Pessoas e objetos podem ser fotografados pela parede usando Wi-Fi

Wi-Fi passam pelas paredes. A maioria das pessoas já reparou neste detalhe, uma vez que é possível usar a internet em vários cômodos da casa mesmo sem um roteador em cada ambiente. Nem toda radiação micro-ondas chega a nossos aparelhos. O roteador espalha o sinal, que “quica” em objetos, iluminando nossas casas como lâmpadas invisíveis.

Agora, pesquisadores alemães descobriram uma forma de explorar essa propriedade para criar hologramas, ou fotografias em 3D, de objetos dentro de um ambiente – sem nunca entrar nele.

“Ele pode basicamente escanear uma sala com a transmissão de Wi-Fi de uma pessoa”, resume Philipp Holl, um aluno de graduação em física de 23 anos na Universidade Técnica de Munique (Alemanha). Holl construiu essa máquina de holograma como parte de seu trabalho de conclusão de curso, com a ajuda do professor orientador Friedemann Reinhard. Os dois enviaram o estudo sobre a técnica para a revista Physical Reviews Letter, e o trabalho foi publicado em maio de 2017.

Holl avisa que sua tecnologia ainda está nos estágios iniciais, e que tem resolução baixa, mas ele está animado com seu potencial. “Se houver uma xícara de café na mesa, você pode ver que há algo ali, mas não sabe o formato dessa coisa. Mas você pode saber o formato de uma pessoa ou de um cachorro no sofá. Na verdade, de qualquer objeto que tenha tamanho maior que quatro centímetros”, explica ele.

Como ver através de paredes com o Wi-Fi

A habilidade de ver através de paredes com o Wi-Fi existe há anos. Algumas configurações podem detectar ladrões ou acompanhar objetos em movimento com uma ou duas antenas de Wi-Fi. Outras podem usar várias antenas para construir imagens em 2D. Mas Holl afirma que ninguém nunca usou Wi-Fi para criar um holograma em 3D de uma sala inteira e das coisas dentro dela.

“Nosso método fornece uma imagem melhor, já que capta mais sinal. Podemos escanear o plano todo de uma sala”. A técnica do pesquisador usa duas antenas: uma fixa e uma em movimento. A antena fixa grava o fundo de campo do Wi-Fi, ou referência, para o ponto em que está localizada. A outra antena é carregada para gravar o mesmo campo de Wi-Fi de pontos diferentes.

“Essas antenas não precisam ser grandes. Elas podem ser bem pequenas, como as do seu smartphones”, diz Holl. Os sinais das duas antenas são enviados simultaneamente para um computador, e um software equilibra as diferenças de intensidade e fase “quase em tempo real”, diz o estudante.

É aqui que a mágica acontece: o software constrói várias imagens em 2D e as empilha em um holograma 3D.

Para que serve?

As aplicações para esta tecnologia são várias, segundo o pesquisador. Ela pode ser usada para localizar pessoas presas em prédios que desabaram depois de um terremoto, por exemplo, ou até por agências de espionagem para saber quem está dentro de um prédio ou casa.

“Você poderia usar um drone para mapear a planta de um prédio inteiro em apenas 20 ou 30 segundos”, diz ele. [Business Insider]

O aluno até criou um vídeo no Youtube para explicar seu trabalho:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (13 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Pessoas e objetos podem ser fotografados pela parede usando Wi-Fi”

Deixe uma resposta