Medo da morte torna ateus inconscientemente mais receptivos à religião

Publicado em 4.04.2012

Uma nova pesquisa sugere que quando as pessoas não religiosas pensam na própria morte, elas ficam conscientemente mais céticas quanto às crenças, mas inconscientemente, ficam mais receptivas.

No caso dos religiosos, a pesquisadores da Universidade de Otago descobriram que suas crenças ficam ainda mais fortes, tanto conscientemente quando inconscientemente. Isso pode ajudar a explicar porque a religião é um aspecto tão presente na história humana.

Um dos autores do estudo, Jamin Halberstadt, afirma que esses resultados se encaixam na teoria de que o medo da morte leva as pessoas a defenderem suas próprias visões de mundo, religiosas ou não.

“Entretanto, quando estudamos os efeitos inconscientes, um resultado diferente emergiu. Enquanto os religiosos se mostraram mais ‘crentes’, os ateus ficaram menos confiantes”, afirma.

Para estudar o inconsciente, os autores usaram técnicas que incluíram a velocidade com que os participantes afirmavam ou negavam a existência de Deus e outras entidades religiosas. Após pensar sobre a morte, os ateus foram mais lentos em afirmar suas convicções.

“Isso pode ajudar a explicar porque a religião é uma característica tão persistente em nossa sociedade. O medo da morte é uma experiência humana universal, e as crenças religiosas parecem ter um importante papel psicológico nesse ponto. E como mostramos, as crenças operam tanto conscientemente quando inconscientemente, permitindo que mesmo os ateus tomem vantagem delas”.

Você conhece alguma história relacionada a isso? Um ateu que trocou de opinião ou o contrário? [ScienceDaily]

Autor: Bernardo Staut

é estudante de jornalismo e interessado por povos, culturas e artes.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

125 Comentários

  1. De minha parte, eu posso dizer que é verdade. Fiquei muito tempo afastado da Igreja e, inconscientemente, tinha medo de morrer sem estar preparado. Depois de uma boa confissão, realmente, posso garantir que hoje eu durmo mais tranquilo.

    Talvez, isso tem a ver com a Aposta de Pascal; que argumentava que a probabilidade de Deus existir é 50%; e que, então, é mais prudente acreditar nele e segui-lo do que viver uma vida de pecado. Pois, se Deus não existir, nada perderemos após a morte, já que deixaremos de existir. Mas, se Deus existir, teremos de enfrentar um juízo após a morte.

    Exista ou não, Deus é a nossa única esperança; não só de uma vida eterna após a morte, mas de um futuro para a humanidade!

    Pois, mesmo que escapemos do aquecimento global, ou de uma hecatombe nuclear, ou das máquinas e seres geneticamente modificados mais aptos e inteligentes do que nós, ou de uma invasão alienígena, ou da colisão com um asteroide ou cometa, ou da extinção do Sol, ou de sermos engolidos por um grande buraco negro; mesmo que fizermos ninho em outras estrelas e galáxias e colonizarmos outros planetas nos confins do Universo, com certeza, não conseguiremos escapar da expansão acelerada do Universo!

    E nenhuma ciência, ou tecnologia, ou ET, ou mesmo super-herói, poderá nos salvar.

    Então, toda a história da grande epopeia humana terá sido em vão! E, talvez, naquele triste dia, o último humano, no seu último suspiro, se lembrará daquele que abandonamos na aurora da nossa existência e que (acreditemos ou não, exista ou não) sempre foi e sempre será a nossa última e única esperança: O DEUS SALVADOR!!!

    Thumb up 15
    • Rapaz, este texto é indiscutilvelmente maravilhoso, brilhante. Você foi capaz de sintetizar o lado espiritual e inteligente numa descrição que simplesmente só pode ter sido inspirada por uma Força Superior. Parabéns amigo! Só espero que não barrem esse meu comentário, pois é merecido o elogio!

      Thumb up 7
    • Obrigado, Edson! Para mim, se Deus não existir, nada faz sentido na vida. Ser rico ou pobre, feliz ou triste, santo ou pecador, sábio ou tolo; pois tudo, cedo ou tarde, deixará de existir!

      Torçamos e até rezemos para que ele realmente exista e seja tão misericordioso como mostrou ser Cristo; pois ele realmente é a nossa única esperança!

      Não nos iludamos, não há outra!

      E na minha opinião, todo ateu, em vez de ficar zombando de Deus e dos crentes, deveria antes buscá-lo de todo coração e com todas as suas forças para ver se ele realmente existe ou não. Pois, a Aposta de Pascal é sim um argumento bem válido!

      Por isso aconselho a todos estudarem a fundo os grandes milagres da Igreja; pois o milagre autêntico é o elo entre a razão e a fé, entre a ciência e a religião. O milagre é a assinatura de Deus para confirmar sua existência, sua igreja e sua verdadeira doutrina.

      Thumb up 3
    • Nem sempre fui ateu e confesso que ao me tornar um perdi completamente o medo da morte. O nosso egoísmo torna interessante a aposta de Pascoal. A morte é, de certa forma, muito mais tranquilizador do que um ” paraíso” onde um deus com o humor instável, passa a “eternidade” ouvindo as bajulações de seus fiéis, monótono.

