Como se livrar do chulé

Publicado em 2.09.2011

Seja você um atleta usando um tênis de corrida, ou uma bailarina em sapatilhas delicadas, quando tirar os sapatos… eca! Toda a sala vai cheirar o chulé de seu pé.

Segundo a Dra. Keri Peterson, pés fedidos são culpa de bactérias que se desenvolvem quando eles suam. “Então, o objetivo para se livrar do cheiro é diminuir o suor ou diminuir as bactérias”, explica.

E como fazer isso? Para diminuir as bactérias, lave seus pés com sabonete antibacteriano, e tente aplicar bicarbonato de sódio dentro dos seus sapatos ou das meias.

Para diminuir o suor, use meias feitas de material respirável. Por exemplo, algodão em vez de nylon. Use sapatos que são bem ventilados, e dê a cada par de algum tempo para secar antes de colocar os pés lá dentro novamente. Você poderia até tentar aplicar um antitranspirante – sim, um desodorante, como o para suas axilas – nas solas dos seus pés.[MSN]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

25 Comentários

  1. Comesei a usar o desodorante clear gel da Gillete nos pès todos os dias de manhã,ochulè sumiu . Maravilha!!!!

    Thumb up 9
  2. tive sérios problemas com chulé quando usava melissas, tinha até coleção,adoro até hoje sandálias plasticas, mas me davam mto chulé msm, era podre naum tinha quem aguentasse, aew abandonei, so uso tenis hj em dia, até pq tenho um tremendo joanete no pé esquerdo e doi até dentro do tênis, e agora até com tenis começei a ter chulé tbm, é mole? to pesquisando pra ver o que é bom pra chulé.

    Thumb up 6
  3. Bom para não ter mais chulé e nem mau cheiro nas axilas e usar pasta dªaguá muito bom, acabou com meu chulé.

    Thumb up 3
  4. Dorival Jose Borges me foi muito útil o q vc escreveu sobre a couve, eu tenho de vez en quando os terríveis”caseos” q se formam nas amídalas, vou usar a couve p\ ficar livre desses problema. Para combater o cheiro do chulé e do sovaco eu uso xampoo como se fosse sabonete, qualquer um, ha muito tempo ñ uso sabonetes e nem desodorantes.Meu marido tbm usa e ñ tem mais nenhum cheiro, antes de usar ele tinha um cheiro desagradável de suor q mesmo tomando banho o cheiro permanecia infectando as roupas toalhas e roupas de cama, hoje ele ñ tem mais esse cheiro forte.Uso tbm shampoo p\ lavar o banheiro , espelhos, vidros de janelas , lavo os azulejos da casa toda, nunca mais criou mofo nos frisos.

    Thumb up 5
    • Que xampoo você usa? Fiquei curioso.

      Thumb up 9
  5. fiquem descalço o dia inteiro e de braços erguidos ..que você não terás chulé ….kkkk

    Thumb up 0
  6. Chulé é uma coisa complicada, mas esta dica é uma boa receita para quem tem este problema. Eu por exemplo ñ tenho chulé mas qando calço o ténis para fazer uma caminhada ou correr, no retorno sinto o cheiro quando tiro o ténis do pé.
    A partir de agora vou usar esta receita.

    Thumb up 13
  7. GENTE TENHO UM CUNHADO QUE QUANDO PASSA DEIXA MEIA HORA DE “”PERFUME “””NO AR…VOU ENSINAR PRA ELE ESTA RECEITA …É BRABO ..ELE VAI FICAR SUPER ALEGRE!!!

    Thumb up 7
  8. Não apliquem bicarbonato nos pés… Eu tentei!

    Funciona para reduzir os odores, mas como é um tipo de sal, ele fica queimando os seus pés conforme o dia passa você transpira dentro dos sapatos… Ao fim do dia, seus dedos estarão bem doloridos…

    Thumb up 15
  9. E por que surgem tais colônias de bactérias? Segundo um treinamento que fiz em função da venda de um produto nutricional (excelente, não vou fazer a propaganda porque senão monitoram)o suor das axilas é resultante da limpeza que nosso organismo faz de matéria tóxica quando transpiramos (tipo rins e intestinos), tendo como canal de saída os poros existentes nas axilas. Ao usarmos “antitranspirante”, o nome já diz tudo, deixamos de efetuar esta limpeza TAPANDO OS POROS e, por consequência, aquelas toxinas voltam ao nosso organismo nos envenenando compulsoriamente. A tal colônia de bactérias alimenta-se justamente destas toxinas e, portanto, se possível, durante o dia lavando somente com agua pura já resolve; se possível procurem ter um pequeno pedaço de sabão em barra que é neutro e elimina as bactérias. NÃO USEM MAIS ANTITRANSPIRANTES!!!

    Thumb up 13
    • Charles, me acrescentou com a menção sobre as toxinas das quais as colônias se alimentam, e que provavelmente produzem o odor ruim, que deve ser proveniente do processo de evacuação das bactérias, tal qual acontece com o processo de fermentação de massas, porém com um cheiro agradável.
      Valeu!

      Thumb up 1
  10. Para as axilas e pés, atenção maior no banho (são partes que ficam fechadas o dia todo, por isso a proliferação).

