Mulheres se preocupam mais com o aquecimento global do que os homens

Publicado em 15.09.2010

Um dos primeiros estudos em profundidade sobre a forma como homens e mulheres pensam a mudança climática indica que, cientificamente, as mulheres estão mais preocupadas e concordam mais com os avisos alarmantes.

Apesar de a percepção comum ser de que os homens são mais alfabetizados cientificamente, isso não se mostrou verdade.

Os pesquisadores analisaram dados de oito anos de levantamentos ambientais anuais, que continham perguntas bastante básicas sobre alterações climáticas, incluindo o tempo de aquecimento global (se já começou ou não), suas causas (mudanças no ambiente natural ou induzidas pelo homem), e sobre o consenso (se concorda com os cientistas que o aquecimento global está acontecendo ou não).

Os resultados mostram que as mulheres são mais propensas que os homens a apoiar o consenso científico sobre a realidade do aquecimento global causado por humanos.

As mulheres também têm um conhecimento ligeiramente maior das alterações climáticas do que os homens – concordando que a sua influência já pode ser vista, que é causado pelo homem e que os cientistas pensam que já está ocorrendo. As mulheres são também ligeiramente mais preocupadas com o aquecimento global do que os homens.

Segundo os pesquisadores, esta diferença pode ter variadas implicações importantes. Pode significar que mulheres são mais propensas a comprar aparelhos eficientes em termos energéticos e veículos híbridos do que os homens, ou que votam para candidatos políticos diferentes. E será que elas conversam com seus filhos de maneira diferente sobre o aquecimento global?

Essas são apenas suposições da forma como isso afeta a vida de ambos os sexos, mas tais questões ainda devem ser respondidas.

Os pesquisadores afirmaram que a diferença de pensamento e preocupação entre homens e mulheres sobre a mudança climática não pode ser explicada pelo papel que eles desempenham – como ser uma dona de casa, um pai, ou empregados em tempo integral.

Em vez disso, a divisão é mais provável explicada pelas características que as pessoas aprendem como parte de seu gênero. A masculinidade é associada ao descolamento, controle e domínio, enquanto a feminilidade é associada ao apego, empatia e cuidado. Tais traços femininos podem tornar mais fácil para as mulheres sentir preocupação com as consequências potencialmente desastrosas do aquecimento global. [LiveScience]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 25 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

5 Comentários

  1. Mulheres contribuem mais para o aquecimento global ao serem mais consumistas que os homens.

    Thumb up 1
  2. PAPO FURADO
    POIS O AQUECIMENTO GLOBAL ESTA DIRETAMENTE LIGADO AO CONSUMISMO DESENFREADO E PRATICADO POR ELAS
    ELAS VIVEM NOS SHOPPINGS; ADORAM COMPRAR SAPATOS, COSMETICOS EM FIM TUDO QUANTO É TRANQUEIRA ELAS ESTÃO COMPRANDO E QUANTO MAIOR O CONSUMO MAIOR O GASTO DE ENERGIA E DEGRADAÇÃO PARA A AQUISIÇÃO DE NOVOS BENS

    Thumb up 0
  3. Mais que aquecimento global p… nenhuma gente!!!!
    É natural que o medo impere na reação.
    E como as mulheres são mais sensíveis à vida. É natural, se é que é verdade o que falam aqui, que ela reaja mais visceralmente ao tema.

    Thumb up 2
  4. No concordo com el comentário, mujer é conciente prá dedeu, las minas son la glória, nem pensar las que salem a laburar, cuidando marido e hijos.
    Sabe lo que passa????. No fundo los hombres son demasiados ciumentos, botam culpa na mujer que son deles. Amo mujeres, amo las mujeres, son todas preciosas.

    Thumb up 6
  5. É que mulher não tem porra nenhuma pra fazer da vida e fica pensando nessas besteiras inúteis.

    Homem tem de pensar em trabalho, finanças e ainda perder o tempo pensando em como conquistar mulher pra procriar a espécie (se dependesse delas a gente tava extinto), não dá tempo de ficar pensando em porcaria de aquecimento global.

    Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
vitaminab
Doses diárias de vitamina B podem retardar o desenvolvimento de mal de Alzheimer

As vitaminas B poder...

Fechar