      Thumb up 10
    • A Aposta de Pascal é uma piada. Eu uso 2 frases de Epicuro:

      “A morte não é nada para nós, pois, quando existimos, não existe a morte, e quando existe a morte, não existimos mais.”
      Pq vou pensar na minha não-existência???

      “Nossa alma é composta de átomos, por isso é mortal como nosso corpo, nos é dado viver uma só vez. As multidões se consolam com a esperança de outra vida melhor.”
      Pessoas preferem a doce mentira do q uma azeda ou amarga verdade…

      Thumb up 5
    • Respeito Epicuro, mas ele apresenta negligências em seu discurso.

      Não-existência na morte: ele afirma a priori.

      Alma composta de átomos: ele afirma sem qualquer evidência.

      Nos é dado viver uma só vez: enfim uma coerência, mas que não é de seu próprio cunho, pois é um versículo bíblico modificado (“ao homem é ordenado morrer apenas uma vez”).

      Thumb up 2
    • “ao homem é ordenado morrer apenas uma vez”

      O Homem enquanto ser material, não a sua alma/espirito enquanto razao universal da sua vivencia…

      Thumb up 1
    • “Nossa alma é composta de átomos” LOL

      Thumb up 0
    • A aposta de Pascal é furada.

      Primeiro, que existem milhões de deuses a serem adorados atualmente, então não há 50% de chances de existir o deus dos judeus.

      Segundo, que o deus dos judeus não se importa com uma vida justa, e sim com a confissão de fé. Se você negar a deus, não importa que você seja a pessoa mais justa e correta deste mundo, o deus dos judeus vai te mandar para o inferno igual.

      Então, ter vivido como se o deus dos judeus existisse, mesmo não acreditando nele, é impossível. Mais ainda, se quando você morrer descobrir que existe deus, e ele se chama Wotan, e você foi um discípulo fiel de Javé, então tu tá lascado, por que você fez pior do que negar Wotan, você adorou outro deus.

      Finalmente, a aposta de Pascal é um espantalho filosófico. Ele pressupõe que todo mundo que se declara ateu tem uma vida dissoluta, entregue a vícios de todo tipo, o que não é o caso. Basta ver a vida do Betinho, do Fome Zero, ou a vida do Dráuzio Varella, entre tantos outros ateus que dedicam sua vida à causa do próximo. E tirando estes, ainda existem muitos que não acreditam em deus algum e mesmo assim são pessoas honestas, decentes, trabalhadoras, justas, bons pais e mães e bons maridos e esposas, e bons filhos e filhas, e bons cidadãos. Neste ponto, a aposta de Pascal é um insulto. Um insulto a toda esta gente que tem vidas irrepreensíveis.

      Thumb up 27
    • No mosca César. Sem mais perguntas Meritíssimo…

      Thumb up 9
    • “Segundo, que o deus dos judeus não se importa com uma vida justa, e sim com a confissão de fé. Se você negar a deus, não importa que você seja a pessoa mais justa e correta deste mundo, o deus dos judeus vai te mandar para o inferno igual”

      O Deus bíblico se importa com os justos, sim. Há descrições no AT em que Ele poupou alguns pela sua justiça.

      Mas realmente, aqueles que creem no Nome (Jesus, o Salvador) serão salvos, pois estes serão justificados (justiça) por Aquele que veio e os comprou por um alto preço (Páscoa).

      Para os cristãos, somente Jesus é o Salvador. Mas pergunto a todos: COMO Ele salva??? Tem que frequentar uma igreja? Tem que se ajoelhar e dizer pra todo mundo ouvir que Ele é o Senhor? Ou Ele poderia salvar qualquer homem de qualquer época e de qualquer nação que simplesmente admitisse que precisa de ajuda?

      Quanto a ateus serem melhores (mais irrepreensíveis) que cristãos, eu mesmo conheço vários que dão “um banho moral” em muito crente!!!

      Thumb up 4
    • Tecnicamente, para entrar no reino dos céus, só sendo perfeito. Não poderíamos nunca ter cometido nenhum erro. Ninguém é assim. O único que foi, foi Jesus Cristo. Logo, quando ele morreu, pagou o preço.

      O preço, era dor. Dor sofrida por alguém que não merecia (por ser perfeito). Com isso, todos se compadecem Dele e aceitam-no como juiz, como alguém que decide quem pode abitar o reino dos céus.

      Quando dizemos que Ele salva, queremos dizer que ele pode decidir quem entra no reino celestial. Quando entramos no reino celestial, somos salvos. Esse é o significado.

      Thumb up 0
    • Se os ateus estiveram certos, tanto faz ser bom ou mal, já que o destino de todos será o nada absoluto. Se os espiritas estiverem certos, ainda vale tentar ser bom para evitar o carma e espiritualmente. Mas se os cristãos estiverem certos (e eu acredito que seja essa a verdade), então, é muito prudente acreditar e seguir a Deus; pois haverá um juízo após a morte e nosso destino pode ser o Céu, o Inferno ou o Purgatório (para os católicos).

