O mito da falta de água no mundo

Publicado em 23.06.2008

falta de agua mundo mito

As pessoas podem viver com o aquecimento global, mas ninguém consegue viver sem água. Nos últimos anos a mídia freqüentemente veicula que no futuro faltará água para todos e esse precioso elemento natural levará, inclusive, a guerras entre as nações.

Além de precisarmos de água para beber e para cultivar nossa comida e nossos animais (nossa comida, novamente) praticamente toda indústria depende dela. Uma pesquisa feita nos EUA descobriu que são necessários quase 5 mil litros de água para “colher” um simples hambúrguer (levando em conta a quantidade de água necessária para irrigar o pasto do gado). A principal fonte de eletricidade no Brasil também depende da água.

A demanda dispara

As reportagens que falam do terrível futuro sem água costumam divulgar algumas estatísticas que dizem:

  • Que a demanda de água triplicou apenas nos últimos 50 anos, enquanto os níveis de água caem em muitos dos países mais populosos.
  • Muitos dos maiores rios do mundo perderam muito seu volume e alguns secaram completamente.
  • Os lagos do planeta estão desaparecendo em taxas alarmantes: o Mar de Aral, por exemplo, está com menos de um quarto do seu tamanho original.

É verdade que isso é causa para alarme, mas para entender o problema é necessário ler além das manchetes para entender este pequeno fato: Não há falta de água.

Nosso planeta não está ficando sem água e também não está perdendo água. Há cerca de 1.362 quintilhões de litros de água no planeta e ela não está indo para lugar nenhum, mas sim, circulando. O ciclo hidrológico da Terra é um sistema fechado, e o processo é mais velho que o próprio tempo: evaporação, condensação, precipitação, infiltração e assim por diante. Em realidade há mais água em forma líquida no planeta do que havia algumas décadas atrás, devido em parte ao aquecimento global e o derretimento das calotas polares.

Os problemas

Não, há muita água. O problema é que a vasta maioria da água da Terra está nos oceanos na forma de água salgada e deve ser dessalinizada antes de ser utilizada para consumo ou irrigação. Dessalinização em larga escala é possível, mas é cara.

Mas o mundo também não está ficando sem água doce. Há muita água doce em nosso globo azul e não está chovendo menos do que costumava chover a mil anos atrás. Mas é claro que, como qualquer outro recurso, existe a escassez local, e estas sim estão piorando. Mas o problema real é disponibilidade local e transporte: mover água doce de onde ela existe em abundância, para os locais onde ela é escassa. A água é pesada e cara para transportar e aqueles que podem pagar o transporte, sempre terão água.

É a água, e não o aquecimento global, que será o grande desafio ambiental que o mundo enfrentará nas próximas décadas e séculos.

Para encontrar soluções é muito importante entender o problema. A água nunca é realmente “desperdiçada”. Ela simplesmente se move de um local para o outro. Se você deixa a sua torneira pingando o dia todo, isso é água limpa que estará indo novamente para o sistema, a água nunca é “perdida”. O que perde é o dinheiro e energia, pois é necessário energia para purificar e distribuir a água.

A conservação dos recursos hídricos é muito importante, mas não porque há (ou haverá) falta de água, ela é o recurso mais renovável que existe. Assim como qualquer outro recurso o problema é levá-la para aqueles que necessitam. [Fonte]

Autor: Alessandra Nogueira

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

64 Comentários

  1. Tão pegando qlqr um ignorante na rua pra escrever opinião pessoal aqui? É isso? Mesmo desconsiderando o fato de que o que importa é água potável, a maioria da água retorna pra o seu “sistema fechado”, retorna em sua maioria na forma de chuva… NO MEIO DA PORRA DO OCEANO!

    Thumb up 3
  2. A água doce chega continuamente do espaço exterior. Provavelmente vinda de Marte. Grandes furacões poem-na em órbita, vira cometas de gelo que são atraídos pela gravidade terrestre. Volatilizam-se na atmosfera formando nuvens Cirrus que depois precipitam como chuva.

