Sua linguagem corporal revela pobreza… ou riqueza

Publicado em 10.02.2009

linguagem corporal

Um sapato Prada ou um terno Armani podem revelar se uma pessoa é rica ou não. Mas, de acordo com uma pesquisa recente, os próprios trejeitos de alguém denunciam se é de uma classe mais abastada.

Segundo psicólogos da Universidade Berkeley, na Califórnia, a linguagem corporal pode dizer se uma pessoa é rica ou não. Pessoas de status econômico elevado tendem a ser mais mal-educadas quando conversam com outras.

Michael Kraus e Dacher Kelner, de Berkeley, filmaram 100 alunos conversando com pessoas que não conheciam. Além de perceberem que os de origem ‘nobre’ eram mais mal-educados, puderam notar que queles com baixo fator socioeconômico se interessavam mais pelos assuntos alheios e até riam mais.

“Gravamos um minuto de interação” diz Kraus “Durante esse tempo, os alunos mais pobres mostraram cerca de dois segundos a mais de ‘interação favorável’ ao outro. Parece pouco tempo, mas estamos falando de dois segundos em um minuto. É considerável” conclui.

Os gestos de estudantes mais abastados foram comparados com um pavão exibindo sua cauda. A linguagem corporal dessas pessoas dizia “estamos bem e não precisamos de ninguém”, segundo os psicólogos.

“No mundo animal, há conflitos por causa de status em bandos. Os humanos mandam os sinais para dizer ‘sou melhor que você, nem se incomode em tentar um conflito comigo’” afirma Kraus. “Pessoas com status econômico mais baixo são mais dependentes dos outros, e, por isso, não podem ser arrogantes” completa.

Como sempre estamos esperando os comentários mal-educados. Sendo rico ou não seu comentário só aparecerá se você tiver bons argumentos e for educado. Ou sofra a terrível desdita de ser sumariamente deletado. Esse é meu único poder contra os ricos… Me deixem aproveitar este momento. [Live Science]

Autor: Miguel Kramer

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

21 Comentários

  1. Gostei muito, comprovou o que eu já tinha percebido. Os pobres abaixam tantam que mostram a …..”piiiiiii”. Falo isso porque sou pobre e tento ser menos humilde, poxa. Está mesmo, no mínimo, no subconsciente, o fato de dependermos de outras pessoas e portanto, temos que ser mais “agradáveis”…..mas já melhorei muito. Equilíbrio é o segredo.

    Thumb up 0
  2. OS RICOS TEM UM SERTO TIPO DE EDUCAÇÃO QUE OS MAIS POBRES NÃO TEM, SABEM COMO SE PORTAR MELHOR EM DERTERMINADOS LUGARES, MAS OS POBRES(EU) REALMENTE SÃO MAIS HUMILDES.

    Thumb up 4
    • TA SERTO.

      Thumb up 4
  3. Uma revelação muito interessante porque precisamos evoluir e isso depende de autoconhecimento.

    Thumb up 0
  4. somos todos umildes quando pressisamos,e arrogantes quando aqueles que nos ajudaram não nos servem mais. Acredito que somos pequenos pontos de interrogação em um puqueno grão de terra e água(Planeta)sercados por milhares de corpos estrelares aos quais buscamos conhecer esquesendo-nos de conhecer onosso propio planeta,ou seja nós mesmos.

    Thumb up 1
  5. Olha eu penso que essa avaliação esta um pouco equivocada pois o estudo foi feito com estudantes portanto pessoas jovens e inexperientes na maioria das vezes.Eu tive a oportunidade de conviver com a nata da sociedade argentina e européia e posso lhes afirmar que eles são educados e quando não o são continuam polidos ao menos.De forma que esse estudo foi feito só com uma faixa etária e comparado talvez com os nossos padrões de “educação”.Educação é em relação a cultura e não tem nada haver com sociabilidade.

    Thumb up 8
  6. Pessoas que nascem ricas são educadas sim, mas naum se estendem em assuntos para criar empatia….como fazem as pobres

    Pessoas que nascem pobres e depois enriquecem tendem a ser arrogantes e intolerantes com os mais humildes…

    Ricos e pobres criados de forma a terem tudo o que querem na hora que querem tendem a ser intolerantes sempre…

    Thumb up 10
  7. Linguagem corporal é um assunto que deveria aparecer mais por aqui… É muito interessante!

