Facebook recomenda amizade entre as esposas de um homem bígamo

Publicado em 14.03.2012

Um morador de Seattle (EUA) foi acusado de bigamia após suas duas esposas tomarem conhecimento uma da outra através do Facebook.

Alan O’Neill, de 41 anos, casou com sua primeira esposa em 2001, quando ele era conhecido como Alan Fulk. O casal se separou oito anos depois, e Fulk foi embora, mas o par nunca se divorciou.

Em dezembro, ele pediu para mudar seu nome para O’Neill, antes de se casar com sua segunda esposa.

A primeira mulher soube da segunda quando o Facebook recomendou a amizade entre as duas. Agora O’Neill vai ter que responder a acusações. A primeira esposa alertou as autoridades após o homem pedir para que ela não fizesse nada, que ele iria consertar a situação.

Aparentemente, ela não se convenceu por isso. E quem perde a chance de atrapalhar um ex-marido? [MSN]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

  1. 8 anos para dar pedir o divorcio e ainda casa com outra mulher… tem gente que merece passar por essas coisas mesmo, é muito desleixo para uma pessoa só.

    Thumb up 3
    • E dizem que o ser humano aprende com a experiência. Depois de um casamento fracassar, o indivíduo resolve tentar novamente… É o triunfo da esperança sobre a experiência, como dizia o Samuel Jonhson…

      Thumb up 3
  2. Nesse caso o Face Book virou ” Fake Book ” ou pior. F.U.c.k the O´Neill Book” !!

    Ele só pecou em não dar baixa nos papeis do ex-casamento!!

    Thumb up 3

Envie um comentário

Leia o post anterior:
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Robôs quebram recorde mundial de distância percorrida no oceano

Robôs oceânicos queb...

Fechar