    Thumb up 2
  3. Não é um mito. Quando se fala em ‘faltar água’, refere-se à água própria para o consumo (de todas as formas que utilizamos). Não acredito que ainda há pessoas que não entendam isso.
    Se chegarmos a um ponto em que a dessalinização seja necessária, pobre continuará morrendo de sede, mas não será apenas em certos lugares (como no sertão, por exemplo) mas no mundo todo de uma forma geral.

    Thumb up 16
  4. falou, falou e não disse nada. o problema continua no ar…a estória da dessalinização é mais velha que mijar de cocoras, é igual à ideia do carro eletrico: ninguem investe em larga escala pois nao interessa.

    Thumb up 2
  5. Isso já sabia, o problema é a água potável. Ela também não irá acabar, mas irá diminuir e encarecer. O que precisamos fazer é economizar para dar tempo que a ciência desenvolva formas de purificação mais econômicas. Já existem usinas de purificação por destilação e reidratação da água, mas isso é caro. Então, vamos economizar para dar tempo a ciência e assim não precisarmos pagar caro pela água.

    Thumb up 9
  6. É muito lógico dizer que a aguá no mundo não acaba, porque vivemos em um sistema fechado. O que se diz na mídia é a falta de ” ÁGUA POTÁVEL “, o que é pura verdade, ou seja imagina uma água com a qualidade do rio PINHEIROS ou TIETÊ regando plantações e alimentando gado ??? ou então abastecendo nossa caixa d’água ? Portanto , espero que editores ou seja lá quem escreveu essa reportagem seja mais cauteloso ao escrever esse tipo de coisa. A água potável no mundo se acaba a cada dia e se não fizermos algo desde já no futuro teremos muitos quinquilhões de litros de água…. só que PODRE. É isso que você quer ?

    Thumb up 46
    • Augusto,
      Existem documentos feitos pelo pessoal do Greenpeace vaticinando que o efeito estufa e suas consequencias + poluiçao + aumento da populaçao + devastaçao de florestas + o diabo que esta por vir, em alguns milhares de anos nao haverá agua nenhuma no planeta, nem podre.

      Thumb up 9
    • kkkk já clonamos uma ovelha, decodificamos o DNA. Você acha que não somos capazes de transformar esgoto em água potável. Esse povo que faltou as aulas de química.

      Thumb up 48
    • o gerbran! Que diabo de evento que vai acontecer no planeta para acabar com a água? Cara eu desconheço algo que quebre a molécula de água e a “transforme” de volta em hidrogênio e oxigênio. Por que eu acho que a água só deixa de existir, se acontecer isso.

      Thumb up 6
  7. Recomento um documentário muito interessante sobre a temática, ele se chama “A Guerra da Água”, e propõe inúmeras reflexões, estudos e análises sobre a questão deste importante recurso hídrico. vlw!

    Thumb up 6
    • Vou ver, obrigado pela sugestão.

      Thumb up 5
    • A língua portuguesa também.

      Thumb up 25
  8. É importante que todos se preocupe por um futuro melhor, nos últimos dias o que mas retrata nos jornais é destruicões de cidades ou paises pela agreção da Natureza,todos se preocupam e pensam que o mundo está acabando, eu acredito que temos que fazer algo sim para melhorar o Planeta o que acho mas engraçado que a humanidade só se fanifesta quando o problema tá grande porque temos que cuidar desde cedo o que nos pertecemos, temos que viver o momento presente cuidadndo da educação das nossas futuras gerações para não cometer o erro que fizemos, a égua é a fonte da vida,logo ela precisa dos cuidados da humanidade, a natureza sente dor por isso ela pede socorro se manifestando com destruiçoes do mesmo modo que fazemos com Ela… Obrigada por ler meu artigo!

    Thumb up 3
  9. Acredito que o nosso maior problema não é a quantidade de água, mas sim o uso que fazemos dela. acredito que o melhor que as pessoas podem fazer é aprender mais sobre aspectos como o ciclo da água e de outros elementos como hidrogênio, oxigênio, e metáno. A Mídia prefere noticiar aquilo que da maior audiência, então a melhor forma de saber a verdade sobre as coisas é usar o maior número de fontes possíveis. Obrigado pelo artigo.

