos essa importante descoberta sobre o universo, é uma justificativa do porquê do investimento”.

A descoberta também teria implicações para o cientista Peter Higgs e seus colegas, que propuseram o mecanismo Higgs em 1964.

“É certo que várias pessoas vão ganhar o prêmio Nobel”, comenta Vivek Sharma, físico da Universidade da Califórnia, e líder da busca pelo Higgs no LHC.[LiveScience]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

170 Comentários

  1. Reflexões sobre CIÊNCIA em geral e MATEMÁTICA em particular:

    “…Só quem bem compreende a natureza da Ciência poderá com proveito e prazer, e sem perplexidades, aplicar-se aos estudos científicos. Ciência não é “coleção de conhecimentos” nem “busca da verdade”, mas sim formação de conceitos. A Física não nos conta “fatos”, pois os seus termos: massa, energia, velocidade, não são realidades, e sim os “conceitos fundamentais da Física”, como aliás muito bem se diz, mas que frequêntemente nos escapa durante a leitura. São instrumentos do pensamento, artificialmente construidos, tais, como as chaves de parafusos, são instrumentos que servem para abrir um motor, o qual nada tem a ver com chaves de parafusos; são escadas, pelas quais subimos a uma casa eternamente fechada. Nós (…) denominamos determinado estado “matéria”, a alteração deste estado “movimento”, certa relação entre dois estados “gravitação”. Aristóteles não conhecia o conceito de atração e não teria podido discutir com Newton. Newton, por sua vez, não poderia intervir num atual congresso de físicos, pois os conceitos de campo, de quantum, de salto eletrônico, não existiam para ele. (…)O progresso é a aquisição de novos conceitos.(…) Nós pensamos hoje o que há cem anos ninguém poderia pensar, e nenhum de nós pode formar ideia daquilo que os homens imaginarão daqui a cem anos quando pronunciarem a palavra “Sol”…” (Fritz Kahn em “O Livro da Natureza”, v. 1 – 6ª ed. – Ed. Melhoramentos, p.15)

    Fritz Kahn (1888-1968) foi médico alemão e autor de livros sobre ciências do quotidiano, Astronomia e Medicina.

    *********************

    “…Através dos tempos, os matemáticos tem considerado seus objetos, tais como números, pontos, etc., como coisas substanciais em si. Uma vez que estas entidades sempre tinham desafiado tentativas de uma descrição adequada, manifestou-se corretamente nos matemáticos do século XIX a convicção de que a questão do significado destes objetos como coisas substanciais não fazia sentido dentro da Matemática, ou mesmo em geral. As únicas asserções relativas a eles não se referem à realidade substancial; elas enunciam apenas as inter-relações entre “objetos indefinidos” matematicamente e as regras governando operações com eles. O que pontos, retas, números “efetivamente” são, não pode e não precisa ser discutido na Ciência Matemática. O que importa e o que corresponde a fatos “verificáveis” é a estrutura e as relações entre objetos; que dois pontos determinem uma reta, que números se combinam de acordo com certas regras para formar outros números, etc. Uma clara percepção da necessidade de uma dessubstanciação de conceitos de Matemática elementar tem sido um dos mais importantes e úteis resultados do desenvolvimento postulacional moderno…” (Richard Courant e Herbert Robbins em “O QUE É MATEMÁTICA? UMA ABORDAGEM ELEMENTAR DE MÉTODOS E CONCEITOS”, Ed. Ciência Moderna, 2000)

    Richard Courant (1888-1972) matemático e autor de livros didáticos utilizados por gerações de físicos e matemáticos. Escreveu “Methoden der mathematischen Physik” (1924), em co-autoria com David Hilbert.

    *********************

    “…A Matemática Pura consiste inteiramente em afirmações do tipo: se tal e tal proposição é verdadeira de ‘qualquer coisa’, então uma outra proposição tal e tal é verdadeira dessa coisa.

    É essencial não analisar se a primeira proposição é realmente verdadeira, nem mencionar o que é o ‘qualquer coisa’ de que é suposto ser verdadeiro…

    Se a nossa hipótese é sobre ‘qualquer coisa’ e não sobre alguém ou coisas mais particulares, então as nossas deduções constituem aquilo a que chamamos Matemática.

    Por isso, a Matemática pode ser definida como a disciplina em que nunca sabemos sobre o que é que estamos a falar, nem se o que estamos a dizer é verdadeiro…” (Bertrand Russell “Recent work on the Principles of Mathematics” in International Monthly, vol. 4 (1901) – referido por Keith Devlin em “Matemática: a ciência dos padrões”, Porto Editora, 2002, p. 59)

    Bertrand Russell (1872-1970) foi um dos mais brilhantes matemáticos, filósofos e lógicos do século XX. Ganhou o prêmio Nobel de Literatura em 1950 “…em reconhecimento aos seus escritos variados e significativos, nos quais defende os ideais humanitários e a liberdade de pensamento…”. O Reino Unido o prestigiou com duas medalhas por suas realizações matemáticas (Medalha De Morgan em 1932 e Medalha Sylvester em 1934 e a ONU o premiou por seus trabalhos de divulgação científica (Prêmio Kalinga em 1957).

    *********************

    “…O mistério é a coisa mais nobre de que podemos ter experiência. É a emoção que se encontra no cerne da verdadeira ciência. Aquele que não sente essa emoção e que não pode mais se maravilhar nem se espantar, é como se já estivesse morto. Saber que aquilo que é impenetrável para nós verdadeiramente existe e se manifesta como a mais alta sabedoria e a mais radiosa beleza, que nossas limitadas faculdades só podem compreender em suas formas mais primitivas, esse conhecimento, esse sentimento, está no centro de toda verdadeira devoção. A experiência cósmica é com efeito o mais poderoso e mais nobre pivô da pesquisa científica…” (Albert Einstein)

    “…A ciência é uma tentativa de conseguir que à caótica diversidade de nossas experiências sensoriais corresponda um sistema de pensamento logicamente ordenado…” (Albert Einstein)

    *********************

    “…Sou dessas que acham que a Ciência tem uma grande beleza. Um sábio em seu laboratório não é apenas um técnico, é também uma criança diante de um fenômeno natural que o impressiona como um conto de fadas. Não devemos acreditar que o progresso científico se reduz a mecanismos, a máquinas, a engrenagens, que têm sua beleza própria. Não creio que, em nosso mundo, o espírito de aventura corra o risco de desaparecer. Se vejo ao meu redor algo vital é precisamente esse espírito que me parece inextinguível e é parente da curiosidade…”

    Marie Curie (única cientista que ganhou um Nobel de Física e um Nobel de Química)

    Thumb up 2
  2. Me encanta as controvérsias advindas do processo dialético e a assimetria desencadeadas pela profusão de enunciados que extrapolam aos limites da cognição, contudo a lógica cartesiana ainda me parece um bom caminho…

    Thumb up 3
  3. Interessante este site, é a primeira vez que tc por aqui…pena que será a última…explico-me:
    No item (g.) na “regra para comentários” os donos do site dizem que se eu não for adepto da “Teoria” da evolução; da “Teoria” da origem do Universo(há tantas); etc…terei meus comentários “sumariamente” removidos. Interessante que isso se dê num ambiente tão aberto ao dialógo e a troca de idéias. E pra quem diz que religião é fantasia…bóson de Higgs, matéria escura, física quântica…gosto, discuto, e não taxo ninguém por investirem bilhões, anos e a vida atrás de coisas que sequer sabem que existem…viva a Santa Inquisição, dessa vez os sacerdotes da verdade (sim, só vocês a possuem) têm diploma universitário.

    Thumb up 31
    • Na realidade e na prática não são tão radicais assim. Não se vá. Faça-nos companhia.

      Thumb up 13
  4. Antes de sabermos o que seja boson de Higgs, não seria bom sabermos exatamente o que é massa?

    Thumb up 5
    • mas já sabemos o que é a massa , só se você não entende, não generalize as coisas, não é porque você não sabe que ninguém sabe.
      M=Z+N
      (Massa=N° atômico + nêutrons)
      massa é tudo que tem densidade e volume e tudo tem densidade e volume.

      Thumb up 6
    • Densidade e Volume são “propriedades” da massa e não “a própria massa em si”!!!

      E “propriedade” é aquilo que decorre da “coisa-em-si”. No caso, continua-se a não se saber o que é massa.