      Thumb up 0
    • Desculpem, postei por engano.

      Thumb up 0
    • Devemos lembrar que Blaise Pascal foi um brilhante matemático (um dos pais da teoria da probabilidade e inventor da primeira máquina de calcular mecânica) e também teólogo cristão. Portanto, seu argumento se refere ao Deus cristão e não a outros deuses que, para os cristãos, não existem.

      De qualquer forma, a escatologia cristã é a mais severa e seria essa que deveria ser levada em conta; já que existem muitas teorias sobre o que acontece após a morte, porém só uma delas pode estar certa.

      Se os ateus estiveram certos, tanto faz ser bom ou mal, já que o destino de todos será o nada absoluto. Se os espiritas estiverem certos, ainda vale tentar ser bom para evitar o carma e evoluir espiritualmente. Mas se os cristãos estiverem certos (e eu acredito que seja essa a verdade), então, é muito prudente acreditar e seguir a Deus; pois haverá um juízo após a morte e nosso destino pode ser o Céu, o Infernno ou o Purgatório (para os católicos).

      Eu acredito que não somente os cristãos se salvarão, mas até muitos ateus também; pois devemos confiar na misericórdia de Deus. Quem de nós condenaria alguém que foi justo a vida inteira só porque não acreditava em Deus? E acha que Deus poder ser menos bom e menos justo do que nós? Claro que não!

      Deus institui a Igreja como um caminho seguro para a nossa salvação (para aqueles que a seguem honestamente), mas Deus pode salvar também por outros meios que desconhecemos. Mesmo porque, o sacrifício da missa tira o pecado do mundo inteiro e não só dos cristãos.

      Eu acredito que existe uma só verdade e é ela que devemos buscar com toda sinceridade, seja ela qual for!

      Existem muitas religiões no mundo com doutrinas contraditórias entre si. Ou não existe vida após a morte, ou existe reencarnação ou existe ressurreição; o que não pode é todas serem verdade!

      As contradições doutrinárias entre as religiões (mesmo entre as cristãs) são tão grandes que ou apenas uma delas é a verdadeira ou, então, nenhuma delas! E, pelo que tenho estudado, gostemos ou não, as evidências históricas, científicas, filosóficas e teológicas me levam a crer que a única religião verdadeira é a Igreja Católica; pois, foi a única fundada por Cristo que afirmou ser filho de Deus e provou isso ressuscitando e realizando milagres autênticos na sua Igreja desde seu início até os dias de hoje, ao longo da história!

      Por isso, para mim, a Aposta de Pascal ainda é um argumento válido!

      Thumb up 2
    • A Aposta de Pascal terá validade para você caso você esteja adorando o deus correto… E se for Odin o verdadeiro Deus?

      Thumb up 2
    • Estamos falando de Deus, daquele que nos deu a vida… E realmente não basta apenas fazer o bem, ateu, pois isto é o mínimo que se espera de um ser pensante, mas ser grato, buscar, tentar conhecer, aceitar Aquele que deu Sua Vida pela nossa, realmente parece não ser para todos… Porque o que tinha que ser feito, foi feito, mas um do lado da cruz o reconheceu e o outro pediu provas… Então acho que o ingrato deve se lascar mesmo, na minha opinião!

      Thumb up 2
    • …Não fala qual Deus aborrece. O fato é que vai deixar “Alguém” chateado’s!

      Acredito que muitos ateus são sinceros… Seus questionamentos são razoáveis quando perguntam “Onde está Ele e porque não se manifesta, se é que existe?”

      O que questiono no ateismos é o fato do ateismo não acreditar numa lógica necessária para todo existencialismo! Preferindo acreditar numa tese do “Sem Princípio”.

      Essa atitude Não deixa de ser uma crença Mitológica, Quando Dispoe Acreditar Cegamente num “Ovo Cósmico” dando forma a tudo! E não venham dizer que existe “ruido de fundo” como indicativo de ter havido uma grande explosão… Como que, em uma bela Mágica; dela, cria-se todas as formas de leis e coisas… Incrivelmente Dada ao Caos! Se isso não for questão de fé, então não sei o que é fé! Essa crença vos deixam mais baixo que qualquer religião. Principalmente quando se pergunta – “ O que era antes de tudo isso?”

      Somente Deus pode preencher a lacuna do existêncial ou, esse mundo é tão louco que, observando a fundo os princípios, nada existe e tudo é uma tremenda ilusão.
      Vivo ou morto é a mesmíssima coisa e, pra ser sincero, (nesse último conceito) não acredito nem um pouquinho.

      Lembra-se dos cegos e do elefante? Todos eles tinham opiniões diferentes e, nem por isso o elefante deixou de ser um elefante.

      Independentes de religiões prossigo acreditando que “esse galinheiro tem dono”!

      E, independente do que somos e do que a vida é, o mais importante é o AMOR!
      A humanidade anda muito carente nessa época de grandes conhecimentos. Assim as indiferenças somam e o amor deixa de existir!

      Paz a todos!

      Thumb up 0
    • De qual deus exatamente você está falando?

      Thumb up 1
  2. Quanta falácia. Estuda antes de falar. Onde você aprendeu que o inferno foi criado?

    Thumb up 4
  3. O que já foi chamado de religião egípcia caiu e hoje é chamado de mitologia, o que já foi chamado de religião celta caiu e hoje é chamado de mitologia, o que já foi chamado de religião grega caiu e hoje é chamado de mitologia, o que já foi chamado de religião nórdica caiu e hoje é chamado de mitologia, o que hoje é chamado de religião cristã um dia cairá e será chamado de mitologia, possivelmente outra religião tomará o lugar dela e assim o ciclo segue até que o ser humano não tenha mais a nessecidade de crer em algo “maio” do que ele próprio e assim esse ciclo se esvai.

    Thumb up 28
    • Acho que não vai surgir nenhuma outra religião depois da queda do cristianismo Pedro. Estamos evoluindo e já entramos na idade da razão.

      Thumb up 15
    • Possivelmente cara, mas vendo a humanidade caminhar como caminha eu não creio muito nisso não. É arriscado encararem a razão como uma religião, já existe algo assim, um tal de racionalismo, mas enfim, o ser humano gosta mesmo é de um nome “religião”, uma pena que não estaremos mais aqui para ver o cristianismo cair.

      Thumb up 3
    • O islamismo vai crescer, acho que as religiões só vão cair totalmente no século que vem. Quando o ser humano ter evoluído o suficiente a não precisar de deus pra preencher suas necessidades.

      Thumb up 4
    • Religioes na minha opiniao nunca irao cair, pois ja dizia o velho deitado: A ignorancia é a chave de sobrevivencia das masas.

      Sempre irao existir religioes, mas creio eu que no futuro, elas terao muito poucos seguidores.

      Sou ateu graças a deus.

      Thumb up 1
  4. O nosso corpo é programado a se defender até o último momento e com certeza o nosso cérebro se protege para nos confortar na hora em que não temos mais uma saída racional para encarar a morte total.

    Thumb up 3
  5. O ateismo também é uma crença (ou religião) que não tem como ser provada. Os ateus defendem suas convicções e rejeitam qualquer outra que as contrarie mesmo que hajam circunstancias que demonstrem o contrário. Os crentes, por sua vez, ficam cegos pela religião e fecham os olhos para tudo que não se enquadra nos dogmas ditados por suas igrejas.
    O ideal é ter a mente aberta. Siga sua intuição, abra seu coração e sinta as mensagens que o universo (ou Deus) te enviam a todo momento, ai sim vc terá paz. Já fui crente quando criança, virei Ateu por uns 15 anos, e percebi que os dois lados são guiados pelo fanatismo.

    Thumb up 2
    • Se “ateísmo” é “religião”, então “careca” e um “tipo de penteado”…

      E esta história de “eu já fui ateu”…

      Thumb up 18
    • Eu já fui ateu.

      Thumb up 2
    • Eduardo, eu discordo do que vc disse. Isso de colocar um rótulo em uma pessoa e determinar se essa pessoa é assim ou de outro jeito em função deste rótulo é uma armadilha. Na verdade ser um fundamentalista irredutível não tem nada há ver com ser religioso ou ser ateu. Há aí uma falsa relação de causa e efeito. Há religiosos e ateus bastante tolerantes, embora existam aqueles que não o são.

      Thumb up 1
    • Gostei de seu comentário ;)

      Thumb up 0
  6. Nossa sociedade moderna não aprendeu a se reconciliar com a ideia da finitude, do fato que somos todos mortais e não viveremos para sempre. O medo da morte é normal em todo mundo, religioso ou ateu, o que não é normal é a fixação na morte.

    Thumb up 15
  7. Interessante!!!!
    Muitos enchem a boca e se dizem racionais, que só acreditam no que a ciência demonstra, etc.
    Mas essa racionalidade, essa convicção toda, só vai até onde a ciência demonstre aquilo que lhes interessa. Se a ciência demonstrar o contrário, ela de nada vale. É manipulação, é engodo, etc.
    Por isso, eu me divirto com essas pessoas. Elas são muito engraçadas.

    Thumb up 4
    • Conversa fiada, Claiton. Quem nega o que a ciência descobriu ou demonstrou não são os racionais, são os irracionais. Se fossem racionais, aceitariam os fatos.

      Assim temos gente que descrê da Evolução e do Big Bang, e se consolam com estes pensamentos de que os outros vão desacredita da ciência quando ela passar a afirmar o contrário do que afirma agora. Basófia. Conversa fiada. Como é que eles podem saber o que os outros vão pensar no caso hipotético improvável mas não impossível da ciência mudar suas teorias? Não sabem. Inventam.

      Thumb up 10
  8. Religiosos que não deveria ter medo de morrer já que acredita que vão para o paraiso, no maximo deveria ter medo de ir para o inferno que é muito melhor que o vazio da inexistência para onde todos vamos na verdade.

    Thumb up 2
  9. Os humanos nascem e morrem como a milênios, eu por exemplo sou um ponto aleatório num universo temporal, não sei nada antes de ter nascido como também não saberei depois de ter morrido. A religião é a saída que o homem tem de acreditar em uma possível continuação da sua própria existência.