    Thumb up 1
  10. 97% de água é de água salgada e 3% é de água doce e por isso as pessoas podem viver com o aquecimento global, mas ninguém consegue viver sem água. Nos últimos anos a mídia freqüentemente veicula que no futuro faltará água para todos e esse precioso elemento natural levará, inclusive, a guerras entre as nações.

    Thumb up 0
  11. 97 por % da agua do mundo e salgada e 1,3% da agua e doce a e a agua que a gente be tem apenas 0.7% vcs achao so pq tem ciclo da agua agente pde desperdisa acorda Brasillllllll

    Thumb up 0
  12. Mas veja bem, com tanta poluição, e venenos para cultivar alimentos, o uso de mercúrio, usinas nucleares, pode contaminar
    toda essa água, que demora uma infinidade para descontaminar
    então devemos preservar a água não acham?(me respondam)

    Thumb up 8
  13. mesmo que nao acabe nos devemos preserva a agua , porque sem ela nos iriamos morrer , prcisamos dela mas do que um balao precisa de ar para voar , entao vamos gastar menos agua , se cada um fizer sua parte , nos vamos consiquir quem sabe acaba ate com a poluiçao , juntos podemos mais , juntos podemos tudo bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssss

    Thumb up 7
  14. OI!O NEGOCIO E O SEGUINTE CADA UM FAZA SUA PARTE QUE ASSIM A AGUA NAO ACABARA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!BJOSSSSSS E ATE A PROXIMA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Thumb up 2
  15. oi!a cada dia que passa as pessos vao acabando com o nosso grande tessouro que e a agua.as pessos deveriam se conscientizar mais e ler esta materia!gostei tambem muito dos comentarios!espero que gostem do meu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ate mais!bjinhosssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Thumb up 2
  16. ja parou par pensar que sem agua nao a vida ,e que nossos filhos um dia no futuro nos culparam de nos mesmos nao ter ajudado a manter agua ate a sua vidas serem geradas.que peso ficares na conciecias ,e a unica coisa que iremos dizer a eles como foi tao bom as lembrancas que estaramos contando ales ,perceba e se toque o mundo nao esta de brincadeira……………….

    Thumb up 2
  17. agua uma palavra que significa=vida ajudar a mantela enquanto a tempo e nosso dever………

    Thumb up 10
  18. a agua e umas das coisas que nao se pode disperdicar, economizar e umas das coisas que todos nois cidadoes devemos fazer para que no futuro nossos filhos nao nos culpe de uma coisa que devemos ter feito e nem se quer nos tocamos que era pro propio bem de todos .se paresse tao facil para todos entao porque nao tomamos atitude e vamos ajudar a economizar a aaaaaaaaaaaaggggggguuuuuuuuuaaaaaaaaaaa;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

    Thumb up 4
  19. Lei de lavoisier
    “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”

    Thumb up 15
  20. cara pra fala a verdade estamos viajandu mto com a água
    naum sabemos como vai ser o mundo daki pra frente
    naum sabemos como vao fika as proximas gerações…..
    Doenças falta de alimento para eles e tudo mais

    Thumb up 14
  21. Em vista disso, me entristeço pois não temos a quem recorrer. Tenho uma vizinha que desperdiça água dia e noite pelo ladrão e não há quem a faça parar. O pior de tudo é que a água vai para minha casa e ela ainda está “de mal” comigo por eu ter reclamado. Isto dura meses e não temos aonde ir. A distribuidora diz que não pode fazer nada pois está dentro do quintal dela o cano. E aí se o consumidor não tem consciência, prejudica o vizinho e fica por isso mesmo? Não há uma fiscalização? Um apoio Judicial atuante e rápido? Pois se for para durar meses ou anos não adianta. Adeus água!

