Estudantes de faculdade aprendem pouco

Publicado em 25.01.2011

Segundo um novo estudo, apesar de cada vez mais as pessoas terem acesso ao ensino superior, elas não aprendem muito nos anos acadêmicos.

No fim do ano de calouro, por exemplo, 45% dos estudantes não mostram nenhuma melhora em sua capacidade de pensamento crítico, sua habilidade de escrita ou sua capacidade argumentativa.

Essa é apenas uma das várias descobertas dos sociólogos Richard Arum e Jospia Roksa – da Universidade de Nova York e da Virgínia, respectivamente.

Os estudantes também não apresentam melhora nos últimos dois anos de faculdade. Depois de quatro anos, 36% não tiveram nenhuma melhora acadêmica significativa.

Segundo os autores, o problema é que os alunos procuram por cursos mais fáceis e não estudam e as faculdades estão valorizando mais a pesquisa do que o ensino.

Estudantes que escolhiam cursos tradicionais na área de arte ou ciência eram os que mais apresentavam novos conhecimentos no fim do curso. [LiveScience]

Autor: Luciana Galastri

é jornalista. Viciada em livros, lê desde publicações sobre física a romances de menininha do estilo "Crepúsculo". Toca piano desde os oito anos de idade e seu estilo de música preferido é o metal.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

31 Comentários

  1. E novamente aqui estamos nós fazendo juizo de valores?

    Qual o problema de não aprender nada?

    Faculdade em si, de certo modo, já dá um DIPLOMA. Um “Título”. É um portador de status, de PODER.

    Ninguem entra na Faculdade para perder status, perder poder, perder títulos. É justamente tal que o torna mais ‘visto’ pelo mercado, que o abre mais oportunidades no ‘mundo dos negócios’, da ‘sobrevivencia’. Quem o pode ($$$) literalmente compra o diploma, o status, sem precisar passar pela tribulação.
    É tudo uma grande PROPAGANDA.

    Por outro lado, temos nas Universidades professores que se acham melhores do que os alunos, mais sábios e inteligentes do que os ‘alunos que não vao bem na sua prova’… e muitas vezes, estes também não estão preocupados em transmitir, em criar uma capacidade critica e conhecimento no aluno, ou de ensinar no sentido de exercer um meio que procure romper a ignorancia e faça o aluno apreender. Mas estão apenas REPRODUZINDO o que sabem, ou o que os livros dizem… muitas aulas na Universidade, não passa da leitura de um livro academico, no qual o intelocutor é o professor.

    Quem vai para a Faculdade com propositos filosoficos, platonicos ao invés de sofistas… em busca de conhecimento, aprender, um mundo melhor, etc, ao invés de status, titulos e poder… ???

    Isso é uma questão que vai muito além da Universidade.

    Thumb up 3
  2. Tenho 33 anos de magistério. Hoje os alunos estão atrás de diplomas.
    Comecei como professor quando tinha 120 000 alunos. Hoje tem mihões. Não querem saber e fazer. Pensam que com diplomas vão sobreviver……é isso mesmo , apenas sobreviver !

    Thumb up 9
  3. Muitos falam que o jovem de hoje isso, o jovem de ontem aquilo etc.. Mas quem criou o jovem de hoje foi o jovem de ontem.

    Thumb up 33
    • Como faz pra ensinar alguém a não ter preguiça de pensar ?

      Thumb up 2
  4. ler Machado de Assis sobre os “doutores”, só que hoje diploma perdeu o valor. 33 anos de universidade e consultor empresarial, quando faço entrevista de candidatos, primeiro converso, olho os diplomas e, por fim, pergunto :” o que sabe fazer? existe uma diferença entre ter conhecimentos (na melhor das hipotéses) e SABER !

    Thumb up 6
  5. O problema de tudo resume-se na falta de estudo. É de importância fundamental estudar no mesmo dia das aulas assistidas, para que o cérebro faça o registro do que foi estudado, no momento do sono. Como isso não é feito, o resultado é o visto.

    Thumb up 5
  6. de certa forma em quase todo o mundo as pessoas são manipuladas, e a melhor forma de manipular uma massa é manipular o seu nivel de consciencia, se limitamos o conhecimento, se ensinamos as pessoas aceitarem as coisas como são, mesmo que elas estando erradas como teremos uma revolução a nivel da humanidade? a verdade é que o individualismo e o egocentrismo é uma caracteristica maldita do ser humano. quase todos humanos nascem egoistas e chorões… sempre fazendo guerra por motivos futeis, sempre dividindo facções quando era para sermos unidos. o ensino e as tendencias consumistas de hoje nada mais são que a melhor distração já criada para a humanidade…. enquanto divagamos em nossa ambição o mundo muda e o tempo passa.
    quantos pais sacrificam seu dia de folga para ganhar mais achando que dinheiro é melhor que um pouco de interação social com a propria familia?
    quantos estudantes estudam o que amam ao inves de apenas dinheiro?

