Cristais comestíveis podem armazenar combustível

Cientistas criaram cristais comestíveis que armazenam combustível. Porque comestíveis? Porque você pode estar ingerindo-os diariamente sem nem saber – em seus remédios.

Misture açúcar, sal, um pouco de álcool e água: você terá um material cristalino que pode armazenar combustível a base de hidrogênio para carros.

Um tanque, similar aos tanques de gasolina, não funcionam para armazenar o hidrogênio por motivos práticos. Basicamente eles precisariam estar congelados a uma temperatura de 250 graus Celsius negativos para segurar a forma líquida do hidrogênio, ou então ser enorme para segurar uma quantidade considerável do gás –  ambos não funcionam dentro de um carro.

Então cientistas resolveram criar pequenos compartimentos moleculares, feitos de carbono, oxigênio e íons de metal. Esses compartimentos se dissolvem quando aquecidos levemente, liberando o hidrogênio que, então, poderia ser usado.

Até hoje, os compartimentos para armazenar hidrogênio são feitos de benzeno, que é derivado de petróleo e pode ser tóxico. Já a nova substância é usada até na fabricação de remédios, o que faz com que ela não só não seja tóxica mas também comestível – embora não vejamos o motivo de você resolver comer uma célula de combustível, é bom saber que há uma alternativa que não seja poluente. Se você realmente quiser experimentar, os cientistas avisam: a substância tem gosto de biscoito água e sal. [NewScientist]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

4 respostas para “Cristais comestíveis podem armazenar combustível”

  1. Parece história de primeiro de abril envolvendo os curbos Energon dos desenhos dos Transformers nos anos 80.

    Mas é bom saber que mais uma opção não poluente foi descoberta, espero que provesse prática para ser produzida em massa e começar a substituir os métodos atualmente usados nos motores de combustão.

Deixe uma resposta