Como perder a barriga pós-parto com 10 minutos diários de exercícios

Repórter norte-americana testou programa que promete melhorar a barriguinha pós-parto, mesmo em mães que tiveram seus bebês há um ano.

Michaeleen Doucleff, do site de notícias científicas NRP, admite que sua barriga pós-parto a incomoda, e além disso está causando dores nas costas. Por isso, quando ouviu falar em uma técnica desenvolvida por uma personal trainer e uma médica para acabar com esses problemas, ela resolveu se inscrever no programa.

Michaeleen frequentou quatro aulas semanais em São Francisco, e realizou os exercícios ensinados por lá em casa diariamente, por pelo menos dez minutos.

“Vemos uma mudança dramática”, diz a personal Leah Keller na apresentação do programa. Ela afirma que há ciência em sua técnica. “Uma médica da faculdade de medicina Weill Cornell e eu fizemos um estudo neste programa e constatamos que 100% das mulheres alcançaram o objetivo”.

Para justificar o sucesso dos exercícios, a personal trainer explica que 30% das mães desenvolvem a diástase do reto abdominal, o afastamento dos músculos abdominais na altura do umbigo. Essa área enfraquecida do abdômen permite que os órgãos internos e outros tecidos empurrem a barriga para fora. Ao fortalecer e realinhar esses músculos, a barriga volta a ficar mais reta.

Em algumas mulheres, esta separação é corrigida de forma natural, enquanto em outras é necessário realizar estes exercícios específicos e em outras é necessário passar por cirurgia corretiva.

“Esses são os músculos que dão o ‘tanquinho’. Muita gente acha que esses músculos são horizontais na barriga, mas na verdade eles são verticais”, conta Dr. Linda Brubaker, obstetra e ginecologista da Universidade da Califórnia em San Diego.

Já a dor nas costas sentida por muitas mulheres que têm diástase do reto abdominal acontece porque os músculos centrais estão enfraquecidos, sobrecarregando os músculos das costas.

“Este é um problema comum”, diz a Dr. Geeta Sharma, médica que trabalhou com Keller no desenvolvimento desses exercícios.

Exercícios para o abdômen

Se você pesquisar na internet exercícios para diminuir a barriga pós-parto, centenas de resultados aparecerão. Brubaker alerta, porém, que alguns deles podem causar ainda mais danos aos músculos.

“Você tem que ser muito cuidadosa. Por exemplo, não faça abdominal oblíqua alternada. Isso vai separar ainda mais os músculos”.

Alguns programas são recomendados por médicos nos Estados Unidos, como o Tupler Technique, Dia Method e MuTu System. Quase todos eles envolvem aulas semanais de uma hora e exercícios diários em casa por 12 semanas.

Já a American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG) propõem que haja uma prevenção ao problema, com exercícios de fortalecimento antes e durante a gestação.

Estudo

Sharma e Keller resolveram se unir para realizar um estudo sobre a eficácia dos exercícios desenvolvidos por elas. Este estudo envolveu 63 mulheres, que realizaram os exercícios todos os dias por 12 semanas. O resultado foi que todas conseguiram realinhar os músculos abdominais.

Este estudo foi apresentado em congresso da ACOG recentemente.

Exercícios

Um dos exercícios praticados pelas mães é o seguinte: deitadas de costas no chão com os joelhos flexionados, elas pousam as mãos sobre a barriga e inspiram profundamente, expandindo a barriga. Quando expiram, puxam a barriga para dentro, em direção à coluna. Depois fazem pequenas respirações, sempre puxando a barriga ainda mais para dentro. O exercício dura 10 minutos.

Michaeleen conta que no último dia de aula, a professora avaliou o progresso de cada mãe. Muitas delas conseguiram realinhar os músculos, e todas conseguiram reduzir a medida da barriga. A repórter não conseguiu fechar a separação completamente, mas perdeu 10 cm de circunferência abdominal.

“Estou muito satisfeita com o resultado. Meus músculos abdominais estão definitivamente mais firmes. E fazer esse exercício regularmente trouxe um outro benefício: as dores nas minhas costas praticamente foram embora”, comemora ela. [NRP]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta