Cratera lunar gigante é revelada em fotos muito próximas

Publicado em 8.01.2012

Imagens incríveis de uma cratera gigante da lua foram capturadas recentemente por um satélite da NASA.

Em novembro de 2011, a espaçonave LRO passou por cima da cratera Aristarchus, que se estende por 40 quilômetros e tem mais de 3,5 quilômetros de profundidade, mas as fotos só foram liberadas em 25 de dezembro.

A enorme cratera, que é também muito refletora, é facilmente visível a olho nu. Mas os detalhes revelados nas fotos são especiais, decorrentes de um voo muito baixo da LRO.

“A espaçonave estava apenas 26 quilômetros acima da superfície da lua, o que é duas vezes mais baixo do que o normal”, afirma Mark Robinson, principal responsável pela nave. “Para você ter um senso de escala, essa altitude é apenas duas vezes maior do que os jatos comerciais voam na Terra”.

Os cientistas pensam que a cratera se formou recentemente, em termos geológicos, quando um cometa ou asteroide bateu na lua, cavando um buraco na superfície.

A NASA lançou a LRO em 2009, em uma missão de mais de um bilhão de reais, para mapear a lua com detalhes nunca vistos antes. A espaçonave carrega sete instrumentos para estudar a superfície do satélite. [Space]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

53 Comentários

  1. Existem muitas fotos dessa cratera. Essa realmente dá uma impressão ambígua. Acho que, por causa do ângulo de incidência da luz, ela está mesmo parecendo uma montanha com o topo achatado. Uma cratera menor mais acima, a noroeste, dá a mesma impressão, enquanto abaixo desta, observa-se o que parece uma cratera, mas pode ser uma elevação, já que tudo está parecendo ser o contrário. Do lado dessa elevação/cratera há uma linha serpenteando à direita que parece uma muralha, mas pode ser algo semelhante a um canal. Será mais uma dessas peças que o nosso cérebro nos prega ou a foto tem algum erro? Parece até um negativo, mas acho que a fase da Lua (leia-se iluminação) tem influência sobre a imagem obtida. Pesquisei no Google usando os termos “cratera Aristarchus”-imagens. A primeira foto exibida nessa pesquisa tem uma iluminação diferente e dá pra ver nitidamente que é uma cratera. Comparem as duas fotos e vocês vão entender o que eu disse acima. E, observando a sombra projetada no seu interior (na segunda foto), tem-se a impressão de que bem no centro há uma elevação isolada que lembra um obelisco. Mais uma ilusão? Quem não gostaria de ir lá pessoalmente para tirar essas dúvidas?
    Outra coisa interessante: Na foto exibida aqui, há uma linha branca vertical à direita. Estaria ali de propósito, para evidenciar a enigmática forma reta de uma mancha quase imperceptível ao seu lado esquerdo? Se a cratera tem 40km de diâmetro, essa mancha, que lembra um “H” com os braços superiores maiores, deve ter uns 100km de comprimento. Para quem gosta de pareidolia, na foto do HypeScience, no que seria a linha horizontal do H, há duas elevações (crateras?) que lembram uma forma humana debruçada (a “cabeça” e o “braço direito esticado”). Na outra foto de que falei, essa pareidolia não existe, e percebe-se que são mesmo duas pequenas crateras que passam essa impressão quando muito iluminadas. Mas o misterioso H ainda está lá…, menos nítido, mas ainda lá… alguém sabe explicar isso? Será que a foto do HypeScience foi copiada de outro site que originalmente tinha a intenção de evidenciar esse “H”, e por isso foi alterada, o que explicaria as “ilusões”? Mas no Space.com não há nada…

    Não satisfeito, fui pesquisar mais um pouco. A linha que serpenteia não é uma muralha, é um canal que parece uma miniatura do “Vale Schröter”, também conhecido como “Cabeça de Cobra”, e que é bem maior, sendo a cabeça a Cratera Herodotus, ali pertinho da Aristharcus. Veja esses links: http://www.lpi.usra.edu/resources/apollo/frame/?AS15-88-11980 e http://www.lpi.usra.edu/resources/apoll … 5-88-12006.

    Mas, quanto ao “H”, nada…

    Thumb up 0
  2. Olá Bovidino !
    Aqui não se trata de alguém ‘perder’ ou ‘ganhar’ uma discussão. Trocamos idéias, uns mais acaloradamente que outros mas todos aqui aprendemos muito uns com os outros, portanto, não há perdedores, somos todos vencedores !!!
    Abração, meu amigo !

    Thumb up 3
    • Não sei exatamente do que você está falando. Calculo que seja o caso do homem ter ido à lua ou não. A internet está cheia de gente dizendo que não foram e apresentam sua evidências. Outros refutam e apresentam seus motivos e sua evidências. Eu não tenho conhecimento científico para saber a verdade por conta própria. Mas tudo que se refere a Estados Unidos pra mim nunca é 100% confiável.
      Finalmente, nem me interessa muito se foram à lua ou não.
      Isso não me acrescenta nada. Só acho que pelo dinheiro gasto, eles poderiam estar fazendo coisas bem mais úteis.

      Thumb up 2
    • Olá Bovidino !
      Refiro-me à sua resposta para o Matheus H. …
      Respeito sua opinião, embora não concorde.
      Abraços

      Thumb up 1
  3. A que discurso emocionante aqui em baixo n gente
    esse carra aqui e maluco deve toma augu remedio
    ou usar drogas pra pençar qui u homem ja saiu
    fora do campo gravitacional da terra minha pobre
    criança isso e historia da carochinha vc acha mesmo que a terra e tao pequena asim e si eu te diseci que a lua e maior
    10x maior que a terra oq vc me diria espero sua resposa
    afinal ta na cara mais ninguem ver ne

    Thumb up 0
    • É, Aztoufo, se os técnicos envolvidos no Projeto Apollo fossem tão bons projetistas quanto você é em português, certamente já teríamos visitado alguns exoplanetas.

      Thumb up 8
  4. Bovidino:

    O homem não foi só uma vez na lua, foram 6 pousos lunares, realizados pelas Apollos 11, 12, 14, 15, 16 e 17.
    Não tem como se manter uma farsa por mais de 40 anos, e enganar 50.000 astrônomos, 20.000 físicos, e milhares de outros cientistas de todos os países, durante tanto tempo.
    Os astronautas trouxeram quase MEIA TONELADA de rochas lunares, os quais foram distribuídos pra centenas de conceituadas faculdades no mundo inteiro, analisadas pelos maiores experts, doutores e PHDs do mundo, mais de 100 países receberam amostras destas rochas, inclusive os cientistas russos.
    Tais rochas são impossíveis de falsificar, já que possuem particularidades por sua exposição à radiação no espaço sem atmosfera, e também são diferentes dos poucos meteoritos lunares que caíram na Terra, adulterados por altíssimas temperaturas quando da entrada na atmosfera.
    Fora isso, tem os espelhos refletores deixados na Lua, que são usados até hoje por observatórios no mundo todo.
    No exato momento do primeiro pouso lunar, a União Soviética tinha uma sonda na Lua, a Luna 15, que viu e acompanhou tudo de perto…
    Aliado a isto, tem os sinais de rádio, triangulados pelas agências espaciais de vários países, que comprovaram que o sinal só podia estar sendo enviado da Lua.
    É, realmente, os Estados unidos conseguiram enganar com um filminho a União Soviética, superpotência mundial, que chegou em alguns momentos a ser mais poderosa que os USA, conseguiram enganar centenas de cientistas russos que desbravaram as viagens espaciais antes dos americanos, mas não conseguiram enganar os conspiracionistas de internet…
    A URSS, maior inimiga dos americanos, que chegaram a ter ogivas nucleares em Cuba apontados para os EUA, com CENTENAS DE SATÉLITES, SONDAS ORBITANDO A LUA E VIGIANDO AS CÁPSULAS ESPACIAIS DOS AMERICANOS, não conseguiria perceber que era tudo uma mentira?

    Thumb up 20
    • Tudo bem. Agradeço sua gentileza. Obrigado.

      Thumb up 6
    • Não vi os comentários anteriores, logo não sei o motivo da sua fala sobre a missão americana na lua, (e gostaria de saber…será que tem gente ‘esclarecida’ que duvida?)mas foi muito bem colocado. Merece cumprimentos.
      Eu tenho algumas curiosidades: Por quê a NASA demorou SETENTA E DUAS HORAS ou mais pra divulgar a foto? Será que faltou tecnologia de comunicação pra fazê-lo? E por que a foto é em preto e branco? Será mesmo que a NASA não é capaz de tirar fotos coloridas com qualidade? Ou em branco e preto elas são mais “reais”? Só pra começar…mas tem tanta coisa que gostaria de saber…

