El Diablo: cozinhando na boca de um vulcão ativo

Publicado em 14.02.2012

Fã de natureza? Então temos uma dica: o que poderia ser mais natural do que comer um churrasco feito em um vulcão?

Apesar de soar como uma maluquice, saúde e segurança não são preocupações nesse restaurante. Conhecer o El Diablo é uma boa pedida, porque ele possui chefs que cozinham alimentos no calor produzido por um vulcão ativo.

Localizado em uma ilha espanhola chamada Lanzarote, a noroeste de Marrocos, El Diablo é um restaurante único com acesso a seu próprio vulcão.

Claro, não é uma montanha vomitadora de lava, porque se esse fosse esse o caso, não haveria como comer nada lá, a não ser lava. O vulcão em questão é mais parecido com um buraco no chão, através do qual o calor vulcânico irrompe das profundezas da Terra.

Antes da existência de um restaurante ali, os visitantes da área vulcânica eram servidos com um prato de sardinha e vinho.

No entanto, em 1970, Cesar Manrique decidiu criar um restaurante formal na área. Assim, com a ajuda dos arquitetos Eduardo Caceres e Jesus Soto, uma grelha gigante foi construída para fazer uso do imenso calor abaixo da superfície da Terra.

A construção, é claro, não foi fácil. Todo o calor que emanava fez com que trincheiras de escavação para a fundação fossem impossíveis. Então, eles puseram nove camadas de rocha de basalto a fim de fornecer uma base para a estrutura.

E é assim que El Diablo nasceu. A grade é usada para preparar vários pratos de carne e peixe que são servidos no restaurante.

Comida tradicional das Canárias agora é servida no El Diablo, mas a comida é apenas uma das atrações que o lugar oferece.
Muitas pessoas fazem questão de visitar o vulcão restaurante por causa dos arredores deslumbrantes. A paisagem da ilha, apesar de estéril, é incrível. A melhor época para visitá-la é durante o pôr do sol, quando as luzes desaparecendo criam efeitos espetaculares sobre as areias dos vulcões.

O tour Volcan Grill é operado na área toda terça-feira, das 18h00 às 21h30. Por 50 euros (cerca de 115 reais), você pode desfrutar da paisagem, uma refeição de três pratos e transporte de ida e volta para seu hotel.[OddityCentral]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Natasha Romanzoti

é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

6 Comentários

  1. Fico imaginando quando um pedaço de carne desses cai no buraco…

    Alguém se atreveria à ir recuperar a comida ?

  2. existe lugares ainda(principalmente na áfrica) que em rituais é de costume sacrificar pessoas jogando-as no vulcão
    Bizarro
    eles fazem isso pensando que isso vai dar uma vida melhor para seus familiares na vida.

  3. Eu achava que só o Pequeno Príncipe cozinha no buraco de vulcão. Me deu vontade de experimentar essa comida.

  4. Meu pai contou que lá no Japão tem um vulcão ativo mas com baixo risco de erupção em Owakudani, tem aguás muito quentes e com enxofre, mas o pessoal cozinha ovos nessas águas, o Kuro Tamago (Ovo Preto). Muito legais essas idéias, economiza gás de cozinha… =D

Envie um comentário