Impressões digitais estão rapidamente substituindo senhas e assinaturas como meio principal de autorizar transações como saques de dinheiro, além do desbloqueio de telefones, portas e cofres.

Isso, é claro, é por bons motivos: elas são mais convenientes, exclusivas e seguras.

Logo, faz sentido que sensores de impressões digitais venham proteger nossos cartões de crédito e débito também, em breve.

A MasterCard está testando novos cartões com tais sensores, combinados com os chips tradicionais, na África do Sul. Em vez de assinar um recibo de papel ou inserir seu PIN, basta colocar o polegar em seu cartão para provar sua identidade e autorizar o pagamento.

Como vai funcionar

Se tudo correr bem com os testes, a MasterCard espera colocá-los em circulação no resto do mundo até o final de 2017.

Mesmo que isso de fato aconteça, você ainda pode ter que esperar até que seu banco ou instituição financeira embarque na nova moda.

Uma vez que a tecnologia estiver pronta para o público, o seu banco deverá informá-lo de que o cartão biométrico está disponível. Se você estiver interessado, terá de ir a um local (provavelmente o próprio banco) para digitalizar os seus dedos.

Um modelo digital criptografado de sua impressão digital será armazenado no chip do cartão. Você pode salvar até duas impressões, mas ambas precisam ser suas – você não pode autorizar outra pessoa a usar seu cartão com os dedos. E é só: seu cartão está pronto para ser usado em terminais compatíveis em todo o mundo. Os comerciantes não precisam adquirir novos equipamentos para aceitar o modelo com impressão digital.

Praticidade

O cartão em si não é mais espesso do que um cartão de crédito regular. O sensor de impressão digital é um retângulo pequeno que fica no canto superior direito, e é facilmente acessível após a inserção do plástico em um terminal de pagamento.

Durante uma demonstração recente, um repórter do portal Engadget tentou usar o cartão biométrico de outra pessoa com seu dedo, recebendo uma mensagem de “transação negada” do terminal.

Quando o terminal lhe pede para inserir o cartão, já está se comunicando com as informações bancárias, como sua identidade. O sensor lê seu dedo e envia as informações para o chip, que determina se você é mesmo o proprietário do cartão.

O processo de autorização acontece quase que instantaneamente, caso a impressão digital esteja correta. [Engadget]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (9 votos, média: 4,67 de 5)
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta