Como o Twitter pode prever quando você ficará doente

Publicado em 29.07.2012

Entrar em contato com gente que está gripada aumenta suas chances de ficar doente também. Até aí, nenhum segredo. Imagine, agora, se você pudesse descobrir em que regiões da sua cidade têm surgido mais casos de gripe e, assim, prever quando você vai acabar ficando doente – com até oito dias de antecedência.

Aproveitando o fato de muita gente reclamar via Twitter quando está gripada, o cientista da computação Adam Sadilek desenvolveu, junto com outros pesquisadores, uma ferramenta para coletar informações sobre casos de gripe e prever novos casos.

Para isso, eles compilaram 4,4 milhões de tweets publicados por mais de 630 mil usuários da cidade de Nova York (EUA) durante um mês em 2010. Feita a coleta, eles “treinaram” um algoritmo de computador para saber reconhecer mensagens de pessoas que estavam saudáveis (e diziam coisas do tipo “fiquei doente de preocupação”) e tweets de quem estava com sintomas de gripe.

Com base nesses dados, eles puderam prever novos casos de gripe com 90% de acerto e até oito dias de antecedência.

É claro que esse tipo de análise tem várias limitações: nem todo mundo publica tweets reclamando que está doente, e há outros fatores envolvidos em novos casos, além da exposição – como estado emocional, alimentação e rotina de exercícios. Seja como for, talvez seja o embrião de uma tecnologia que, no futuro, poderá indicar em tempo real se você entrou em um lugar em que há muitas pessoas doentes – e evitar uma exposição desnecessária.[Gizmodo]

Autor: Guilherme de Souza

É jornalista empenhado e ilustrador em treinamento. Curte ciência, cultura japonesa, literatura, seriados, jogos de videogame e outras nerdices. Tem alergia a música sertaneja e acha uma pena que a Disco Music tenha caído no esquecimento.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

Envie um comentário

Leia o post anterior:
http://www.dreamstime.com/-image18900919
Porque algumas pessoas são sonâmbulas?

O sonambulismo pode ...

Fechar