      Thumb up 2
    • Obrigado pelos cumprimentos!
      Charlles, o que mais assusta é que tem pseudo-cult-intelectuais que afirmam e reafirmam que o homem não esteve na Lua. Mas estes mesmos “intelectuais” acreditam que os EUA possuem naves que viajam mais rápido que a luz, que foram resgatadas de quedas de OVNIs, e estão na área 51…
      Mas, voltando ao assunto das fotos: Calma! A situação não é tão simples assim. As sondas não possuem uma Cybershot pendurada, em que é só dar um clique e postar no Facebook…
      Na verdade, as sondas possuem várias lentes, com graus e amplitudes diferentes, cada uma com um filtro específico, sendo que umas “enxergam” em infravermelho, outras ultravioleta, outras apenas certos espectros de luz…
      Além disso, precisa-se um grande poder computacional para reagrupar estas informações para sair o resultado final da foto, ou seja, a foto não sai “pronta” da sonda.
      Assim, é normal a demora, principalmente pelo fato de que esta sonda reune várias fotos para se fazer uma panorâmica.
      Só a título de exemplo, uma foto do Hubble demora no mínimo um mês pra ficar pronta!
      Outro detalhe…em geral, as astrofotografias científicas são feitas com câmeras preto & branco, é o filtro e/ou a faixa de sensibilidade do sensor que cria duas ou mais imagens do mesmo objeto e que depois são colorizadas e mescladas para fazer uma imagem colorida. Um sensor preto & branco tem muito mais sensibilidade e resolução que um sensor “colorido” (com tríades coloridas).

      Thumb up 8
    • Olá Charlles, beleza ?
      A Nasa precisava deste tempo para censuarar a foto, ou seja, apagar coisas comprometedoras, retocar alguma coisa e etc …
      Abraços

      Thumb up 1
  5. Jonatas,
    Certamente devo ter visto isso na televisão mas não me impressionou.
    Se eu visse isso hoje, certamente não tiraria conclusões precipitadas, e a manipulação seria uma das possibilidades imaginadas, até porque os Estados Unidos são mestres da manipulação. Os casos são muitos e o mais escabroso pra mim foi a invasão do Iraque. Uma manipulação de informações a nível global que teve início com outro episódio ainda não esclarecido, ou seja, o ataque ao WTC.
    Voltando ao tema atual eu ainda pergunto:
    1) Porque a cratera está iluminada e os seus arredores estão escuros?
    2) A matéria diz que são muitas fotos. Porque só estamos vendo essa?

    Thumb up 4
    • 1 – Porque o solo mais claro é mais jovem, material mais refletivo da luz incidente, esse material vem do interior da Lua e foi expelido para fora no evento do impacto que originou a cratera.
      2 – Só o autor sabe… rsrs, um abraço.

      Thumb up 2
    • Jonatas,
      Aquí temos outra foto da lua que não é cratera refletiva:
      http://hypescience.com/18111-fotos-lua-alta-resolucao/
      Aquí temos outra foto em cores do outro lado da lua:
      http://hypescience.com/foto-o-lado-colorido-da-lua/
      Outra foto do lado escuro da lua em cores:
      http://hypescience.com/vista-detalhada-do-lado-escuro-da-lua/
      Outras fotos. Verdadeiros mapas lunares:
      http://hypescience.com/uma-nova-visao-da-lua-nasa-lanca-mapas-extremamente-precisos/
      Fotos dos locais de alunizagem:
      http://hypescience.com/18868-sonda-lunar-fotografa-locais-de-aterrissagem-das-missoes-apollo/

      Dedução: Embora seja óbvio que eles devem ter milhares de fotos, as fotos que vem a público são cuidadosamente escolhidas, pois nunca apresentam muita nitidez, ou são parcialmente nítidas com outras partes bem escuras, ou estão muito distantes.
      Mesmo que elas apresentem uma coloração cinza, há tecnologias simples de colorização. Colorizadas e mais iluminadas os detalhes seriam bem melhor percebidos, o que dá a impressão que querem sempre esconder alguma coisa.

      Thumb up 2
    • Essa impressão é natural Bovidino, eu concordo com o senhor, e acho até natural ocultarem dados porque com sondas em Marte e em Saturno o que chega até nó é só a ponta do iceberg, até para a própria população americana, é segredo de Estado Americano. Já notou a quanto tempo embromam com notícia de que acharam gelo em Marte? Pronto há, então porque tanta sonda sendo enviada?

      É claro que sabem ou já acharam coisa mais interessante lá. Francamente, aquele planeta é fielmente familiar, e pessoalmente acho mais fácil ter vida do que não ter.

