Flor dente-de-leão pode ser usada para produzir borracha

Publicado em 16.05.2011

Para alguns, a flor dente-de-leão é sinônimo de praga no jardim. Para outros, alegria de poder soprar e ver seus pedaços voando. Para a Universidade de Ohio e para a montadora Ford, é uma fonte sustentável para a produção de borracha.

A parceria entre a instituição educacional e a empresa vai utilizar uma espécie amarela da flor, chamada de “dente-de-leão russa”, para testar a possibilidade de produção de borracha. O esforço é parte do programa “Reduza, Reutilize e Recicle” da Ford, para diminuir os impactos ambientais e produzir veículos a base de combustíveis eficientes.

Nem todos os dentes-de-leão são iguais. A versão amarela, Taraxacum kok-saghyz (TKS), é a preferida nesse caso porque excreta uma substância branca de suas raízes que poderia ser utilizada para produzir borracha e aumentar a resistência ao impacto em plásticos. A Universidade está plantando as flores no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Agricultura. Eles pretendem usar o material para fabricar tapetes, porta-copos e para acabamentos.

“Nós sempre estamos procurando materiais sustentáveis para utilizar em nossos veículos, que gerem menos carbono e que possam ser plantados localmente”, disse a engenheira Angela Harris, da Ford. “Borracha sintética não é um recurso sustentável, então queremos minimizar seu uso nos nossos veículos, sempre que possível. Os dentes-de-leão têm o potencial para servir como uma ótima alternativa”. [DailyTech]

Autor: Letícia Resende

Jornalista curiosa, adora novidades, encantada pela ciência e tecnologia

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

  1. Eu sempre admirei essa flor, nem sabia que era considerada praga.

    Melhor mesmo se esses testes forem viáveis e sustentáveis, nem que seja a longo prazo.

    Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
Lua de Saturno
Foto: Enceladus Looms, a lua de Saturno

Confira a foto tirad...

Fechar