Nós realmente pousamos na lua?

Entre 1969 e 1972, o programa Apolo lançou seis missões tripuladas que pousaram na lua, um dos maiores momentos da história americana e do século 20. Ou, pelo menos, é o que se diz por aí. Será que a Nasa e os Estados Unidos forjaram o pouso lunar? Existe alguma maneira de provar, além de qualquer dúvida razoável, que o homem foi à lua? Ou será que o “pouso lunar” foi a maior fraude de todos os tempos?

Em 2001, a Fox Network transmitiu um programa questionando a missão lunar. Foram feitas muitas alegações, e vamos discutir aqui algumas delas.

As imagens tem iluminação indireta

A alegação é de que, se o sol é a única fonte de luz, então os astronautas, quando estão na sombra, deveriam estar no escuro completo. Para que eles aparecessem nas fotos, deveria haver uma iluminação adicional, o tipo de coisa que se faz em estúdio.

Esta alegação está quase certa. De fato, o sol é a única fonte de luz direta, e, de fato, os astronautas estão sendo iluminados por luz indireta. Mas para isso não é preciso uma iluminação de estúdio. O solo lunar pode refletir a luz solar e iluminar o astronauta na sombra.

Há uma experiência interessante na internet que mostra bastante o efeito da reflexão da luz pelo solo para iluminar o que está na sombra. Veja:

Não há estrelas nas fotos, e como na lua não tem ar, as estrelas deveriam ser mais visíveis

Aqui, temos duas coisas a considerar. Primeiro, a atmosfera terrestre é bastante transparente. Nós lançamos telescópios para o espaço por que eles podem ficar observando o céu 24 horas por dia, todos os dias, sem problemas de turbulência ou céu encoberto. Mesmo assim, alguns dos telescópios mais poderosos do mundo estão na superfície terrestre, como o Keck no Havaí, o das ilhas Canárias e os telescópios no deserto do Atacama, no Chile.

Em segundo lugar, as estrelas são objetos pouco brilhantes, e isto vale para a observação feita na Terra ou na lua. Para fotografar estrelas, tanto na Terra quanto na lua, é preciso abertura grande, longos tempos de exposição, e um tripé. Mas as câmeras Hasselblad usadas pelos astronautas estavam reguladas para fazer fotos sob luz forte e na sombra, e só. Nestas condições, as estrelas simplesmente não são registradas pelo filme.

Há sombras nas figuras que apontam em direções diferentes, e isto significa que havia mais de uma fonte de luz

Qualquer um que tenha caminhado à noite nas ruas deve ter notado que várias lâmpadas produzem várias sombras. Em geral, para cada lâmpada você vai ter uma sombra para cada objeto.

Na lua, as sombras parecem apontar em direções diferentes não por causa de mais de uma luz, mas por causa da superfície irregular, e pelo fato das fotografias serem uma representação bidimensional de um cenário tridimensional, ou seja, da perspectiva.

Não há uma cratera onde o Módulo Lunar pousou

Ao pousar, os foguetes do Módulo Lunar não estavam a toda potência, e exerceram uma pressão de cerca de 1.000 kg/m² na saída do motor. Isto não é muito, é praticamente 100g por cm/². Considerando ainda que os gases se espalham rapidamente no vácuo, o que chega ao solo é só um vento suave.

O astrônomo amador José Carlos Augustoni ainda faz uma outra comparação: um helicóptero Sikorsky pesa 4 vezes mais do que o Módulo Lunar pesava na lua, e produz, para decolar, um empuxo 4 vezes maior, mas não deixa uma marca ou buraco quando decola em terreno arenoso.

O Módulo Lunar deveria ter jogado poeira para cima quando pousou, o que deveria ser visível nos pés do módulo

De fato, ele levantou poeira, mas o pouco de poeira que ele levantou não deveria estar por perto. Por quê? Simplesmente por que não há ar na lua. Quando um foguete funciona na Terra, a pressão do ar arrasta tudo que está ao redor. Na lua, entretanto, só o que for atingido diretamente pela exaustão é movido.

Quando a bandeira americana é colocada na lua, ela balança por causa de uma brisa

De fato, a bandeira balança, só que não se trata de uma brisa: a bandeira balança por que está pendurada sob uma barra horizontal, e está sendo movida pelo astronauta.

A ideia de colocar uma barra horizontal na bandeira foi da própria Nasa, já que sem isto a bandeira ficaria caída ao lado do mastro, sem mostrar suas estrelas e listras.

O Cinturão de Van Allen mataria qualquer astronauta que passasse por ele

O blogueiro Phil Plait aponta que uma pessoa sem proteção poderia de fato receber uma dose letal de radiação, se ficasse tempo suficiente por lá. Mas este não foi o caso dos astronautas daquelas missões, que passaram rapidamente pelos cinturões, demorando não mais que uma hora. Não houve tempo para que a dose absorvida se tornasse letal.

As rochas lunares eram meteoritos da Antártida ou foram feitas em laboratório

Podemos provar que não se tratam de amostras de laboratório simplesmente comparando com meteoritos lunares que caíram na Antártida. As amostras de solo lunar foram comparadas com os meteoritos, e ficou claro que se tratam de amostras lunares.

E as rochas lunares não podem ser meteoritos, porque qualquer meteorito que cai na Terra é oxidado e queimado na reentrada, e mais tarde contaminado pela umidade. As amostras das missões Apolo não tem nenhuma destas marcas.

Por fim, a conclusão que nos resta é de que o pouso lunar foi real.

As alegações de conspiração e de falsificação geralmente vêm de pessoas que não compreendem os princípios da fotografia ou da física. Por um lado, as perguntas ajudam a conhecer melhor as missões, mas é preciso ser racional: se as supostas “provas” de que a missão foi uma fraude acabam sendo desmentidas, é preciso concordar que até agora não temos motivos para acreditar que tudo não passou de falsificação.

Como disse o físico Stephen Hawking (sobre alienígenas, mas que serve para a situação do pouso lunar também), “se o governo está escondendo que tem conhecimento de alienígenas, estão fazendo um trabalho melhor nisto do que em todo o resto [de suas obrigações]”.[A Debunking of the Moon Hoax Theory], [Clavius Moon Base], [Photo Debunks], [CNN], [Bad Astronomy], [Our Solar System]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

71 respostas para “Nós realmente pousamos na lua?”

  1. Sr. Grossmann,
    O senhor poderia por obséquio deletar minhas indagações repetidas aqui nesta página?
    Já dirimiste todas as minhas dúvidas em relação a este grande feito da humanidade, levantadas por mim na página “Detonando as Teorias da Conspiração”.
    Cordiais Abraços.
    Obrigado.