    Thumb up 11
  7. Foi dito “Segundo um novo estudo, apesar de cada vez mais as pessoas terem acesso ao ensino superior, elas não aprendem muito nos anos acadêmicos.
    No fim do ano de calouro, por exemplo, 45% dos estudantes não mostram nenhuma melhora em sua capacidade de pensamento crítico, sua habilidade de escrita ou sua capacidade argumentativa.
    Essa é apenas uma das várias descobertas dos sociólogos Richard Arum e Jospia Roksa – da Universidade de Nova York e da Virgínia, respectivamente.
    Os estudantes também não apresentam melhora nos últimos dois anos de faculdade. Depois de quatro anos, 36% não tiveram nenhuma melhora acadêmica significativa”.
    Neste artigo vemos o diploma de incompetência da maioria das instituições de ensino fundamental, médio, e superior, aqui no Brasil, infelizmente e em alguns países do mundo. Eu digo isso pela porcentagem que é bem expressiva, se fosse 1% até 10% eu entenderia que o problema seriam os alunos, mas este número? Só mostra que o método de ensino usado nestas instituições de ensino não funciona, porque se assim o fossem nós teríamos outra realidade. E por outro lado não existe muito interesse da classe dominante em que as pessoas desenvolvam sua capacidade de raciocinar, expressar seu pensamento critico porque essas pessoas são livres, em outras palavras eles precisam de pessoas ignorantes, pois elas são mais fáceis de dominar; quanto mais ignorante mais fácil de dominar. E não é este o pensamento da classe dominante especialmente aqui no Brasil?As instituições de ensino pertencem a quem? Ao proletariado ou as classe dominante? Isso só vai mudar quando tivermos verdadeiro lideres que pensa grande, e tem uma mente aberta, assim eles verão que quanto mais educação mais desenvolvida é a nação porque um povo educado produz muito mais.

    Thumb up 6
  8. O que realmente importa é o diploma, a qualquer preço… não precisa conhecimento… só o diploma.

    Thumb up 6
  9. “Segundo um novo estudo, apesar de cada vez mais as pessoas terem acesso ao ensino superior, elas não aprendem muito nos anos acadêmicos.

    No fim do ano de calouro, por exemplo, 45% dos estudantes não mostram nenhuma melhora em sua capacidade de pensamento crítico, sua habilidade de escrita ou sua capacidade argumentativa.”

    e desde quando alguma escola tem na grade de ensino materias sobre pensamento critico, melhora de vocabulario e cmpreensão linguistica, e tambem aconsciencia para qualidade argumentativa? horas a escola publica por exemplo, apenas te prepara no nivel basico. não somos ensinados a ser pessoas melhores, a ser questionadores, a ser revolucionarios, a ser lutadores, somo condicionados a ser ovelhas, a ser medianos, a ser o que nosso pais querem para nós e principalmente a maior pressão social é sobre o seu status profissional e seu salario. quantas pessoas mesquinhas e de temperamento nojento são admirados apenas por sua conta bancaria ou por seu alto cargo numa empresa? porque as pessoas estudam? para desenvolver sua inteligencia ou para seguir os moldes padroniuzados de uma sociedade capitalista e opressora?

    por exemplo quantos aprenderam inglês porque acham a lingua bonita ou expressiva? acho que quase ninguem, as pessoas aprendem ingles porque o mercado pede, porque sem noções de ingles não há grandes chances de trabalho, e sem trabalho não há dinheiro ou status…

    o estudo em universidades e faculdades segue esta logica, eles sabem que não estão ali para formar pessoas melhores, o proposito deles é apenas dar conhecimento sobre a profissão, e a maioria apenas escolhe as profissões do “papai ou da mamãe” porque é mais facil ser dentista quando sua mãe tem um consultorio, ou um advogado quando o pai tem um escritorio de advocacia.pois já está enraizado na segurança de que se seguir o caminho dos pais será bem sucedido financeiramente.
    porém onde fica a evolução moral e filosofica do homem?
    será que ele consegue tempo para se dedicar a algo mais que proposito materialistas e egocentricos?

    Thumb up 10
  10. COncordo com BiiaCX.
    O que acontece muito é que os jovens vivem dizendo que sabem o que querem, mas a maioria deseja aquilo que se espera que eles queiram, com influencia dos pais pricipalmente…Daí vem o desinteresse nas aulas “chatas” de Física avançada.

