Menino castrado pela própria mãe segue com sua vida

Publicado em 20.06.2012

Holden Gothia, um menino que tem agora 5 anos, foi mutilado pela própria mãe quando tinha apenas apenas cinco semanas – sua genitália toda foi decepada brutalmente, e não foi mais encontrada.

A mãe, que na ocasião teve resultado positivo para cocaína, metadona e Xanax, afirmava que o cão da família havia mutilado o menino, mas o tribunal do júri que a condenou a 99 anos em agosto de 2009 pensava diferente.

Hoje Holden vive com parentes. A tia e guardiã legal Patches DeShazo diz que o menino brinca e leva uma vida normal, e parece pensar que os órgãos genitais são coisa que crescem e aparecem quando você chega na idade certa, o que não estará de todo errado no caso dele, já que a família está fazendo concertos para levantar fundos para o tratamento do menino. A fundação “Heroes for Holden Fundation” fez um show beneficiente no último dia 10 de junho, repetindo um evento que no ano passado levantou £$240.000 (cerca de R$780.000,00). A meta é juntar pelo menos meio milhão de dólares para a cirurgia (R$1.029.898,55). O objetivo a longo prazo é ajudar outras crianças na mesma situação.

Patches teme que as cicatrizes emocionais sejam mais difíceis de curar que as horríveis cicatrizes físicas, que se parecem com uma queimadura: Holden teve uma artéria seccionada, e perdeu praticamente metade do sangue quando pesava apenas 4 quilos. Os médicos afirmam que uma rotina de cirurgias de reconstrução e muitas sessões de psicoterapia o aguardam no futuro.

Mas estes problemas são para o futuro. Holden agora parece estar mais preocupado em cantar, correr, e brincar com seus irmãos. Ele participou no show beneficiente como percussionista, embora não entendesse bem o motivo do show.
[DailyMail]


Autor: Cesar Grossmann

Formado em Engenharia Elétrica, é funcionário público, gosta de xadrez e fotografia. Apesar de se definir como "geek", não tem um smartphone, e usa uma câmera fotográfica com filme (além da digital).

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

10 Comentários

  1. e ainda tem uns retardados mentais que fazem passeata a favor da maconha! Bando de idiotas e vagabundos não sabem o que a droga é capaz de fazer. Coitado desse menino não merecia uma “mãe” dessas. Cadeira elétrica é pouco pra essa mulher que fez isso com essa criança inocente.

    Thumb up 14
    • presta atenção que a matéria não cita maconha, e sim cocaína e outras drogas.

      não sou a favor do uso de maconha, mas é sacanagem postar algo tendencioso que nada tem a ver com a matéria e sim com um ativismo pessoal controverso (eu sou a favor da desciminação – assim como FHC).

      presta atenção! ou vc tá bebendo demais e por isso não entendeu o que estava escrito?

      Thumb up 27
  2. Deveriam preservar a imagem do menino.Imagina quando ele chegar à puberdade e todo mundo souber dessa história.

    Thumb up 27
    • Concordo totalmente com você. Aliás, a imagem de crianças e adolescentes criminosos é preservada, eu não entendi porque foi divulgada a dele.

      Thumb up 11
  3. Se fosse no Brasil a mulher nem teria sido condenada, ou talvez demorasse anoos até sair um julgamento.

    Espero que dê tudo certo nas cirurgias da criança, que por sinal é lindissima!

    Thumb up 20
  4. Deviam cortar os b.i.c.o.s dos s.e.i.o.s. e o c.l.i.t.ó.r.i.s dela prá ver se é bom…isso num é mãe… nem mulher, isso é o diabo em forma de gente!

    Thumb up 10
  5. Que mãe FDP.
    Por isso digo que deveria castrar é esses drogados, para não terem mais filhos.
    A cracolândia por exemplo está cheia de parideiras que trazem essas crianças para esse mundo sem a menor condição, além dos problemas mentais que eles desenvolvem na gestação, muitos trazem consigo o HIV.

    Thumb up 39

Envie um comentário

Leia o post anterior:
dali
Cientistas preveem que o tempo irá parar completamente

Hipótese sugere que,...

Fechar