Gritar durante o sexo é coisa de macaco

Publicado em 26.02.2011

Como cantariam os Mamonas Assassinas, “no mundo animal, ‘ixeste’ muita…” promiscuidade. Não é fácil existirem espécies animais (exceto, claro, os humanos) que não fazem sexo apenas para a reprodução, mas entre os nossos parentes próximos, algumas espécies estão com a macaca.

Entre os bonobos, o sexo serve também como uma ferramenta social. Uma nova pesquisa descobriu que seus gritos durante a relação sexual podem servir como símbolos de status e publicidade que mostram quão populares são os seus parceiros.

Esses macacos são irmãos dos chimpanzés comuns, e, como eles, são os parentes vivos mais próximos dos seres humanos. Apesar disso, são uma das espécies menos compreendidas. É por isso que este estudo pode ajudar os humanos a entenderem um dos aspectos de seu comportamento: sua comunicação vocal.

Os primatas, hoje ameaçados, são lendários pela sua fama sexual: frequentemente se envolvem em encontros sexuais com membros de ambos os sexos. Durante o sexo, os bonobos fêmeas gritam muito alto.

Em muitas espécies, as fêmeas possuem chamados de cópula vistos como maneiras de mostrar que elas são “boas de cama”, talvez para atrair mais companheiros e melhorar suas chances de se reproduzir.

No entanto, os bonobos fêmeas dão esses gritos mesmo quando têm relações sexuais com outras fêmeas, com quem elas não podem ter filhos. Safadinhas?

Não. Os cientistas estão descobrindo que, assim como os bonobos se acasalam normalmente, por razões que não têm nada a ver com a reprodução, eles também podem gritar por outras razões mais amplas, como um papel social além da simples reprodução.

Esclarecimentos não são fáceis, entretanto. Relatar e documentar o sexo dos bonobos é tarefa complicada. Com a chuva, eles se escondem. Às vezes, quando comem em grupos grandes, há tanto sexo e tanta coisa acontecendo entre cada combinação de sexo e idade que fica difícil acompanhar quem está fazendo sexo com quem.

Porém, após um ano de estudo, os pesquisadores conseguiram entender um pouco melhor a atitude: durante o acoplamento entre o mesmo sexo, o parceiro de baixo escalão sempre grita. As chances do parceiro menos popular gritar geralmente aumentam com a posição social do parceiro, independentemente do fato de ser macho ou fêmea.

Desta forma, os cientistas concluíram que os gritos dos macacos são a publicidade que informa que eles estão “a fim” do Sr. ou Sra. Popular. As fêmeas alcançam o poder através da formação de coligações com outras fêmeas, assim como os machos, de modo que ter amigos poderosos, e anunciar isso, importa.

Pesquisas futuras vão analisar se esses gritos são realmente significativos para os outros chimpanzés que o ouvem. [LiveScience]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 25 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

19 Comentários

  1. falar de sexo é uma coisa complicada
    e diferenciar especies sexualmente..
    realmente entendera o q se passa debaixo
    de seu proprio lençol?
    pesquisas relamente os lifrarar de ser traido?
    eu acredito que se a pessoa geme é naturalmente causado pela satisfação, quer dizer q ta bom de mais e tal
    apesar de haver uma certa falcidade entre os parceiros
    gemidos e sussurros dão um grande tempedo
    é igual a refeição quanto mais vc espera mais da fome
    e a fome diz q ta muito gostosa e as vezes ñ precisa de tempero, vc inventa qualquer coisa pra ficar gostoso
    sexo não se estuda para trabalhar em cima disso
    isso é instinto
    a vergonha é inimiga do orgasmo e ela limita um grande prazer, acompanhe o movimento e de lugar a emoção e a enpolgação, um tem q dar prazer ao outro
    se o mundo já não é mais o mesmo, pra quer impor limites na pratica se na teoria vc penssa de outra forma? Por isso é bom converssar, conhecer se isso não der certo! continue estudando a arte do sexo.
    deixo claro, sua vida não se resume a histotória de outras pessoas ou a diferença entre o macaco e o ser humano(o macaco evoluio para o homem q é hoje, mais os cientistas ainda não explicaram como os macaocs pararam de evoluir)
    é bom falar sobre o assunto
    é muito divertido realmente rsrsrrs…

    Thumb up 0
  2. Quando falo trair ou ameaçar abandonar sutilmente eu falo de deixar subentendido. Por exemplo, a mulher perceber que ele tem amigas bonitas, mulheres olhando na rua, etc. O cara não precisa dizer que vai abandonar ou trair, isso fica subentendido. Por isso que namorados e ficantes transam mais, pois sutilmente ameaçam mais facilmente esse abandono ou traição, enquanto o casado está mais preso e se fizer isso terá prejuízos financeiros. E cafajestes transam mais ainda, pois nem se comprometer eles se comprometem, fazendo a mulher suar muito pra tentar agradá-los. Vejam que quanto mais frágil o comprometimento do homem mais elas compensam eles com sexo e quanto mais comprometido e fiel menos elas dão sexo.