    Thumb up 13
  22. Segundo a ONU, até 2025, dois bilhões e setecentos milhões de pessoas sofrerão muitos danos por falta de água. O homem é o grande consumidor de água doce, em média são utilizados 200 litros de água/dia/pessoa, aproximadamente.
    O consumo de uma família no campo é seis vezes menor de que uma família na cidade, porém o consumo da agricultura é responsável por 70% do total do mundo.
    Por causa desse desperdício de água, rios famosos, não conseguem alcançar suas “metas” em tempo de seca.

    Thumb up 12
  23. Para mim realmente nunca passou de mito a falta de água no mundo, a não ser devido o aquecimento global. acredito na má distribuição da água e no volume que é gasta pelas industrias. a água faz um processo, como já vimos aqui no site, agora com a quantidade de água que é gasta de forma descessária e até voltar para o seu estado saldavel para nosso uso deve levar um tempo.

    Thumb up 9
  24. isso é orivel o que sera da nação do planeta.
    do ser humano.temos que azer algo para que isso ñ acotesa ,pois quem vai sofrer ñ é só o planeta Terra e sim o ser humano..

    Thumb up 5
  25. Senti o efeito da falta de água sem dó no ano de 1994 no mun. de Altinho em Pernambuco região agreste! A seca estava terrível,ainda tínhamos água na torneira 1 vez por semana durante 4 horas…quando pelo rádio ouvimos o aviso: a compesa (tipo a sabesp de PE) avisa aos Altinenses que o reservatório de seu mun. secou e o fornecimento de água está suspenso. Tal abastecimento será feito a nível emergencial em caminhões Pipa.
    A coisa era mais ou menos assim: Um caminhão vinha ao centro do pequeno Altinho com a bendita água,o problema é que toda a população urbana e ainda a pop. rural aguardavam o líquido! A lei é a seguinte: cada um por si! Seres humanos se tornando animais lutando por um balde de água,havia confrontos físicos,verbais e até a faca cantou no chão seco,nessa altura tinha gente até dentro do reservatório e em poucos minutos secava tudo! Parece engraçado,ou abisurdo mas é sério… houve tempos que se você pedisse pra tomar um copo d’água,não teríamos pra te dar… Depois que a seca acabou,foi feito uma análise da situação da região…descobriu-se por exemplo que nossa barragem (represa) comportava apenas um 1/4 daquilo a que realmente tivera sido projetada (de toda a água),em outras palavras fizeram a barragem bem menor do que havia sido planejada,diminuindo sua capacidade de armazenamento… o dinheiro da verba foi pro bolso dos políticos da época…
    Eita! esse meu Brasil hein? ( até hoje o valor não foi ressarcido aos cofres púlblicos e nem houve ampliação da barraqgem) o povo deve estar eperando uma nova seca e os políticos devem ter embolsado a hipotética verba…

    Thumb up 10
  26. Achei deveras interessante as opiniões aqui publicadas, a respeito do problema do tal “desperdício” d’água. Creio que não faltará água neste nosso planeta azul, e tenho esperança de que, um dia, as novas gerações estarão bem mais conscientes da importância de não só prezar o planeta em que habita como do dever de prezar os seus semelhantes e os outros seres, nossos companheiros de sobrevivência terrena.
    Agora, quanto ao Anderson Reis, parabéns!, está corretíssimo na revisão do “…costumava chover a mil anos atrás ” para “…costumava chover há mil anos atrás”. “A mil anos” ou “há mil anos”, e ainda por cima “atrás”, é redundante.

    Thumb up 7
  27. Achei deveras interessante as opiniões aqui publicadas, que, ralmente, o problema é o tal do “desperdício”. Creio que não faltará água neste nosso planeta azul, e tenho esperança de que, um dia, as novas gerações estarão bem mais conscientes da importância de não só prezar o planeta em que habita como do dever de prezar os seus semelhantes e os outros seres, nossos companheiros de sobrevivência terrena.
    Agora, quanto ao Anderson Reis, está corretíssimo na revisão do “…costumava chover a mil anos atrás ” para “…costumava chover há mil anos atrás”. “A mil anos” ou “há mil anos”, e ainda por cima “atrás”, é uma temenda redundância.