    Outro motivo de desisteresse vem do distanciamento do conteudo com a pratica daquilo que se estuda.

    Thumb up 9
  11. O problema é que o cérebro, apesar de ser muito desenvolvido, não faz maravilhas. As faculdades – e até mesmo escolas – tentam fazer um aluno aprender Física avançada em 1 semana (tendo aulas 2 vezes nessa semana com duração de 45 minutos) para na semana seguinte haver uma prova com esse conteúdo.

    Aí o quê acontece? O estudante decora tudo, para “vomitar palavras” na prova, tirar uma nota razoável só para passar de ano, e no final não aprender nada realmente. É a decoração versus a aprendizagem.

    É sempre bom ter intelecto, curiosidade, saber das coisas… Mas sobrecarregar os alunos com muito conteúdo para pouquíssimo tempo acaba sendo tortura mental, causa desinteresse (porque tenho certeza que 95% acha que não vai conseguir aprender a tempo, então nem sequer tenta), fazendo os estudantes desistirem aos poucos.

    Acho que todo mundo, sem exceção, tem curiosidade em geral por conhecimento. Se você quer ser um Físico, no fundo tem uma curiosidade por história, psicologia… E quer ser um psicólogo? Aposto que eles também não se importariam de saber sobre efeitos físicos, mesmo sendo essa a área que não estudarão. Somos questionadores natos.

    A sociedade hoje em dia está mal formada, parece que o ser humano se centra em conseguir sucesso, dinheiro, e poucos são os que fazem o que realmente amam. Mas a sociedade evolue moralmente, com certeza… e algum dia isso tudo se endireitará. =)

    Thumb up 47
  12. Provavelmente foi um desses alunos de faculdade que criou esses anuncios que ficam tapando o texto e provocando raiva contra os produtos que pretendem popularizar.

    Thumb up 2
  13. Tive uma breve percepção disto quando tranquei por um semestre minha faculdade de eng. mecânica, percebi que a faculdade me ocupava muito tempo com projetos de curtíssimos prazos, e sempre imaginei que projetos de longo prazos são muito melhores aproveitados. No meu semestre parado consegui aproveitar muito mais meu raciocínio do que no tempo de faculdade, aproveitei pra fazer pesquisas de astronomia e desenvolver minha musicalidade, são duas áreas que eu amo, e que desde quando comecei a faculdade estavam estagnadas.

    Thumb up 3
  14. Hj em dia há áreas em q não há necessidade de ter faculdade… por exemplo, nas artes gráficas e informática… fazendo um cusrso técnico de dois anos dá pra aprender bastante coisa…
    Mas o q importa de verdade não é o q vc aprende, ou aprenderia, numa instiuição de ensino, mas sim o que vc será capaz de fazer na prática… pois, muito do q vc vê na faculdade dificilmente será tal qual na prática…

    Thumb up 6
  15. Mark Zuckerberg, Bill Gates, Steve Jobs, Michael Dell nenhum concluiu a facildade.

    Será que realmente quem estuda não tem tempo de ganhar dinheiro?

    Thumb up 2
  16. Como professor não dou valor a folha de chamada. As provas são com consulta e meu objetivo principal é desenvolver o raciocinio e trabalhos de grupo.
    40 anos atrás os estudantes eram muito mais interessados que hoje. Estudantes do interior ainda aproveitam muito mais que os das capitais. Sem errar muito, não passa de 5 % os estudantes que realmente aproveitam a faculdade e nem sempre são esses que “vencem” na vida (alias o que significa vencer na vida ??).

    Thumb up 32
  17. Noto isso desde que ingressei na engenharia mecânica, onde na universidade em que estudo, cerca de 2 em cada 100 alunos formados, realmente aproveitaram aproximadamente 75% do curso, o que os tornam exeções no meio acadêmico. Os demais, formaram-se profisionais medíocres. Isso deve-se ao fato culturalmente imposto pelos professores do ensino básico e fundamental, que os ensinam a estudar para exames com objetivo de aprovação de uma etapa ou para um cargo.
    Acredito que o incetivo ao estudo parte de fato dos mestres, eles devem guiar os alunos.
    O estudo é a técnica aplicada à descoberta, e todo ser humano nasce curioso.