      MAS achei no site do Instituto Humanitas UNISINOS o seguinte artigo: “Abre-se um novo capítulo da Física” http://www.ihu.unisinos.br/noticias/511255-abre-se-um-novo-capitulo-da-fisica

      O texto é de Brian Greene, que escreveu “O Universo Elegante” apresentando a Teoria das Supercordas.

      Preste atenção no seguinte trecho:

      “…a massa de uma partícula é a resistência que você encontra se você avança contra ela. A pergunta é: de onde vem essa resistência? A resposta, segundo a teoria de Higgs, é que o espaço está cheio de uma substância invisível – o campo de Higgs – que age como uma espécie de melaço que exerce uma resistência fluidodinâmica quando as partículas buscam acelerar através dele. Quanto mais uma partícula é “pegajosa”, mais ela é influenciada por esse campo de Higgs e mais pesada parece.

      O vazio interestelar, limpo de qualquer traço de matéria e de radiação, seria, portanto, permeado pelo campo de Higgs. Higgs propôs que se reescrevesse a própria definição de nada, preenchendo o espaço vazio com uma substância capaz de conferir às partículas a sua massa…”.

      Thumb up 4
    • Aguia Rubra,

      “Densidade e Volume são “propriedades” da massa e não “a própria massa em si”!!!”

      Discordo. Densidade e Volume DEFINEM a massa… massa é tudo que possui densidade e volume.

      É como eu falar que uma bola é um pedaço de borracha em formato esférico que pode ser inflado e você contestar falando que a borracha esférica e o ar dentro dela não são a bola e sim apenas propriedades da mesma… o que obviamente é absurdo.

      Pode até falar que são propriedades, mas não pode falar que não é a bola.

      Da mesma forma, existe uma equivalencia, uma igualdade matematica entre massa e a densidade vezes o volume.

      M = D x V

      Então se Densidade e volume são diferentes de zero (existentes) então isso É massa. Ponto final. Você não pode discutir com uma equação.

      Já se sabe a muito tempo que a massa existe e o que ela é. O Bóson de Higgs era a peça que faltava para explicar PORQUE a massa existe e não explicar a própria massa em si. São coisas totalmente distintas.

      Nós já sabiamos que a cadeira existe e do que ela é feita. Só faltava encontrar o marceneiro para entendermos como a cadeira deixou de ser um monte de madeira aleatoria e virou o objeto que vemos. É essa a analogia que deve ser feita.

      Thumb up 0
    • Será bom prá vc se vc corrigir a fórmula de Einstein, onde massa é energia/aceleração!

      Então, densidade e volume “definem” massa, ééééé!!!

      Não discuta com as fórmulas, mon cherie!

      Thumb up 0
    • Mais errado, impossível, aguiarubra…

      A “matéria escura” é matéria COM MASSA. Aliás, é praticamente só pelo seu efeito gravitacional que ela tem sido detectada, desde a primeira constatação de que a curva de velocidade das galáxias não obedecia a lei do Johannes Kepler, lá do século XVI.

      Dizer que a matéria escura é matéria sem massa é um disparate, amiguinho, um disparate… Cê tá mais por fora que umbigo de vedete…

      A “energia escura” é outra coisa, ela é responsável pela aceleração da expansão do Universo. É chamada de “energia” por que tem o perfil de energia (em outras palavras, pelo comportamento detectado, tem que ser uma energia – e um tapa na cara de quem diz que a ciência não tem como detectar energias misteriosas, está aí uma energia misteriosa que foi pega no ato pela ciência).

      Qual a relação da energia escura com a matéria escura? Nenhuma. Exceto o apelido de “escura”.

      Esta é só uma correçãozinha, sinta-se livre para ignorar ela. Se quiser, pode confirmar com os artigos da Space.com, por exemplo. Ou a seção de perguntas “Ask an astronomer” que tem em algumas universidades americanas, e mesmo na NASA (acho que na NASA é “ask an astrophisic). Só não sai por aí dizendo que a matéria escura não tem massa, que isto é uma tremenda bobagem…

      Thumb up 3
    • Aguiarubra,

      Impressionante como você usa a sua falta de conhecimento somada com uma dose alta de arrogancia para concluir que só porque você ignora algo isso é prova suficiente de que este algo não existe.. rss

      Você REALMENTE acha que só porque vc não consegue explicar como as diversas fórmulas matemáticas que “citam” a massa se relacionam entre si, isso significa que elas são peças soltas e isoladas jogadas ao vento pelos físicos? rssss

      Acredite, todas fórmulas são perfeitamente demonstráveis e possuem íntima relação entre si. Se duvida disso, seja humilde e procure um bom físico teórico e peça para ele ligar as “pontas soltas” pra você…

      Não saia por aí dizendo de boca cheia que os físicos são “esotéricos” entre outras bobagens… sem antes tentar aprender o tal “esoterismo”.

      Sua falta de conhecimento salta aos olhos de quem não é leigo. O César citou outro ótimo exemplo… Quando você diz que a matéria escura não tem massa… rss

      Nada contra ser leigo, afinal todos já foram um dia… o problema é quando alguem é leigo e também arrogante.

      Thumb up 0
    • BO-DIVINO!

      Nosso caro amigo CESAR é um adepto (não muito fiel, pois ele deixa-se tentar por “verificacionismo” ultrapassado) do neo-positivismo “fisicalista”, que vem na crista da onda da globalização neo-”capetalista”.

      Pior, ele nem sabe disso, está sendo afetado sem o saber, embora “algo” nele mostre boas reações!

      Não que eu esteja “acordado” o suficiente para entender esse fenômeno pós-moderno! Tenho muito “Zygmunt Bauman” e “Slavoj Zizek” prá ler e prefiro assistir, por enquanto, “Invenção do Contemporâneo” e “Café Filosófico” na TV Cultura, que divulga esses assuntos.

      Essa forma de observar o mundo já foi tratado por Gaston Bachelard em “A Formação do Espírito Científico”. Enquanto eu leio Bachelard, fico limitado para ler sobre pós-modernismo, entende?

      Não sei o que fazer sobre isso, pois estou sendo obrigado a me aproximar cada vez mais de Bauman e Zizek!!!

      P.: “…Eu também não sabia que a ciência já está acreditando em mistérios. Até há pouco acreditar em mistérios era coisa de religiosos ignorantes. E é exatamente dos mistérios que vem o tapa na cara?…”

      Comentário: acho que isso não é coisa de cientístas sérios! Afinal, Einstein, Marie Curie e Niels Bohr, os fundadores da ciência contemporânea, sempre falaram da experiência científica como algo impulsionado pelo “senso” de mistério.

      Esse “simplessismo” científico, essas afirmações de que não há mistérios na Natureza (ou seja, para o Homo Sapiens, não há mistérios que não se possa “racionalizar matematicamente”!) é coisa de século XIX, de ‘positivismo lógico’ destruido por Kurt Gödel e Thomas S. Kuhn!!!

      Não dá prá engulir isso, de jeito nenhum! A menos que não se tenha base nenhuma em Filosofia das Ciências, um cientista vai afirmar que TUDO no Universo É SÓ UMA QUESTÃO DE ENGENHARIA a ser desvendada, pois todas as peças já estão no lugar!!!

      Prá mim, essa “ideologia fisicalista” é parte do marketing neo-liberal: quem levar a sério, tá ferrado.

      Já assistiu o filme “CONTATO”, baseado na obra “Contato” de Carl Sagan? Parece que Sagan quis “alertar” o público para as manipulações científicas em curso na mass media.

      Thumb up 1
    • aguiarubra, é legal saber que minha pessoa interessa tanto assim a ponto de distorcerem o que eu escrevo…

      Sobre o “quem somos nós”, sabia que eles distorceram o que um cientista disse? E não só isto, boa parte do que eles falam é besteira new-age, distorções grosseiras dos conceitos científicos. Quase como as distorções que você faz do que eu afirmo.

      Percebo as tuas fontes, caríssimo…

      Mas continue assim, sou só um “fisicalista”, pobre-coitado, que está tateando no escuro enquanto vocês se movem na luz pura do conhecimento verdadeiro.

      Thumb up 0
    • BO-DIVINO e CESAR GROSSMAN

      Coloquei as minhas principais fontes de referência quando reflito sobre a Ciência. São ideias de tendencia agnóstica no pensamento científico que se contrapõe ao predominante dogmatismo ateu de hoje em dia no domínio da divulgação científica pelo mundo.

