Caixa de ferramentas vikings de 1.000 anos de idade é encontrada em misteriosa fortaleza dinamarquesa

Publicado em 4.12.2016

ferramentas-vikings

Uma caixa de ferramentas vikings de 1.000 anos foi encontrada na Dinamarca, revelando um conjunto extraordinário de instrumentos de ferro que podem ter sido usados para fazer navios e casas, de acordo com arqueólogos.

As ferramentas foram encontradas em uma misteriosa fortaleza em formato de anel em Borgring, na ilha da Zelândia. Acredita-se que o famoso rei dinamarquês Haroldo I, do século X, tenha ordenado a construção da fortaleza.

Esse e outros quatro fortes parecidos podem ter sido construídos em torno de 980 dC, como postos militares para impor o governo de Haroldo, conforme o rei introduzia o cristianismo na Dinamarca e em partes da Suécia e Noruega.

Ferramentas sofisticadas

Até agora, os arqueólogos encontraram pelo menos 14 ferramentas de ferro dentro de um único depósito de terra escavado da fortaleza.

Os pesquisadores disseram que restam apenas vestígios do baú de madeira que uma vez abrigou as ferramentas.

O ferro era valioso na Dinamarca na época viking, e os cientistas acreditam que as ferramentas pertenciam a um artesão que ocupava uma sala trabalhando na fortaleza, até ela desmoronar no final do século X.

Os arqueólogos ainda estão estudando os objetos fortemente enferrujados, mas já identificaram várias ferramentas sofisticadas, incluindo um conjunto de “brocas” usado para fazer buracos na madeira, um par de pinças ou alicates pequenos, um “prego” usado para prender tábuas de madeira, quatro elos de corrente cuidadosamente anexados a um anel de ferro, e um draw-plate para fazer fios de metal que pode ter sido usado para fazer joias.

Vida profissional viking

A arqueóloga Nanna Holm, curadora do Danish Castle Center em Vordingborg, que está liderando as escavações da fortaleza, disse que esta é a primeira vez que um conjunto de ferramentas foi descoberto em um local de trabalho viking.

“Este não é um achado comum”, disse ao portal Live Science. “Não se encontram muitas ferramentas na Escandinávia, e as encontradas antes disso foram todas deixadas para os deuses, ao serem colocadas em um pântano”.

As novas ferramentas são especiais porque foram descobertas onde o artesão teria trabalhado. O conteúdo da caixa de ferramentas fornece um raro vislumbre da vida profissional na era viking tardia.

Evidência de habitação

Primeiro, a equipe escavou o depósito de terra contendo todas as ferramentas, um processo delicado que levou dois dias.

Depois, o pedaço de terra, ferrugem e ferro foi transportado para um hospital local, onde foi digitalizado com tomografia computadorizada. A tomografia revelou o arranjo preciso de pelo menos 14 ferramentas de ferro, que foram escavadas para estudos com raios-X individuais.

ferramentas-vikings-2

Todas as ferramentas estão fortemente corroídas, mas grande parte do ferro original permanece. Mais objetos podem estar escondidos na ferrugem.

A caixa é um achado importante para os arqueólogos, que irão realizar outras escavações em Borgring nos próximos três anos. Ela é a primeira evidência direta de habitação humana nessa região. “Até agora, não encontramos nenhuma casa, mas agora temos provas de que havia pessoas aqui – espero que, no próximo ano, encontremos seus domicílios”, afirma Holm. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 3,00 de 5)

Natasha Romanzoti

é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

Envie um comentário