Você deve urinar no seu amigo para aliviar a dor da ferroada de uma água-viva?

Publicado em 26.07.2011

Digamos que esse estudo pode te livrar de uma situação constrangedora: não, urina não alivia a dor de uma ferroada de água viva, como você talvez tenha visto no seriado “Friends”.

Ou seja: não saia fazendo xixi no seu amigo se ele for ferroado. Na verdade, os cientistas sugerem que você use vinagre (ou, se esse não é um ingrediente comum em sua bolsa de praia, água do mar), já que a urina simplesmente não tem a composição química certa para neutralizar a ferroada.

Os pesquisadores alertam: saia da água para evitar ser ferroado novamente. Uma vez longe do mar, despeje lentamente a própria água do mar sobre a ferroada.

Se estiver perto de um mercado ou restaurante onde possa conseguir vinagre, isso pode ser ainda mais eficaz, uma vez que o ácido ajuda a neutralizar a ferroada.

O médico Ryan Stanton concorda. Ele diz que a hierarquia de eficácia é esta: vinagre, álcool isopropílico, água do mar e, por último, urina. (Digamos que água do mar é mais fácil, não? Não vamos precisar urinar em ninguém).

Os produtos químicos ácidos no vinagre, no álcool e até mesmo na água do mar neutralizam a ferroada e desativam os nematocistos, células urticantes que injetam o veneno da água viva em sua pele.

O problema com a urina é que ela é simplesmente muito variável: se é concentrada, pode funcionar bem, mas a de uma pessoa bem hidratada não será muito diferente do que a água natural.

Outra dica é livrar a pele dos nematocistos. Depois de lavá-la com água salgada, use algo com uma borda bem definida (como um cartão de crédito) para raspar as células de sua pele.

O médico conta que na Austrália e no Havaí, os salva-vidas levam uma garrafa de vinagre consigo, mas isso não é provavelmente o caso da maioria das praias pelo mundo. Basicamente, pode ser uma boa ideia levar esse produto barato junto quando for tomar um banho de mar. [MSN, Foto]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

18 Comentários

  1. as aguas vivas mesmo depois de mortas causam grande dor ao serem tocadas pois o seu veneno ainda esta em ação por tanto se encontrar uma morta na praia não toque

    Thumb up 11
  2. Eu fui queimada por uma agua viva verão passado, e imediatamente peguei uma gaze com vinagre e coloquei em cima da queimadura.Em poucos segundos a dor aliviou e quando vi tinha um tipo de ferroes na gaze.
    E pelo o que eu sei, nunca se deve passar agua do mar no local queimado.

    Thumb up 8
  3. eu não gosto de mar por causa do seu cheiro forte
    de peixe….agora tenho mais um motivo p/ não entrar no mar

    Thumb up 1
  4. Alguém aqui já pensou em fazer xixi no amigo, por que ele foi queimado por uma alga-viva?!

    Thumb up 11
  5. O vinagre é milagroso , mesmo para ferroadas de abelhas, formigas, mosquitos. Corta a dor(ou a coceira) imediatamente.

    Thumb up 9
  6. E se a ferroada da água viva for na cara. Se estiver com uma companhia feminina, aceito um chuveirinho dourado. Outras companhias, não, muito obrigado. Fico com a água viva mesmo…

    Thumb up 5
    • hahaha ! até que o manezinho azul aí ao lado combina com seu style depois de tomar uma mijada na cara !!! husaushsauhsuahsa !

      (mas é cada tara… vá morre pra lá !)

      Thumb up 5
    • Áh, ainda jogo sal em cima…kkk

      Thumb up 7
  7. Se o vinagre é tão indicado para essa situação, ao invés de eu ter que levar sempre vinagre na minha pastinha, o ideal é botar VINHO na zona da pele afectada. Pode falatar vinagre, + vinho é sempre + fácil de se encontrar, só espero que não botam SKOL ao invés de vinho.

    Thumb up 2
  8. Vi num documentario q ñ há nada q possa aliviar a dor quando uma agua viva encosta em nós, ela ñ tem ferrão, portanto ñ ferrôa ninguem, ela toca-nos com seus finos tentaculos como linhas de costura, essas linhas tem um produto toxico q envenena nosso sangue ,(urucandia, acho q é esse o nome) a dor dura de 4 a 6 horas , ñ mata nem aleja, mais doe muito, vi q a esposa do cientista se deixa tocar pela agua viva p\ filmar tudo e fazer o documentario, a mulher chora , e contorse de dor na cama do hospital até passar a dor , são cenas desesperadoras , mas ninguem pode fazer nada , até q o efeito toxico passa a mulher volta ao normal, todo o resto são besteiras.

    Thumb up 6
  9. As cnidárias possuem cnidócitos, uma célula que parece uma granada. Ela fica um micro cílio para fora e quando é estimulado, lança o nematocisto, que são filamentos que possuem a toxina.
    Mas a toxina não faria nada com nossa pele, o detalhe é que o filamento perfura nossa pele e lança a toxina dentro do corpo!

    Lavar com a água do mar, que não fará a célula reagir é a primeira ação. Depois, para amenizar a dor e combater a toxina, o vinagre é indicado.

    Agora: – “Outra dica é livrar a pele dos nematocistos. Depois de lavá-la com água salgada, use algo com uma borda bem definida (como um cartão de crédito) para remover as células de sua pele.” – Não faz o menor sentido. Alem de estimular os cnidócitos que não dispararam, não tira o nematocisto de dentro da pele, muito menos neutraliza a toxina.

    Thumb up 27

Envie um comentário

Leia o post anterior:
pegadashistoricas
Pegadas pré-históricas revelam quando ficamos em pé

As pegadas dos ances...

Fechar