      Portanto, não vai agradar a gregos e troianos, mas será muito difícil desconsiderar Fritz Kahn, Richard Courant, Bertrand Russell, Einstein e Marie Curie sob a argumentação de “distorcerem” aquilo que se entende por “fisicalismo”, propagandeado pelo grupo de Richard Dawkins e Daniel C. “Demmentt” (e não por Stephen Hawking que escreveu “O Grande Projeto” e já percorreu o Caminho de Santiago de Compostela!!!), já que torna risível essa forma de compreender a realidade e o Universo.

      Realmente os fisicalistas estão com a bola da vez e pobre daqueles que engolem seus discursos como se eles fossem “top” da verdade absoluta.

      Quanto a mim, sigo “religiosamente” o 1º dogma da cartilha de Bertrand Russell que diz: “…Não tenhas certeza absoluta de nada…”.

      Então, se a Ciência “oficial” trata o Universo como máquina, recorro a Marie Curie para apoiar minha “crença” de que estão tentando me impingir uma tola bobagem “metafísica”.

      Certamente não me deixo enganar com esse tipo de ideia. O fisicalismo é ridículo mesmo como proposta de “Ciência”.

      Thumb up 0
    • 3dx, tua explicação está incorreta.

      Matéria é o que ocupa espaço e tem massa. Massa é uma propriedade da matéria.

      Thumb up 1
  5. A massa se origina de uma transformação do éter sobre a matéria escura.Para que este processo ocorra imediatamente antes da transição eletrofraca,que se encontra na ordem de 100Gev;após o decréscimo de energia que era da ordem de 10 elevado a 15 Gev(divisão interação forte/eletrofraca),não poderia haver o decaimento de bárions desestabilizando desta forma os prótons;portanto creio que esta partícula deva ser encontrada num nível de energia situado antes da transição quark hádron,mais precisamente num nível próximo a 30Gev.
    Isto implicaria em uma mais abrangente concepção do modelo padrão.

    Thumb up 2
  6. Então a teoria de conservação de massa ta ferrada? O que se transformaria em massa na verdade?
    “No universo nada se cria nada se perde, tudo se transforma”

    Thumb up 2
    • Vinicius, não há teoria de conservação de massa. Há uma lei da conservação da matéria, e que também parece que não é válida.

      Massa e matéria são coisas diferentes. A massa é uma propriedade da matéria.

      Thumb up 2
  7. Se essa Descoberta for concretizada, preparem – se para o caos.

    Viajem no tempo será uma função da descoberta.

    Thumb up 1
  8. Marcos Souza,
    Novamente você se engana ou tenta enganar-se para justificar sua visão unilateral e simplista.
    Claro que cada um tem seu papel na sociedade e ninguém pode saber tudo. Não é isso que está em questão.
    O bancário não pode deixar de apoiar as reivindicações dos comerciários só porque são atividades diferentes.
    Eu não posso deixar de me solidarizar com os que são injustiçados e se possível ajudá-los de alguma forma.
    Embora cada um tenha o seu papel na sociedade, ninguém pode ficar alheio aos desmandos políticos ou misérias sociais.
    Esse tipo de atitude, tem que ser muito mais veemente, mais amplo e mais eficaz, quanto mais poderosa for a entidade que se manifeste, como é no caso a comunidade científica, inclusive porque a omissão nesse caso é injustificável, antiética, imoral e antisocial.
    Nenhuma sociedade pode ser justa só ostentando o título de ‘democracia’, se não forem todos solidários, até porque todos dependem de todos.

    Thumb up 9
    • Bovidino,

      É claro que o ideal seria que não apenas os cientistas, mas TODAS as 7 bilhões de pessoas fossem engajadas na ajuda ao próximo… a causas sociais e ecologicas e etc..etc…etc…

      Mas é uma mão de duas vias, pois o ideal TAMBÉM seria que todas as 7 bilhoes de pessoas que existem TAMBÈM fossem divulgadoras do pensamento cientifico, certo?

      Afinal, as descobertas cientificas podem e de fato conseguem ajudar muitas pessoas.. a penicilina está aí para provar…

      Então meu caro, se os cientistas são antiéticos, imorais e antissociais, onde estão os esforços dos políticos, religiosos, socialistas e do restante da população para apoiar a ciencia? porque estes você não critica?

      Aliás, onde estão os SEUS esforços pelo aprimoramento da ciencia? acha ético da sua parte diminuir a ciencia ao dizer que ela “tenta descobrir o sexo das partículas”?

