Júpiter pode ter salvado a Terra de uma colisão mortal com asteroide ou cometa

Publicado em 11.09.2012

Astrônomos amadores observaram na segunda-feira (11) um enorme flash muito brilhante em Júpiter, provavelmente resultado de um impacto no planeta.

Tal avistamento é parecido com outros que foram notados em 2009 e em 2010. O impacto mais recente foi relatado pela primeira vez pelo astrônomo amador Dan Peterson, de Wisconsin (EUA), que estava observando o maior planeta do nosso sistema solar quando o evento ocorreu.

“Foi um flash brilhante que durou apenas 1,5 a 2 segundos”, disse Peterson. Ele dividiu sua descoberta com outros astrônomos, que passaram a monitorar o planeta. Essa manhã (11), George Hall, um astrônomo amador de Dallas (EUA), conseguiu capturar o flash em vídeo.

O flash parece um sinal claro de que um asteroide ou cometa foi atraído pelo campo gravitacional de Júpiter, potencialmente nos salvando de uma ameaça de colisão cósmica. “É assustador ver quantas vezes Júpiter é atingido”, disse Hall.

Os impactos de Júpiter são de grande interesse para os astrônomos, tanto amadores quanto profissionais, porque eles são parte essencial do “jogo orbital” que moldou o nosso sistema solar. Astrônomos suspeitam que o campo gravitacional do gigante Júpiter serve como um “escudo cósmico”, varrendo os objetos que teriam um efeito mortífero se colidissem em nosso planeta. Alguns cientistas chegam até a dizer que, sem Júpiter, a vida na Terra não teria muita chance.

Então, o que pode ter acontecido ontem, em última análise, é que Júpiter mais uma vez salvou a nossa pele.

Mas os resultados da bravura do planeta nem sempre são visíveis. Cientistas especulam que os “intrusos cósmicos” sejam destruídos antes que tenham qualquer efeito visível no topo das nuvens de Júpiter. Em casos de objetos de maior peso, eles podem se quebrar e deixar marcas pretas na atmosfera do planeta. O caso do cometa Shoemaker-Levy 9, de 1994, é o mais notável da história recente.

Por enquanto, ainda não sabemos qual o tamanho do objeto que causou o flash dessa semana. Mas os astrônomos já estão trabalhando nisso, e mais observações e correções devem ser divulgadas em breve.[NBC, TML, Space]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

14 Comentários

  1. O que falta é vim retarda dizendo que Júpiter é de Deus, que Deus o criou pra nos salvar de cometas, Deus pôs ele no caminho pra nos salvar e Blá Blá Blá… Afs

    Mudando de assunto… kk’ poderiam ter acontecido a Colisão no momento em que a Nasa tivesse fazendo uma filmagem em HD do planeta para vermos melhor isso!!! é Maravilhoso cara!!

    Thumb up 18
    • Esse cara aí é um paspalho, esse Murilo,pq, vir brincar com coisas de DEUS, se tu não gostas de DEUS, respeite quem o admire, tais querendo ganhar ponto , dizer que é ateu, agora está sendo moda, e, não penses que és mais inteligente , ou talvez pra chamar a atenção, e, naõ sei até pq, estou respondendo, perdendo meu tempo com pessoas debilitadas.

      Thumb up 18
    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Cara, pra começar, caçoei da cara de religiosos fanáticos e idiotas como você (eu acho), que sim, chego odiá-los… mesmo me dando motivos pra rir na internet!!! kkkkkkk
      Quem disse que não gosto de deus cara? pra não gostar de algo, primeiro isso tem que existir, e deus é algo ainda que não PODE ser provado tanto sua existência quanto a Inexistência…
      E é muito estranho a internet hoje em dia, tudo que tem um numero grande de pessoas semelhantes em gosto ou pensamento, é moda, frescura e blá blá blá… Cara, não é culpa de ninguém se a informação corre cada vez mais á pessoas de opiniões aberta e um pouco de bom senso e visão crítica… quanto mais isso chegar á essas pessoas, garanto que menos religiosos as mesmas se tornarão!!!
      Não me julgo mais ou menos inteligente que ninguém amigo, se vocês dizem isso de Ateus e Agnósticos, é da visão de vocês essa impressão…
      Enfim cara, o único problema até aqui foi você fazendo julgamentos errôneos e precipitados… E se não queria mesmo “perder seu tempo” e mesmo assim, fez questão de postar um comentário aqui em resposta, acredito que você queira tanta atenção quanto eu (supostamente segundo você) queria.
      Um abraço!

      Thumb up 7
  2. Pessoal, acorda! Júpiter é um planeta gasoso, não tem nada lá para colidir, só nuvem! Se houve algum flash vindo de lá, foi por efeitos elétricos, não por colisão!

    Thumb up 4
    • Não é só porque é um Planeta Gasoso que seja como uma Fumaça ou uma nuvem… Ele é composto por uma maioria de gases, não significa que seu estado físico seja gasoso!! O sol é formado por gases, e ai, é impossível haver colisões com ele e ou outras Estrelas?

      Thumb up 9
    • Não misture as coisas, please… O que eu disse é que pedra não causa explosão de impacto em gases. O estado físico de Júpiter É gasoso, pelo menos até o seu núcleo que fica muuuuito abaixo das nuvens. Esse flash fotografado foi nas nuvens, longe do núcleo!

      Thumb up 4
    • Cara, mas o flash que produziu com o impacto seria mas ou menos o mesmo que produziria se um asteroide colidisse com nossa Atmosfera. Ainda teria que saber a possível composição rochosa do asteroide(que eu acho) que pode reagir de diferentes formas com o impacto e superaquecimento.E não sei se a composição da atmosfera Jupiteriana também pode resultar em diferentes reações no atrito… mas se não me engano, a maior parte da atmosfera é Hidrogênio e Hélio…
      Mas como um Leigo, é só minha suposição, posso (e muito bem) estar errado!!

      Thumb up 7
  3. Pelo tamanho do flash, parece que o asteróide ou cometa não é nada pequeno se comparado com a Terra!

    Thumb up 19

Envie um comentário

Leia o post anterior:
120905141914-large
Vendo o nascimento do universo em um átomo de hidrogênio

Nova técnica de exam...

Fechar