Consiga fazer seu bebê dormir sem dificuldade

Publicado em 15.08.2010

Para os pais que têm dificuldade em fazer com que seus bebês durmam, um novo estudo sugere que se mostrar compreensivo em relação às necessidades da criança é fundamental para uma boa noite de sono. Não é tão importante quanto tempo os pais gastam com as crianças ou o que eles fazem na hora de deitar, mas sim a qualidade do tempo passado com ela.

Segundo os pesquisadores, problemas crônicos de sono na infância estão relacionados com problemas de comportamento diurno, sonolência, problemas de atenção e baixo rendimento escolar.

Ser emocionalmente receptivo inclui atitudes como olhar para o seu bebê durante a amamentação, ou observar se ele está ou não interessado na história de dormir, etc. Alguns especialistas aconselham os pais a definirem um cronograma rigoroso de sono e manter determinadas atitudes associadas a dormir, como ler um livro e diminuir as luzes, por exemplo.

Quando os pais fornecem confiança através de uma comunicação emocional, os cientistas acreditam que isso faz com que as crianças saibam que estão num ambiente seguro. Eles afirmam que o sentimento de segurança é um pré-requisito para a realização de sono profundo.

A hora de dormir pode ser um momento muito emocional, já que representa o fim do dia e, para a maioria das crianças, isso pode ser assustador.

O estudo envolveu 35 famílias com bebês de 24 meses ou menos. Câmeras de vídeo capturaram as interações de pais e bebês durante a noite. Os papais foram incluídos, mas, tendo em vista que apenas sete deles interagiram com seus filhos por um tempo suficientemente longo (pelo menos 2 a 3 minutos) durante a hora de dormir, os investigadores centraram-se sobre o comportamento maternal.

Os bebês cujas mães eram emocionalmente mais disponíveis mostraram menos interrupções e menos perturbação do sono em comparação com bebês cujas mães eram mais distantes emocionalmente. As mães classificadas como emocionalmente mais disponíveis eram menos propensas a ter que voltar aos seus filhos na hora de dormir e menos propensas a relatar que os seus bebês tinham dificuldades para dormir. Também não tiveram que acordar tanto durante a noite.

Os resultados mostraram que o que as mães fazem com seus filhos na hora de dormir pode ser menos importante para o sucesso do sono do recém-nascido do que a qualidade emocional destas atividades. Ou seja, investir em um tempo de qualidade e na atenção emocional com seu filho durante o dia pode ser a chave para uma boa noite de sono.[LiveScience]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 25 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

Envie um comentário