    Thumb up 31
  18. aFF, eu vo começa a faculdade dia 9 de fevereiro, e sabe, eu vo entra pra aprende Design gráfico e não “capacidade de pensamento crítico”, isso eu já tenho e não é essa a função da faculdade. Ela tem que ensinar o que ela propôs a ensinar, ou seja, Design gráfico!1!!
    Essa tal capacidade de pensamento crítico não tem nada a ve com faculdade, eu sempre fui crítico e com o tempo fui ficando cada vez mais, isso faz com que eu questione e mude o que uma pessoa alienada não faz, mas quando uma pessoa não tem senso crítico ela não questiona, e dificilmente muda, ou seja burro e alienado…Faculdade não tem que cuidar de burros e como no caso da que eu vo me matrícula ela não vai ficar falando: “Pare de assistir pânico na tv” que lá só tem lixo, ela vai me ensinar Design gráfico e ponto!
    Obs: eu vo cursa na UNIP, o U da sigla significa Universidade (que é diferente de faculdade, mas todos se referem a ela como faculdade então eu fiz o textinho ai encima usando o termo faculdade…

    Thumb up 1
  19. a questão é a quantidade e o tempo e não a qualidade, a pressão de ganhar dinheiro e em maior velocidade empurra as pessoas a fazer apenas para ganhar dihneiro, quantos querem revolucionar a mecanica ou a engenharia, ou a elétrica ou a medicina com questionamentos e pesquisa proprias? apeszar de estarmos na era da evolução digital com milhares de informações disponiveis tudo que temos são jovens alienados com o bbb ou com a praia e a balada do fim de semana. o ser humano em 2000 não mudou muito, a capacidade cerebral é a mesma, a diferença está apenas nos veiculos de transmissão de informaçoes e de locomação, em natureza temos o mesmo cerebro que 2000 anos atras. estamos evoluindo, mas muito lentamente pois não precisamos mais nos adpatar ao ambiente, somos nós que adptamos o ambiente com ar condicionado, não temos mais que fazer longas viagens de meses a cavalo, podemos resolver em horas com avião…. no fim não aprendemos mais que nosso antepassados pois nosso qi não está evoluindo para acompanhar estas tecnologias e informações

    Thumb up 10
  20. A maioria dos alunos de universidades particulares não assistem aula. Não reprovam por falta porque entram na sala só na hora da chamada e assim a vida continua.

    Thumb up 9
    • em favor da minoria, penso que nas faculdades particulares há alunos que demostram interesses por respeito ao seu próprio salário, visto que são os assalariados que ocupam a maior parte das matrículas e os que não trabalham estão nas universidades públicas usufruindo do que deveria ser de direito de todos ou da maioria pelo menos. Concordo que há muitos alunos desinteressados e que saem da universidade sem muito a oferecer, mas será que o problema está no aluno??? ou será que o ensino está desmotivador???
      Em quanto aluna universitária, percebi que há muitos professores que não tem didática e muito menos conhecimento suficiente para passar aos alunos. Também observei que a própria universidade não fornece condições para que o aluno possa desenvolver suas atividades acadêmicas.
      Então onde realmente está o problema? Creio que se encontra na própria instituição, pois se a maioria saem despreparado é porque o problema está na preparação precária que o sistema fornece.

      Thumb up 3
  21. 6 negativando o Meldelz, antes disso vão fazer engenharia, fazer conta direto por 2 anos é fácil por acaso?

    Thumb up 7
  22. Que novidade …

    A “preocupação” é a quantidade, e não a qualidade dos cursos superiores, seja para extorquir dinheiro através de mensalidades hediondas, seja para abafar a pressão social por criação de cursos gratuitos.

    Junta-se a isso o fato das pessoas estudarem apenas tendo em vista um diploma que lhes assegurará melhor salário, nunca por amor ao conhecimento.

    Em suma, tem-se um manancial de profissionais pessimamente qualificados.

    Braziu .. ziu .. ziu .. ziu … ziu.

    Thumb up 35
  23. Respeito a pesquisa realizada, embora acredito que falar de aprendizagens de seres humanos, é sempre relativo. É preciso levar em conta que cada sujeito possui um nível de maturação intelectual e crítica próprio, portanto não cabe dizer falar de evolução acadêmica significativa, em termos gerais. De qualquer forma, é interessantíssima a pesquisa dos sociólogos.

    Thumb up 18
  24. No fim do ano de calouro, por exemplo, 45% dos estudantes não mostram nenhuma melhora em sua capacidade de pensamento crítico, sua habilidade de escrita ou sua capacidade argumentativa.

    Isso me deixou preocupado, embora explique muita coisa…

    Thumb up 18
  25. O importante não é necessariamente saber uma resposta, mas sim saber pensar, saber perguntar.

    Thumb up 48

Envie um comentário

Leia o post anterior:
cachorrocama
Dormir com seu bichinho de estimação pode te deixar doente

O seu cachorrinho ou...

Fechar