Como reduzir em 30% sua chance de ter câncer

Publicado em 21.03.2012

Se você costuma ler artigos científicos, já deve ter perdido a conta de quantos métodos preventivos contra o câncer você já ouviu falar. A maioria, no entanto, sequer está relacionada a medicamentos. São dicas de alimentação, hábitos de vida ou consumo de certas substâncias.

Agora, cientistas da Universidade Oxford, na Inglaterra, afirmam que um produto muito simples e presente na nossa rotina pode nos proteger do câncer: a aspirina.

A pesquisa se baseia no fundamento de que a melhor forma de evitar o câncer é combatendo a formação de metástases. São lesões tumorais malignas secundárias, criadas a partir de uma primeira, que se espalham pelos órgãos do corpo humano e aumentam as chances de contração da doença.

A aspirina, conforme os cientistas apuraram, teria propriedades ideais para restringir as metástases. Basta tomar um comprimido ao dia, durante três a cinco anos, para que as chances de formação de tumor se reduzam em 19%.

Fazer uso do medicamento por mais de cinco anos pode diminuir tais riscos em até 30%. Este efeito vale, inclusive, para pessoas que já ultrapassaram os 60 anos de idade. [Telegraph, foto de jlodder]

Dalane Santos

Dalane Santos tem 21 anos, é recém-formada em jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e escreve para o Hypescience desde fevereiro de 2012.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

42 Comentários

  1. Gente é o seguinte: tanto AAS quanto Aspirina contém a mesma substância: Ácido Acetil Salicílico, que é um antioxidante, que como “todo” antioxidante “ajuda” a previnir o câncer. Também encontramos vários alimentos naturais que são fontes riquíssimas de antioxidantes, como o Tomate, o morango, os óleos vegetais, etc. Porém, não é pelo fato de serem naturais que todo mundo pode consumí-los, isso varia de pessoa pra pessoa. Assim também é o medicamento. Leiam este artigo: http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=oxidantes-e-antioxidantes&id=7234

  2. Não sei não…..minha sogra tomava aspirina e deu um tumor no cerebro que a avitimou, a aspirina nada pode fazer por ela. E olha que ela tomou muitos anos seguidos.

  3. Afine seu sangue mas torça para não sofrer uma lesão grave com sangramento, porque nesse caso você vai morrer tentando estancar seu sangue em vão, ou pegue uma dengue hemorrágica e morra 5 vezes mais rápido, com a fuga do seu sangue pelos seus mais minúsculos poros.

    Mas se nada disso acontecer, quem sabe você evita uma possível mestástase né? Excelente reportagem. Vou encher a cara de aspirina agora, pra começar afinar meu cérebro logo de cara.

    • Rodrigo, todo remédio alopático possui efeitos colaterais, sejam eles insignificantes a significativos. Cabe ao usuário decidir o custo-benefício de tal tratamento, como vc mesmo apontou, a aspirina tem benefícios e riscos.
      Assim qual condição apresenta a maior chance de sobrevivência: num sangramento onde o sangue está com a coagulação reduzida por aspirina ou por câncer por metástases?
      Não estou sugerindo nem uma nem outra opção, até porque as circunstâncias variam muito, tanto que podem decidir a inutilidade de outra opção.
      Por isso que a matéria utiliza corretamente os termos como “chances” e “porcentagens” para definir os benefícios de tal tratamento.

  4. Cara, isso não me cheira muito bem, mas também não posso afirmar categoricamente pois nunca li nenhum trabalhom falando sobre a aspirina ou este assunto.
    Uma coisa é certa. Quer diminuir sua chance de câncer? Beba bastante suco de laranja ou de limão (sem açúcar), pois tem vitamina C (antioxidante) e baixa o pH do sangue, melhorando as condições “ambientais” para as células dentro do seu corpo, baixando a chance de câncer e até dando uma melhorada na recuperação muscular, para quem malha.