      Thumb up 4
    • Olá Jonatas, beleza ?
      Concordo com voce, mais uma vez !
      Lembra ano passado quando a Nasa convocou a imprensa mundial para anunciar … bactérias que usam arsênio em vez de fósforo ? Então, aquilo foi uma censura a um provável anúncio de descoberta de vida extraterrestre e é assim que a Nasa procede, mesmo porque precisa da verba do governo para continuar existindo …
      Um grande abraço !

      Thumb up 1
    • Heheh, meu celular numa sonda lunar fotografaria melhor do que essas imagens.

      Thumb up 3
    • Olá Jonatas !
      E aquelas setas na foto, apontam para o que ?
      Abraços

      Thumb up 1
    • Xíiii, outro conspiracionista com as mesmas baboseiras de manipulação em tudo. É lógico que a NASA vai divulgar só o que interessa, não vão entregar tudo de bandeja pra todo mundo. Eles é quem investiram nas pesquisas. Mas no site ( da NASA ) tem muitas fotos dessa cratera, é só pesquisar meu deus!!!! Mania de ver conspiração em tudo.

      Thumb up 6
    • Olá Bovidino, quanto tempo !
      Meu amigo, sua primeira pergunta é pertinente: mesmo antes da invenção do telescópio já existiam registros de luzes nesta e em outras cratereas (Plutarco, Archimedes,etc). Procure no nosso pai Google sobre “luzes na Lua” e vai encontrar bom material.
      Abraços

      Thumb up 0
    • Marcos,
      Até já havia me esquecido desse assunto.
      Mas,valeu. Um abraço.

      Thumb up 0
  6. Alguém pode dizer-me em que quadrante da esfera lunar está esta ‘cratera’?
    Muito Agradecido a quem informar.
    José Hamilton Marson

    Thumb up 0
  7. Prezados:
    Apesar de toda tecnologia americana, parece-me haver um grande equivoco. Então vejamos:
    a) Nota-se que a “figura” da “cratera” está em alto relevo. Sendo assim, estamos diante de um alto relevo, trata-se de uma montanha, (um auto relevo) e não uma cratera, (um baixo relevo).
    b) Esta “montanha” pode ter sido “criada” pelo impacto de um asteroíde que se cravou na superfície da lua como aconteceria com um projetil de pistola ao se cravar numa parede de argamassa.
    c) Note-se que no entorno da montanha (ou cratera), nota-se perfeitamente os “respingos” no entorno, causados pelo impacto.
    Até que me convençam do contrario, estamos diante de um corpo, semi cravado na superfície lunar, um relevo e não uma depressão!

    Thumb up 6
    • Se isso é um corpo, então ele tem 40km de diâmetro. Você está sugerindo que um corpo de 40km de diâmetro bateu na lua e apenas “cravou”? Sem nem criar uma cratera? Apenas respingos?

      Falou sério ou só está zuando porque não pode mais ser negativado?

      Thumb up 3
    • Também tive a impressão de estar vendo uma foto de algo saindo da superfície, como uma montanha. Não de uma cratera…

      Thumb up 5
    • É uma cratera sim. Dá a impressão de relevo por causa da posição do Sol no momento. No site da NASA tem milhares de fotos de crateras como essa. Isso que você cita é argumento de quem não entende nada do assunto.

      Thumb up 4
    • Cratera é praticamente sempre relevo nas bordas e depressão no interior. Não há nada de estranho na imagem.

      Thumb up 3
    • Poderia até ser uma pirâmide. Mas deve ser pura ilusão de ótica.

      Thumb up 0
    • Na minha opinião é isso mesmo: é uma montanha cravada ali, mas ela está dentro de uma cratera com uma profundidade maior que a altura do ‘projétil’, ou seja, o meteoro está lá, como o projétil estaria na parede, só que ele fez um rombo ao redor.
      Eles ainda vão é pousar num lugar desses… As imagens de marte são lindas ( e coloridas ). Estou querendo ver as que farão da lua, do solo…

      Thumb up 1
    • Caro Antonio G.G.P., tenho a mesma impressão que voce. Me parece tambem ser alto relevo, como uma montanha, e não baixo relevo, como uma craatera. Isso tambem explicaria a claridade maior que o resto, praticamente no escuro.

      Thumb up 0
    • Tens telescópio! Hummmm!

      Thumb up 1
    • Ainda bem que você que tem telescópio não disse que já viu são jorge e o dragão na lua, pois seria um desespero, uma enchurrada de de contestadores, uma discussão sem pé, sem cabeça, e vocês sabem a que grupo estou me referindo.

      Thumb up 0
  8. A humanidade tem que aprender a viver fora da terra, pois corremos o risco de sermos atingidos por um corpo celeste grande o suficiente para sermos exterminados.

