Discriminação sexual: empresa demite mulheres para que elas cuidem da casa

Publicado em 4.07.2011

Uma empresa italiana com problemas financeiros resolveu demitir alguns de seus funcionários como parte de um programa de corte de custos. A situação é triste, mas é habitual no sistema capitalista. O que chocou, entretanto, foi o critério da escolha dos trabalhadores que ficariam sem emprego: só mulheres foram demitidas.

Não era uma questão de baixa produtividade ou uma estranha coincidência. O motivo da escolha foi claro. A explicação da empresa foi a seguinte: “Nós estamos dispensando as mulheres para que elas possam ficar em casa cuidando das crianças. Em todo caso, o que elas arrecadam é uma segunda fonte de renda”.

Infelizmente, essa não é um fato isolado. Há um debate agitado sobre a situação das mulheres italianas, que viveriam em um status abaixo das mulheres do resto da Europa, sofrendo preconceitos e ataques machistas. Não é preciso ir muito longe para entender a situação: o próprio primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, foi acusado de envolvimento com garotas menores de idade.

O pensamento sexista aparece no governo e na imprensa italiana que, não raramente, reafirma o pensamento de que é preferível que as mulheres sejam donas de casa. Caso elas trabalhem, seria apenas como uma complementação financeira, sem muita importância. A renda dupla é uma necessidade de muitos casais, mas vários homens não a reconhecem, ou preferem não assumir – da Europa a América, não excluindo o Brasil.

A exclusão existe e essa situação na Itália foi uma de suas expressões claras – é um lembrete da discriminação das mulheres, no emprego e nas outras esferas sociais. Qual sua opinião sobre isso?[Jezebel]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

34 Comentários

  1. Nao existe feminismo sem comunismo…
    Frase feminista, mas nao existe comunismo sem escravidao, comunismo e trabalho escravo…

    Existe um fato que ninguem pode negar: mulheres trabalhando, gera mais desigualdade social, um exemplo simples:
    Se existe 3 familias, e 3 vagas de emprego, daria pra uma pessoa de cada familia trabalhar, e as 3 familias teriam seu sustento, mas se numa familia o homem e a mulher trabalham, vai ocupar 2 das 3 vagas, restando apenas 1 vaga pras outras 2 familias, significa que uma delas ficara sem ter o que comer…
    Quando as mulheres passaram a trabalhar começaram a ocupar a vaga que poderia sustentar outra familia , 2 pessoas trabalhando na mesma familia, causa miseria a outros, entao pra isso nao acontecer, o antigo sistema onde so o homem trabalhava, seria a soluçao, mas se mulher quer tanto trabalhar, ela poderia sozinha sustentar a familia, o homem ficaria em casa lavando e passando, seria perfeito, se nao fosse um problema: a mulher nao gosta da ideia de sustentar o homem, ela quer que o hom a sustente, ela trabalha pra ter mais luxo, sapatos repetidos, tem mulher que chega a ter 300 pares de sapatos, o trabalho dela e apenas pra ter luxo e puro egoismo, enquanto ela trabalha pra ter luxinhos, uma familia esta morrendo de fome, pq ela ocupa uma vaga que poderia sustentar aquela familia… La no fundo o machismo esta certo, afinal quem fez o mundo foram os homems, agora as mulheres querem toma_lo pq tudo e automatizado e facil, nao tem como negar que a mulher trabalhando faz familias passar fome, matematica nao mente!

    So vou mudar de opniao quanto ver mulheres sustentado familias em vez de gastarem com moda e querer que o homem banque tudo.

    Afinal se a mulher e indenpedente, pq ela quer que os homens paguem tudo? Se chama parasitismo.

    Thumb up 1
  2. O pai também devia cuidar dos filhos eu sofro de carencia de pai pq ele nunca ligou pra mim o homem que tem tendencia a deixar o filho de lado eles não sabem separar a mulher sabe

    Thumb up 5
  3. Agora estou com vontade de bater no primeiro ministro e no dono da empresa!Fim ao machismo e viva a revolução feminista!