      Então seja pelo menos justo, se quer pode exigir uma sociedade utópica participativa… pode cobrar dos cientistas, mas também cobre da população em geral, inclusive de você mesmo, um maior apoio ao método cientifico…

      Um abraço.

      Thumb up 17
    • (Mas é uma mão de duas vias, pois o ideal TAMBÉM seria que todas as 7 bilhoes de pessoas que existem TAMBÈM fossem divulgadoras do pensamento cientifico, certo?)
      Errado novamente.
      1)-Certamente mais de 50% dos 7 bilhões, estão à margem de qualquer benefício que a ciência possa ter trazido para a humanidade. Se você faz 3 refeições por dia e tem uma televisão, você faz parte de uma parcela ínfima da humanidade.
      2)-Mesmo que hipotéticamente não fosse assim, se todos se concentrassem exclusivamente na divulgação do pensamento científico, o mundo se tornaria no mínimo mais pobre e mais vazio de conteúdo, já que existem outras áreas tão ou mais importantes que a ciência pura e simplesmente.
      3)-O método científico bem como a comunidade científica, não precisam de mais apoio do que já tem. Os governos de todos os países já desviam recursos da área social para a área científica e as multinacionais já financiam estudos, pesquisas e projetos com recursos tão volumosos quanto aviltantes, comparados com o descaso da área social.
      4)-Considerando-se que a maioria dos amantes da ciência, prega que os religiosos são ignorantes e sabendo-se que a maioria dos políticos são corruptos, não nos resta senão cobrar dos cientistas que além de estarem em uma posição social privilegiada são os detentores da sabedoria e da intelectualidade.

      Thumb up 8
  9. Eclesiástico, Cap. 18, 6 “Quando o homem tiver acabado, então estará no começo; e quando cessar a pesquisa, ficará perplexo.”

    2.791- Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz 27/01/2007- Angüera/BA Sábado.

    “Queridos filhos, avante sem medo. Vós sois do Senhor e a nada deveis temer.
    Confiai plenamente na Bondade de Deus e sereis grandes na fé. A humanidade caminha afastada do Criador e precisa ser curada. Abri vossos corações ao Deus da Salvação.
    Conheço vossas dificuldades e pedirei ao meu Jesus por vós. Não vos atemorizeis. Rezai.
    Na oração descobrireis o tesouro que há dentro de vós. Cuidai da vossa vida espiritual e acolhei amorosamente as Minhas mensagens. Deus permitirá e os homens sábios descobrirão a barreira impenetrável do universo. Chegará o dia em que a sabedoria humana se perderá. O mistério não será desvendado. Esta é a mensagem que hoje vos transmito em nome da Santíssima Trindade. Obrigada por Me terdes permitido reunir-vos aqui por mais uma vez. Eu vos abençôo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Ficai em paz.”

    Leia mais no site APELOS URGENTES

    Thumb up 5
  10. Fanático 2.0
    Voce deve estar zoando. Acreditar em deus já é uma barra, agora vem voce com jesus (ambos com letra minuscula porque não existe outra menor). Quem foi que criou deus? O seu criador tem que ser bem superior a ele para fazer um ser tão perfeito como voce supõe. Agora pergunto: Quem foi o criador deste criador? Assim, vamos acessar a familia toda. Isto é um absurdo. Só um debil mental é capaz de imaginar tanta inutilidade. Um espirito não pode pensar, pois não tem cérebro. Um cerebro tem que ter circulação sanguinia e para isto é preciso um coraçào. Enfim não é mágica. É muito comodo para os crentes acreditarem em deus e jogar todos os encargos da vida nos seus ombros. Assim não se queimam pensando em ciencia. Deus seria muito burro em criar a raça humana e arranjar um trabalho exaustivo em acompanhar a vida de cada um. Teria que ter uma vida eterna. De musico, poeta e louco todos nós temos um pouco, mas quando a loucura se sobrepõe é um tremendo perigo. Cuidado, todo fanático tem um grau de equizofrenia elevado.

    Thumb up 10
    • Deus foi muito bacana por nos ter feito, mas foi Jesus que nos deu uma pista do lugar onde viemos parar. Então veio Jesus trasendo a boa nova “vocês pressisam se salvar…”

      Thumb up 3
    • Se salvar de que e de quem?