    Thumb up 5
    • possibilidade. Falou tudo.

      Thumb up 0
  10. Todos nos sabemos que a morte não é, de modo nenhum, uma brincadeira; a natureza não desempenha uma comédia; é, sim, um drama trágico, colossal, e sem intervalos.
    A morte aflige o espírito humano. A certeza da morte, ligada à incerteza da sua hora é fonte de angústia durante toda a vida.
    Morrer é que me assusta.
    A angústia da morte sobre o espírito humano leva-o a interrogar-se sobre os mistérios da existência, o seu destino, a vida, o mundo.
    Na minha opinião, crer em Deus e muito mais vantajoso do que nao crer em Deus.
    Na vida ha uma certa competição entre crentes e ateus, agnósticos.
    Cada um defende como pode sua teoria mas os crentes levam uma vantagem.
    Se Deus nao existe, ambos estarão empatados, nenhum ganha, ambos estarão mortos para sempre.
    Mas se Deus existe, os ateus perderão e os crentes vencerão e o pior que os crentes ainda poderao dar uma visitinha para dizer, ”lembra eu no hypescience que voce dizia que Deus nao existia???”.
    A Terra, que é a mãe das criaturas, é também o seu túmulo.

    Thumb up 6
    • Fernando, também penso assim. Essa é exatamente a Aposta de Pascal!

      Thumb up 3
    • Fernando, discordo totalmente do seu modo de pensar.
      Ser ateu ou teista são apenas formas de interpretar a Realidade, não tem nada a ver com ganhar ou perder(sabe-se lá o que).
      De acordo com a sua opinião o simples fato de alguém ser teísta seria suficiente para “ganhar”.Como isso pode ser possível ?
      Se quando morrermos houver algum tipo de julagamento acerca da humanidade, o critério mais lógico e justo seria o “estilo de vida” de cada pessoa e não uma crença. Tipo, acho muito mais coerente uma pessoa boa e descrente “ganhar” do que uma má e crente conseguir isso.

      Thumb up 2
  11. Eu temo a Deus (e Deus se escreve com letras maiúsculas). Se um avião vier a cair a primeira palavra que todos vão dizer é “MEU DEUS….”. Todos nós temos o livre arbítrio.

    Thumb up 3
    • Jose, veja aqui as últimas palavras de dezenas de pilotos de aviões em queda:

      http://www.planecrashinfo.com/lastwords.htm

      Só tem um fazendo uma clara declaração de que confia em Deus (para em seguida morrer em um desastre, mas tudo bem..)

      Thumb up 10
  12. Quando qualquer pessoa passa por situações de morte iminente, ex: ficar soterradas em terremotos, deslizamentos, a maioria tende à repensar suas crenças. Alguém que se diz Ateu, na verdade é crente, sim crente que o deus ” nada ” criou o Universo. Afinal dizem que e Universo surgiu do ” nada”. É uma questão de qual ” deus ” acreditar.

    Thumb up 0
  13. esse tipo de pesquisa parece mais uma campanha em conjunto com lideres do mercado da fé, afinal esse mercado não para, investimento mais rentável a milênios

    Thumb up 2
  14. “os ateus foram mais lentos em afirmar suas convicções.”

    obvio, ateus não tem todas respostas justamente por buscarem a verdade acima de tudo, por isso engolem tanta mentira, tanto lixo cultural

    Thumb up 3
  15. Hipocresias a parte, o temor da morte afeta a todos de crentes a ateus. Somos a única espécie que possue consciência plena da própria finitude. Para alguns, esta consciencia nos torna especiais, para outros, apenas um fato da evolução.
    Pessoalmente prefiro a primeira opção.

    Thumb up 2
    • será que somos os únicos? Consciência é algo difícil de medir.

      Thumb up 0
  16. Medo da morte? Como ter medo de uma coisa que acontece com todos? É apenas sobre vivência! Não há porque temer morrer. Inconscientemente mais receptivos à religião? Qual? Aquela que te coloca a viver no paraíso com lugares belos ou aquela que te dá 72 virgens?

    Thumb up 5
    • Medo de morrer? NUNCA! Pra mim o que acontece conosco após a morte é igual a definição da 1ª lei da termodinâmica, no universo nada se cria, tudo se transforma. Não preciso dizer mais nada neh?!

      Thumb up 2
    • Se você não tem medo da morte, tem problemas. Medo da morte é necessário até no modelo evolutivo.

      Thumb up 0
    • Então, você não tem medo de morrer?

      Thumb up 0
    • Eu não tenho medo de morrer, só tenho medo de COMO vou morrer… ;)

      Thumb up 2
  17. Bom… de toda forma certeza ou incerteza não garante nada até o fim das nossas vidas, o importante é viver o máximo que puder feliz com as suas escolhas!!

    Thumb up 6
    • E não encher o saco do outro para mudar a escolha dele… ;)

      Thumb up 0
  18. è impressão minha ou o Hypescience adora noticias que causam polemica no assunto religião?

    Thumb up 24
    • Não é só Religião, é assuntos que causam polemica e consequentemente acessos e comentários afinal, como irão pagar os jornalistas estagiarios se não tiver ganho?