  2. Sr. Cesar Grossmann,
    O senhor é funcionário público?
    Cargo comissionado?
    Só pra esclarecer uma coisa:
    Atualmente dentro da área do Direito, o termo “funcionário público” só é utilizado dentro do Código Penal e Código Processual Penal…
    Se você é um trabalhador contratado dentro do regime da C.L.T. (Consolidação das Leis do Trabalho / Regime Celetista), por alguma empresa pública ou sociedade de economia mista, o senhor é um EMPREGADO PÚBLICO.
    Se o senhor é um trabalhador que responde ao regime jurídico dos servidores públicos federais (lei ordinária federal 8.112/90), o senhor é um SERVIDOR PÚBLICO.
    Se for contratado por qualificação profissional, sem concurso público, o senhor é um servidor público com CARGO EM COMISSÃO.
    Se for aprovado em certame público de provas ou de provas e títulos, o senhor é um servidor público EFETIVO.
    Se for um regime constitucional, provavelmente o doutor é um AGENTE POLÍTICO (deputados federais e senadores, membros da Magistratura, membros do Ministério Público, ministros de Estado, etc)
    Atualmente se usa o termo “funcionário público” só pra quem praticou algum ato ilícito, previsto em lei…
    E é só!
    Cordiais abraços.

  3. Sr. Cesar Grossmann,
    Se não foi possível falsificar os vídeos da missão Apollo-11, como você afirma, então VOU TER QUE CONSIDERAR QUE AS IMAGENS DO LINK ABAIXO,SÃO NO MÍNIMO, AUTÊNTICAS.
    Que imagens são essas?
    http://www.youtube.com/watch?v=_ecBbSIdBKI
    Simulação para treinamento dos astronautas?
    O CENÁRIO É O MESMO DAS FILMAGENS ORIGINAIS da NASA, da missão Apollo-11.
    E pra quem não sabe, a NASA simplesmente PERDEU TODOS OS ARQUIVOS ORIGINAIS DA MAIOR CONQUISTA DA HUMANIDADE!!!
    Muito conveniente, não?

  4. Sr. Cesar Grossman,
    o senhor disse, em um comentário, que a variação térmica no solo lunar vai de -153 °C a +170°C, correto?
    Mas se não há atmosfera para reter ou dissipar a temperatura ambiente, como o senhor garante que os equipamentos levados pra Lua não atingiram essas temperaturas?
    E quando eu digo equipamentos, inclua a máquina fotográfica e os filmes fotográficos.

  5. O Cinturão de Van Allen é uma região onde ocorrem vários fenômenos atmosféricos devido a concentrações de partículas no campo magnético terrestre, descobertas em 1958 por James Van Allen.
    As radiações de Van Allen não ocorrem, salvo em raras exceções, nos pólos, e sim na região equatorial. Estas formam dois cinturões em forma de anéis, com centro no equador.
    O mais interno se estende entre as altitudes de mil e cinco mil quilômetros, sua intensidade máxima ocorrendo em média aos três mil quilômetros. CONSISTE DE PRÓTONS ALTAMENTE ENERGÉTICOS, que se originam pelo decaimento de nêutrons produzidos quando raios cósmicos vindos do espaço exterior colidem com átomos e moléculas da atmosfera terrestre. Parte dos nêutrons é ejetada para fora da atmosfera e se desintegra em prótons e elétrons ao atravessar esta região do cinturão. Essas partículas se movem em trajetórias espirais ao longo de linhas de força do campo magnético terrestre.
    O segundo cinturão, que fica situado entre 15.000 e 25.000 km, contém partículas eletricamente carregadas de origem tanto atmosférica quanto solar. São principalmente ÍONS HÉLIO trazidos pelo vento solar. AS PARTÍCULAS MAIS ENERGÉTICAS DESTE SEGUNDO CINTURÃO SÃO ELÉTRONS CUJA ENERGIA ATINGE VÁRIAS CENTENAS DE MILHARES DE ELÉTRONS-VOLT. Os prótons são muito menos energéticos do que os do primeiro cinturão, porém seu fluxo é mais intenso.
    Via de regra, não existe entre os dois cinturões uma delimitação; eles fundem-se em altitudes variáveis. Durante os períodos de intensa atividade solar, grande parte das partículas eletricamente carregadas vindas do Sol consegue romper a barreira formada pelos cinturões de radiação de Van Allen. Ao atingir a alta atmosfera produzem os fenômenos de auroras polares e as tempestades magnéticas.
    E recentemente descobriu-se que esses Cinturões de Radiação aceleram partículas (prótons, elétrons, nêutrons e íons) a mais de 99% da velocidade da luz.
    Minha dúvida é a seguinte (tem outras também):
    Se o LHC (Grande Colisor de Hádrons) do CERN (Comitê Europeu de Pesquisas Nucleares) acelerou APENAS DOIS átomos de ouro à 99% da velocidade da luz e foi necessário uma blindagem de alguns metros de espessura para conter a radiação produzida, qual a espessura da blindagem necessária para proteger um astronauta num local onde zilhões de partículas são aceleradas ao mesmo tempo e mais rápido que no LHC?

  6. Em 12 de abril de 1961, o cosmonauta Yuri Gagarin dava uma volta completa ao redor do planeta Terra, em órbita terrestre.
    A antiga União Soviética gravou o feito com câmeras de boa resolução.
    Pra que ninguém no mundo duvidasse dessa conquista.
    Em 1961 a qualidade das filmagens já era considerável.
    Bem nítidas por sinal. (Pra quem duvida, é só ver os vídeos que a antiga URSS fez em 1961, do primeiro vôo em órbita terrestre.)
    Então apenas 08 anos depois, os Estados Unidos da América conseguiram realizar uma missão, no mínimo, 100 vezes mais difícil e perigosa que essa.
    O Projeto da Maior Conquista da Humanidade.
    Enviar o homem para a Lua.
    Se esta conquista americana (a mais importante da humanidade) foi 100 ou 1000 vezes mais importante, porque as filmagens da missão Apollo-11 tem uma qualidade de imagem tão baixa?
    A tecnologia americana não era superior a dos soviéticos?
    O cuidado e esmero que os soviéticos/russos tiveram com as filmagens do vôo pioneiro do cosmonauta Yuri Gagarin é perceptível.
    Já a NASA, pra quem não sabe, CONVENIENTEMENTE PERDEU TODAS AS FILMAGENS ORIGINAIS DA MAIOR CONQUISTA DA HUMANIDADE!!!

