Já imaginou fazer uma cirurgia perigosa acordado?

Foi o que aconteceu com Carol Weiher. Em 1998 ela estava tendo um de seus olhos cirurgicamente removido quando simplesmente acordou. Ela começou a ouvir “corte mais fundo, puxe com mais força” – enquanto assistia todo o processo.

Ela tentou avisar aos médicos o que estava acontecendo, mas, por causa da anestesia, não conseguia se mover e nem falar, apesar de estar consciente. Segundo Carol, ela precisou ficar acordada, tentando gritar, chorar e rezar, sem conseguir fazer, praticamente, nada disso.

Carol foi uma das pessoas que sofreu com o que os médicos chamam de “anestesia consciente”. Embora a maioria dos pacientes não se lembre de nada quando recebe uma anestesia geral 1 em cada 1000 pessoas pode acordar, subitamente, como Weiher.

A maioria dessas pessoas diz apenas estar consciente do que está acontecendo, mas algumas realmente sentem a dor da cirurgia e, após o procedimento, podem sofrer com problemas psicológicos.

O uso de anestesia é considerado seguro e, basicamente, o paciente sente como se estivesse tirando um cochilo. Para que não haja efeitos adversos, os médicos coletam dados sobre alergias dos pacientes, descobrem se fumam, se bebem constantemente, etc.

Ainda não se sabe, exatamente, porque algumas pessoas sofrem com a “anestesia consciente” – sendo assim, ela é uma possibilidade, teoricamente, para todos que passarem pelo procedimento. [CNN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

15 respostas para “Já imaginou fazer uma cirurgia perigosa acordado?”

  1. Quando fui fazer minha cesária, eles me aplicaram a anestesia, não sentia nada. Mas senti quando a Dr. cortou minha barriga, eu disse aos médicos e eles pararam me perguntaram se eu conseguia me mexer eu disse que não, o anestesista disse que era impossível eu estar sentindo dor, então eles continuaram cortando. E eu reclamava dizendo q doia, depois que ela abriu e colocou uns ganchos em mim eu entrei em desespero e comecei a gritar, então eu apaguei e so acordei com o choro do meu bebe.

  2. Não é brincadeira nãoooo…
    Isto acontece siiim! Fui submetida a uma exérese de mama acessória axilar bilateral ( são glândulas mamárias que se desenvolvem na axila,no lugar errado e a única forma de se resolver isso é cirúrgica e com anestesia geral).
    Porém, eu senti a médica cortando minha axila direita que é a que estava justamente maior, escutei ela e a equipe sorrindo,me recordo apenas de algumas palavras e da médica falando bem próximo ao meu rosto! Sentia o calor da sua boca e muitaaaa dor!
    Depois disso, não sei se desmaiei de dor ou se perceberam que estava algo errado apaguei…eles não falam…dizem que é coisa da nossa cabeça como sempre…que sonhamos, imaginamos mas só eu sei o que senti! Ela me cortando e eu sentindo aquela dor excruciante, os cortes quando eram feitos queimavam e uma dor indescritível (estava sendo cortada lentamente), minha primeira reação foi tentar levantar as pernas,mas sem êxito algum, estava paralisada é um peso enorme no corpo não conseguimos nos mover, tentei puxar o braço e nada, não encontrei força alguma,tentei abrir os olhos e não conseguia, tentei gritar,avisar que estava sentindo os cortes! Mas foi tudo em vão! O que me restou foi tentar chorar! Senti as lágrimas percorrerem meu rosto e depois disso apaguei!
    Não tive amparo nenhum psicológico após isso,a anestesista foi informada por mim mesmo “grog” após a cirurgia,mas ela apenas sorriu, pediu desculpas e disse que a “maquininha da anestesia” estava com problema e que havia ido pra conserto pra não afetar outro paciente,mas o tom foi sarcástico!
    As médicas que me atenderam em consultas pós cirúrgica não acreditam em mim…só faltou me chamarem de louca…dizem que sonhei…isso é absurdooooo…não confio nos médicos de hoje em dia…espero nuncaaaaaaaaa mais precisar operar nadaaaaaaaaa!!!