    • Julio, Leia esse artigo, http://quackwatch.haaan.com/c.html, vai ver que a vitamina C não melhora os sintomas do câncer e muito menos chances de sobrevida.
      Abs

  5. Uma hora agente esculta que a aspirina faz mal… outra hora que faz bem. Alguem entende?

  6. O texto está mal explicado (ou mal informado). Nele está escrito que “a aspirina previne a metástase”. E que as metástases “são lesões tumorais malignas secundárias, criadas a partir de uma primeira, que se espalham pelos órgãos do corpo humano”. Pelo que eu entendo, se vc corre o risco de ter metástases vc já tem câncer! Logo, prevenir metástases não impede o câncer, apenas impede que ele se espalhe pelo corpo.

    • Certo… deve ser uma tradução “livre” de mais um disparate qualquer!

    • Vou tentar explicar: Todo mundo desenvolve células cancerígenas, talvez tenha alguma em você agora, talvez até em mim. O nosso corpo normalmente é capaz de conter essa células, quando isso não acontece, as células defeituosas conseguem se reproduzir muito rapidamente, ai sim é diagnosticado o Cancer.

      Inibindo a metástase é como se estivéssemos inibindo a reprodução da célula cancerígena, dificultando que ela se espalhe pelo corpo e continue a se reproduzir rapidamente, e como é essa reprodução descontrolada que caracteriza o cancer, inibindo a metástase inibimos o cancer.

    • Incorreto. Metástase é uma característica que um câncer pode desenvolver ou não, nem todos os cânceres formam metástases.
      Apenas 1 em casa 1000 células cancerígenas que se desprendem do tumor original têm a capacidade de formar novos tumores, e mesmo assim as condições do corpo como também as características diferenciadas nas células cancerosas tem que ser propícias para a formação de metástases.
      Vc está certo em dizer que a reprodução descontrolada se caracteriza o câncer, mas isso não é metástase.
      Portanto, a aspirina possivelmente pode prevenir a ocorrência de metástases, ou mesmo de prevenir o surgimento de câncer iniciais, mas muito pouco pode fazer com o câncer já desenvolvido.

    • A aspirina diminui as chances de se desenvolver o cancer também Angelica, pois ele também tem um efeito anti-inflamatório no organismo, e grosseiramente falando, todo câncer é uma inflamação. Portanto, combater as inflamações iniciais do organismo impedindo que elas progridam para o desenvolvimento de tumores é uma prevenção de câncer, não só das metástases.
      Agora vale salientar que a aspirina não faz milagre, as chances de prevenção são pequenas, e não podemos ignorar os riscos do uso contínuo.

  7. alha e complicado pois são 4380comprimidos em 5 anos ja pensou no efeito desta mistura preparada com 50 partes de ácido salicílico e 75 partes de anidrido acético é aquecida por cerca de 2 horas a cerca de 500 C num balão de refluxo. Um líquido claro é obtido do qual, quando resfriado, é extraído uma massa cristalina, que é o ácido acetilsalicílico. O excesso de anidrido acético é extraído por pressão e o ác. acetilsalicílico é recristalizado em clorofórmio seco.” ieta maluca tem mais alha a base da aspirina

    • Concordo. Por que não foi mencionado como Ácido Acetil Salicílico? Aspirina é o nome comercial do ácido comercializado pelo laboratório Bayer.
      Também acho que este artigo tem um cheiro de merchan(sem desmerecer os fatos, claro)

  8. mas tomar um remedio, mesmo q seja uma simples aspirina, por 5 anos, todos os dias, nao causa nenhum efeito colateral??? algum medico, farmaceutico ou quimico ai pra responder?

    • Provoca vários: desde lesões do estômago, passando pelo “liquefazer” do sangue (torna-o mais fluído, o que pode ser benéfico em determinadas patologias, mas não em pessoas saudáveis), até a poder provocar habituação no organismo e deixar de fazer qualquer efeito! O que disseram é um perfeito disparate.

  9. E os efeitos colaterais de tomar aspirina por tanto tempo, não se mencionou na matéria. O que adianta prevenir o câncer (que talvez nem mesmo ocorra) e o aparelho digestivo do cara ir pro espaço…

  10. Pois mas a aspirina também aumenta o risco de problemas de estomago e causa danos ao aparelho digestivo. Provoca sangramento e ulceras no estomago e em casos raros pode danificar os rins.