    Thumb up 10
  4. É UM ABSURDO PESSOAS AGIREM ASSIM. QUANTAS MULHERES ESTÃO SUSTENTANDO SEUS FILHOS SOZINHAS,POIS SEUS MARIDOS SIMPLESMENTE AS ABANDONARAM, OU FALECERAM………..
    MULHER É BEM MAIS ORGANIZADA EM TODOS OS SETORES DA VIDA.
    INTELIGENTES TAMBEM, TEMOS CIENTISTAS MULHERES, ÓTIMAS DOUTORAS, ENFIM,SOMOS TÃO CAPAZES QUQNTO OS HOMENS QUE AINDA PRECISAM DO CORPO FEMININO PARA NASCER,E RECEBEM OS PRIMEIROS ENSINAMENTOS DE VIDA DE MULHERES, MÃES,BABÁS,.SE FOSSEMOS TÃO INFERIORES ACREDITO QUE DEUS OS FARIAM NASCER DE ALGO MAIS SUPERIOR.NÃO ACHAM?

    Thumb up 10
  5. podem não aceitar ou não querer ver a verdade mas e um fato que grande parte dos problemas da sociedade e devido a falta da presença da mãe na vida dos filhos eu sei disso porque fui criado por babas e solto na rua não estou defendendo que as mulheres não trabalhem mas que não tenham filhos e trabalhem ao mesmo tempo tem que priorizar uma coisa de cada vez,as crianças são criadas sem valores familiares na base do presentinho e passeios nos fins de semana oq não e nem de longe o ideal

    Thumb up 5
    • Eu acho que a maioria dos problemas da sociedade é devido à falta de uma FAMÍLIA que possa educar moralmente o filho, dando-lhe a liberdade necessária e ensinando-o a distinguir certo e errado. É pena não teres tido uma mãe presente, mas a família não é só mãe. E ninguém vai exigir do pai que ele deixe de trabalhar para que fie em casa tomando conta dos filhos não é? Ah! E o facto que leva muitas mães a trabalhar é porque muitos homens são irresponsáveis e não aceitam ou cuidam de seus filhos. Então a culpa aqui não é do homem nem da mulher, é simplesmente do ser humano, independentemente do género.

      Thumb up 15
  6. Atitude condenável e que já deveria ter sido varrida da face da terra. Essa galera tá precisando de uma terapia de choque.

    Thumb up 10
  7. quanto mas mulher trabalhando mas homens desenpregados e vagabundados.e muitos roubando essa é a realidade

    acorda mundo vcs sao marionetes que meia duzia manipulam

    Thumb up 6
  8. Sheik, por acaso lembras-te do facto de as mulheres terem trabalhado mesmo em empregos de cariz masculino aquando a 2ª Guerra Mundial? Sem querer ser feminista,pelo que vejo nos locais de trabalho, as mulheres são mais activas e rigorosas que os homens nas suas funções laborais. Quem é geralmente o mais desleixado e preguiçoso num local de trabalho? Um homem ou uma mulher?

    Thumb up 13
  9. Revoltante! O pior de tudo e ver os comentários por aqui, não dá pra acreditar que ainda exista gente que pensa assim.
    E quanto a empresa, deveria estar mais interessada na qualidade do trabalho dos funcionários do que se preocupar com que eles devem ou não fazer enquanto estão no trabalho.

    Thumb up 15
  10. As mulheres só entraram no mercado de trabalho por causa da tecnologia e da facilidade de transporte, computadores, etc. Queria ver elas exigindo antigamente trabalharem em minas de carvão, ir pra guerra, trabalhar em obras, carregar peso, limpar locais inóspitos, desarmar bomba,etc. Não, elas só querem trabalhos em que a tecnologia facilite a vida delas e o salário gastar com roupas, salão de beleza, etc. Se ela é casada e o marido trabalha, é quase certeza, que o marido que paga todas contas, alimentação, escola do filho, etc. Claro, que existem mulheres que dividem as contas, mas não é a maioria. Só nisso elas querem que funcione como antigamente. Além de exigirem que seus parceiros ganhem mais, sejam mais altos e mais fortes que elas. Se o cara ganha menos que ela é humilhado mais que um que ganhe mais. No universo delas elas só querem os benefícios e as facilidades e nunca estão satisfeitas.

    Thumb up 9
    • Polo visto Sheik não tem muita sorte com as mulheres que arruma. Uma pena generalizar a experiência.