    • O interessante é que você pode refutar o argumento deles que eles não reconhecem isso. Por exemplo:

      1. argumento das estrelas nas fotos – refutado
      2. argumento do cinturão de Van Allen – refutado
      3. argumento das sombras paralelas – refutado
      4. argumento da temperatura e dos filmes fotográficos – refutado
      5. argumento do astronauta iluminado, mesmo na sombra – refutado
      6. argumento do filme em câmera lenta – refutado
      7. argumento da conspiração de Nixon – refutado
      8. argumento da bandeira balançando – refutado
      9. argumento do tamanho da espaçonave (módulo lunar) – refutado
      10. argumento do formato da espaçonave (módulo lunar) – refutado
      11. argumento do cineasta auxiliar para filmar “do lado de fora” – refutado
      12. argumento da criação da cratera – refutado
      13. argumento da não-formação de pegadas em solo lunar – refutado
      14. argumento da bandeira balouçante – refutado
      15. argumento do “jipe muito grande para caber na Apolo” – refutado (e não teve jipe na Apolo 11)
      16. argumento das pedras e rochas fajutas – refutado

      Todas estas e outras questões foram levantadas, e foi apontado que o que tem nas filmagens e fotos e gravações é exatamente o que deveria haver. Não há uma única mudança na história, ela continua a mesma, consistente não só consigo mesma quanto com a física e os conhecimentos que temos sobre a Lua, mesmo os conhecimentos que não tínhamos antes de 1972.

      E os pombos insistem que a história está mal contada. Quer dizer, eles não acreditam nos argumentos, eles acreditam que a história está mal contada. Os argumentos são fracos e nem eles mesmos acreditam nos argumentos — se acreditassem, mudariam de opinião quando o argumento fosse refutado, em vez disso, mudam de argumento.

      Mas o xadrez columbídeo não para aí. Existem evidências externas, comprovações de terceiros. Por exemplo, um observatório ficou monitorando as transmissões usando o Doppler, e medindo a velocidade da fonte das transmissões. No registro Doppler é possível ver o momento exato em que Armstrong assume o comando da nave, e quando ele pousa — a velocidade mostra isto, descartando, por exemplo, a possibilidade de que eles tivessem rodando uma transcrição a partir de uma órbita em torno da Terra ou da Lua. Outros observatórios fotografaram a Apolo 11 em órbita da Terra e partindo para a órbita lunar. E tem os espelhos retrorefletores que, se você tiver um laser poderoso (1 GW, até onde eu sei), você pode usar para medir a distância da Terra à Lua com precisão de milímetros.

      Então, por um lado os argumentos dos pombos foram refutados. Por outro lado, existem evidências independentes das missões. E ainda assim a história é “mal contada”?

  7. Olá!
    A respeito do dinheiro, que em vez de resolverem outros problemas como a pobreza, é uma alegoria!
    O dinheiro que a nasa usa, realmente é muito, mas temos que ter em mente que o dinheiro não cai do Céu, homens imprimem dinheiro para cumprir com seus objectivos. Si você tem um filho, e se quiseres matricular seu filho na faculdade você vai arranjar dinheiro, independentemente da vontade doutras pessoas.
    EUA quis levar o homem a lua, e diz que levou, logo, EUA arranjou dinheiro independentemente da vontade doutros países!

  8. e quanto os filmes ,e dificil a acreditar ,que perderam filamgens da missao ,e mantem filamgens intactas do treinamento, quanto ao capital ,tenho certeza que varias empresas privadas ,patrocinariam esta viagem ,como investimento em publicidade ,”o homem nao foi na lua”e ponto

    • Não existiu esses “Filmes HD”… a filmagem foi simplesmente enviada ao vivo para e terra e ser gravada aqui e transmitida para a TV mundial. Eles largaram as câmeras lá ainda filmando e transmitindo a partida do Módulo Lunar, como teriam essas Filmagens?
      E treinamento em terra, é uma coisa, Missão Lunar é outra…
      Teve ajuda de empresas sim, a Kodak por exemplo com as câmeras e filmes, a NASA pagou 1 Milhão de Dólares para uma empresa de fimadoras da época, transformar as Câmeras de Vídeo de 100kg da época em uma menor possível em alguns anos antes das missões. A evolução das filmagens também se deve ás missões Apollo.

  9. Naquela época, não existia a tecnologia que nós temos hoje. Já se passaram 40 anos. E a maioria das pessoas ainda estão com dúvidas sobre a ida do homem a Lua. Com tantos estudo, com tantas tecnologia avançadas, gastando bilhões com robores para ser levado a outro planeta, porque que não investigam, investem em coisas mais importante. Ao invés de gastar dinheiro com coisas não tão significante para nós aqui na Terra.

    • Insignificante para alguns, EXTREMA importância para outros…
      De Fato existem mais áreas que necessitam urgentemente de Atenção que outras. Mas as verbas para NASA(no caso) são para, além das espaciais, Pesquisas tecnológicas e outras também (não lembro das áreas que a Nasa estuda, desenvolve…).
      E antes de tudo, caso não saiba, existem MUITOS avanços graças á tais pesquisas… Entre eles, com certeza está a melhoria da Comunicação, Transporte aéreo, nas gravações e computação as missões Apollo Participou. Ainda tem o Microondas, Filtro de água, detector de fumaça, tecidos ultra absorventes, e muito mais!!!

    • Não há dúvida que o homem foi à Lua. Este foi o trabalho de 400.000 cientistas, engenheiros e técnicos – um exército de pessoas altamente qualificadas levados a trabalhar em seu limite para atingir o objetivo que estava em jogo: Quem controlasse a Lua (por assim dizer…) controlaria o mundo, da mesma forma que no passado as nações que controlavam os mares o faziam. Existem também uma equação muito aceita no mundo científico que diz “para cada dólar gasto em exploração espacial, se ganha dois dólares em inovação”.

  10. Eu já fui um tolo acreditando que o homem foi a lua. A prova tá na cara, como a própria foto acima uma clara montagem em dois planos onde duas imagens são sobrepostas a do primeiro plano com a do segundo uma diferença gritante nas temperaturas em Kelvin das cores de luz refletidas, para não falar das sombras aberrantes. Mas, a maior prova mesmo esta no contraste entre as qualidades de imagens das fotografias tiradas no suposto cenário lunar, com as filmagens ao vivo dos astronautas na lua, uma aberração de distorções óbviamente para ocultar a farsa. Não se admite na época imagens de tão baixa qualidade para as cameras de boa resolução que já existiam. Esta para mim é a prova “incontest” de que Nixon mandou forjar tudo e quem seria doido para contestar? astronômos, soviéticos, ora tava tudo controlado, e que guerra fria nada, se fosse guerra mesmo a realidade seria outra. Portanto quem acredita em ciência, deve parar pensar e refletir: Se o homem tivesse realmente pisado na lua, hoje já se teria bases lunares funcionando a pleno vapor e com um avanço realmente dominante para os americanos. E porque parou? Parou porque o preço da farsa era altíssimo para os cofre públicos, além do que o sucessor de Nixon não iria continuar com esta insanidade que levaria a economia americana para o buraco. Então “stopo” com a maior FARSA DO SÉCULO.

    • Cara, as câmeras já continham lentes para fotografar com o máximo de luz possível sem que atrapalhasse(não me lembro o nome das lentes) mas era lentes parecidas com a dos visores dos Astronautas e de óculos escuros hoje eu acho…
      Sobre as sombras, foi muito tolo de sua parte menciona-lo. Simplesmente uma imagem de duas Dimensões(bidimensional) não demonstra a realidade das três dimensões(tridimensional) como vemos, pura perspectiva. Alem do fato da Distancia, tamanho, forma e localização diferentes combinado com o Solo “ondulado” Lunar.

      Caso você não saiba, existe uma GIGANTESCA diferença de tecnologia necessária entre construir uma Base Lunar e enviar Tres homens para a Lua por alguns Dias e Horas. E se não sabe ainda, estão planejando a construção de Bases Lunares para alguns anos futuramente. Os gastos com as Apollos foram muitos, existem outras áreas onde a Nasa investe (além do fato do Governo ter cortado MUITO da verba destinada á NASA), o investimento na exploração de Marte, sondas pelo Sistema Solar e mesmo na Lua, Satélites…

      Não acredita quem não enxerga e não entende, e não quer também!!!

    • ” astronômos, soviéticos, ora tava tudo controlado, e que guerra fria nada, se fosse guerra mesmo a realidade seria outra.”

      Entendo… a Nasa comprou TODOS os cientistas do mundo, inclusive os de paises inimigos!!!
      Pior, ninguém, repito, NINGUÉM abriu a boca em +40a!!!
      Sem comentários!

      “hoje já se teria bases lunares funcionando a pleno vapor e com um avanço realmente dominante para os americanos. ”
      Pela sua lógica, se o Concorde voo nos anos 70, hoje estaríamos voando de aviões foguete espaciais.

      “Não se admite na época imagens de tão baixa qualidade para as cameras de boa resolução que já existiam.”
      Mais uma prova da sua ignorância! O problema não é a camera e sim a transmissão que foi feita com poucos Watts. Pior, era analógica.

      Fora isso, é IMPOSSÍVEL falsificar as transmissões feita e captadas em todo o mundo até pro rádio amadores.
      Idem pras rochas e espelhos prismáticos usados até hoje.

      E só pra finalizar, existem provas de terceiros que o pouso na lua foi REAL; mais especificamente das sondas chinesas e japonesas.

  11. Só para lembrar: a corrida espacial começou em 1960, com a promessa de John F. Kennedy – então presidente dos EUA – de levar o homem à Lua antes do final da década.

    E o que eles fizeram é de tirar o chapéu. Uma proeza sem par, um impossível realizado. O maior feito do bicho homem, sem dúvida.

    (lembrando também que o seu celular de hoje dá banho nos melhores computadores daquela época, o que torna o feito muito maior)

  12. 13 – Radiação solar que deveria ser mortal para Aldrin que não estava usando a proteção.

    Quem disse isto?

    16 – Extrema semelhança do ambiente das fotos mostradas pela NASA com o Deserto de Nevada, nos Estados Unidos.

    Sim, tem regiões na Terra que se assemelham com a Lua e outras que se assemelham com Marte. E ao mesmo tempo existem traços que as diferenciam e tornam inconfundíveis, por mais que se assemelhem.

    18 – Oficialmente, a NASA só teria realizado seis missões tripuladas à Lua, de 1969 a 1972, exatamente durante a gestão do presidente Richard Nixon. Após isso, nunca mais o homem teria voltado à Lua.

    As missões para a Lua começaram antes da gestão Nixon. O projeto Apollo já havia mandado foguetes em órbita da Terra e da Lua antes de Nixon chegar ao poder. O projeto espacial, com desenvolvimento de foguetes e trajes e equipamento e treinamento começou no fim da década de 1950, início da década de 1960. Dizer que tudo aconteceu no período do Nixon é ignorar a história.

    19 – Richard Nixon, envolvido em falcatruas que mancharam a imagem dos Estados Unidos, foi o principal articulador do escandaloso Caso Watergate, o qual culminou em sua renúncia durante o primeiro processo de impeachment estadunidense. Nixon poderia ter tramado a fraude do homem na Lua para atrair investimentos para os Estados Unidos. Sua história o condena.

    O caso Watergate começou com a invasão do quarto de hotel em 17 de junho de 1972. O pouso na Lua foi em 20 de julho. De 1969. Três anos antes. A última missão da Apolo foi em 1972, mais precisamente em dezembro.

    Como é que o Nixon ia pousar o homem na Lua em 1969 para desviar a atenção de um escândalo que só ia começar em julho de 1973, com a investigação do FBI e ia culminar com a resignação em 1974?

    21 – Mesmo gastando apenas 6 meses para programar uma nova viagem à Lua na década de 1960, George Bush diz que a NASA gastará 10 anos para levar o homem à Lua novamente.

    Que seis meses? Quando a Apolo 11 estava pousando na Lua, outras Apolo já estavam em fabricação, os contratos já estavam andando há anos, e a construção estava andando conforme um cronograma de vários anos.

    24 – A NASA nunca exibiu as imagens do primeiro pouso do homem na Lua que teriam sido gravadas em fitas de vídeo e retornado à Terra com qualidade extremamente superior às transmitidas “ao vivo”.

    Que fitas? Quem disse que teriam sido gravadas poderia dizer qual o equipamento que fez a gravação e onde estava o equipamento em questão. Todos os equipamentos enviados estavam identificados, seria fácil dizer qual o equipamento que fez a gravação. Por que não dizem?

    28 – Indício de ter sido utilizada iluminação artificial em várias fotos nas quais os astronautas aparecem bem iluminados, mas os locais ao fundo se mostram muito escuros

    Cada foto feita na Lua tem uma identificação. Todas elas podem se encontradas, sem cortes, aqui: http://www.lpi.usra.edu/resources/apollo/

    Quais são as fotos onde o fundo se mostra “muito escuro”?

  13. Aproveitando esta matéria muito interessante, duas dúvidas que sempre tive sobre missões espaciais.
    Fora os Americanos os Russos também pisaram em solo lunar? Se sim existe algum lugar na internet em que se possa ver esse material? Fotos, vídeos e etc?
    Sobre o cinturão de Van Allen, como os astronautas da estação espacial conseguem sobreviver? Tudo bem que eles podem está a alguma distância do cinturão, mas mesmo assim devem receber muita radiação.

    • Só os americanos pisaram em solo lunar.