      Thumb up 5
    • Se salvar do trabalho de pesquisar para entender o Universo.

      Thumb up 6
    • Ah bom!! Assim sim!!!

      Thumb up 3
    • Dos 12 aos 28 ele escondeu essa pista. Será que ele estava tendo algumas lições com os pastores que surgiram depois da Reforma.

      Thumb up 0
  11. Esses cientistas pagoes estão perdendo tempo, eles deveriam estar procurando Jesus ao inves de particula magica que deu origem a tudo. HELLLOUU! Jesus foi quem deu origem a tudo!!!

    Thumb up 11
  12. É necessário sim, que se fale aqui e agora tudo o que se tem a dizer. Se não se fizer isto, amanhã vai aparecer um tal de “Smith” ou outro físico ou astronomo famoso e dizer que descobriu que o universo gira e não se expande, que não existe a matéria nem a energia escura, a singularidade, expansão cósmica, etc, etc,etc… como já aconteceu. Quando se redescobiu, em agosto ultimo, que o universo girava como um caracol desde o big bang, ninguém disse que eu afirmava isto dede 2007 e vai ser sempre assim. O bina ou identificador de chamadas e usado em telefonia, foi inventado, há mais de 20 anos atrás, por um brasileiro, meu colega de trabalho, e até agora luta na justiça para receber seus direitos autorais. Ele tem uma idade avançada, como eu e talvez morra sem ver a cor do dinheiro. O mundo inteiro está usando este invento, ganhando dinheiro com isto e o autor da proeza está a ver navios.

    Thumb up 15
  13. Gostaria de saber com a moderação deste forum porque meus comentarios não foram publicados. Por favor envie-me explicões por email. Se houver alguma duvida ou exigencias que não conheço e possa cumprir estarei a dispossição. Respeitosamente, obrigado

    Thumb up 3
  14. só muita matemática fisica para descobrir e desvendar esse mistério

    Thumb up 1
    • Muita matemática e fisica já estão sendo usandas há muito tempo. O que falta é muita imaginação, conhecimento e iterpretação correta das coisas. A matemática não pode fazer muita coisa, quando a física usada não está correta. A teoria do big bang está atrapalhando o raciocinio logico e levando a erros sérios. A qualquer momento algum cientista famoso vai atentar para isto e minhas palavras serão esquecidas.

      Thumb up 4
  15. Aff’ e tem gente aqui nos comentários se achando mais esperto do que os próprios criadores do Grande Colisor de Hádrons.

    Thumb up 7
  16. Lamento muito, mas não vão encontrar o boson de higgs procurando por uma partícula de força. Ela é uma energia. Energia gravitacional eletromagnética ou gravidade quantica de uma partícula (equivalente a força de gravidade de um planeta). Sendo energia não pode ser detectada. O mesmo pode ser visto num buraco negro, massivo sem ter massa. É apenas um centro oco com grande força de gravidade (centro de gravidade da galáxia). Assim como a matéria escura, que não pode ser detectada, pois se trata de uma energia (energia gravitacional do centro do universo). Já se sabe que nosso universo tem um centro e ele gira (isto já foi comprovado). Para maiores detalhes veja o blog: “Olhando o Universo).

    Thumb up 11
  17. Quando as pessoas vão entender que Deus e a ciência podem ser por assim dizer,parceiros para fazer-nos entender o mundo a nossa volta?
    Essa coisa de Deus e ciência não são compatíveis é tão quadrado. Aff! Será que ninguém percebe que na bíblia existem coisas que a ciência só explicou depois,e coisas que a bíblia não explicou mas que a ciência nos contou depois?
    Elas juntas são o segredo para uma mente sábia. Olha bem o que eu estou dizendo.

    Thumb up 17
    • deus não existe, se liga.

