Dieta das proteínas (dieta Atkins) é a melhor

Publicado em 17.07.2008

dieta das proteínas

emagrecer rápidoA dieta das proteínas, também conhecida como Dieta Atkins, provou que funciona e é uma das melhores dietas. A dieta das proteínas conta com um cardápio com poucos carboidratos e, assim como a dieta do mediterrâneo, ajuda as pessoas a perderem mais peso do que uma dieta tradicional, com pouca gordura e calorias, em um dos maiores e mais longos estudos para comparar técnicas para perder peso.

Por que a dieta das proteínas é a melhor?

Uma grande surpresa: A dieta de restrição de carboidrato (mesmo que: dieta de proteínas ou dieta do dr. Atkins) foi o regime que melhorou mais o colesterol dos voluntários do que as outras duas. Muitos críticos previam o oposto.

No entanto todas as três abordagens – a dieta das proteínas, a dieta de restrição de gordura e a dieta mediterrâneaconseguiram proporcionar perda de peso e melhoraram o colesterol.

O estudo é importante não apenas porque durou dois anos, muito mais tempo do que a maioria, mas por causa da grande quantidade de pessoas que se manteve nas dietas: 85%.

O estudo foi publicado no New England Journal of Medicine no dia 17 de julho.

A pesquisa foi feita em um ambiente controlado: uma estação de pesquisa nuclear isolada em Israel. Os 322 participantes faziam a sua refeição principal do dia, o almoço, no restaurante do interno.

“Os trabalhadores não podem facilmente ir almoçar no Subway ou McDonalds mais próximos”, disse o Dr. Meir Stampfer, um dos autores do estudo e professor da Universidade de Harvard.

Nas demais refeições os voluntário foram aconselhados sobre como se manterem em seus planos de alimentação e foram solicitados para preencherem questionários sobre o que comeram, disse Meir.

A dieta de baixa gordura (com não mais de 30% da caloria total provenientes da gordura) restringia a caloria e o colesterol, focalizando em grãos de baixa gordura, vegetais e frutas. A dieta mediterrânea teve restrições similares em termos calóricos, de gordura e colesterol, mas tem ênfase em frango, peixe, azeite de oliva e nozes.

A dieta de proteínas, criada pelo dr. Atkins, nos EUA, colocava limites para a ingestão de carboidrato, mas não para caloria ou gordura. Estimulava os voluntários a escolher fontes vegetais de proteína e gordura.

A perda média de peso para aqueles na dieta do Atkins foi de 4,7 kg depois de dois anos. As pessoas na dieta mediterrânea perderam 4,5 kg e aquelas na dieta da gordura perderam 3 kg.

Mas a grande surpresa veio das medições de colesterol. Os críticos vêm à muito tempo dizendo que a dieta da proteína pode ajudar uma pessoa a perder peso, mas que no longo prazo, poderia levar a um alto nível de colesterol porque permite a ingestão de mais gordura.

Mas a dieta da proteína parece ter melhorado o colesterol em muitas das medições, incluindo a taxa total de colesterol HDL, o colesterol “bom”.

Os médicos interpretam a relação entre colesterol e HDL – que quanto menor, melhor – como sinal de risco de obstrução arterial.

A taxa caiu 20% em pessoas na dieta de proteína, comparado com 16% nas pessoas que faziam a dieta mediterrânea e 12% naquelas na dieta de gordura.

Mas para mulheres e diabéticos a dieta de proteína parece não ter sido assim tão boa, descobriu o estudo.

A MELHOR DIETA PARA DIABÉTICOS E MULHERES

Entre 36 diabéticos, apenas aqueles na dieta mediterrânea diminuíram os níveis de glicose no sangue. Entre as 45 mulheres, aquelas na dieta mediterrânea foram as que mais perderam peso.

Estes dados parecem sugerir que os homens podem responder bem melhor àqueles regimes que mostram limites claros nas comidas que podem ser consumidas, como dietas similares a dieta de Atkins. Sugere que as mulheres, por terem mais experiência em dietas e perda de peso, são mais capazes de implementar uma dieta mais complicada, segundo uma especialista. [CNN.com]

Autor: Alessandra Nogueira

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

997 Comentários


    Fatal error: Allowed memory size of 67108864 bytes exhausted (tried to allocate 2437121 bytes) in /home/marcelo/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 1991