    Esfrego os pés com aquelas buchinhas naturais e muito sabão (retira as células mortas, e os micróbios que se alimentam delas não tem mais comida, além da massagem benéfica à circulação local).

    Substituí o desodorante e o tenys-pé Baruel pelo álcool (não há antibactericida melhor !).

    Fico livre de odores o dia todo, mesmo tendo uma rotina diária de atividades físicas !!!

    Abraços
    Maurício

    Thumb up 14
    • Maurício
      Ótima dica sobre a importância da remoção das células mortas, bem como sobre a utilização do álcool.
      Abraços

      Thumb up 4
  11. Também considerei a matéria MUITO ÚTIL.
    No início do ano, um desodorante que já usando há alguns meses, me “empipocou” os dois “suvacos”, seguido de intensa coceira. Como era nos dos lados, deduzi que se tratava do desodorante. Como já utilizava o desodorante há algum tempo me perguntei acerca do porque teria acontecido aquilo e a resposta que me veio foi que poderia tratar-se de algum lote de fabricação com erro de composição de algum componente químico do desodorante. Alguma descalibração no processo de fabricação daquele lote. Decisão: suspender o uso e não usar nenhum outro até que a coceira acabasse, o que demandou umas duas semanas. E então surgiu uma outra pergunta:”como farei com o cheiro do suvaco? Foi quando me lembrei que já havia lido em algum lugar que o chulé se dá em função da presença de uma colônia de bactérias, que se não proliferar, não haverá o mau-cheiro. Então considerei: “nas axilas, se é produzido mau-cheiro, também haverá de ser pela proliferação de uma colônia de bactérias. Foi quando intuitivamente resolvi, no imediato momento de sentir a formação do súor, molhar as duas mãos e passá-las nas axilas, com uns três enxágues, com o objetivo de fazer a remoção daquele ciclo de colônia bacteriana. Moçada, no meu caso descobri que minhas axilas produzem apenas uma colônia por dia, assim, depois que faço a tal higienização, não é produzido mau-cheiro, mesmo sem o desodorante. Estou há pelo menos uns quatro meses sem usar desodorante algum e não fico com cheiro ruim nos “suvacos”. Já decidi que continuarei a fazer esta economia extra. De quebra, como já li uma matéria sobre uma pesquisa que indica que anti-perspirantes podem ser coadjuvantes em alguns casos de câncer de mama, penso que tal abstenção possa ser configurada até como uma prevenção, porque talvez não tenhamos idéia de quanta porcaria apliquemos na nossa pele. No caso do anti-perspirante, a explicação tinha muita consistência, porque explicava básicamente que ao interromper-se o súor afeta-se o funcionamento natural das glândulas sudoríferas, tendo-se comprovado em muitos casos nos Estados Unidos, que das axilas houve uma migração celular que produziu tumores na mama de várias paciêntes.
    A explicação desta matéria acerca do chulé é ótima, e eu apenas acrescentaria a troca de meias para cada calçado usado, ou seja, JAMAIS use duas vezes a mesma meia. Cada pessoa precisa prestar mais atenção nas produções do próprio corpo, e muita coisa poderá ser resolvida de maneira natural e mais econômica. Nas minhas axilas, seguirei apenas com água pura, para um dia inteiro sem odor ruim. Uma última dica: mau-hálito também é produzido por colônias que se alojam em 90% dos casos mais severos, nas amídalas. Quem tem ou já teve sabe que de vez em quando desprende-se de um dos lados das amídalas uma espécie de massinha amarelada de cheiro BEM FÉTIDO! Couve, de preferência cozida, mata tais bactérias e nunca mais terá mau-hálito. PODE ACREDITAR!rsrsrs Experiência própria também. Eu tinha muito raramente e ao fazer um “flasback” acerca do que havia comido em uma semana que estava sentindo a presença amidalar, e derrepente não mais, me dei conta de que havia comido em dois dias seguidos: COUVE! rsrsr Porque tinha encontrado bem barato em um local e comprado uns três maços. Então, comi uma semana direto. Defequei VERDE rsrsrs NUNCA MAIS OCORREU A FORMAÇÃO AMIDALAR e nem percebi mais nem mesmo a esporádica halitose. E passo semanas sem comer couve às vezes. Pode fazer que funciona. MAIS UMA SOLUÇÃO NATURAL E SAUDÁVEL!!!

    Thumb up 15
    • Me desculpem. Segue abaixo a correção do primeiro parágrafo:

      No início do ano, um desodorante que já USAVA há alguns meses, me “empipocou” os dois “suvacos”, seguido de intensa coceira. Como era nos DOIS lados, deduzi que se tratava do desodorante.

      Ficou muito ruim, e resolvi pleitear a publicação desta correção.
      Antecipadamente Grato.

      Thumb up 1
  12. ter chulé é complicado…..mas roncar é pior ainda conheço um amigo que perdeu a
    esposa por que roncava e diz ele que não tinha chulé..?

    Thumb up 2
    • Se é ridícula pq vc ta aqui?… retardado

      Thumb up 34

Envie um comentário

Leia o post anterior:
10
10 coisas inventadas por acaso

Nem sempre acidente ...

Fechar