Cientistas fotografam vulcão no momento de suas erupções

Publicado em 9.04.2012

Localizado na parte leste da Sicília, na Itália, o Monte Etna – o mais alto entre os vulcões ativos do continente Europeu, com aproximadamente 3.340 metros de altitude – fez uma de suas últimas demonstrações de “fogos” no final de semana que passou.

Nas primeiras horas de domingo, o Monte Etna lançou centenas de pedras para os ares, por cerca de uma hora e meia.

Desde janeiro de 2011, essa foi a vigésima terceira vez que ele dá uma amostra de seu poder, segundo cientistas que acompanham qualquer movimento do vulcão.

“Esse evento foi uma repetição de todos as ações anteriores”, explica o especialista em vulcões Boris Behncke, do Instituto Nacional Italiano de Geofísica e Vulcanologia. “Essa é uma atividade típica do Etna”.

Behncke, que também é fotógrafo, tratou de tirar algumas fotos de uma distância segura. Durante o episódio, o Etna lançou nuvens de cinzas e pedras nas áreas próximas, dominadas por pedras basálticas.

O vulcão Etna é um dos mais ativos da Terra. Só para se ter uma ideia, entre janeiro e agosto de 2000, foram observadas 66 experiências. [MSNBC]

Autor: Luan Galani

é jornalista. Entusiasta da Teoria-M, é um rato de biblioteca apaixonado pelo que a ciência pode nos proporcionar. Nas horas vagas, é um amante inveterado de música erudita, que pede perdão aos russos por ainda considerar Mozart a grande lenda.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

Envie um comentário

Leia o post anterior:
original (1)
Como transformar um livro em um belo esconderijo

Confira passo a pass...

Fechar