      Thumb up 19
    • Uau!!!!UAU!!!! Olha, eu vivo num país que é considerado machista e “atrasado” em relação ao teu, mas digo-te uma coisa tu és ainda mais “atrasado” que o meu país. Sinceramente!!!! Então tu não entendes o sentido de equidade de géneros? Acho que até tu já deves ter percebido a diferença física e psicológica entre o homem e a mulher e já viste que alguns trabalhos são mais efectuados por homens que por mulheres e vice-versa , não é? É burrice pura oque est´s a dizer visto que hoje em dia não exista trabalho/ emprego que não tenha ou possa ter mulheres como empregadas. A beleza da emancipação é que eu não tenho de fazer td o que o homem faz, mas se eu quisese eu poderia. Vai estudar um pouco. tá?

      Thumb up 6
    • Na verdade existem muitas mulheres que trabalham em locais inóspito ou que exijam bastante esforço, por causa da necessidade lógico, quem disse que os homens que trabalham nisso também não optariam em fazer algo mais “confortável”. A questão é que nas classes sociais em que as pessoas ainda têm a necessidade de fazer esse tipo de trabalho, pelo menos aqui no brasil, as famílias tem mais filhos e ninguem tem condições de contratar babá, então a mulher (que não quer largar as crianças sozinhas) fica cuidando da casa, ou exercendo algum trabalho que ela possa fazer de casa e os maridos enfrentes esses tipos de trabalho que você mencionou. Homem rico não fica nem a pau na mina de carvão, vai ficar sentadão na cadeira do escritório, da mesma forma que as mulheres.
      E outra coisa, existem trabalhos que exigem determinadas caracteristicas físicas que não contratam mulheres, como algumas áreas da carreira militar. Então elas não estão lá porque estão ocupadas gastando o salario dos maridos, é por outras razões.

      Thumb up 5
    • “elas só querem trabalhos em que a tecnologia facilite a vida delas”.
      No caso dos trabalhos que você disse que os homens fazem (minas de carvão, trabalhar em obras, carregar peso, limpar locais inóspitos…) são todos de pessoas com empregos de “menor renda”, então comparando a um trabalho feminino deste tipo que também tinha nessa epoca: você pensa que não é dureza ser empregada doméstica ou faxineira e limpar privada suja dos outros? Varrer por longo tempo ou esfregar chão você acha que não cansa ou não força o braço?

      Thumb up 4
  11. Sinceramente? Como mulher, eu acho bem mais consciente demitir funcionarios (homens ou mulher, tanto faz) que fazem parte da renda complementar de uma casa do que um pai de familia que sustenta a familia inteira.

    É bem pior um pai de familia perder o emprego, do que uma mulher que trabalha apenas por independencia financeira.

    MAS NAO ESTOU DIZENDO QUE A EMPRESA ESTÁ CERTA. Só acho que, se fosse pra escolher entre um pai de familia, que é responsavel pela renda da casa e uma mulher que trabalha para complementar essa renda, eu demitiria a mulher. Ou em todo caso, eu preferiria ser demitida do que deixar uma familia sem renda, ja que no meu caso, trabalho para mim mesma.
    Mas nao estou falando de generos e sim pessoas. Se invertesse a situação, e a mulher que fosse a maior fonte de renda da casa e nao o homem, entao demitiria o homem.

    Querendo ou nao. Sendo certo ou nao – a empresa teve uma boa intenção, que é não desestruturar a renda familiar de muitas pessoas, porém hoje em dia tudo é preconceito e agora isso vai dar o que falar.

    A idéia foi boa, mas o que eles falaram de “cuidar de seus filhos” nao diz respeito a empresa se importar com isso. Se eles tivessem falado “demitimos pessoas que nao vao influenciar diretamente ou grandemente na renda familiar” teria sido melhor. Iria dar polemica do mesmo jeito, mas acho que seria o certo a fazer/divulgar.

    Thumb up 10
    • Acontece que não devem ter usado o critério de renda complementar para fazer o corte. Eles imputaram que mulher só trabalha na condição de renda complementar. Quer dizer que na Itália não têm mães solteiras? Ou todos os homens da tal empresa eram chefes de família?

      Quando um fato desses acontece num país de cultura machista, onde uma empresa se sente acobertada para desrespeitar a mulher, pode ter certeza que não teve boa intenção, nem preocupação com a vida familiar. É puro sexismo.

      Thumb up 16
    • Por isso mesmo que falei “Mas nao estou falando de generos e sim pessoas. Se invertesse a situação, e a mulher que fosse a maior fonte de renda da casa e nao o homem, entao demitiria o homem.”