    Thumb up 6
  28. Obrigado pela materia, sou tambem um dos defensores de que a falta de agua nao passa de um mito e mesmo que venha a acabar, e bobagem se preocupar quando nao ha possibilidade de estarmos vivos para presenciar uma suposta falta mundial de agua…

    Thumb up 3
  29. Corroborando com SandTiger, de fato isso é realidade. Se é fato, é real. Rsrsrsrs
    A questão aqui não é a gramática, mas sim a questão ambiental em jogo.
    Na questão da mega produção pleonástica, vou te contar, heim Guilherme. Que bela produção. Ainda bem que nossa língua é flexível. kkkkkkkkkkkk Em realidade há mais água em forma líquida no planeta do que havia algumas décadas atrás, ” se havia algumas décadas atrás, só poderia ser mesmo atrás. Acho que esse povo brasileiro em vez de se preocupar fazendo cursos de inglês, poder-se- ia aprimorar sua língua mãe.

    Thumb up 3
  30. As previsões de falta d’água sempre me pareceram uma bobagem completa. O problema é de administração desse recurso vasto e interminável. Não é que a água acabou, o consumo excessivo (principalmente concentrado) esgota a água disponível. É aguardar que chove mais. Se acumularmos a água da chuva, faltarão cisternas.
    Tem água até demais(70% da superfície terrestre), sem considerar o aumento de geleiras que estão se derretendo nos pólos. É mais fácil o mundo ficar submerso do que faltar água.

    Thumb up 4
  31. Velho, vem morar aqui em Belém por um ano e me diz depois se o aquecimento global não é o maior problema que a humanidade tem que enfrentar nesse século.

    Thumb up 3
  32. Acho interessante corrigir o trecho “…costumava chover a mil anos atrás ” para
    “…costumava chover há mil anos atrás”

    Um comentarista foi corrigir um outro amigo,putz errou feio na correção.
    para
    “…costumava chover há mil anos”

    Thumb up 3
  33. eu não concordo com você.

    È claro que a água não vai acabar de uma hora pra outro, mas o fato é
    se as pessoas não se alarmarem, o disperdicio não ira acabar.

    e sem contar que não é todo lugar que tem saneamento basico,
    então a água gasta, não é aproveitada.

    E que tem muita água no planeta nos sabemos ,mas o poblema é,
    ela pode ser usada para o cosumo humano?

    97% da agua do planeta são de oceanos.
    e não podemos consumir.
    mas é claro que tem o processo de dessalinização.
    mas é muito caro e o brasil não pode pagar.

    então nos temos que se alarmar , por que a água pode até não acabar.

    mas se tiver o custo dela sera muito alta , e a classe baixa não tera dinheiro para pagar o seu preço.

    por isso que devemos fazer a racionalizão, diminuir o disperdicio para no futuro proximo não nós faltar água

    Thumb up 3
  34. Muito interesante a materia, muito inteligente o autor, muito bom esse endereço! confeço que nao o cohecia!
    Gosto muito de assuntos relacioados ao meio ambiente, parabens!
    Um forte abraço do FERREIRA.

    Thumb up 2
  35. È claro que todos nós devemos ser conscientes a respeito da água, usa-la sem desperdiçar, mas que existe um certo exagero neste assunto existe, se toda água acaba voltando para a terra ou mar, onde é filtrada ou evapora formando as nuvens, isso de a agua acabar tão cedo é um mito igual á “economia” de energia no horário de verão, ninguem deixa de tomar banho ou fazer o que sempre faz só porque se adiantou uma hora, parece que querem brincar com a nossa inteligência, e o pior é que aceitamos isso sem reclamar, e quem acaba reclamando é o nosso corpo que sofre com isso. Não há parametros para se comparar já que faz muitos anos que o horário de verão começou e de lá pra cá mudou e muito o comsumo de energia no país.