      Sobre o cinturão de Van Allen, existem regiões onde ele é mais forte, e onde ele é mais fraco. E estas regiões variam com a distância do equador (quanto mais longe do equador, mais fraco), e também com a altitude (existem duas ou três regiões onde a radiação é mais forte).

      O cinturão interno começa a 7.200 km e vai até os 18.000 km. A EEI não chega nem perto.
      http://en.wikipedia.org/wiki/Van_Allen_radiation_belt

    • Os Antigos Soviéticos conseguiram apenas (e antes dos Americanos) mandar a primeira Sonda á Orbitar a Lua, e a Primeira Sonda não-tripulada a pousar lá também (pelo menos foi isso que li em uma matéria de Historia)
      E se não me engano essa sonda(ou outra) também recolheu uma pequena quantidade de “terra” Lunar e minusculas rochas, depois voltou.

      Me corrijam se eu estiver cometido um engano aqui!!!

    • Até o momento, os únicos que pisaram na Lua foram os Norte Americanos.
      Mas a antiga União Soviética (Rússia) pousou na Lua com robôs.

      O rover soviético Lunokhod 1, pousou na Lua em Novembro de 1970 e tornou-se o primeiro rover controlado remotamente a pousar com sucesso em outro corpo celeste.

      Nesta data a NASA já havia enviado a Apollo 11 e 12 à Lua,
      mas os rovers soviéticos foram importantes e tinham bastante tecnologia para época,
      principalmente o Lunokhod 2, que foi enviado à Lua em Janeiro de 1973.

      Tal importância é reconhecida pela NASA
      http://www.nasa.gov/mission_pages/LRO/multimedia/lroimages/lroc-20100318.html

      Existem alguns vídeos mostrando o funcionamento do chassi com 8 rodas do Lunokhod.
      http://www.youtube.com/watch?v=breztPLXWSk

  14. Eu até acredito que o homem foi à Lua (com certeza, a maior prova são os tais espelhos que colocaram lá); eu só não sei é como eles conseguiram voltar de lá!

    Para sair da Terra, tiveram de fazer torres, um enorme foguete, um monte de parafernália, etc. e tal. Mesmo sabendo que a gravidade da Lua é bem menor do que a da Terra, ainda assim é um pouco difícil de ‘engolir’ essa história.

    Teoria da conspiração por teoria da conspiração, que tal essa:

    “Eles realmente foram à Lua, mas os astronautas foram enganados pelo ardilosos cientistas e inescrupulosos políticos. Quando chegaram lá é que ‘caiu a ficha’, mas logo perceberam que já era tarde demais! Então, indagaram com cara de palhaço: ‘Ué? E agora? Como nós vamos voltar?’. Tentaram falar com a Terra; mas, estranhamente, só se ouvia um grande chiado e algo como: ‘Não estamos conseguindo entender!’. Cá na Terra, seus sósias já estavam preparados para assumirem seu papel. Sim, lá estão a bandeira, os espelhos, o jipe, etc.; mas também, provavelmente, os corpos dos pobres e ingênuos astronautas fazendo um gesto obsceno (com o dedo médio) para a Terra antes de morrer. Talvez, é por isso que Neil Armstrong (quer dizer, seu sósia) dava tão poucas entrevistas…”.

    Ka, ka, ka, brincadeira pessoal!

    Pelo menos, acho que essa teoria da conspiração é mais factível e interessante do que a primeira.

    • Pior que essa sua teoria mesmo na brincadeira, faz mais sentido que as que apresentam Blogs á fora sobre…

      Ah sobre terem voltado(não sei se era brincadeira tbm ou se vc não sabe mesmo…) foi assim as Missões:

      Após o Saturn v passar pelos 3 estágios de Propulsão para levá-los á Lua, onde ficava apenas a Apollo e os três. Chegando á Lua, a Nave entrava em Órbita controlada pelo comendante dela, enquanto os outros dois entrava no Módulo Lunar, que desacoplaria e desceria á Lua. Os propulsores laterais mantinham a estabilidade na descida enquanto o Central controlava a velocidade. Nas bases(pernas) do módulo continham um tipo de Haste de aço(não sei o Metal) que, ao pousar o módulo, fincava no solo, para garantir a segurança(acho que ai vem a ideia de parecer que uma das “pernas” não está encostada no solo). Após as missão, eles entravam no módulo e, ligavam o propulsor, que soltava a pequena nave da Base, e a fazia entrar em órbita e encontrar com a Nave que permanecera em Órbita enquanto o módulo Lunar descia. Era tudo minunciosamente calculado pra que nada desse errado. O módulo era Acoplado novamente na Nave, aproveitavam a velocidade da nave em órbita e retornaram pra terra.

    • Eu sabia sim, mas não em detalhes como você explicou.

      O pior é que, se você colocar essa teoria da conspiração no YouTube com algumas imagens dos astronautas antes e depois da viagem, comentando sobre algumas sutis diferenças entre as fotos dos astronautas e seus supostos sósias, muita gente vai acreditar e sair espalhando a teoria pela internet afora.

      Mesmo porque, quando não se tem muito conhecimento específico, não é tão difícil acabar acreditando em tais teorias. Por isso, procuro ver sempre os “dois lados da moeda”, os argumentos e contra-argumentos de ambos os lados, antes de tomar algum juízo sobre qualquer assunto!

    • É isso ai cara… pior que se fizer isso não dou nem um ano pra encher de “seguidores” da teoria. Além de Blogs relacionados ainda!!! kkkkk

      Mas é assim mesmo que tem que ser cara, ver ambos os lados e decidir-se a partir dos fatos melhores apresentados, explicados e comprovados. quando tinha uns 14 anos, ouvi a história da Bandeira, Pegada e das estrelas e deixei de acreditar. Comecei a pesquisar ano passado e mais profundamente esse ano e tenho MUITA certeza que existiu a viagem!!!

    • é Muito resumido e escrito da forma que intendi e lembrei… kk’

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Parabéns! Gostei muito dessa. Muito pertinente suas colocações. Eu também fico me perguntando, como é que os astronautas voltaram da lua; uma vez que pra sair da Terra foi necessário tamanha parafernália… e de lá pra cá, como é que foi???? Tenho vontade de saber!

    • Sueli Meira, faz algum tempo já que não leio mais sobre as missões Apollo(a mais de um ano), mas vou tentar explicar o melhor possível no que lembrar…
      A ida é o ponto mais complicado na viagem, em questão de propulsão por causa da Gravidade da terra e ainda a resistência do ar. Não vou partir pra cálculos(não sei como é) mas é só pensar no peso na nave, força da gravidade e o atrito com o ar e vai ter noção de quão potente deveria ser a propulsão, e pra isso, jorra-se milhares de litros de combustível em combustão(dos 3 processos, 2 são apenas pra distanciar da terra).
      Agora, retorno, a Lua apresenta 1/6 da gravidade terrestre e atmosfera inexistente. Ainda o baixo peso do Módulo Lunar pra apenas entrar em orbita na Lua e acoplar na nave que orbitava ainda em espera desde a descida do Módulo. Ainda no espaço, também é inexistente atritos e gravidade pra necessitar grandes propulsores…
      Basicamente é isso!