    Thumb up 1
    • Infelizmente não acho possível desenvolvermos uma tecnologia a tempo de nos “proteger” disso.

      Um asteroide, pode colidir-se com a terra a qualquer momento e não temos nada que possamos dizer: “essa será a nave que usaremos no futuro”…

      As viagens espaciais são viagem absurdamente longas para a nossa realidade.

      Thumb up 5
    • Não exatamente a qualquer momento. Cientistas monitoram a rota de muitos asteróides em que a Terra pode ser o alvo.

      Thumb up 3
    • Não quis dizer que isso possa acontecer hoje ou amanhã… Desculpe a minha falha…

      Quis dizer que isso pode acontecer nos próximos 10/15/20 anos, tempo que eu acho praticamente impossível ser anunciado o lançamento de uma nave (ou foguete) capaz de levar qualquer pessoa à outro planeta, quanto mais levar a “humanidade” para outro mundo, como diz o comentário de “Deusdedit Teixeira”.

      Thumb up 3
    • De muitos, mas não de todos !!!!
      E se um corpo não monitorado aparecer de repente, o que pode ser feito ?
      Esta é a questão …
      Abraços

      Thumb up 0
    • Eu não me preocuparia com objetos espaciais meu amigo. A única ameaça eminente à nossa sobrevivência somos nós mesmos. Quem estuda história e como os moldes do passado se manifestam no futuro deve durmir todos os dias com medo do desencadear duma terceira guerra mundial. EUA e China continuam se alfinetando, a Europa em crize e a Alemanha inflexível como sempre. Na 3ª GM, as bombas atômicas e mesmo bombas H serão artefatos terciários e ultrapassados, pois essa guerra será Informacional e Biológica, protagonizada por hackers e geneticistas. Quanto aos resultados, pense numa coisa muito ruim.

      Thumb up 4
    • Deusdedit, a possibilidade de sermos atingidos por um corpo celeste é a mesma aqui na Terra ou em qualquer outro local.
      Muitos meteoritos que vagam pelo espaço a velocidades de vários quilômetros por segundo, ao penetrarem na atmosfera terrestre se desintegram inofensivamente, enquanto durante uma viagem, ficaremos expostos constantemente a estas rochas.
      É preferível torcer para que aprendamos a viver melhor aqui na Terra e os pesquisadores criem formas mais eficientes de detectar e desviar asteroides em rota de colisão com nosso belo ponto azul no espaço.

      Thumb up 1
  9. Essa cratera lunar, visível a olho nu e com detalhes que se revelam até com um bombinóculo, é especial e o porque acho que os admiradores de Astronomia vão concordar comigo: É a mais conhecida desde que começamos a ler sobre o assunto. Existem tantas fotos dessa cratera que ela já está quase memorizada por alguns. A Aristarchus já foi capa também de muitos livros, atlas e pôster de Astronomia.

    Thumb up 8
    • Porque a Nasa nunca divulga fotos da Lua em cores?

      Thumb up 5
    • As fotos de pesquisa científica geralmente são sem cores porque se visualiza mais detalhes, por contraste.

      Mas a Lua vista da Terra já apresenta uma cor cinza claro e branca devido a luz que recebe da Terra, nosso planeta é bem brilhante, visto do espaço, a Terra reflete 2/3 da luz que recebe do Sol.
      Á luz do Sol, no entanto, a cor do nosso satélite natural vai ser uma cor estranha, um amarelo queimado, suave, que chamam de amarelo-jambo, e vai se tornando marrom ao cair da luz, essa é a verdadeira cor da Lua, que nunca vemos.

      Thumb up 5
    • Simples, porque a Lua é cinza.E também não tem atmosfera.

      Thumb up 0
    • Matheus H.
      Essas refutações são bem fraquinhas em comparação com a reportagem que apresenta vários indícios com muita clareza.

      Thumb up 0
    • Sem querer chama-lo de velho (hehehe), mas acredito que o senhor tenha assistido a chegada do homem na Lua pela televisão. Vamos supôr que o senhor assistisse hoje, com o conhecimento que tem hoje, considerarias uma manipulação? e em quais aspectos?

      Thumb up 2
    • Tudo bem, você venceu.

      Thumb up 0
  10. Caramba, cratera visível a olho nú! então esta cratera é muito grande e boa para observação amadora!!!!

    Thumb up 4

Envie um comentário

Leia o post anterior:
_57698904_diver_549
Lista de armas não letais desejadas pelos EUA é divulgada na internet

Um livro com todas a...

Fechar