Doença rara: sexo pode causar amnésia temporária

Publicado em 17.10.2011

Para alguns, o sexo é algo esquecível. Mas algumas vezes, é o sexo que acaba com a memória das pessoas. É o caso de uma mulher de 54 anos de idade que apareceu no hospital da Universidade de Georgetown, incapaz de se lembrar das suas últimas 24 horas. Ela se lembrava de uma única coisa: sua amnésia tinha começado logo após fazer sexo com seu marido apenas uma hora antes.

A mulher estava passando por uma amnésia global transitória, uma condição rara em que a memória desaparece temporariamente. Esse problema de memória dura apenas algumas horas e não causa efeitos colaterais, afetando apenas cerca de três a cinco pessoas a cada 100 mil por ano. O que mais intriga os médicos é o fato que ninguém saber direito como a amnésia surge.

Sexo pode desencadear amnésia global transitória, assim como outras atividades físicas intensas. Pessoas na faixa dos 50 e 60 anos são mais propensas a apresentar o problema. Estranhamente, a maioria das pessoas com amnésia global transitória só perde a memória temporariamente uma vez. Na maioria dos casos, as pessoas têm dificuldade em formar novas memórias.

Ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas não costumam mostrar nada de anormal ou danos nos cérebros das pessoas afetas. No caso da mulher de 54 anos do hospital da Universidade de Georgetown, assim que ela saiu da sala de emergência, quase todos seus sintomas já tinham desaparecido.

A melhor explicação que os pesquisadores têm para essa amnésia desencadeada depois do sexo é que ela não começa no cérebro, mas no pescoço. Um estudo publicado no ano passado acompanhou 142 pacientes que tiveram um episódio de amnésia global transitória e descobriu que 80% deles tinham insuficiência das válvulas na veia jugular.

Essa veia, que corre pelo pescoço, leva o sangue da parte de trás do cérebro para o coração. Se as válvulas não se fecham suficientemente, o sangue pode voltar para a cabeça.

Seja lá qual for a causa, a amnésia global transitória pode ser perturbadora. Em um caso relatado em 1964, um homem perdeu a memória no momento em que teve um orgasmo, e disse: “Onde eu estou? O que aconteceu?”.

Pessoas com amnésia global transitória geralmente correm para o hospital com grande aflição – uma coisa positiva, já que a perda de memória repentina também pode anunciar um acidente vascular cerebral (derrame) ou outros sérios problemas neurológicos. Para médicos e pacientes, o mais importante é um diagnóstico rápido, que pode ser facilitado com o exame das veias. [MSN]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

15 Comentários

  1. Faltou esclarecer um dado que confirma o que escreveu: nessa data eu tinha 60 anos (hoje tenho 65 e fui pai há 1 mês!).

    Thumb up 1
  2. Finalmente sei o que aconteceu comigo em 1/5/2007! Tive um orgasmo cerca das 9h da manhã e cerca das 9h30m comecei a sintir-me confuso, com perca de noção do espaço e do tempo. Tive uma AGT (amnésia global temporária) que durou até cerca das 16h30m. Durante esse tempo eu agia como base na memória anterior (conhecia as pessoas, os meus gostos, os meus hábitos, etc) mas não guardava em memória o que ia acontecendo. Também fui levado para o hospital, fiz TAC e ressonância, fui visto por vários neurologistas e nada se descobriu. Até agora! Obrigado Stephanie!

    Thumb up 0
  3. Márcia
    Tenho certeza que não foi um mixto de bloqueio que voce tinha, por conta da sua educação repressora e sim pela intensidade do seu orgasmo. A intensidade do orgasmo é que leva a isto. Talvez sim pelo fato de ter um desejo acumulado por muito tempo. É uma pena que não me lembro desta intensidade só sei pelo relato da parceira. Já vi falar que isto é mais comum em mulheres ou femea de animais já que na natureza o macho se encarrega de defender a fêmea de ser caçada até sua recuperação. O mais interessante no meu caso, é que eu mantinha relações constantes com esta companheira. O fenômeno continua sem explicação.

    Thumb up 0
  4. Pois é …até hj eu ñ me lembro do que aconteceu exatamente, durante a transa, só vim a saber por conta do relato do meu parceiro. O que realmente me ajudou a entender e aceitar foi a terapia. Agora entendo que foi um misto de bloqueio que eu tinha, por conta da minha edução repressora e tb pela intensi dade do meu orgasmo.

    Thumb up 1
  5. Marcia
    Eu o anonimo abaixo, tambem sofreu um problema deste tipo. Analize e veja se foi igual ao seu. As informações que tive do que aconteceu, esqueci tudo e até agora não me lembro de nada. O que sei me foi passado pela companheira e pelo que parece foi normal. Só que no final do ato eu apaguei.

    Thumb up 0
  6. ACREDITEM: ACONTECEU COMIGO HÁ 6 ANOS ATRÁS, QUANDO FUI ORIENTADA SABIAMENTE POR MEU NEUROLOGISTA A PROCURAR UM PSICOTERAPEUTA;
    HOJE EU SEI E ENTENDO PORQUE TIVE MEU PRIMEIRO ORGASMO SÓ AOS 51 ANOS DE IDADE.
    TIVE UMA EDUCAÇÃO MT REPERESSORA E AINDA PRA AGRAVAR MEU QUADRO, CASEI SEM TER NENHUMA EXPERIENCIA SEXUAL E MEU EX MARIDO TINHA TENDENCIAS BISSEXUAIS.
    HOJE SEI Q TENHO UM ORGASMO MT INTENSO E AINDA POR ALGUMAS VEZES PERCO A MEMORIA POR PERIODOS CURTOS.
    HOJE ME PERMITO SER MULHER … SÓ HJ ESTOU ME CONHECENDO NA INTIMIDADE.

    Thumb up 1
  7. É vou morrer e acho que não vou ver tudo…..
    o cara transou e não se lembra de nada,
    isso parece coisa de mulher que não sabe quem é o pai do filho dela..!!

    Thumb up 4
  8. Uma solução para quem vive cheio de problemas: FAÇA SEXO PARA ESQUECÊ-LOS.
    O difícil é se encaixar na estatísitca apresentada.

    Thumb up 3
  9. Isto já aconteceu comigo. Eu tinha aproximadamente esta idade. Só me lembro o que aconteceu horas depois. O que aconteceu no momento e logo após, ficou apagado do meu cérebro até hoje. A minha companheira é que me falou o que aconteceu. Foi uma sensação horrivel.

    Thumb up 0
    • Você não fumou uma pamonha sòzinho, não?

      Thumb up 2

Envie um comentário