    Thumb up 2
  3. Dayana, com certeza não é casada e deve ter menos de 20 anos pra falar isso. Eu duvido uma mulher ter orgasmos todos os 30 dias do mês. É claro ela vai falar que sim. Percebam que mulheres adoram mentir sobre tudo, sexo não seria uma exceção. Elas mentem tão bem que acabam elas mesmas acreditando na mentira. Vejam que ela fala que “se a mulher for bem comida ela não finge”. O que seria ser bem comida? (pergunto pra ela) Ela poderia falar que é o cara ter “pegada”, energia ou qualquer outro detalhe. Mas agora peguemos essas mesmas características que fez ela ter orgasmos e colocamos agora um cara pobre, feio pra fazer a mesma coisa, na mesma velocidade. Veremos, então, que o orgasmo feminino depende do contexto e não do cara ter força, pegada ou qualquer outra besteira. O contexto pode ser que o namorado é bonito e desejado por outras, o cara é rico, etc. O orgasmo feminino seria então uma forma de segurar um bom partido. Prova disso que se esses parceiros da Dayana casarem com ela com certeza após alguns anos ela não teria mais tantos orgasmos, pois ela já conquistou o cara. Poderá manter isso se o cara ameaçar sutilmente trair ou abandoná-la.

    Thumb up 2
    • Mulher bem comida é aquela que dá pra um cara cheio da grana! Aí ela arruma uma barriga e espalha pras amigas: “Achei meu pé de meia, fui muito bem comida”.

      Thumb up 2
  4. Sheik Ghalib , quando o parceiro é Bom mesmo , não há necessidade de fingir , os gritinhos os gemidos acontecem naturalmente , as vezes até sem a gente querer .
    então a mulher que finge querido , pode ter certeza que ela não ta sendo bem “comida”.. rs

    Thumb up 1
  5. “Às vezes, quando comem em grupos grandes…”

    Juro que pensei num grupal quando li isto… Esses macacos são bem liberais! Transam com todo mundo no meio da refeição, gritando pra galera toda ver o que ta rolando lá!

    Mas em uma coisa eles definitivamente se assemelham aos humanos… Eles transam com gente poderosa pra conseguir status social! Isto explica pq ter um carro novo ajuda!

    Thumb up 17
  6. Mas será que os bonodos fêmeas estão fingindo como fazem as fêmeas humanas? Eu creio que sim, pois elas gritam mesmo fazendo sexo com outras fêmeas.
    As fêmeas humanas sabem que gritando faram o macho homem gozar mais rápido e também mostrarem que não são frígidas. As mulheres são verdadeiras artistas na cama. Fingem tão bem que as vezes elas mesmas acreditam. Pra mulher é muito mais fácil fingir.

    Thumb up 2
  7. acho que o pessoal não entendeu a reportagem…..ninguem ta perguntando como são no sexo ksksksksk.

    Thumb up 8
  8. Quem diria que somos somos tão parecidos com os primatas….
    pelo menos na parte irracional, por que na parte racional, como percebi em alguns comentários acima os primatas estão bem mais avançados….

    Thumb up 18
  9. MINHA NAMORADA ME DEIXA COM TANTO TESÃO QUE QUANDO VOU GOSAR GRITO MUITO DE PRAZER E POR INCRÍVEL QUE PAREÇA, DESEJO MAIS E MAIS. hAAA COMO ELA É FOGOSA, UMA MARAVILHA…

    GOSTEI DESSE EMAIL.

    Thumb up 3
  10. Tive uma namorada que na hora H, além de gritar ela me cravava as unhas nas costas.
    No começo eu estranhava, mas fui pegando gosto que quanto mais ela me arranhava, era mais tesão.

    Thumb up 7
  11. Milton

    Por que você acha que os pesquisadores nunca fizeram sexo ou são incapazes de dar prazer às suas parceiras?

    O que ocorre é que eles estão querendo saber que comportamentos dos seres humanos são compartilhados por outros animais. Como você escreveu na última linha “Não seria regra para todos os primatas?” Só tem um jeito de saber: observando os outros primatas. E é isto que eles estão fazendo. Só que quando eles publicam o que descobriram, lá vem o Milton insinuando que eles nunca fizeram sexo ou são incapazes de dar prazer às suas parceiras.

    Vai entender…

    Thumb up 24
    • Também não entendi o coment do Miltêra! Com essa opinião ele acabou de dar uma grande ré no quibe!

      Thumb up 0
  12. Creio que esses pesquisadores nunca fizeram sexo ou nunca conseguiram levar ao orgasmo suas parceiras. As fêmeas gritam de prazer durante o orgasmo, caracas !(pelo menos as humanas quando conseguem isso de seus parceiros)… Não seria regra para todos primatas ?!

    Thumb up 5

Envie um comentário

Leia o post anterior:
cerebroev
10 mistérios sobre os primeiros humanos

A história da evoluç...

Fechar