Não dá pra ser amigo de todo mundo! Path: rede social exclusiva para os melhores

Publicado em 25.05.2011

É comprovado cientificamente: ninguém pode ser verdadeiramente amigo de mais de 50 pessoas de uma só vez. Seu cérebro não pode gerenciar uma rede social maior do que 150 pessoas.

Agora, pense nos milhares de relacionamentos on-line que as pessoas tendem a gerir em sites como Twitter, Facebook e Orkut (a média de usuário do Facebook tem 130 amigos. Quem é aquela pessoa que escreveu no meu mural?).

E é justamente por isso que o americano Dave Morin, antigo funcionário do Facebook, criou uma rede social chamada “Path”, que limita seus usuários para 50 amigos ou menos.

O objetivo, segundo seu criador, é promover compartilhamento íntimo e inesquecível. Path é focado em amigos íntimos e familiares, e no desenvolvimento mais profundo de relacionamentos entre as 50 pessoas mais próximas da vida de alguém.

Sua configuração é familiar. Ele é basicamente um aplicativo de compartilhamento de fotos. Nas atualizações, você vai ver fotos de locais onde sua família e amigos foram recentemente, e textos curtos sobre o que estavam fazendo. Também, essa semana, o aplicativo lançou um novo recurso que coloca todas essas informações em pacotes com base em onde uma pessoa foi e quem já viu.

A natureza da conversa em Path é diferente da das outras redes sociais. Lá, você pode se queixar de estar doente ou falar sobre problemas no trabalho. Resumindo: você pode ser você mesmo, sem o constrangimento de ter que pensar no que falar pelo “problema” de que qualquer um (ou pessoas que não lhe conhecem muito bem) pode ver. Segundo Dave, “lá você está disposto a compartilhar emoções com as pessoas mais próximas a você”.

Nos EUA, Path tem centenas de milhares de usuários; não centenas de milhões, como é o caso do Facebook, mas já tem alguma fama nos círculos de tecnologia. E você, conhece ou já usou o aplicativo? Conte o que achou.[CNN]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

6 Comentários

  1. A desvantagem é a mesma: Todos os seus dados, conceitos, pensamentos, amizades, modo de ser, de viver, de se vestir, etc estão registrados e vistos por alguém, para alguma providência futura e em seu desfavor. Caminhamos para o Grande Irmão de que falava Owen.

    Thumb up 4
  2. Gostei da maneira do Path, achei bem resumido e a ideia é bem original, possuo várias redes socias orkut, facebok, Hai-Net,Formspring e mesmo assim muitos não são meus amigos*, a maioria não conheço e pra ser sincera não vejo nada de util nisso são so numeros e amigos verdadeiros da pra contar no dedos, adorei acho que se muitas pessoas soubesse do Path consertezam usariam com um maior frequencia =))

    Thumb up 1
  3. A ideia de redes sociais seriam não só para amigos, mas sim para colegas e melhor os colegas podem se tornar seus amigos um dia em uma maneira de promove-lo pela convivencia e momentos marcantes de atitudes plausíveis, porém o destino as vezes distancia as pessoas, e uma forma de manter contato são por estas maravilhosas redes sociais.

    porém spans, pessoas indevidas acabam acesando suas caixas de mensagens e bisbilhotando sua vida intima, ao qual não foi compartilhado para dividir informações minimas tais qual seu perfil.

    Mesmo a intenção sendo a das melhores, eu não faço parte de nenhuma destas redes sociais….

    se quizer que me liguem, que entrem no msn e me addicione… fora isto não

    Thumb up 1
  4. Tenho 26 amigos no Facebook. São todos pessoas que eu conheço. Raramente recebo respostas nas minhas publicações de mural, mas tudo bem, prefiro assim.

    Thumb up 2
  5. 50 amigos…. pelo que li em outra reportagem, as pessoas tem geralmente 5 amigos, fiéis, aqueles “do peito”, em torno de 50 amigos (na minha concepção, colegas) sem tanta intimidade ou contato, e os outros 145 restantes são os tradicionais conhecidos.

    Até que essa rede social, aparentemente, tem um princípio “nobre”, pode-se dizer, mas não vai fazer sucesso por aqui. Onde estará a graça para os bitolados do orkut que curtem comparar seus scores de “amigos”?

    Já tive Orkut uma vez, e cancelei por causa da hipocrisia…. o ápice foi quando uma irmã de um melhor amigo meu, que não ia com a minha cara, sei lá Deus pq, me mandou um recado: “ah, nós quase não nos falamos, mas vou te add pq vc é amigo do meu irmão….”

    Isso q é amigo hein?
    Santa hipocrisia….

    Amigos…. hoje o sentido de amigo e amizade está muito distorcido, qualquer sicrano q vc viu uma vez na vida é “amigo do orkut”….

    Acho o cúmulo da hipocrisia as redes sociais usarem o termo “amigo” nas pessoas q vc adiciona…. me dá até nojo…

    Mas é isso, se essa rede realmente cumprir o q promete, e aproximar os amigos de verdade, ao invés de estabelecer elos com pessoas de caráter desconhecido e/ou duvidoso, até eu entro….

    Além disso, as redes sociais, fato bem alardeado, estão tendo o efeito inverso, estão separando as pessoas as invés de aproximá-las, privando o contato pessoal, ao invés de favorecer…. irônico, não? E assim acontecem aquelas bizarrices, como dois vizinhos de porta se falarem no orkut/msn/facebook/uma rede social qualquer e não se visitarem… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Thumb up 4

Envie um comentário

Leia o post anterior:
sol
E se o sol tivesse a metade de seu tamanho?

Em poucas palavras, ...

Fechar