      E se vc tivesse lido até o final, teria entendido a minha posição. Nao disse que a empresa está certa, mas que EU prefiriria demitir uma pessoa com renda complementar do que uma que é chefe de familia.

      Quando vc diz “Acontece que não devem ter usado o critério de renda complementar para fazer o corte”, eu entendo que pra vc, dane-se o funcionario e a vida dele fora da empresa, e que a empresa so deve se preocupar com o que é bom pra ela. Desculpa, mas sao pensamentos como esse que vc expos que faz o mundo capitalista de hj. Pessoas sao demitidas aos porres pq as empresas nao estao nem ai se os seus ex-funcionarios vao ter o que comer amanha.

      Nao disse que a empresa está certa de demitir apenas mulheres, mas eu acho mais “politicamente” correto demitir uma pessoa com renda complementar do que uma que precisa cuidar da familia inteira.

      Thumb up 3
    • Aline, li seu texto até o final e entendi sua posição. Não estava criticando seu ponto de vista. Estava criticando a empresa, que é falso-moralismo dela dizer que demite para que a mulher cuide da família como se a empresa tivesse alguma preocupação com a família dos funcionários.

      O que eu disse, não é o que eu acredito ser o certo, é o que eu acredito que a empresa faz, como eu disse, eu estava criticando a visão da empresa, não a sua. Se vc ler com calma meu comentário,verá que estou contra o posicionamento da empresa.

      Thumb up 5
    • :) sem problemas!

      Thumb up 1
  12. Discriminação manifesta ou não e exclusão são manifestações da FALTA DE RESPEITO. Cenas de pessoas exigindo respeito ou revoltadas com a falta de respeito deixam isso óbvio. O ideal seria que o respeito fosse espontâneo. Qd não é assim, o respeito não é um valor, nem um princípio de ética, mas apenas um instrumento.

    Thumb up 3
  13. não é uma questão de machismo ou ser machista, mas é uma questão de lógica. Desde o inicío dos tempos as mulheres é que cuidão da casa,quando entraram no mercado de trabalho creceu o dezemprego,(isso é fato) por isso é o lógico e não machismo da parte da empresa.

    Thumb up 2
    • Não temos culpa se você parou no tempo então.
      Pare de dizer tolices.

      Thumb up 18
    • Que bonito !! òtimo exemplo. As mulheres precisam cudar melhor de suas casas.

      Thumb up 1
    • Voce deve ser algum crente que acredita que a mulher deve ser submissa e obediente.
      Retardado mental, voce merece ser corno!

      Thumb up 17
    • Cresceu o desemprego porque aumentou a concorrência, a mulher demonstrou todo o seu potencial e demostrou ser intelectualmente idêntica ao homem.
      E isso da fonte de renda, duvido que todas as mulheres daquela empresa ganhassem menos do que todos os homens, afinal agora o pagamento é pela competência e não pelo género, e existem muitas mulheres que são mais competentes do que os homens, claro que o contrário também acontece. Mas não acho que um caso aconteça mais do que o outro, como eu disse antes, depende tudo é do ser humano que eu sou, e não do facto de eu ser homem ou mulher.

      Thumb up 3
  14. ate parece que eu ia qrer virar dona de casa e depender do marido…a escolha de trabalhar eh pela independencia financeira e ate emocional..e naooo pra complementar a rendaa!!
    italianos fdp..hauahauah

    Thumb up 20
    • É uma boa filosofia.

      Thumb up 11
    • Acho muito legal quando isso acontece, as coisas de sempre e os tais “hábitos culturais” as vezes enchem o saco. Variar é bom, ainda mais quando funciona.
      Existem muitos pais (homens) que tem coisas interessantes para passar para os filhos ou atividades legais pra fazer e que não conseguem por causa do trabalho.
      Ainda mais se no seu caso você tem um filho menino. Pode ser importante para ele (depois da fase inicial da infancia onde a criança ainda precisa mais da mãe) ficar com o pai, por ambos serem homens e terem interesses em comum para compartilhar e coisas legais para fazerem juntos que as vezes algumas mães não fazem ou não gostam de fazere faz falta para meninos.

      Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
ps4
PS4 terá controle com o mesmo estilo do Kinect!

O que mais podemos e...

Fechar