    Estão de parabéns, ok!

    Abraços

    Thumb up 5
    • Verdade Rafael.Assuntos sobre LINGUAGEM CORPORAL,poderia ser mais falado.

      Thumb up 0
  8. Concordo com a maioria dos pensamentos aqui. Mas quero citar um porém: Os “100 alunos conversando” não eram ricos, mas sim filhos de pessoas ricas.

    Minha opinião é que, embora dependa dos pais, mesmo pais ricos e simples, ou simpáticos, podem ter filhos “pavões”. Os estudantes por eles mesmos não tinham sequer condições de ter a casa onde moravam. Mas seus pais sim.

    Penso que este estudo tem que ser feito com adultos, talvez em empresas. Mas é verdade que seria difícil mensurar assim, pois na maioria das vezes os mais “abastados” são os diretores e gerentes, e por isto já tem o papel de lider, as vezes mandando demais, não é mesmo?!

    Talvez, em instituições como igrejas. Lugares menos “hierarquicos”. Numa assembléia de moradores de um bairro, ou talvez numa assembléia de políticos.

    Acho também que as “esposas” que torram o dindim dos seus maridinhos(vejam, não estou falando das mulheres no geral, mas daquelas “peruas” viu!!! Não me entendam mal !!! ) talvez ajam como os estudantes.

    No geral, a matéria foi excelente! Parabéns!!

    Thumb up 4
  9. Concordo plenamente. Trabalho com médicos e tudo isto que o artigo esta falando sobre arrogância é a mais pura verdade, por serem tidos pela sociedade como “deuses inquestionáveis” se acham melhores do qualquer outro profissional e agem na maioria das vezes com muita arrogância principalmente se forem questionados o q não aceitam de modo algum. Sou graduanda em Biologia e de fato isso tem haver com Etologia (estudo do comportamento animal), a arrogância, o utilizar roupas de grife caras (para ficar tal qual um pavão), carro do ano etc… é uma maneira de demonstrar status entre os outros da espécie humana. o q não é novidade no reino animal muitas outras espécies agem da mesma forma para afirmar superioridade, portanto não são mesmo superiores a ninguém, são apenas mais bem alimentados, mais estudados, possuem melhores oportunidades de trabalho e por isso tem maior estatus, deram sorte de serem “bem nascidos”.

    Thumb up 1
    • Verdade ,além do conforto,de que vale ter dinheiro se nao para exibir aos menos favorecidos e aos demais?!!!!

      Thumb up 0
  10. A pobreza ou riqueza podem ter vários aspectos:
    material, de conhecimento, pobreza de carater e etc.´
    Há pessoas que têm uma excelente visão de futuro, um ótimo senso de carater o que nao deixa de ser riqueza no seu aspecto mais nobre. na minha opinião.

    Thumb up 1
  11. Pode ser, mas uma coisa é certa, as pessoas que nascem ricas são educadas, agora, as que “ficam” ricas são um “cocô-de-pombo”.

    Thumb up 2
  12. é incrível, quando agimos em sociedade quase sempre nos comportamos como animais, será que é tudo em nome da evolução? É certo que um leão protege seu territorio contra leões invasores, e acasalam com as fêmes , perpetuando seus gênes. Mas se por acaso um leão invasor ganhar no confronto ele mata todos os filhotes do macho anterior, e o gene transmitido será então o do ultimo.

    Thumb up 0
  13. NAO E PELA APARENCIA QUE SE JULGA UM CARATER DE ALGUEM E SIM PELO SEUS ATOS…

    AINDA BEM QUE ARROGANCIA E VISIVEL A OLHO NU..

    BOA MATERIA!

    Thumb up 0
  14. …concordo com a comparação do pavão, porém se transformam em cachorrinhos carentes diante do desconhecido e ao perderem seu estatus social. A inversão de comportamento é visívelmente escandalosa.

    Thumb up 0
  15. O negocio entao é quando formos ricos, sermos probres =)

    Mas a humildade é sempre melhor aceita nos relacionamentos.

    Um livro muito bom pra isso é “como fazer amigos e influenciar pessoas”

    Se interessar pelos assuntos alheios é uma das principais ferramentas para se fazer amigos !!

    Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
ad-emagrecer
Vídeo: A história da Internet em 8min

A internet é uma das...

Fechar