      Alias, o slogan mudou de “Os Leitores mais Inteligentes da Internet” para “O Universo em um Clic”. Presumo que o objetivo principal do site esteja sendo descaracterizado.

      Lembrei da Frase do Zagalo: “Voces vão ter que me engolir!”.

      Thumb up 1
    • talvez sim talvez não, só sei que eles adoram censurar.
      eu, por exemplo, poderia responder com outros nomes, mas simplesmente não ligo

      Thumb up 0
  19. Histórias de ateus que viraram crentes na hora da morte?
    Sites religiosos estão cheios dessas histórias — acredite se quiser.
    Mas, mesmo que um ateu tenha ¨amarelado¨ na hora de morrer, isso não prova NADA sobre sobre existência de vida após a morte ou sobre deus. Prova apenas que o cara tinha medo de morrer, algo bem humano…

    Thumb up 34
    • Também não prova à não existência.

      Thumb up 9
    • Não há como provar a não existência de uma coisa. E, pelo visto nos últimos 10 mil anos, não há também como provar a existência de deus. Nenhuma religião até agora o provou. O crente tem que acreditar no sacerdote de olhos fechados.

      Thumb up 24
    • Nem teria como. O método científico é recente, como poderia algo ser provado antes dele? Sua “contagem” deve ser levada em conta somente após a criação do método. ;)

      Thumb up 0
    • Claro que nunca provou, se não nem estaríamos nos dando ao trabalho de discutir com vocês! Hahahaha! Brincadeira… :P

      Thumb up 0
    • Uma falácia bem conhecida, inversão do ônus da prova, só você que tem a ganhar provando a existência.

      Thumb up 1
    • Existem sim muitas evidências da existência Deus, evidências filosóficas, evidências históricas e mesmo evidências científicas. Como a ordem e beleza do universo, as leis matemáticas da física, o princípio antrópico, a proporção áurea e a sequência de Fibonacci na natureza, o mistério da origem do universo, da vida e da consciência; a prova ontológica, a prova cosmológica e a prova das cinco vias de São Tomás de Aquino; a revelação pública de Deus ao mundo na pessoa de Cristo; os milagres da Igreja, etc.

      Mas, alguns podem dizer que isso não é prova. Por isso, eu insisto tanto no estudo dos grandes milagres da Igreja (como o Santo Sudário, a Imagem de Guadalupe, Milagre Eucarístico de Lanciano, Sangue de São Genaro, corpos e órgãos incorruptos de santos, etc.) que passam pelo crivo da Ciência e que, portanto, são provas objetivas da existência de Deus e da veracidade da Igreja.

      Sugiro, por exemplo, assistir (disponível no YouTube) o incrível documentário do History Channel “GUADALUPE: UMA IMAGEM VIVA” que conta a fascinante história e também os principais estudos realizados na Imagem de Guadalupe, com entrevista de pintores, astrônomos, físicos e até do Dr. Aste da IBM.

      E também o excelente e sério documentário do Discovery Channel (também disponível no YouTube) “O MISTÉRIO DO SANTO SUDÁRIO” e sua continuação “O SUDÁRIO DE TURIM”.

      Thumb up 4
    • É mentira que existam evidências científicas da existência de qualquer deus ou deuses.

      Proporção áurea, números de Fibonacci, estas coisas não provam nada, a não ser a si mesmas. Por exemplo, ninguém que afirme que partes do corpo humano seguem a proporção áurea jamais fez nenhuma medida comprovando isto, se fizessem, perceberiam que é conversa fiada.

      Sobre o “Santo Sudário”, é uma fraude medieval, isto já foi comprovado pela ciência. E os “corpos incorruptíveis” são múmias naturais, como as que ocorrem naturalmente me muitas áreas desérticas do mundo, como no Atacama – o sujeito morre desidratado em uma região seca, e o corpo acaba se preservando naturalmente, não apodrece, justamente por que falta umidade.

      Sobre a “perfeição” da natureza, o que significa então a “imperfeição” da natureza? Por exemplo, a posição da coluna vertebral em um bípede como o homem causa dores nas costas. Um reto com vasos frágeis em um animal que anda em pé causa hemorróidas. Sem falar das crianças que nascem com defeitos como síndrome de Down, hemofilia, anencefalia, espinha bífida, etc (http://pt.wikipedia.org/wiki/Malforma%C3%A7%C3%A3o_cong%C3%A9nita ), e as milhares que não nascem por que são abortadas naturalmente – como é que dá para chamar de “perfeito” um processo que produz tantos elementos defeituosos? Na área da cosmologia, a maior parte do Universo é altamente letal para a vida, mesmo para o ser vivo mais resistente conhecido, a bactéria: alta radiação, partículas de alta energia, radiação ultra-violeta, raios gama, etc. Sem falar no vácuo e no frio. Na maior parte do Universo, teríamos morte INSTANTÂNEA. E as colisões de asteroides, cometas, e explosões de estrelas, tudo isto gera um caos que não tem nada de perfeito ou harmônico.