  3. Fiz minha primeira cirurgia com anestesia geral. Foi uma Paratireoidectomia.
    Por ter uma experiência legal com endoscopias (tomando dormonid), imaginei que uma anestesia geral seria legal.
    Cheguei a fazer piadas : “Obaaaa… anestesia geral !!!”.

    Pois acontece que fui p cirurgia e fiquei consciente durante o procedimento(nao sei dizer em que momento). Comecei a sentir dores agudas devido aos cortes e ouvia o cirurgião descrevendo o processo. (não sei repetir os termos da cirurgia) mas lembro que o cara em determinado momento disse casualmente que iria pro Chile.
    Num primeiro momento não tentei falar mas sim mover o braço ou a mão. Pavoroso…foi aquela sensação de quando temos o braço ou mão dormentes e tentamos mecher : Simplesmente não mechem !! E depois tentei fazer algum som, mover pernas, mas nada…tudo parado menos a consciência.
    Curioso que não fiquei totalmente em pânico apesar da dor. Senti algo mais como uma sensação de conformidade tipo : “Agora ferrou…e não tem nada q eu possa fazer a não ser aguentar…”
    Se eu tive uma Anestesia Consciente, diria que pelo menos, não estava TOTALMENTE consciente. A dor não ficou insuportável. Foi mais como se eu cortasse por exemplo, o braço superficialmente com uma faca.
    Depois tudo acabou e acordei com alguém me estimulando, ai fui pro pós operatório.
    Durante isso q aconteceu, também pensei em como isso poderia acontecer e não poder avisar? Mas EU SEI q qualquer coisa anormal (DOR) numa cirugia se traduz em queda ou aumento da pressão arterial. Então acho que meu organismo deve ter dado algum sinal nesse sentido e aumentaram a dose.
    Também fico imaginando se tudo não foi apenas imaginação. (já li uns relatos estranhos sobre anestesia).
    Não comentei nada com os médicos pensando que iriam de cara dizer que eu imaginei tudo. De qualquer forma, não quero passar por isso novamente NUNCA !

  4. Fiz uma cirugia na Vesícula a 10 dias, eu simplismente me lembro de tudo e senti todas as dores. Estava entubado e não conseguia falar e nem me mecher. Rezava para uqe alguem podesse notar. Só acabou depois de 3horas de cirugia. Estou muito mal.

  5. O lance da cirurgia cerebral, é que qualquer movimento errado do médico, pode dar merda, então ele precisa do paciente acordado pra saber como tá o estado dele.
    Acho que foi aqui no hypescience que eu li sobre um que teve o cerebro operado enquanto tocava banjo na cirurgia.

    E tem um método de cirurgia de coração sem anestesia também, porque o coração é outro órgão que nao tem terminações nervosas.
    Só deram uma anestesia no local da incisão na pele do paciente.

    (A dor do infarto é diferente, porque o coração nao tá doendo, mas tá “gritando” com você que tem alguma coisa errada com ele)

  6. Então somos dois! HHUAHIAUHA…
    Em março de 2009 também passei por uma cirurgia no olho e acordei durante o procedimento… estava doendo muiiiiiito! Ai eu lembro de ter tentado falar também.. foi terrível, depois em conversa com o médico oftalmologista que me operou ele disse que o anestesista teve de aumentar um pouquinho a dose da anestesia pois eu estava movimentando minha mao. Ele disse que e bem raro… mais eu nem fiquei com nenhum transtorno psicológico! ahuiAHIAU

  7. Caaara… isso aconteceu com o protagonista daquele filme, “Awake” eu acho. Só que no filme, parace que algo dava errado durante a aplicação da anestesia mesmo, e então o coitado teve o coração transplantado no mesmo estado da moça da matéria, sentindo as dores inclusive.

    Mas nunca pensei que isso pudesse acontecer na realidade.

    Será que não dá pra detectar essa dita Anestesia Consciente através do monitoramento das ondas cerebrais do paciente, sei lá? Que medo, gente D:

Deixe uma resposta