    • Por isso deve-se verificar cuidadosamente a posologia segura para este tipo de tratamento(ou prevenção) e o custo-benefício de tal empenho.
      Digamos que uma pessoa esteja no grupo de alto risco de desenvolvimento de cânceres. O que é melhor, perturbações gástricas ou um câncer agressivo?
      O contrário também é válido, de que adianta ganhar sequelas no seu sistema digestivo se o seu risco de desenvolver cânceres é baixo?

  11. Em primeira quero deixar bem claro que a palavra chance esta mal definida no testo, pois chance segundo o Sr: Aurelio Buarque de Holanda Ferreira significa ( oportunidade, ocasião favoprável),Deus que me livre de ter uma chance dessas.
    E em segundo lugar gostaria de deixar a minha modesta opinião de que esta materia só beneficiará aos laboratóris fabricantes de aspirina.

  12. Isso é uma fraude, se aspirina resolvesse o problema de cancer os americanos ñ teriam tantos doentes.Eles comem aspirina, conheço passoas q vão ao EUA e compram aspirina aos kilos e trazem p\ Brasil, começam a tomar sem receita médica,e ñ sabem q são alergicos a ela(ácido acetil salicílico), ficaram c\ enxaquecas crônicas, conjuntivite e lesões na derme q nunca mais cura(herpes).A intenção dessa propaganda é vender esse veneno p\ nós, e ficarem cada vez mais ricos. Um conselho”nada de tomar medicamentos p\ previnir cancer ou qualquer outra doença”.Melhor fazer uma reeducação alimentar,e por em prática tudo q aprender,e “mexa-se”

  13. Acho que que isso deve ser pra aumentar o comercio da aspirina
    que para meu ver nao serve pra nada!

    • Compre um AAS genérico, caso não queira dar seu dinheiro a “ex-nazista” Bayer.

  14. Aí daqui a 5 anos descobrem que a Aspirina tem uma substância que em excesso no corpo causa outro tipo de problema! É sempre assim. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. – Se bem que nesse contexto, eu prefiro correr. 😛

  15. Com certeza deve ter verdades sobre seu uso. A Aspirina já é usada para deixar o sangue mais fluído. Agora todo medicamento deve ser usado após uma avaliação e aconselhamento médico a respeito. O câncer é desequilíbrio fisiológico do organismo. Se tomarmos aspirina e continuarmos praticando as ações que causam desequilíbrio, teremos a manifestação do câncer, ainda que não haja metástase.

  16. Já li um artigo dizendo que a Aspirina reduziria as chances de se infartar ou ter derrames, pois esta afina o sangue, tornando-o menos viscoso. Mas não me surpreende a possibilidade da industria farmacêutica que detém a patente do medicamento (Bayer), comprar algumas pesquisas para marketing. É uma empresa rica e poderosa, sinônimo de medicamentos respeitáveis, e todos nós sabemos que muitas coisas se passam debaixo dos panos quando o assunto é negócio.

  17. Isso mais parece é propaganda para vender mais aspirinas, que por sinal, diminuiu muito as vendas após a informação que as mesmas são contra indicado em caso de suspeita de dengue…

    Só faltou escrever assim… “Se é Bayer é bom!!!!”

  18. Eu conheço muitos idosos que tomam aspirina infantil diariamente , nao sei ao certo o porque , mas me parece que evitaria um derrame ou sera infarto ?? J estou confusa..hhahahah

    • Não seria AAS infantil? Esse sim “afina o sangue”e previne problemas como AVC e infarto.

    • A aspirina reduz a formação de coágulos nas artérias, ao manter a viscosidade do sangue dentro de parâmetros bons. Desta forma reduz comprovadamente os riscos de infartos e derrames.

  19. É brincadeira eu ficar dependente da aspirina durante cinco anos só para diminuir as chances de ter câncer.

    • Prefiro tomar um comprimidinho por 5 anos do que ter câncer.

    • Se você fizer isso ainda terá 70% de contrair um câncer

Envie um comentário