Como criar um cachorro grande em um pequeno apartamento?

Publicado em 27.07.2010

Você é apaixonado por grandes cães e sempre quis ter um, mas mora em um apartamento pequeno? Se seu prédio permitir você pode, sim, criar um cachorro maior em espaços menores.

Algumas raças foram criadas pelos humanos para serem compatíveis com espaços pequenos, mas nem sempre isso significa que o cachorro é pequeno. Os cães Dinamarqueses (o grandão da foto acima) são enormes, mas eles ficam felizes em espaços pequenos – desde que gastem sua energia em caminhadas diárias. Enquanto isso, pequenos terriers são muito enérgicos e podem destruir sua casa em uma semana.

Hoje temos cerca de 400 raças de cães. E, desde que começamos a domesticar esses animais, selecionamos determinados traços de aparência e de comportamento para que possamos criar raças que se adaptem à forma com que vivemos.

Recentemente descobrimos o genoma canino e os genes que controlam o tamanho das raças – isso deu origem a cães cada vez menores, adaptados ao espaço disponível que temos em grandes cidades. Mas veterinários afirmam que, mais do que a raça, o indivíduo deve ser adaptado ao espaço disponível: seu treinamento e suas oportunidades recreativas (passeios) vão determinar se um grande cão pode viver em um apartamento. [NY Times]

Autor: Luciana Galastri

é jornalista. Viciada em livros, lê desde publicações sobre física a romances de menininha do estilo "Crepúsculo". Toca piano desde os oito anos de idade e seu estilo de música preferido é o metal.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

12 Comentários

  1. Concordo que é possível ter cachorros grandes em apartamentos. Tenho uma cachorra de porte grande em meu apartamento. Minha cachorra é muito feliz, todos elogiam seu porte, seu pelo e sua saúde.Claro que o trabalho é maior, saio 02 vezes por dia com ela para passear, por cerca de 1 hora, e 2 vezes por semana levo para passear no parque e nadar, ela chega a brincar cerca de 3 horas seguidas no parque.. Ela é muito feliz e maravilhosa.Não late, não bagunça.. é tranquila… apesar da energia que possui. Mas é muito bom.

    Thumb up 13
  2. Acho que independente do tamanho do cão e do local onde ele vive, é a forma como ele é tratado pelos donos. Não adianta nada criar um cachorro num quintal imenso e não dar nenhuma atenção e carinho pra ele. Tenho dois em uma pequena casa e acho que eles são muito mais felizes em minha companhia num espaço pequeno do que se ficassem abandonados no fundo de um grande quintal.

    Thumb up 10
    • eu tenho um labrador eu stava meio confusa ,pois vou mudar .de casa e .a cssa é .pequena ,mais estou mim imformando de tudo para dar uma vida boa e confortavel pro meu cão niky

      Thumb up 1
  3. Adquiri um rottweiller na esperança de me mudar para uma casa, o que não aconteceu. Com pena do animal, levei-o para uma casa com um big quintal, mas ele não queria saber de casa nem de quintal, só queria ficar com seus donos e adoecia a cada vez que tinha que voltar para lá. Adorava o apartamento, tinha seus cantos e poltronas favoritos e saía para passear no parque ou na praia todos os dias, na maior alegria.
    Com isso, percebi que o melhor para ele ela o nosso carinho, nossa atenção e nosso imenso amor.
    Por isso, não teria medo de adquirir outro, desde que com a mesma índole (ele era uma dama, sofri muito quando se foi definitivamente).
    Não tenham medo, como já disseram anteriormente, alguns cães grandes se adaptam facilmente a ambientes pequenos porque são calmos e operativos (não hiperativos).

    Thumb up 7
  4. O problema não é o tamanho do cachorro , desde que o dono seja suficientemente forte para sair com ele no colo, ou temos que conviver com vezes e urinas de animais em areas comuns e tapetes das unidades autonomas.
    Um absurdo manter um cão preso em apartamento, a instituição que cuida da proteção dos animais deveria proibir esse tipo de confinamento. Chega a ser desumano, coloca seu filho dentro de um apartamento e de vez enquando vai dar uma voltinha com ele “isso qwuando der”, como vc se sentiria?
    abs
    É minha opinião…fui!!!

    Thumb up 0
  5. as pessoas realmente não sabem o que falam quando dizem que ter um cão grande é tortura em apartamento.

    não é o tamanho do cão que define se ele pode viver ou não em apartamento e sim seu nível de atividade e o quão ele pode ser preenchido em passeios.

    dogues alemães, bull mastiffs e até mesmo rotweillers podem ser ótimos animais de apartamento já que tem baixa energia, enquanto beagles, apesar de muito populares em apartamento, tem tanta energia que precisam passear muito e ter um bom treinamento para não destruirem sua casa ou os hiperativos bull terries (claro que sempre existem exceções). Até mesmo o greyhound é considerado paradão e pode viver bem em apartamento, falam que ele tem muita energia mas isso é quando eles estão em um amplo espaço e tem um corpo anatomicamente veloz e tem essa explosão de agilidade.

    você pode sim ter um cão grande em apartamento.

    até mesmo cães energéticos se você for esportista e sair bastante para gastar a energia do cão.

    a escolha do cão implica no seu estilo de vida.

    Thumb up 13
  6. Aos críticos você mandou bem. :-)
    Acredito que quem deseja ter um amigo de quatro patas deve ter antes de tudo bom senso.
    Gostei Luciana.

    Thumb up 4
  7. Ando vendo muita critica a respeito de reportagens, se ligam, este site é uma variedade de informações, importantes ou não, curiosas ou não, enfim uma variedade, então se querem reclamar vão ler site estritamente científico, mas naum fiquem irritando outros (tipo eu) que lêem as reportagens.

    Thumb up 2
  8. Que absurdo! Se quer um cão grande (como eu, que tenho 3 cães, dos quais 2 são labradores), se mude para uma casa com um bom quintal! Nada justifica torturar um cão com a falta de espaço. Se a situação tende a não mudar, adote um cão sem-raça pequenino!!!

    Thumb up 1
  9. controlar os genes e criar raças menores…é por isto que os gatos estão dando uma surra nos cachorros! E depois daquela reportagem que fala sobre os ratos que chegaram a ter 30 kg…
    putz! tá tudo invertido!

    Thumb up 0
  10. Concordo, podia passar sem essa…
    Pelo menos este texto parece não ter erros de português (o que é raro).

    Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
cadeiraderodas
Nova tecnologia permite que pessoas completamente paralisadas digitem mensagens

Um aparelho que dete...

Fechar