Consumo moderado de cerveja tem mesmos benefícios que o de vinho

Publicado em 16.01.2011

Segundo uma nova pesquisa, o consumo moderado de cerveja tipo ale ou lager pode reduzir o risco de diabetes e pressão arterial elevada, e até mesmo ajudar pessoas a perder peso.

A cerveja contém ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio e tem os mesmos benefícios de saúde já atribuídos ao consumo moderado de vinho.

Os cientistas analisaram 1.249 homens e mulheres com mais de 57 anos. Eles descobriram que aqueles que consumiam regularmente quantidades moderadas de cerveja foram menos propensos a sofrer de diabetes e pressão arterial elevada e tinham menores teores de gordura corporal.

Os pesquisadores culpam os alimentos gordurosos, como batatas fritas, a falta de exercício e os “porres ”pelas barrigas de cerveja. Eles contrastaram, por exemplo, a cultura de beber copos pequenos de cerveja com tapas na Espanha com a bebedeira na Grã-Bretanha, onde as pessoas mal se mexem da cadeira e se enchem de salgadinhos e linguiça.

O consumo moderado tem benefícios nutricionais. Para isso, os pesquisadores sugerem a combinação da cerveja com o exercício e uma dieta mediterrânica saudável rica em frutas, peixe, legumes e azeite.

No estudo, aqueles que fizeram uma dieta mediterrânea, e beberam até um litro de cerveja por dia, não só não engordaram, como em alguns casos, até mesmo perderam peso. Segundo os pesquisadores, a cerveja proporciona um efeito “protetor” sobre o sistema cardiovascular e tem um teor alcoólico relativamente baixo quando comparado com outras bebidas. [Telegraph]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

15 Comentários

  1. Faltou dizer que cerveja não é bebida para qualquer pessoa. Para os que têm excesso de ácido úrico, as purinas da cerveja fazem mal. Para os que são intolerantes ao glúten, também, porque o
    glúten está na cevada. Para estes, é preferível uma dose de uísque, ou mesmo da “marvada pinga”. E, lógico, uma taça de vinho.

    Thumb up 0
  2. mais todo aocolico quando começa a beber
    vira uma doença
    que nao quer mais parar de beber

    Thumb up 0
  3. É completamente disparatado afirmar que os benefícios dos anti-oxidantes do vinho, que deve ser tinto, podem ser adquiridos através da ingestão de cerveja. Os anti-oxidantes do vinho tinto são especialmente antocianinas e polifenóis. A cerveja não tem antocianinas e tem cerca de 1/4 dos polifenóis do vinho. (Parte de um comentário feito por Fátima Rocha nesse site).

    Thumb up 23
  4. Com certeza, Esta pesquisa esta sendo patrocinada por alguma(s) companhias de cerveja… Fala sério, além de fazer bem ainda vem falar que pode ajudar a emagrecer?!? E aquela velha barriga de chop, deixou de existir?!?! Vai planta maconha e fumar até morrer. Só bebum pinguço para acreditar nesta mentira braba… Isso bebam a vontade, achando que faz bem, só assim morrem mais rápido e ajudam a esvaziar o planeta.

    Thumb up 11
  5. mesmo fazendo bem para saúde, não bebo cerveja! ai q horror, mais o vinho não dispenso.

    Thumb up 5
  6. É disso que eu to falando! Agora já posso beber meu vinho e cerveja todos os dias de um modo saudável.

    Thumb up 8
  7. Esses benefícios de produtos viciantes só podem ser aproveitados pelos Henodistas Estoicistas !!!

    Thumb up 6
  8. Os cardiologistas recomendam tomar um taça de vinho tdos os dias pois faz bem ao coração, agora qndo for ao nutricionista vai recomendar tomar cerveja!

    Thumb up 7
  9. o problema é que a maioria dos bebedores de cerveja nao bebem tão moderadamente assim…

    Thumb up 14

Envie um comentário

Leia o post anterior:
galinha
Galinhas transgênicas impedem transmissão de gripe aviária

Um novo gene introdu...

Fechar