Como melhorar o seu Wi-Fi

Como regra geral, a maior parte da tecnologia é mais complexa do que parece. Por outro lado, a solução para certos problemas pode ser mais fácil do que aparenta. Seu roteador Wi-Fi, por exemplo, pode criar pontos cegos com recepção ruim em sua casa, dependendo de quão plano ou não for o seu chão. Porém, você pode corrigir estes pontos simplesmente movendo o aparelho de lugar.

A razão por trás disso está envolvida em alguma teoria eletromagnética complexa, mas a essência é que, quando você escolhe um local para o seu roteador Wi-Fi, o sinal quica em torno dos cômodos da sua casa. Eventualmente, porém, ele vai se estabelecer em um padrão calmo e repetido, assim como a superfície de um lago.

Se você costuma achar que um determinado dispositivo como uma TV ou um notebook está recebendo um sinal consistentemente pobre, você pode ajustar a posição do seu roteador. Isso fará com que o sinal seja transmitido em um padrão diferente, o que pode alterar o local onde esse pontos cegos aparecem.

Se você está curioso como esse fenômeno funciona em sua casa, há um aplicativo (pago) que permite simular o sinal de Wi-Fi de sua casa (desde que você tenha a planta dela) para ver onde os pontos cegos podem aparecer. Clique aqui para conhecê-lo.

Você não pode controlar onde necessariamente o sinal vai ficar fraco, devido à complexidade da forma como ele se comporta, mas pelo menos agora faz algum sentido a intensidade do sinal variar tão selvagemente com base em alterações aparentemente sem importância. [Life Hacker]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta