Conferência climática da ONU na China termina sem avanços

Publicado em 12.10.2010

A conferência climática da Organização das Nações Unidas (ONU) na China terminou praticamente sem avanços. Além disso, a China e os EUA trocaram farpas durante as conferências.

A China culpou os EUA por não cumprir com suas responsabilidades de redução de emissões e por tentar derrubar os princípios da ONU. Já os EUA reclamaram da recusa da China a ter suas políticas de investimento em energia sejam verificadas internacionalmente.

A China se sente injustamente criticada pelos EUA. Um dos negociadores chineses acusou os EUA de se comportarem como um “porco vaidoso”, queixando-se de Pequim quando Washington também não fez muita coisa de fato.

O chefe da delegação dos EUA foi mais diplomático. Mas ele disse que não poderia haver a assinatura dos EUA em qualquer acordo vinculativo que não incluísse a China também, que é a maior rival econômica dos Estados Unidos.

Mas ainda há esperanças de que os encontros não sejam só pura discussão. Pode haver algum progresso na próxima rodada de discussões sobre o clima no México, em novembro.

Nessa reunião, os países podem acertar os detalhes de um fundo que transferirá 168,46 bilhões de reais por ano das nações ricas para as nações mais pobres, para ajudá-las a lidar com as consequências previstas das mudanças climáticas.

Apesar dessa essa soma substancial, os países em desenvolvimento a consideram insuficiente. Esse foi o maior impasse do encontro na China. Apesar da frustração geral, o fundo pode ser acordado em Cancun, o que vai provar que as negociações não estão encerradas.

Porém, se até essa parte das negociações não for decidida, os diplomatas alertam que o futuro das ações climáticas entre as nações estará seriamente ameaçado. [BBC]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

8 Comentários

  1. o monopolio continua com estas duas chamines megalomonas a bombar poluiçao de forma descontrolada..
    o plano continua..da certo e as populaçoes so teem direito a assistir o jogo.. americanos e chineses teem noçao… todos temos noçao, quem nao conhece as sociedades ecologicas e o quanto de positivo advem. o principal receio talvez seja o desaceleramento industrial perante a demanda cada vez mais exigente resultado desta aldeia global onde os mais ricos vivem um consumismo diria eu descartavel…a somar, a economia, e o estado de receio em torno dela que mais nao sao que planos mundiais bem implantados entre nos e que para os quais a estas situaçoes sao degraus, fases..
    o tratado em questao por assinar por estes gigantes talvez ja nao venha a tempo…

    o planeta resume=se a um orgao
    nos fazemos parte dele
    e juntos nao somos o todo mas poderiamos juntos mudar tudo.

    grande utopia.
    talvez tambem ja nao fosse a tempo.

    Thumb up 0
  2. A solução estaria como num tratamento convencional dada ao câncer e, Radicalismo por mudanças de hábitos.
    Ao menos, diria 60%.
    Como?
    Aplicando rigor com multas bilionárias e sem recursos de apelação para os transgressores. As indústrias automobilísticas e equipamentos eletrônicos fossem obrigados a produzir máquinas capaz de ser dada manutenção por mais de 30anos!
    Já temos muitos avanços… Mas,muitas delas desnecessárias. Máquinas de poucas utilidades, criadas apenas para satisfazer meros desejos de consumo.
    Algum tempo diziam não haver aquecimento global e que isso era papo furado ou alguém tentando lucrar com isso.
    Sempre que pude, deixei minha interrogação dizendo que as evidências era uma prova irrevogável que estávamos já no aquecimento global.
    Isso há mais de 15 anos! Não por achar ser o cara. Pois foram pessoas simples como eu que sentiram essas mudanças desde início.
    Cientistas incorruptos fizeram advertências… E apelos que ‘’nos restava à última chance’’.
    Será que ainda a temos?
    Devemos aprender a reviver a vida a exemplos de nossos avós.
    Vivemos num mundo de sonhos, de virtualismo. Conformamos-nos que essa postura.
    Editaram nossas condutas… Estamos como amarrados. Dependente até mesmo do chuveiro quente. Amarrados pelo modismo de que podemos ainda melhor!
    Acabamos esquecendo de viver. Muitos preferem comprar alimentos fast food. – É ‘’mais prático’’! Para quê darmos ao sacrifício de levarmos sacolas e garrafas no mercado e podemos ter tudo isso sem fazermos sacrifícios? Foi mesmo a modernidade e o crescimento populacional que criou essa conduta.
    Agora é preciso combater esse‘’câncer’’com método radical como se dar a esses tipo de mal.

