Elementos tóxicos são comuns em brinquedos infantis

Publicado em 9.12.2008

bebe brinquedo

Agora você precisa ter muito mais cuidado ao comprar presente de Natal para as crianças este ano, pois uma organização encontrou elementos tóxicos como chumbo, mercúrio e cloreto de polinivil (PVC) em uma grande parcela dos brinquedos vendidos.

O site estadunidense Healthy Toys permite que os consumidores pesquisem em uma base de dados com mais de 1.500 brinquedos que foram testados com um analisador de fluorescência de raios X para descobrir o que há na superfície, ou próximo da superfície dos brinquedos.

Neste ano apenas o chumbo já foi encontrado em 20% de todos os brinquedos testados. Muitos deles eram fabricados na China e outros nos EUA.

Segundo o Professor Mustafá Ali Kanso, engenheiro químico pela Universidade Federal do Paraná, o chumbo e o mercúrio provocam danos no sistema nervoso central, problemas motores, dificuldades de aprendizado, equilíbrio, etc. em adultos. Em crianças a preocupação deve ser ainda maior, pois seu cérebro está em desenvolvimento.

Apesar do chumbo ser o tóxico mais comum detectado, 289 brinquedos (19,3%) mostraram traços de arsênico e 62 (4%) de mercúrio.

Em geral, mais de seis a cada 10 brinquedos mostraram algum nível destes materiais tóxicos.

Quando perguntamos para o professor Mustafá, que não tem relação com a Helthy Toys, se lavar os brinquedos poderia ajudar a evitar qualquer tipo de contaminação ele afirmou que “Lavar é sempre bom por causa da contaminação por bactérias”. Como os brinquedos geralmente são manipulados por muitas pessoas no ponto de venda, a lavagem é importante.

Mas a lavagem não ajudaria contra a contaminação química feita com elementos tóxicos. Estes elementos químicos tóxicos estariam integrados à superfície do brinquedo que, em níveis moderados, não devem preocupar.

Mas já ocorreu, no ano passado, o recolhimento de brinquedos nas prateleiras das lojas brasileiras, pois a sua superfície era pintada com tinta que continha chumbo. Segundo o professor, o ideal é sempre comprar brinquedos com selo adequado à idade da criança, que contenham certificação no Inmetro, de marcas idôneas e que não sejam excessivamente baratos. “Sempre desconfie do brinquedo muito barato, pois ele pode ser fabricado sem responsabilidade social e com trabalho escravo.”

O governo dos EUA fará o recolhimento, naquele país, dos brinquedos que mostraram quantidades alarmantes dos produtos químicos. [Healthy Toys, Live Science]

Autor: Eduardo Martins

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

2 Comentários

  1. Se o cloreto de polinivil (PVC) é tóxico, estamos todos envenenados. Esse produto está presente no tubo condutor de água, no assento do nosso vaso sanitário, nos potes em que guardamos alimentos, etc.

    Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
axilas-sovaco-t
Novo desodorante inibe crescimento dos pelos nas axilas

A Unilever criou o p...

Fechar