    Thumb up 2
  36. Como disse a Virgínia, devemos nos preocupar é com a qualidade, já que exemplos como o Rio Tietê e tantos outros nas grandes cidades, que têm muita água, estão podres. Esta água evapora, sim, vai à atmosfera e volta sob forma de chuva… ácida e tóxica. Resultado? Os custos para a “repurificação” desta água sobem às nuvens e quem paga somos nós, pobres mortais que nos obrigamos a pagar tarifas cada vez mais caras para beber um simples copo d´água, que poderíamos pegar em qualquer riacho se não houvesse esse descaso humano com a água. Mais do que desperdício, a poluição será a grande responsável por acabar com a água do planeta, pois se nada for feito nesse sentido, vamos todos no futuro tomar ácido, ou veneno contra gafanhotos, ou quem sabe, tinta têxtil, como citou o Raboni. Será que vão inventar tintas com aromas para tapear?

    Thumb up 3
  37. Eu concordo com os comentários feitos…
    O que importa é a qualidade da água e nao da quantidade
    Quando diz no artigo que temos de nos preocupar com a agua e nao com o aquecimento global, esta errado , pois devemos pensar nas duas coisas e como fazer com que não aconteçam.

    Thumb up 2
  38. Creio que a matéria realiza um “sensacionalismo às avessas”. Julga-se a mídia por ser sensacionalista, entretanto não percebem que as informações passadas são muitas vezes necessárias, pois só assim a população se concientizará da importancia da água para o ser humano.

    Concordo com muitas informações transmitidas, apesar disto creio que a falta de água é um assunto muito mais complexo do que foi exposto. Devemos nos preocupar sim com o desperdício de água. A água que sai da torneira que está pingando (como diz o texto), entra em um sistema diferente do “sistema fechado do ciclo da água.” Quando esta água cai pelo ralo ela se mistura com outros compostos que acabam por produzir um efeito sinérgico, que muitas vezes é irreversível, como por exemplo a indústria têxtil que adiciona corantes que são solubilizados e muito persistentes, sendo de difícil remoção.

    Se existe tanta água disponível assim, por que temos que recorrer ao aqüífero quarani ???

    Apesar dos fatos mencionados por mim, achei as informações do artigo bem relevantes e gostaria de dizer que não sou a favor do sensacionalismo da mídia.

    Thumb up 4
  39. Adoro o formato e as informações deste site, O mito da falta dàgua por exemplo, é maravilhoso, pois pra mim mostra bem o que a maioria dos maus intencionados querem quando não esclarecem de forma inteligente as reais consequências do aquecimento global e como conte-lo.
    Parabéns!!!!!!

    Thumb up 3
  40. Gostei da Materia

    simples, objtiva e resoluta

    tenho acompanhado o trabalho destes “ecologistas”, maus informados

    contra a tecnologia e as soluções que a inteligência humana, depois que a igreja liberou, vem arrumando para nosso bem estar.

    Interessante que esta turma da ecologia só fala…..deveriam plantar agumas arvorezinhas….a natureza agradeceria

    Na verdade é um bando de atrazados contra tudo e todos aqueles que
    lutam pelo melhor….

    Thumb up 10
  41. Se é verdade que:
    “O ciclo hidrológico da Terra é um sistema fechado, e o processo é mais velho que o próprio tempo: evaporação, condensação, precipitação, infiltração e assim por diante. Em realidade há mais água em forma líquida no planeta do que havia algumas décadas atrás, devido em parte ao aquecimento global e o derretimento das calotas polares”
    Gostaria de saber:
    – Que tipo de benefíciio isto trás para a humanidade, uma vez q. a água está desaparecendo em locais mais longínquos(onde o homem poderia viver tranquilamente) e se concentrando em locais mais populosos, ou simplismente nos oceanos, onde é impossível, ao homem, de habitar.
    – Como fica a influência da poluição nesta questão de “sistema fechado”, uma vez q. em cada uma das etapas:evaporação, condensação, precipitação, infiltração e assim por diante, a mistura com poluentes é cada vez maior?????