    As indústrias devem reciclar suas embalagens, mesmo que isso não seja viável economicamente.
    Porque a maioria das indústrias mudou seus vasilhames para o plástico, como as garrafas pet, e frascos para o óleo comestível além de alguns produtos tipos maionese e catchup e outros?
    Descartam-se essas embalagens sem se preocupar com o meio ambiente e muitas delas vão parar nas encostas de rios e Oceano…
    A culpa é de todos nós e principalmente dos governos!
    Fabricam para ser descartáveis e com isso as indústrias faturam bilhões… Mas, quem paga a conta por esses lixos é a natureza…

    Hoje presenciamos o degelo acelerado e as mudanças climáticas em todo globo. Não existe mais faz de conta que está tudo bem. Isso dada à ambição e sede pelo poder a qualquer custo.

    Não há outra forma senão for radicar as nações… Se não for limitar esse consumismo fanático que muitas vezes são desnecessários para o dia-a-dia.
    Sei que é uma tarefa difícil. Mas como se trata de uma coisa corrosiva, devem ‘’arrancar a carne apodrecida’’…
    Se antes produzia máquinas para durar décadas e por que hoje não dura mais que uma década, quando muito?

    VAMOS FAZER A NOSSA PARTE!
    Vamos levantar a bandeira e apoiar mesmo que indireto os manifesto por um futuro melhor.

    Acredito que ainda possamos fazer algo de bom para o Planeta. O primeiro passo foi dado pelos cientistas (alertas). Eles mesmos podem ajudar o mundo! Deve unir entre si e apresentar a verdade nua e crua.
    Cada de um de nós pode-se dar belos exemplos… Desde uma sacola economizada no mercado a um produto cuja a embalagem não seja reciclável.
    Cabe também os governos aplicar mudanças nas leis e muitas cidades já têm começado a fazer as diferenças.
    Façamos a nossa parte… Assim servimos de exemplos a outros.

    Pense Nisso!

    Thumb up 5
  3. Senhoras e senhores, o que move o mundo?
    1 – DINHEIRO
    2 – SEXO
    3 – PODER
    DEMAIS VÃO TEM QUE SE …
    COMO MUDAR ISSO HOJE, AGORA, JÁ ?!!!!

    edilsonselfmanagement.blogspot.com

    Thumb up 1
  4. Em breve a natureza avança! Eles fizeram suas escolhas, agora aguardemos os resultados.E, façamos nossa parte com a arte de viver sustentávelmente. Ainda há tempo para todos! Por enguanto. PM / AM! O tempo não para!

    Thumb up 0
  5. A verdade é que, os industriais bilionários vem com esse papinho de, faça a sua parte, EU?
    Enquanto ele desmata, polui e transforma os recursos naturais em dinheiro e prazer, para ELE e para os seus queridinhos, filhas, filhos, AMANTES, amigos, etc…
    Estes idiotas não perceberam que se todo mundo morrer, não vai ter pra quem vender.
    Recomendo que pesquisem sobre os bilderbergs, assistam o documentário A CORPORAÇÃO, Muito Além do Cidadão KANE, pesquisem sobre ILUMINATES, Maçonaria, etc…

    Pau no cu sujo dessa galera toda.

    Thumb up 3
  6. Fica difícil haver qualquer mudança quando estes acordos ficam nas mãos de alguns “representantes” dos países… Tenho certeza que se houvesse um questionamento à população todos concordariam com as reduções de emissões.

    Thumb up 5
  7. Cadê os falsos profetas que diziam não haver aquecimento e sim, resfriamento?
    Muitos desses já admitiram que o Planeta passa por uma forte mudança devido a mão do homem.
    ”E agora, José?”
    Nossos hábitos devem ser mundado ao menos 70% e mesmo assim, torcer que esse aquecimento não suba mais que 2ºC.

    Ainda levantam a questão que o eixo imaginário esteja se inclinando para a vertical…
    Sendo assim,onde moro passará até clima próximo do Norte dos EUA e o Sul do Brasil; clima da América central.
    Bem,espera pra ver!

    Thumb up 2
  8. A verdade é que os grandes poluidores não querem parar de poluir e querem mais é jogar a responsabilidade de fazer algo nos países em desenvolvimento.

    Thumb up 4

Envie um comentário

Leia o post anterior:
pegrande
Cientistas tentam localizar “Pé Grande” na China

Conhecido como "Yere...

Fechar