      Se estas são as provas da existência de algum deus, então está mais que patente que deus algum existe…

      Thumb up 12
    • Cesar, se não viu os documentários que indiquei da Imagem de Guadalupe e do Santo Sudário, pelo menos deveria assisti-los antes de falar uma coisas dessas.

      Os milagres autênticos são sim uma prova objetiva da existência de Deus; mesmo porque, tais milagres comprovados pela ciência (gostemos ou não) só ocorrem em uma única religião do mundo: a Igreja Católica.

      O Santo Sudário já é o objeto mais estudado em toda a história da ciência. Se ele fosse uma falsificação medieval, não teria passado nem na primeira bateria de testes do STURP.

      Dos inúmeros testes realizados, o único que realmente deu negativo (além dos estudos do Dr. McCrone que já foi totalmente refutado) foi a datação por C14. Porém, ela também está sendo refutada por uma pesquisa (publicada com peer review e confirmada por outros cientistas) do Dr. Ray Rogers que demonstrou que as amostras usadas no teste de C14 (diferente do resto do Sudário) fazia parte de um remendo feito na Idade Média e que, portanto, estava contaminada com algodão da Idade Média.

      Aliás, uma das mais recentes pesquisas científicas sérias foi a dos físicos do ENEA; que chegaram à conclusão, após cinco anos de pesquisa, que seria necessário um laser ultravioleta de 34 trilhões de watts para gerar a imagem do Sudário de uma só vez. Algo não só impossível na Idade Média, mas até com a tecnologia de hoje. É só procurar na internet para confirmar tal pesquisa.

      Não vai me dizer que também acha que foi uma obra de Leonardo da Vinci?

      Thumb up 4
    • Primeiro, o teste de C14 não foi refutado. Há um cientista que, por razões pessoais, não aceita os testes (e não é o único, mas razões pessoais não contam). Novos testes foram feitos e todos eles concordam que o tecido tem entre 600 e 700 anos, ou seja, é do século XIII ou XIV, com erros variáveis.

      http://en.wikipedia.org/wiki/Radiocarbon_14_dating_of_the_Shroud_of_Turin#Official_announcement

      Segundo, o resultado do ENEA é diferente do noticiado. As notícias dizem que o grupo afirma que a “única” forma de fazer a imagem é usando um raio UV potentíssimo. Só que não é isto o que o grupo do ENEA falou.

      http://blogs.telegraph.co.uk/news/tomchiversscience/100125247/the-turin-shroud-is-fake-get-over-it/

      O Sudário de Turim é uma falsificação da Idade Média, quanto a isto não resta dúvida razoável. Não se sabe exatamente que processo foi usado, mas certamente não foi impressão feita com luz, já que, como apontou o teste do ENEA, isto não era possível na época.

      Thumb up 7
    • O fato de haver defeitos em nascimentos de seres ou o fato do Universo em sua maioria ser inóspito, isto não quer dizer nada meu querido. Nada será feito da forma como achamos que deveria, tudo tem um propósito maior que nossa mente tão pequena e miserável perto do Tão Grande Mentor do Universo insiste em dar as suas imprestáveis colaborações… O Grande Criador não precisa de nosso palpite e a coisa não funciona da forma como pensamos porque somos parte da obra e não co-criadores. Não dá para olhar as coisas que temos no planeta, coisas perfeitas sim e ignorá-las por exceções ou pelo restante do Universo, pois se o restante nos fosse importante, já haveria pontes para irmos até os seus confins… Mas você parece ser aquele tipo de pessoa que acha que tem todas as verdades não é? Paciência!

      Thumb up 2
    • Cesar, desculpe, mas eu acompanho os estudos sobre o Sudário há muitos anos e posso garantir que não houve novos testes de C14 no Sudário; os únicos que houve foi em 1988 feito por três laboratórios
      diferentes.

      E se você ler o artigo da Wikipedia que você mesmo indicou, verá exatamente o que eu havia dito antes: “… Esses resultados já foram questionados em peer-reviewed revistas por Raymond Rogers em Thermochimica Acta e M.Sue Benford e G. Joseph Marino em Química Hoje…”.

      Ou seja, os resultados do teste C14 estavam corretos, só que a amostra (por azar) foi retirada de um remendo no Sudário feito com fibras de algodão por freiras da Idade Média. E, justamente, dependendo da quantidade de algodão das amostras de cada laboratório, deu uma diferença menor ou maior de anos entre os três laboratórios; o que estava fora da margem de erro.

      Além disso, o Dr. Rogers (que também era um cético do Sudário) também demonstrou em 2005 que, ao contrário das amostras, não há mais presença de vanilina (um produto da decomposição da lignina) na maioria do Sudário. O que prova que o tecido tem de 1.300 a 3.000 anos de idade; já que, se fosse mais novo como indicado pela datação por Carbono 14, deveria apresentar restos de vanilina.

      Essa pesquisa do Dr. Rogers já foi comprovada por outros pesquisadores e, graças a ela, a comunidade científica internacional está pedindo autorização ao Vaticano para mais um teste de C14 com técnicas mais modernas.

      O documentário do Discovery Channel que indiquei fala tudo isso e, inclusive, tem uma entrevista com o próprio Dr. Rogers antes dele morrer.