      Thumb up 8
  18. Jonatas,
    Essa visão é um pouco simplista além de não ser totalmente real.
    1) Os dizimistas proporcionam boa vida aos pastores? É verdade.
    2) O dinheiro público é mau gerenciado e portanto o INSS não atende o povo como deveria? É verdade.
    3) Ganha-se mais pra jogar futebol e consultar moda do que para salvar vidas? É MENTIRA.
    Há sim uma parcela mínima de jogadores e modêlos que ganham fortunas, mas a grande maioria dos jogadores de futebol e modêlos, ganham um ou dois salários mínimos em média.
    Quando vamos ao posto de saúde do INSS, não encontramos o médico, que via de regra está no seu suntuoso consultório, atendendo e cobrando a consulta que o aposentado não pode pagar. O pior é que geralmente ele também recebe do INSS sem prestar o devido serviço.
    4) Quem quer se formar em medicina encontra muitos problemas financeiros? É MEIA VERDADE.
    Isso acontece quando alguém da classe média resolve estudar medicina. Todavia, as faculdades de medicina estão repletas de filhos de ricos, geralmente filhos de outros médicos que ganham fortunas, até porque a maioria dos que querem cursar medicina, não é para salvar vidas, mas porque sabem que vão ganhar muito dinheiro. O juramento de Hipócrates é uma mera formalidade rapidamente esquecida.
    Não vou nem me estender na questão da indústria farmacêutica e nem do quanto os médicos ganham dos laboratórios para aviar suas receitas com determinadas drogas.
    Também não vou falar dos efeitos colaterais que a maioria das drogas provocam.
    Também não vou falar dos planos de saúde que são outra roubalheira.
    Finalmente alguém pode perguntar: O que a ciência tem a ver com isso? Absolutamente nada? A ciência, são os cientistas. Estes tem poder. Estes podem arrecadar fundos astronômicos para realizar pesquisas sendo que a maioria delas são infrutíferas. É dinheiro jogado fora sim, da mesma forma que os dízimos.
    Os cientistas poderiam sim fazer algo que mudasse essa situação. Todavia, estão muito mais interessados em realizar pesquisas, em ganhar prêmios, notoriedade, fama, status e dormir tranquilamente.

    Thumb up 26
    • Nada a questionar, tudo verdade. É a voz da experiência. Um abraço, bom 2012.

      Thumb up 4
    • Jonatas,
      Meu caro budista,
      A bem da verdade, todos sabemos e reconhecemos que há cientistas honestos, ardorosos e competentes e sabemos também que a ciência tem proporcionado inúmeros benefícios à humanidade, mormente na área da saúde, apesar de que nem todos são acessíveis à grande maioria da população.
      Todos sabemos também que novas descobertas, invenções e tecnologias, tanto podem servir para o bem como para o mal.
      A ciência tem se especializado em várias áreas e uma que se destaca é a armamentista, com armamentos cada vez mais sofisticados e mais mortíferos.
      Recebi recentemente, um comentário do Marcos Souza, onde ele diz:
      “Os cientistas médicos fazem a parte que lhes cabe que é pesquisar e descobrir a cura para as doenças… agora se tal cura vai chegar ou não a população isso é alheio à ciencia.”
      Não posso crer nem aceitar que os cientistas fiquem alheios ao uso que se possa fazer de suas invenções.
      Isso, além de ser uma atitude medíocre e covarde é no mínimo tão criminosa quanto eu colocar uma arma nas mãos de uma criança, ou de uma pessoa inabilitada ou de um psicopata.
      Quero crer que já passou da hora dos cientistas começarem a pensar seriamente no assunto.
      Feliz Ano Novo pra você também.

      Thumb up 24
    • A questão é que “entidades” que tem seus interesses próprios, nem sempre benígnos, é que financiam as pesquisas médicas, e sem o financiamento, não há pesquisa. Entra a questão das patentes, o médico descobre uma cura, mas a entidade que o financiou fica com ela e usa como quer. O capitalismo prevalece, a indústria farmacêutica trabalha por seus interesses, não pelas populações.

      Thumb up 7
    • Infelizmente é assim.
      O mais triste é constatar que os cientistas são na realidade, escravos e reféns do capitalismo.
      Todavia, os escravos costumam se rebelar contra o sistema.
      Esperamos que realmente isso ocorra.

      Thumb up 21
    • Existem as campanhas, médicos e outros profissionais que se aventuram a atender comunidades carentes por pouco ou de graça, e alguns tão corajosos que atendem tais comunidades necessitadas em países em guerra, um ato de muito amor e sacrifício e risco. Um ato de pessoas que tornam possível ainda se ter esperança no ser humano.

      Thumb up 6

Envie um comentário

Leia o post anterior:
fernando de noronha
20 Exuberantes maravilhas naturais do mundo

Uma campanha lançou ...

Fechar