    Thumb up 3
  42. Gostei da matéria.Eu, como cético, ja tinha refletido sobre isso anteriormente e cheguei à mesma conclusão:nós não vamos morrer secos como dizem muitos cientistas(sensacionalistas!) e seus documentos superestimados.Não vai faltar água para o nosso consumo como é alarmado pela imprensa em geral. Quem vai sofrer mais com a falta de água são os países pobres, não pela falta da mesma, mas sim por sua má utilização;ao invés de recebe-la através de um sistema de distribuição encanado, vão ter (como ja fazem hoje) de retira-la de um poço, onde hà poucos metros dali há um grande uso de agrotóxicos ou então algum animal sarnento defecando por perto! A chave é usa-la de maneira mais adequada. Um abraço e continuem fazendo matérias como esta é isso que queremos ver.

    Thumb up 4
  43. Me parece que a “falta d’água” é semelhante à falta de alimentos. Na verdade eles existem, mas também existem pessoas que não podem comprá-los. O que está acabando é a água “di grátis”, ou seja, a água barata. Vamos precisar de investimentos para tornar aquela água do ciclo da água potável novamente (tirar todos os venenos e contaminantes que vão parar nos rios e lagos).

    @Sidinei: Esse é o argumento neomalthusiano. Na verdade, a produção agrícola tem aumentado a produtividade, de forma que um mesmo hectare de terra que no século XVII alimentava uma família agora alimenta dezenas delas. Claro que isso tem um limite, mas não creio que estejamos perto dele (até porque as modernas técnicas agrícolas não estão igualmente aplicadas nas terras férteis do planeta). O que preocupa mesmo é a quantidade de água que a agricultura consome. É a maior parte. E geralmente a água servida contém agrotóxicos, que vamos ter que processar de alguma forma.

    @Richard: A Terra é bem maior que Marte e, portanto, tem mais gravidade. O atrito com o gás interplanetário é irrisório e portanto estamos seguros por mais 1 bilhão de anos. Você tem razão quanto à fase gigante vermelha, quando a superfície do sol chegará perto da órbita da Terra (na verdade vai excedê-la, mas como terá menos massa e menos atração gravitacional, a órbita de nossa pedra favorita vai ficar maior) e a radiação vai evaporar tudo o que estiver sobre a crosta. Aí vai faltar água mesmo.

    Thumb up 2
  44. Eu já havia pensado isso há tempos atrás, sempre estranhei essa idéia de “desperdicio de água” ou falta dela, se ela vai acabar evaporando. Gostei da matéria.

    Thumb up 3
  45. O problema é que estamos equivocados, não é a quantidade, mas a qualidade da água que disponibilizaremos para o consumo humano.É inegável que no rio Tietê, ainda há água, mas por ventura alguém arricaria bebê-la? No planeta,todos os dias, morrem milhares de pessoas pelo uso e consumo indevido de águas poluídas, altamente contaminadas,tóxicas. A sede de um será a de todos, se não pela água num primeiro momento, mas pela equidade no uso dos recursos vitais para nossa espécie.

    Thumb up 3
  46. Artigo: O mito da falta de água no mundo.

    Nos desculpe o autor do artigo supra, Sr. Benjamin Radford, mas a exposição deixa muitos tópicos importantes neste contexto sem a devida análise ou exposição. Vejamos apenas alguns:

    Embora tenhamos no planeta Terra uma considerável massa de água, temos que lembrar que nosso planeta caminha incessantemente pelo espaço sideral, e deve existir assim e na condição da água como gás difuso na atmosfera, alguma perda que e mesma pequena, porém de forma constante em um certo momento isto irá pesar no balanço mássico de água existente. Esta perda está diretamente associada à perda também dos gases que compõem a atmosfera terrestre ao espaço. Quanto maior a temperatura do meio ambiente, maior esta perda, e estamos em um ciclo de aumento de temperatura terrestre, motivado por muitos fatores e que julgo o mais importante o ciclo glacial que se concretiza a cada catorze mil anos.