      Veja também o artigo imparcial do químico e PhD em física Phiip Ball publicado na NATURE:

      http://www.nature.com/news/2005/050128/full/news050124-17.html

      Thumb up 2
    • Já sobre a pesquisa dos físicos do ENEA, após cinco anos de pesquisa, eles chegaram a conclusão de que somente com um laser UV era possível reproduzir a mesma coloração amarelada das fibras do Sudário; já que não há pigmentos no Sudário e sim uma oxidação superficial das fibras com uma espessura de apenas (se não me engano) um quinto de milésimo de milímetro. E o pior é que há fibras coloridas ao lado de outras sem nenhuma coloração.

      E isso é impossível de se conseguir usando tinta ou qualquer outro pigmento, chamuscamento, luz solar, etc.

      Ou seja, somente com um laser UV eles conseguiram a mesma coloração e a mesma espessura da camada superficial das fibras.

      E isso é absurdo, porque sabe-se que na Idade Média não havia laser UV e, mesmo que existisse, teria de ter a incrível potência de 34 trilhões de watts para formar a imagem de uma só vez!

      Aqui está o link do artigo original dos físicos do ENEA que foi publicado (em italiano), que confirma o que eu disse:

      http://opac.bologna.enea.it:8991/RT/2011/2011_14_ENEA.pdf

      E o curioso é que a Imagem do Sudário não é uma pintura, ou decalque, ou fotografia comum; mas sim uma RADIOGRAFIA com informação 3D e até holográfica de um HOMEM RESSUSCITANDO! Onde dá para ver claramente até os ossos e as raízes dos dentes da vítima. Sendo que o único candidato histórico para o homem do Sudário é Jesus de Nazaré.

      Por isso, ele é impossível de ter sido feito por algum falsificador da Idade Média (nem mesmo por Leonardo da Vinci), já que nem hoje temos tecnologia suficiente para reproduzi-lo com perfeição. Ou seja, como disse o Pe. Quevedo no programa Superpop (tem no YouTube), o Santo Sudário não é um milagre, é um MILAGRAÇO!

      Os estudos científicos do Santo Sudário não é nada trivial e é algo extremamente sério e maravilhoso. Se você ainda não viu, veja os documentários que indiquei sobre o Santo Sudário e também sobre a Imagem de Guadalupe, para ver que não estou querendo ludibriar ninguém aqui!

      Thumb up 1
    • E quanto aos corpos incorruptos de santos, incorrupção não tem nada a ver com mumificação ou saponificação.

      Corpos incorruptos não apresentam rigidez cadavérica; muitos se mantêm flexíveis e mantém sangue líquido; alguns destilam óleo, água ou exalam perfumes por séculos.

      Outros ainda são encontrados reduzidos a pó, exceto algum órgão específico do corpo. Como o coração de Santa Brígida (que era muito caridosa) ou a língua de Santo Antônio (que era um grande pregador).

      Basta procurar na internet sobre o assunto.

      Thumb up 2
    • Para supor a veracidade do Sundário, você começa pensando como deveria ter sido impresso o corpo no manto. Se o corpo está ensanguentado, no manto deveriam estar marcas de sangue, certo?

      Mas o formato no Sundário é de uma pintura. Se realmente aquelas imagens tivessem sido feitas por estar em contato com o corpo, as orelhas estariam bem mais afastadas uma das outras. Seria uma imagem estranha.

      Besunte a cara de tinta e cole um pano por cima e veja por você mesmo se vai estar parecido com o sundário…

      Thumb up 2
    • Danilo, é por isso que o Santo Sudário só pode ser um milagre; pois não é decalque, nem pintura e nem fotografia.

      Aliás, ele só pode ser visto direito a seis metros de distância.

      Isso que falou, foi debatido no divertido debate entre o Pe. Quevedo, um médico, um pastor protestante e dois ativistas céticos no programa Superpop – Parte 06 (é só procurar no YouTube por “Superpop – Sudário”)

      Thumb up 1
    • Eu não gosto de ficar debatendo nos comentários, e nem li todo o seu comentário, mas essa parte ja me chamou a atenção: “Como a ordem e beleza do universo…”
      Só digo o seguinte.. beleza é algo subjetivo, não algo absoluto. Acho que, de qualquer jeito que fosse o planeta ou o universo, acharíamos bonito, pois foi no meio de isso tudo que evoluimos, nos adaptamos as características da terra.

      Thumb up 2
    • Igor, concordo em parte.

      Já diz a frase: “Quem ama o feio, bonito lhe parece!”.

      Mas eu acho que existe os dois tipos de beleza, a subjetiva e a absoluta.

      Sendo que ambas só puderam ser apreciadas depois do desenvolvimento da consciência.

      Não sei se já pesquisou na internet sobre a ‘proporção áurea’. Se não, dê uma pesquisada que é muito interessante!

      Thumb up 1
    • E também só prova que o cara se desesperou e o cérebro parou de funcionar direito… :/

      Thumb up 0
    • Era pra responder ao comentario do Edson^

      Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
solar-impulse-sun-02.grid-7x2
Avião movido à energia solar dará volta ao mundo

Pilotos querem voar ...

Fechar