  15. A Nasa não vai contestar Richard Nafzger por que Richard Nafzger é a Nasa, e a afirmação vale, o governo americano e o povo americano viam as missões lunares como uma queda de braço com os soviéticos, para ver quem chegava lá antes. Só os cientistas da Nasa que estavam interessados em fazer ciência.

    O projeto inicial era mandar equipes de 20 pessoas para a Lua, não 2. Só que o cronograma deste projeto era para pousar na Lua na década de 1970. O Presidente Kennedy atropelou este cronograma, e, de certa forma, matou a exploração lunar. O pessoal da Nasa se viu na obrigação de pousar alguém na Lua até o fim de 1969.

    A matéria sobre as fitas e a frase do Richard Nafzger pode ser conferida aqui:
    http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u596323.shtml

    O que ninguém parece perceber é que o destino das fitas originais mostra exatamente qual a importância que o governo americano e o povo americano dão à Nasa: quase nenhum. Para gravar a telemetria de sondas enviadas para o espaço, precisavam de fitas. Não havia verba para comprar fitas. Haviam fitas de missões da década de 1960. Alguém pragmático e com pouca noção das coisas deve ter dado a ordem, “reutilizem”. E é este o estado da pesquisa científica no país mais rico do mundo.

    • Cesar, nos comentários da matéria da Folha que você indicou, tem um comentário de um tal Alberto Brasil que alega ter apontado um telescópio para a Lua e visto a tal bandeira americana lá!

      Alguém aqui poderia nos informar se com um potente telescópio seria possível ver essa bandeira mesmo?

  16. Realmente, as incongruências de várias pessoas que aparentemente se pensa inteligentes:
    =====================================
    O homem nunca foi a lua e agora vamos la na igreja rezar pra um homem invisivel.
    =====================================
    Muito bom.

  17. E tem gente que não aceita explicação nenhuma. Nenhuma mesmo. Você pode mostrar erros da Nasa, e como eles se viraram, pode mostrar acertos da Nasa e os resultados de erros e acertos, eles NÃO VÃO ACEITAR.

    Paciência, é da força da fé na negação que a gente está tratando. Argumentos racionais não funcionam com todo mundo.

  18. Baseado nos conhecimentos que tenho sobre o assunto, está mais que claro, pra mim, que o homem já foi à Lua. Existem muitas evidências sólidas e os poucos “argumentos” contra são facilmente explicados com lógica e evidências científicas.

  19. Novamente, meus parabéns ao César pela belíssima matéria. No entanto, dado o imenso conhecimento que o César já demonstrou sobre o assunto em debates aqui no Hypescience, seria interessante se ele tivesse feito mais “capítulos” sobre o tema.
    Quanto aos “conspiracionistas”: Sinto decepcioná-los, mas o homem não foi só uma vez na lua, foram 6 pousos lunares, realizados pelas Apollos 11, 12, 14, 15, 16 e 17.
    Não tem como se manter uma farsa por mais de 40 anos, e enganar 50.000 astrônomos, 20.000 físicos, e milhares de outros cientistas de todos os países, durante tanto tempo.
    Os astronautas trouxeram quase MEIA TONELADA de rochas lunares, os quais foram distribuídos pra centenas de conceituadas faculdades no mundo inteiro, analisadas pelos maiores experts, doutores e PHDs do mundo, mais de 100 países receberam amostras destas rochas, inclusive os cientistas russos.
    É, realmente, os Estados unidos conseguiram enganar com um filminho a União Soviética, superpotência mundial, que chegou em alguns momentos a ser mais poderosa que os EUA, conseguiram enganar centenas de cientistas russos que desbravaram as viagens espaciais antes dos americanos, mas não conseguiram enganar os “jênios”.
    A URSS, maior inimiga dos americanos, a beira de uma guerra nuclear, com ogivas nucleares apontadas para os EUA, loucos para provar a sua supremacia, com DEZENAS DE SATÉLITES, SONDAS ORBITANDO A LUA E VIGIANDO AS CÁPSULAS ESPACIAIS DOS AMERICANOS, não conseguiram perceber que era tudo uma mentira…
    Os conspiracionistas se apegam muito à retórica de que os americanos não prestam, americano é mau, etc…
    Não confundam a raiva (até justificável) contra os EUA, com o fato inegável de que eles foram na Lua. Contra fatos não há argumentos.
    Tenho certeza que se fosse a União Soviética ou os Chineses que tivessem ido na Lua, não teria tanta gente duvidando…
    Vamos acrescentar alguns fatos à lista:
    1 – Os astronaustas deixaram espelhos na Lua que funcionam até hoje para medir a distância entre a Terra e a Lua, com precisão de centímetros. A medição é feita com telescópios na Terra que apontam para estes espelhos e disparam raio laser, podendo assim calcular-se o tempo de percurso da luz até os espelhos.
    2 – Através de triangulação do sinal de rádio (qualquer entusiasta de rádioamador sabe do que estou falando), você descobre o posicionamento de quem está transmitindo. Se os astronautas americanos não estivessem transmitindo da Lua, fatalmente os soviéticos teriam desmentido.
    3 – Como já dito, as próprias amostras de rochas lunares. Foram quase meia tonelada de rochas, analisadas por centenas de cientistas no mundo inteiro, que comprovam que seria impossível de falsificá-las na Terra. Um cientista até brincou que era mais fácil e barato ir até na Lua pra pegar as rochas, do que tentar falsificá-las… Note-se que as sondas soviéticas robotizadas (Missões Luna), só conseguiram trazer algumas gramas de rochas lunares…
    4 – As pessoas acreditam que o homem consegue ir ao espaço, mas não acreditam que foram na Lua… O mais difícil é chegar no espaço!!! Um foguete movido por combustível químico é praticamente uma bomba, em que o astronauta senta em cima e torce pra que dê tudo certo…. O complicado é entrar em órbita (conseguir mais de 28.100 Km/h para escapar da gravidade) e fazer a reentrada depois…
    5 – A União Soviética, na tentativa de ofuscar os americanos, mandou a sonda robótica Luna 15 ao mesmo tempo em que os americanos estavam na Lua. No entanto, a sonda serviu como prova para os soviéticos de que os americanos estavam mesmo por ali. Pela primeira vez na história, americanos e russos cooperaram no espaço – meio a contragosto, mas cooperaram. Para evitar uma tragédia espacial, com a sonda soviética colidindo com a nave americana, as duas agências trocaram dados sobre seus planos de voo. Ou seja: a URSS não apenas ouviu as transmissões de rádio vindas da Lua, mas também acompanhou o voo da Apollo 11.
    6 – A União Soviética, em plena guerra fria, teria feito qualquer coisa pra provar que houve alguma farsa, se realmente os americanos estivessem mentido… Mas, claro, vem os “jênios” da internet afirmarem que nunca existiu guerra fria, apesar das 40.000 ogivas nucleares que os EUA e a URSS possuíam, e o incidente em Cuba, que por muita sorte não ocasionou a 3ª Guerra Mundial…
    7 – Recentemente, a sonda LRO (americana) e a sonda Chandrayaan-1 (indiana) tiraram fotos da Lua, onde se vê claramente os restos dos módulos de pouso das missões Apollo, inclusive dá pra se ver os rastros deixados no solo pelos astronautas…. Mas, claro, os “inteligentes” vão afirmar que é tudo obra do Photoshop….
    8 – Ache UM, eu disse UM cientista que conteste que o homem não foi na Lua. Nem os cientistas comunistas, do alto do ódio dos americanos, tiveram coragem de negar tal fato tão óbvio.
    Por que não voltaram? Simples : Gastar centenas de bilhões de dólares pra ver (rever) um monte de rochas, ainda mais com a crise financeira internacional? As missões Apollo tiveram cunho muito mais político-militar, para vencer a União Soviética, do que cunho científico.
    Até os ônibus espaciais posteriormente utilizados foram projetados com o objetivo de conserto de satélites espiões no espaço ou até mesmo de lançadores de mísseis em órbita, ideia esta que não chegou a ser implementada porque a guerra fria acabou, rsrsr…
    A geração de hoje acha que nos anos 60 e 70 o homem não tinha capacidade técnica para tamanha façanha… Tirando a evolução na área de informática, no resto não ocorreram tantas mudanças… Um foguete do século XXI para levar o homem para a órbita da Terra usa exatamente a mesma tecnologia dos anos 60. Aliás, a Rússia utiliza hoje praticamente o mesmo foguete que levou Gagarin ao espaço… O motor à combustão de um carro continua idêntico aos daquela época (tirando o sistema de injeção, que não faz parte do motor em si). Idem os aviões, tirando os painéis de controle computadorizados…
    Me desculpem pelo longo texto, mas espero que estas informações ajudem a proporcionar uma maior elucidação sobre o assunto.