    Olhemos ainda nosso planeta vizinho Marte, que e segundo estudos havidos já possuiu água e que agora esta somente existe em pequenas quantidades nos pólos, na condição de gelo pela perda total de gases da atmosfera. Olhemos ainda que a Terra se situa mais próxima do Sol do que Marte, sendo o Sol uma estrela e média grandeza que mais cedo ou mais tarde se transformará em uma anã branca, ou seja, a tendência seria aumentar seu diâmetro em condições consideráveis e com possibilidades de emborcar os três ou quatros primeiros planetas orbitais.

    Quando se fala em falta de água no mundo, não se quer dizer necessariamente de toda a água que existe. E ao contrário do que se expõe, ela é finita na condição de insumo ou bem. Fala-se sim, da água disponível e na condição de água doce potável ou que esteja na condição de tratamento possível econômico para a potabilidade e uso.

    Hoje somos mais de 6,5 bilhões de homens vivendo na superfície do planeta, com inúmeras necessidades, a maioria na dependência de utilização de água. Os meios estatísticos expõem ainda que em cerca de meio século, poderemos ter o dobro de homens vivendo em nosso planeta. Maior necessidade de agricultura, de criação de animais em regime integrado e fechado para produzir alimentos, e assim vai.

    Perguntamos: na condição que conhecemos as condições de uso e de possível reciclagem de água teremos todos nós no futuro, condições de usufruir água como o fazemos hoje?

    Julgo assim, que a possível falta de água no mundo, não é um mito. Mas uma realidade bem possível.

    Thumb up 3
  47. Gostei do artigo porque mostra o ” outro lado da moeda” e nos tranquiliza quanto a tão propalada escassez. Com isso, não vamos deixar a torneira pingando só porque a água é reciclável. Mas valeu pelo alento e principalmente pelo tom ameno e nada apocalíptico a que estamos acostumados quando o assunto é água. Parabéns! que venham outros artigos que levante nosso moral de humanos que se esforçam para conviver mehor no nosso Planeta.

    Thumb up 3
  48. Gostei do artigo, e de sua apresentação. Bom, quanto maior a oferta, maior a demanda, sempre foi assim. Imagine, há milhares de anos não havia tanta gente no mundo quanto existe hoje, principalmente tão localizada. Assim como aprimoramos nossa tecnologia para melhor distribuir e produzir alimentos, teremos que melhorar nossa tecnologia para distribuição e manutenção da água que nós consuimos. A água é perfeitamente renovável, e nós não deveríamos estar tão neuróticos com o visível “desaparecimento” dela. Muito bom!

    Thumb up 2
  49. O que está matéria não deixou claro, é como irá explicar o aumento na produção agrícola para atender a demanda do crescimento populacional que é exponencial.

    Thumb up 3
  50. Acho interessante corrigir o trecho “…costumava chover a mil anos atrás ” para
    “…costumava chover há mil anos atrás”

    Thumb up 4
  51. É verdade tudo o que se apresenta neste artigo, porém a questão da falta de água global não pode ser vista apenas pela quantidade total em circulação mas também pela quantidade de água potável, água própria para consumo disponível. É bem verdade que dentro de cinquenta ou mesmo cem anos possa existir muita água, mas é necessária que ele seja própria para consumo. O disperdicio de água calcula-se pelo custo benefício. Em suma, trata-se da escassez de água do ponto de vista económico: “o que poderia ser feito se tivesse água aqui e agora e não posso fazer devido a sua ausência!” Se deixo a torneira pingando é claro que para o ambiente pouco ou nada importa (no sentido apresentado pelo artigo), mas há de sair caro quando for necessária para consumo e não haver. Daí a escasséz e necessidade de poupança.

    Thumb up 5

Trackbacks/Pingbacks

  1. Folha Da Web – Os 10 cientistas mais malucos do mundo - [...] como super-organismo”, a hipótese de Gaia, esteve fazendo medonhas previsões sobre a mudança climática e nosso mundo por décadas até o momento, muitas …

Envie um comentário