  20. A 7 acho que é pura impressão.

    13. A radiação solar poderia ter sido Letal para eles se estivessem no espaço após uma Tempestade Solar, ou “explosões” Solares que emitem grandes quantidades de radiação. Li em um Blog, que ao contrário que as pessoas pensam a respeito da radiação Solar, ela não é como a radiação do Plutônio por exemplo, e não é letal se não exposto por grandes periodos (nesse site, explica também, sobre a radiação ser Ionizada eu acho… http://www.projetoockham.org/historia_lua_1.html )

    16. Quase todo Astro Rochoso conhecido pode ter muitas semelhanças com a terra. Marte por exemplo. As Luas de Saturno e Júpiter. e na quela época não existia um “Photoshop” pra manipular as imagens a ponto de transformar um Deserto Terrestre em solo Lunar acredito eu…

    19. a unica coisa que me intriga,mas não me faz mudar de ideia quanto as Apollos.

    24. Acredito eu que não tenham existido as Filmagens HD, foi mais um Marketing da missão.(minha ideia sobre…)

    26. Não tenho conhecimento sobre fotografia …

  21. Muito legal esta matéria. Eu sempre fico com um pé atrás quando se fala da Nasa, inclusive quanto a ida deles a Lua, porem, pensando com calma, estudando os dados e analisando, fica muito dificil negar tal feito. Em minha cabeça, eu concluo um fator que reforça a realização desta missão: Se realmente eles quisessem fraudar esta missão com eficácia total, daria muito trabalho, seria muito dificil, que acabaria compensando mais fazer de uma vez a bendita viagem. E outra, creio que eles mesmos da Nasa, ficariam muito decepcionados de não conseguir alcançar a Lua, que sem dúvidas deveria ser o sonho de qualquer um lá, mesmo que quisessem manipular e enganar todo o mundo. Porem os conspiracionistas tem outros argumentos interessantes, que fogem as fotos e filmagens, como por exemplo algumas imagens dos astronautas com muito desânimo nas entrevistas, como se estivessem forçados a mentir; o relaxo da Nasa com as fitas originais que continham as imagens, que acabaram perdendo e entre outras deste tipo. Apesar destes argumentos serem bem interessantes, não creio que seja farsa, mesmo não confiando tanto assim na Nasa! Muito legais estes argumentos pró-ida do homem a Lua!

  22. Faltou ainda na Matéria explicar para os Cabeças Duras, sobre a Pegada que ainda usam como argumento…

    A ideia sem noção deles nunca terem ido, porque nunca mais voltaram(???)

    A comunicação entre Astronautas e a Terra…(não sei qual o problema… mas também mencionam!)

    Os filmes da Kodak não suportar o Calor e Frio de lá (pra quem não pesquisa essa até que é uma boa argumentação… mas facilmente explicada)

    E tem também um vídeo dos Astronautas da Apollo 17 fazendo uma experiência para provar uma teoria de Galileu(eu acho). Onde eles Soltam um Martelo e uma Pena de Falcão para provar, segundo a teoria, que, não importa o peso e massa de um objeto, em um ambiente sem resistência com o ar, sempre cairão na mesma velocidade(e realmente aconteceu, quando soltou ambos á mesma altura ao mesmo tempo, e tocou o solo Lunar juntos). Acho que isso reforça a ida deles. (reforça ainda mais se verificarem os videos de todas as missões com eles “andando” ou passeando com o “Jipe” e levantando poeira, ela também cai na mesma velocidade mostrada na experiência!!!)

  23. Ainda acho que um Cético sem noção fará algum comentário expondo algum argumento lamentável que “prove” a não ida á lua e ainda contestará com as descritas acima na Matéria… é triste isso!!

    • Não os chame de “céticos”. Eles mancham o nome dos céticos. Um cético é alguém que está pronto a mudar de opinião com argumentação razoável, esta gente está pronta a negar qualquer argumento que você apresentar, é diferente. Eles são simplesmente negadores. O negócio deles é negar.

    • O assunto pode ser muito sério para alguns e totalmente ignorado por outros. Não sou cética muito menos negadora, defender ou negar um fato implica ter conhecimento real; provas, evidências, testemunho, registros. Especular é fácil. Por outro lado aceitar o que alguém te diz que é verdade também é fácil quando você não tem a mínima condição de desmentir, como é caso de todos nós aqui no hypescience, não é verdade? Ser alienado e dizer sim, “óh que magnífico” faz parte da evolução do homem até o dia em que ele adquiri a postura de para de venerar o que não conhece e assume o papel de questionador. Eu não possuo nenhuma prova de que o homem foi a lua, também não tenho de que não foi. Pessoalmente acredito que foi inúmeras vezes, mas também acredito nas contestações, estou no grupo daqueles que acham que a NASA filtra as informações, manipula o que descobre por algum motivo. Neste documentário há mais argumentos para os desconfiados de plantão: http://fatorquantico.blogspot.com.br/2012/04/verdade-sobre-lua.html

    • Pior que é verdade isso!! Tentei ser meio Gentil com esses retardas chamando-os de Céticos, mas nem percebi a mancada com os Verdadeiros Céticos!!! kkk

    • VC ,DIZ PODEMOS PROVAR,PROVE porque uma missao de 22 bilhoes de dolares ,tem que economizar filmes ,da missao e serem recuperados para filmarem sabe la o que?vc pode provar ,porque filmes de treinamento foram mantidos qual empresa que ,fabricou os filmes das maquinas fotograficas ,que suportaram a temperatura da lua.?

    • Bom, cara te respondi sobre os Filmes em um outro comentário seu…

      Bom, na Lua, caso você não saiba(kk) não existe Atmosfera, assim a transferência de calor lá é Inexistente. A única forma de aquecer tanto algo lá é o contato direto da luz solar. E isso pode ser batido simplesmente com um material de pouca condução de calor e uma superfície Branca, por que caso você não saiba o Branco reflete a luz, Use camisa preta e depois branca por uma hora cada em baixo do Sol em pleno Verão e verá como funciona. Ah, a Kodak fez os filmes.

      Ainda sobre as temperaturas, ainda não mencionei o fato das viagens serem programadas em época e local na Lua conde não haja tando contato direto com o sol e que não fique sem o mesmo pra não sofrer com o frio.

      Pra provar as viagens, a Própria URSS que não disparou denuncias contra a Maior Rival em plena Guerra Fria… As rochas Lunares que foram distribuídas por todo o mundo para análises. AS Imagens que mesmo com tanto conspiracionistas Tolos disparando denuncias sem argumentos ou fatos científicos e pesquisas que comprove a Não-ida á Lua…

      Tá bom ou quer mais cara? Cansei de escrever hoje!! kk

    • e o que os Russos ganharam (ganhariam) com esse acordo, SECRETO, Entre INIMIGOS, em PLENA GUERRA FRIA?? Os Russos, pra mim, deveriam levar o posto de Vencedor da corrida, porque, Mesmo os Americanos conseguindo um Fato Surpreendente, Foi apenas um avanço tecnológico a frente da URSS.
      Enquanto a URSS teria avançado mais vezes, com o Primeiro satélite, primeiro animal a Orbitar a Terra (Layca), Primeiro Homem a Orbitar a Terra, Primeira Sonda a Orbitar a Lua, e Primeira Sonda terrestre e Pousar em Solo Lunar. Mas as Missões Apollo, pelo grande “Apelo” na mídia e no Orgulho Americano teve MUITO mais repercussão.

    • Quanto maior o conchavo, quanto mais gente envolvida, menos tempo ele dura. Um conchavo envolvendo 400.000 pessoas nos Estados Unidos, e mais quantas milhares na ex-União Soviética, durante 43 anos? É mais fácil ganhar presentes do verdadeiro Papai Noel…

    • Não… todas as Missões Apollo. Inclusive a 13, que falhou e quase morreram os três Astronautas a bordo…

    • Depende. Tem gente que acha que só existiu a Apolo 11, quando você fala em outras missões eles te olham como se você fosse um alucinado.

      Outros dizem que todas as missões foram forjadas.

      E há quem diga que a Apolo 11 foi forjada, as outras foram reais.

      Há quem diga que nunca houve ninguém na lua, e outros que dizem que houveram pousos na lua, mas não os que são noticiados.

      Tem todo tipo de negador…

  24. Eu não consigo acreditar que isso seja verdade, pois se o homen foi pela primeira vez a lua em 1969,pq não retornam sendo que hoje temos muitos avanços na área espacial e logo podemos transitar a lua com muito mais facilidade e com custos e riscos bem menores simples assim !
    Um outro motivo que reforça ainda mais isso seria o que a nasa poderia lucrar com um video exclusivo em HD de um astronauta na lua, é sem precedentes ! provavelmente seria o vídeo mais visto de todos os tempos e a prova definitiva de que realmente é possivel andar na lua.

    • quanto a “sansung ,microsoft, apel ,”a boeing ,investiriam em publicidade ,nesta missao dinheiro nao falta ,falta de coragem de adimitir ,a grande fraude

    • Marco, foram 7 vezes para a lua e pousaram seis vezes. Como assim, não voltaram?

      Outra coisa, os avanços em tecnologia espacial são irrelevantes, desde 1959 o jeito de sair do planeta é exatamente o mesmo: um foguete químico. Então o problema não é tecnologia, é interesse econômico mesmo.

      Em 1971 a Nasa sofreu um corte de verbas e começou a pensar nos ônibus espaciais, estações orbitais, telescópios espaciais. Hoje estamos aposentando os ônibus espaciais, estamos com a terceira estação orbital da humanidade (as outras duas eram o Skylab e a MIR), e temos vários telescópios em órbita.

      Por fim, a gente voltou para a lua. Mas com sondas, não com tripulação.

  25. Mas é claro que sim! Meu irmão disse uma coisa uma vez: Se os russos não negam a ida do homem a lua é por que é verdade! Com toda aquela corrida espacial os russos seriam os primeiros a contestar. Há também um episódio do Mythbusters: Caçadores de Mitos só sobre isso, e eles comprovam a ida do homem à lua.

    • Assisti o epsódio do Mythbusters. Foi totalmente tendencioso. Pior… associado pela própria Nasa, ou seja, seria impossível dá um resultado diferente! 😐

      Pior, como uma equipe que foi capaz de ir à lua (depois da série ninguém mais chegou perto disso) seria ao mesmo tempo tão incompetende para perder os registros do ocorrido?????????

    • medo meu caro amigo medo de ir para o inferno. na duvidA VAMOS REZAR; EU SOU CRENTE EVANGELICO PRESBITERIANO RENOVADO, NÃO SOU SÃO TOMÉ ACREDITO EM TUDO ATE QUE ME PROVE AO CONTRARIO, A TECNOLOGIA AVANSSADA COMO ESTA TEMOS QUE ACREDITATR.

Deixe uma resposta